10.03.2016

Vivendo Sem a Pílula: O Primeiro Mês

Prometi pra vocês que viria aqui regularmente contar como estava sendo a experiência de viver sem a pílula anticoncepcional, e já está na hora de atualizar a coisa, porque as minhas impressões já mudaram bastante desde o último post.

Pra quem está chegando agora e não está entendendo nada, sugiro a leitura dos dois primeiros posts:

Vivendo sem a pílula: o primeiro mês

Suspendi o uso do anticoncepcional dia 27/01, depois de 18 anos de uso contínuo, por razões médicas, e estava cheia de dúvidas: será que teria cólica de novo? A menstruação viria forte? A TPM voltaria violenta? Meu humor mudaria?

Bom, a primeira semana foi um festival de complicações, talvez pela falta de hormônios sintéticos, e eu fiquei bem louca: irritada, sensível demais, apática, cansada, sem conseguir me concentrar em nada e chorando por qualquer motivo. Ou melhor, chorando sem motivo.

Na segunda semana o jogo virou e, de repente, comecei a ter ânimo para as coisas, parecia uma criança, com vontade de fazer tudo. Fiquei super animada porque, ao contrário do que li na net, não tive piora na oleosidade da pele e nem no cabelo, e comecei a sentir o corpo desinchar mais.

Tudo estava indo bem demais. E melhorou ainda mais em algumas coisas, só que piorou em outras.

Vivendo sem a pílula: o que piorou?

Menstruei, foi coisa rápida, e minha cólica não foi monstruosa, nada que um remedinho não desse jeito. A TPM, na verdade, chegou junto com a menstruação e não foi violenta. Que sorte a minha!

Depois disso minha vontade de fazer as coisas aumentou 100%, tô me sentindo muito mais viva, mais alegre, mais vibrante, sabe? E minha libido, bom, tá melhor do que nunca! hahaha

Isso é muito importante e acho essencial falar sobre, porque é um absurdo ver mulheres jovens, no auge da sexualidade, com a libido no chão. Isso não é normal, não tem que ser assim, de verdade.

Meu apetite, principalmente aquela vontade de beliscar todas as besteiras do mundo, que geralmente aparecia de noite, está cada vez menor, o que é muito bom, e minha circulação melhorou muito, e isso, junto com o fato de estar desinchando, tem dado uma diferença boa na celulite.

Mas, nem tudo são flores, e o fato é que de umas semanas pra cá minha pele e meu cabelo, que até então estavam normais, começaram a jorrar óleo. Sério, tá complicado!

Não tô tento espinhas nem nada disso, mas faz anos que não tenho uma pele tão oleosa assim, e lidar com uma raiz que parece produzir toneladas de óleo por segundo não tem sido lá muito legal, mas acredito que isso vá se regularizar aos poucos, até por causa da reposição de hormônios que, no meu caso, é essencial, pois tive supressão do eixo hormonal.

Tô me sentindo melhor sem a pílula!

O fato é que por mais que esteja chateada com a parte ruim e com ter que voltar a menstruar, tô me sentindo muito melhor, e, por algum motivo que não sei explicar, mais dona de mim, então tenho levado tudo numa boa. Ainda bem!

Mas, como já disse antes por aqui e faço questão de repetir, a pílula não é, necessariamente, uma vilã, gente. Vilã é a falta de informação adequada. Vilão é o médico que não investiga nada e receita qualquer anticoncepcional. Vilã é você que, ao invés de procurar um médico de confiança e exigir exames completos, compra o remédio que a amiga, irmã ou vizinha costumam tomar.

Ou seja, não vamos demonizar as coisas, porque a intenção aqui não é essa. É informar, é orientar da melhor forma possível, e é, principalmente, dividir a minha experiência, que não é regra pra ninguém.

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
35 comentários
  1. Rahissa  10/03/2016 - 10h37

    Mas Jú, agora sem a pílula, que método contraceptivo usa? Eu sinceramente não consigo ver outro além da pílula.

  2. Flavia  10/03/2016 - 10h53

    Ju, vc está utilizando algum outro método anticoncepcional? Ou só camisinha? Se estiver, conta pra gente sobre o método que você escolheu. Estou querendo me livrar da pílula porque acho que ela já não está me fazendo bem(fez durante muito tempo, mas agora tá complicado). Minha gineco indicou o Mirena, outra médica disse que não indica pra mulher que ainda não teve filhos, então estou pesquisando bastante sobre os métodos.

    Bjo

    • Ju  10/03/2016 - 16h50

      Só camisinha, não posso usar nenhum método hormonal! :(

  3. Dani  10/03/2016 - 11h38

    Oi Ju!! ótima matéria!! eu suspendi o anticoncepcional depois de 6 anos de uso, por minha conta e ganhei microcistos no Ovário; resultado: pele oleosa, espinhas e queda de cabelo; há seis meses voltei a tomar e tudo voltou ao normal,graças a Deus. Sei que varia de mulher pra mulher, no meu caso não me fez nada bem! bjss!!

  4. Fernanda  10/03/2016 - 11h45

    Estou passando pela mesma situação Ju, a ginecologista suspendeu meu anticoncepcional.
    As minhas 2 primeiras semanas foram péssimas com sono além do normal, irritada, minha pele e cabelo também jorram óleo, além de ter tido muita enxaqueca; e diferente de você as temidas espinhas apareceram.
    Mas ainda não menstruei não, ansiosa para vê como será e enxergar o “lado bom” de ficar sem a pílula rs.

  5. Fer  10/03/2016 - 11h47

    Oii Ju!!
    Eu tomei pílula por 11 anos e em junho/2015 escolhi trocar pelo DIU de cobre, pelo simples fato de que não queria hormônios sintéticos no meu corpo.
    Por que o de cobre? Porque ele é espermicida (mata o “bichinho”, sem liberar hormônio).
    Na colocação senti uma cólica brutal, de nem conseguir andar. E fiquei com fortes cólicas por 3 dias.
    Na primeira menstruação bastante fluxo e cólica. Mas nas menstruações seguintes, o fluxo foi regulando e a cólica também.
    Mas de fato a pele piorou. Nunca tive espinhas e, hoje em dia tenho algumas e normalmente internas. A pele ficou um pouco mais oleosa, mas nada demais.
    A líbido melhorou 100%.
    Não sei explicar, mas só de pensar que não tenho mais hormônios sintéticos, não preciso tomar pílula toda noite, já acho que valeu a pena a troca sim!

    Ah, um detalhe, como ainda não tenho certeza do meu fluxo, meu gineco me permitiu tomar 2 cartelas de pílula, mesmo estando com o DIU, para assegurar que não menstrue nas férias que vou viajar. Simples. =)

    Beijos

  6. Lays souza  10/03/2016 - 11h51

    Olá meninas, oi Ju,sou nova aqui com vcs então um grande oi para todas, bom eu parei com a pílula faz uns cinco meses e tipo assim algumas coisas melhoraram e outras não, mas nada como se sentir melhor com seu corpo né? É só prestar atenção que fala com a gente! ! Bjs gente
    Ju adorei conhecer o blog e fazer parte dele.

  7. Su Ellen  10/03/2016 - 12h13

    Ju tomei anticoncepcional durante 5 anos só devido ao ovário policístico
    e durante este tempo fiz vários exames em clinicas diferentes e passei com médicos diferentes todos disseram que estava tudo ok e que eu deveria continuar com a pilula,um inclusive me disse que eu não deveria largar a pilula pois quem tem ovário policístico uma vez vai ter para sempre e que se eu parasse com a pilula minha menstruação iria desregular as espinhas e pelo no rosto iam voltar novamente (sintomas que melhoram muuuito depois da pilula)…enfim no ano passado passei com um medico de confiança da minha sogra e descobri que meu útero estava murchando ja estava muito menor do que deveria(o medico atribui isso à pilula) e desde então parei com o anticoncepcional….. Realmente a falta de informação muitas vezes nos fazem vilã de nós mesmas.

  8. Rayane Pinheiro  10/03/2016 - 12h33

    Ju, muito bacana seu relato sobre essa nova fase. É realmente absurdo a falta de informação que temos sobre nosso próprio corpo. Minha experiência com anticoncepcional começou aos 16 anos, devido ao tratamento da síndrome do ovário policístico e só durou três meses. Minha pele é mega oleosa e sempre tive problemas com acne. Casei em 2014 e só então voltei a tomar pílula e minha acne desapareceu e as cólicas também (nunca tive TPM). Efeitos negativos da pílula que eu sinto é uma leve queda de libido e piora leve nas varizes. Interessante como as experiências podem ser diferentes e também me preocupo com essa avalanche de hormônios que consumimos todos os dias por isso seu relato é tão importante para todas nós.

  9. Geisa  10/03/2016 - 12h39

    OI Ju, passei por essa experiencia de ficar sem pilula e AMEI, fiquei muito disposta, a libido melhorou, sem contar no corpo que melhorou muuuiiiitoooo, desinchei demais , estava me amando, mais ai a oleosidade começou a aparecer, tive espinhas internas horríveis e dolorida demais, fui ao ginecologista fiz exame de ovários policísticos e estava tudo ok, adivinha o que ele me receitou a usar, a pilula de novo, fiquei chateada mais voltei usar pq meu rosto estava muito feio, nem a esteticista tava dando conta, estou fazendo acompanhamento com um dermatologista e continuo usando a pilula, porem é por pouco tempo, pois melhorando a acne, vou fazer tratamento preventivo pra acne e oleosidade e vou parar novamente com a pilula.
    Adoro seu blog, beijos

  10. Edilaine Freitas  10/03/2016 - 13h41

    eu tomo meu anticoncepcional já vai fazer 9 anos e menstruo normalmente,não sinto nada.mas as espinhas e a pele tbm mudou bastante tenho sempre que cuidar,tenho vontade de usar Diu mas morro de medo,amei esse post

  11. Fabiana  10/03/2016 - 14h37

    Eu tomei pílula por 8 anos. Vai completar 4 que parei. Passo dizer que fez diferença sim, a pele ficou mais oleosa, mais TPM, mudou a libido (no meu caso ela diminuiu no comeco), Mas nada, até hoje, foi ruim o bastante pra me fazer voltar a tomar. Até hoje. Até as cólicas insuportáveis voltarem com tudo. Veja bem, quatro anos depois! O que posso dizer é que você provavelmente vai perceber sinais hormonais por ter deixado a pílula por um bom tempo ainda. Sou casada e nunca tivemos problemas com camisinha, Mas olha, minhas cólicas parecem piorar cada vez mais… já fiz exames e está tudo ok, Mas penso seriamente em voltar a tomar.

  12. Carol  10/03/2016 - 14h57

    Olá! Tomo anticoncepcional faz 15 anos e adoraria parar. Tenho receio pois minha pele já é mto oleosa, será q se eu parar vai ficar mais ainda?

  13. Marilia  10/03/2016 - 17h21

    Já comentei aqui várias vezes que sou a favor da menstruação, óbvio que cada caso é um caso, mas toda a mulher tem que sentir o prazer de ovular, sério, é anormal de bom, o quanto ficamos felinas, poderosas, o quanto ficamos, as vezes quase sem notar, mais atrativas. E gente, por que a mulher tem sempre que se lascar tomando hormônio por que o homem odeia camisinha? Se adaptem oras, vejo muitas amigas minhas que quase não fazem sexo, suspeito que é por conta da pilula, porque a libido tá zero, podiam estar aproveitando caixas de camisinha, muito mais felizes.

  14. Jéssica  10/03/2016 - 17h33

    Ju, muito bom ver sua postagem, pois compartilho da mesma situação que você. Tomei anticoncepcional por muito tempo, e devido alguns problemas de circulação decidi parar de tomar. As melhores que obtive foram as mesmas que a sua, já perdi 3kgs, acredito que só de inchaço, porem também estou sofrendo com a oleosidade viu, meu cabelo só de olhar parece que ja fica oleoso, e eu achei isso péssimo, rs. Como lidar com essa situação? hahaha. Obrigada lindona! bjs

  15. Roberta  10/03/2016 - 18h15

    Oi Jú, parei com a pilula há mais de 1 ano, após uns 14 anos tomando, os 3 primeiros meses foi de forma tranquila e senti toda a parte boa da parada. Porem, após isso veio a pele super oleosa, cheia de espinhas com cicatrizes feias, a minha queda de cabelo só piorou, TPM que eu nunca tive começou a incomodar muito, cerca de 10 dias de pura irritação todo santo mês, menstruação irregular, e a libido que no começo tava uma maravilha, no final voltou ao “normal”. Fui no ginecologista e precisei voltar com a pilula, por 3 meses e depois volto para avaliação. Enfim, fiquei chateada de voltar, mas tava bem ruim sem. Torcer pra td dar certo e poder abandonar de vez. Bjsss

  16. Eliane Rocha  10/03/2016 - 18h22

    Ei Jujuba! Está muito linda! Tive esse mesmo problema seu, e pior tenho acne adulto então pensa, que terror… Mas sempre tinha ouvido falar do óleo de prímula vc conhece? Muito, muito bom, mesmo com o anticoncepcional eu tinha a TPM do cão, e simplesmente desapareceu com esse óleo. A minha TPM era aquela de não dormir por dias e todos os outros sintomas insuportáveis. Simplesmente sumiram os sintomas, somente um pouquinho de emotividade, e vontade de comer, um pouco alterada. Mas pra quem tinha mais de 15 dias de TPM estou no lucro! Bjocas linda só queria deixar esta dica mesmo. Mesmo sem o anticoncepcional minha acne está controlada e a queda de cabelo também.

  17. Priscila B.  11/03/2016 - 09h51

    Oi ju! Tomei anticoncepcional por 7 anos. Tive uma trombose no membro superior e após vários exames para identificar se havia alguma causa genética, os médicos atribuiram a causa ao anticoncepcional, razão pela qual tive que interromper o uso imediata e definitivamente. Eu usava o YAS e não tinha nenhum problema – cabelo, pele, humor, era tudo perfeito.
    Os meses seguintes após a interrupção forçada do anticoncepcional foram difíceis. Fiz tratamento com dermatologista, porque pele e cabelo mudaram muito. A tpm ficou muito forte e passei a utilizar o óleo de borragem diariamente.
    Atualmente, após 5 anos sem uso, digo que tudo se normaliza e você passa a lidar muito melhor com seu corpo naturalmente.

  18. Bruna  11/03/2016 - 09h51

    Ju… você confia 100% na camisinha?

    • Ju  11/03/2016 - 11h14

      Bru, nenhum método é 100%, mas eu não tenho opção, não posso mais usar nenhum método que tenha hormônios. Ou seja, é ela mesmo, e mesmo usando pílula, usava camisinha!

  19. Bruna  11/03/2016 - 09h52

    Ju, eu não consigo ver suas respostas das minhas perguntas :(

  20. Alana  11/03/2016 - 13h33

    Oi JÚU eu tomei anticoncepcional contínuo por três anos, e desde o final do ano passado percebi que algo estava errado, os pelos no corpo cresciam muito rápido mesmo arrancando, as espinhas brotaram no meu rosto, aquelas internas que não saem de jeito nenhum sabe, acabei procurando uma dermato e ela me receitou um antibiótico por 2 meses e mais sabonete, ácidos e creme pra usar, porém nada melhorava, as espinhas acalmavam dali uns dias inflamava tudo, um desespero, minha autoestima estava péssima mesmo. Enfim comentei com a dermato que achava que podia ser hormonal, mas ela não deu muita importância, sei que decide parar de tomar a pílula, meu marido concordou, e fazem umas 3 pra 4 semanas que parei, nos primeiros dias eu fiquei bem irritada, sonolenta, agora estou bem melhor, e olha desde que eu parei de tomar minha pele melhorou, todas as espinhas secaram, agora estou com as marcas mas o ácido está ajudando a renovar a pele, meu cabelo está mais bonito, brilhoso, macio, a libido não acho que mudou, não percebi, ainda não menstruei então não sei sobre as cólicas e nem sobre o fluxo, mas isso eu nunca tive muito então não me preocupa, eu usava o anticoncepcional contínuo por opção mesmo….mas realmente acredito que meus hormônios não estavam bem, e suspender o uso está me fazendo muito bem, não pretendo voltar a tomar tão logo. Mas acho que tudo é uma questão do nosso corpo se adaptar, claro que no início ele vai sentir falta, mas depois as coisas voltam a fluir normalmente, a natureza é muito sábia, e nosso corpo é perfeito! Beijos

  21. Ionara ferreira  23/03/2016 - 18h07

    Oi ju,tudo bem?
    Voçê esta com queda de cabelo?
    Quando parei tive muita!

    • Ju  24/03/2016 - 10h57

      Tô não, ainda bem!

  22. Isabela Loures  05/04/2016 - 12h44

    Oi Ju, acabei de conhecer seu blog por acaso, e já me identifiquei rsrsrs.
    Também estou junta em relação ao não uso de anticoncepcionais hormonais.
    Minha historia e bem parecida com a sua.
    Fiz uso de 3 remédios ao longo de 7 anos, porém o ultimo método não foi o que eu esperava, e estou tendo ausência de menstruação a 4 meses. E não estou gravida rsrsrs.
    E esse més de marco foi a decisão tomada junto com minha medica de não mais fazer o uso de métodos anticoncepcionais hormonais.
    Ela me sugeriu um método natural juntamente com o uso da nossa aliada camisinha.
    Que é o Natural Cycles é pago anualmente que se você parar pra pensar no custo beneficio é basicamente um preço de uma anticoncepcional normal. Estou gostando, ainda não me arrisquei a deixar a camisinha, já que né tem pouco tempo.
    Acho que seria uma boa dica para você, é super simples e assim você vai conhecendo seu organismo mais.
    Espero que goste e teste.
    Ganhou mais uma seguidora, seu blog esta lindo e os posts bem informativos.
    Um grande beijos.

  23. Anne  15/04/2016 - 13h55

    O melhor contraceptivo que existe é a camisinha lógico que previne contra DST e gravidez e o DIU de Cobre que não tem hormônios.

  24. […] Vivendo sem a pílula: o primeiro mês […]

  25. Gizelle  21/06/2016 - 15h39

    Meninas, existem muitas camisinhas ótimas no mercado. Pesquisem e testem bastante! Não precisamos da pílula. Posso recomendar a Preserv Extra sensitivity e a blowtex skyn. São mais caras, mas vale muito a pena.
    Meus problemas de oleosidade e acne resolvi cortando alguns alimentos. Meu cabelo caiu muito no primeiro mês, mas parou e estou no terceiro mês sem anticoncepcional. A verdade é que estou mais “eu”, mais viva, mais agitada, com muito mais libido, mais raivosa tb rsrs, explosiva. Mas essa sou eu. Os hormônios artificiais definitivamente não fazem bem, mas podem ajudar em alguns casos. O que me deixou mais feliz foi que minha dificuldade pra emagrecer finalmente acabou, posso comer doces todos os dias que não ganho mais peso!

  26. valquíria Rodrigues de Oliveira  23/08/2016 - 22h53

    Ju vc está tomando algum anticoncepcional atualmente

  27. Fernanda  31/08/2016 - 09h31

    Ju. suspendi o uso meu anticoncepcional por conta própria após minha melhor amiga ter uma AVC em decorrência do mesmo (Ela não fazia parte do grupo de risco e eu sim, pois sou fumante)
    Claro que vou marcar uma consulta, mas to morando fora do meu estado de origem e esperando uma folga para ver meu médico… enfim, acontece que três dias após suspender o uso (foram mais de 14 anos juntos, ininterruptos) eu tive um sangramento marrom e agora parece menstruação (5 dias dps)… tá com cor de sangue vivo e não tá vindo muito, mas preciso usar absorvente.. você por acaso sabe se isso é normal? Andei lendo que sangrar após suspender o uso é normal… mas to em dúvida!

  28. Polyana  20/09/2016 - 16h09

    Eu parei com o anti este mês, por recomendação médica, tomei durante doze anos direto. Estou esperando as transformações….

  29. Ráyna  25/09/2016 - 21h44

    Olá, quando parou de tomar sua primeira menstruação atrasou muito?

  30. Barbara  25/10/2016 - 11h49

    Ju parei de tomar o ac e logo em seguida veio o sangramento por privação depois disso não tive relações,mais minha monstra não veio esse mês estou com um mês de atraso e normal?

O que você acha do JV?
Ju, apenas gratidão por ter me ensinadona cuidar dos meus cabelinhos loiros com misturinhas e produtos acessíveis. Tenho um carinho enorme por vc. Beijos
As leitoras mais incríveis da vida
  • Os 5 do dia, porque eu tinha que vir falar dessa linha muitoooooo cheirosa do Boti, né? ☁️️💘O hidratante de mão é uma delicinha e nada grudento, assim como o corporal (não tá na foto mas mostrei ontem no Stories), que hidrata bem, deixa a pele cheirosa e não meleca nada. E ameiiiiiiii esse
  • Eu votei na Ju Lopes, do blog @jurovalendo, que já acompanho há alguns anos😍😍. É muito bom poder prestigiar profissionais como a Ju, que fazem um trabalho com tanto amor, competência e dedicação. Não é à toa que o Juro Valendo é o blog de beleza brasileiro mais acessado no mundo, segundo a Revista Exame!!! . Eta baianinha arretada!!! VOTEM!!! É bem rapidinho! 💕 💕. Obrigada e continue brilhando! 🌟🌟🌟 http://premioinfluenciadores.com.br/ #premioinfluenciadoresdigitais #jurovalendo
  • #behappy😊 #sejaluz #bloggers #sejamcheiosdoespiritosanto #loveu #beyourself #yourlife #yourlove #amesempre #gratidão #jurovalendo #iloveit❤️ #maqbellamakeup
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo