05.05.2016

Mulher de 30: Ela Escolheu Ser Dona de Casa

E daí?

Dia desses, conversando com minhas amigas sobre sonhos e planos, uma delas disse que o que queria mesmo era ser dona de casa, mas tinha até medo de falar sobre isso porque se sentia acuada com o julgamento alheio, e mesmo sendo uma realidade bem diferente da minha, fiquei com vontade de falar sobre isso aqui.

Quis falar porque acho incrível como, mesmo depois de termos conquistado tantas coisas e rompido tantas barreiras, ainda somos mestras em apontar o dedo para quem deseja algo diferente de nós. E apontamos sim, todos os dias. E julgamos também, o tempo todo.

Julgamos porque temos a audácia de acreditar que temos o direito de pautar as escolhas alheias nas nossas referências, como se só elas fossem válidas, e não, não são. Não são porque cada um tem que conduzir a própria vida de acordo com as próprias escolhas, vontades e sonhos, e ninguém tem nada a ver com isso.

Ela escolheu ser dona de casa. E daí?

ela escolheu ser dona de casa juro valendo

Filhos e casamento não estão nos meus planos nesse momento, e eu, Ju, não seria feliz sem uma carreira, mas a Rê sim, e se o que ela quer é ser dona de casa, se esse é o projeto de vida dela, que direito tenho eu (ou qualquer outra pessoa) de invalidar isso, de julgar o sonho alheio, como se existisse uma receita de bolo que todo mundo tivesse que seguir pra ser feliz?

Ela seguiu o scrip direitinho, fez tudo o que “deveria” fazer, tem uma carreira estável e é uma excelente profissional, mas percebeu que não é exatamente isso o que quer, porque, pra ela, cuidar da casa, do marido e dos filhos é mais importante, nesse momento, do que qualquer outra coisa.

Porque ela quer acompanhar de perto o crescimento dos filhos, ela quer que nesses primeiros anos a presença dela na vida deles seja a mais marcante possível, e pra isso ela precisa de um tempo que, infelizmente, não tem enquanto é uma profissional de sucesso.

Porque ela gosta de cuidar da casa, de fazer sua própria comida, de escolher com cuidado cada objeto que coloca em cada canto, de cuidar de cada detalhe. Porque ela, enfim, quer ter todo tempo do mundo pra cuidar da família dela e construir o lar que sempre sonhou.

E se ela quer e pode fazer isso, se é uma escolha que ela pode bancar, qual é o problema, afinal? É uma escolha, e, como todas as escolhas, vai sim gerar consequências, e lá na frente ela pode se arrepender, como todas nós, aliás, porque nossas vontades e sonhos mudam o tempo todo, mas se é o que ela quer, ninguém tem o direito de julgar e ponto final.

A gente precisa entender que não existem sonhos maiores ou menores, melhores ou piores, existem sonhos, cada um é feliz realizando os seus e isso é tudo o que importa.

P.s: já falei por aqui sobre carreira, casamento e filhos, e vou deixar o link dos posts pra vocês, tá?

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
27 comentários
  1. Camila  05/05/2016 - 11h47

    Como sempre arrasando nos textos Ju.. super concordo com vc.. nao existe o modo correto e perfeito de viver, mas sim, o modo que é perfeito pra vc, no seu ponto de vista, dane-se o que pensam… se cada um vivesse e cuidasse da sua propria vida e esquecesse da vida dos demais, tudo seria tao mais facil

    • Ju  05/05/2016 - 11h58

      Exatamente isso, Mila!

  2. Madalena Honorio  05/05/2016 - 11h49

    Ju, o site está bugado? Não consigo abrir pelo celular pq aparecem links estranhos no lugar do texto!

    • Ju  05/05/2016 - 11h57

      Ma, um hacker invadiu o blog no domingo e a programadora já conseguiu ajeitar tudo, já pedimos a reavaliação do google e tudo, mas vou passar isso pra ela, porque já era pra estar abrindo normal!
      Se puder me manda um print do que aparece por e-mail? Vai ajudar MUITO!
      Beijos

  3. Isa  05/05/2016 - 13h47

    Eu tbm queria ser dona de casa, sonhei a vida todo com isso e nunca escondi de ninguém.Ouvia muitas críticas de primas, e tias, dizendo que o certo era eu ser independente, ter um cargo importante, meu carro, minha casa, viajar eser livre.E vcs não acreditam, os anos passaram e essas mesmas primas estão todas casadas, com filhos e cuidando de casa, e euzinha tô aki trabalhando, seguindo uma carreira, viajando e só me casei a pouco tempo.Vai entender a vida!

  4. Fabiana  05/05/2016 - 14h58

    Oi Ju, gostei muito da mensagem, linda e estou praticamente passando pela mesma situação!!
    Sou formada em administração de empresas, trabalho há 7 anos num escritório de arquitetura que vai mudar para outra cidade, mas eu não irei, pois tenho um filho lindo de 4 anos e cuidarei dele, do meu marido e da minha casa a partir de agora. Meu sonho sempre foi ser dona de casa e comentava isso com as minhas colegas de faculdade!!
    Como você disse, pode ser que eu me arrependa, pois trabalho desde muito cedo, mas quero tentar!!!
    Acho que nada acontece por acaso em nossas vidas!! :)
    Um grande beijo!

  5. Soeli  05/05/2016 - 15h16

    Juuuuuu, quando fui entrar no blog pelo celular apareceu uma mensagem assim ” este site pode ter sido invadido” em letras vermelhas.

    • Ju  05/05/2016 - 16h05

      So, ele foi invadido por um hacker, mas já resolvemos! <3

  6. Emanuella  05/05/2016 - 15h26

    Ju queria ser em parte, dona de casa, mas, como boa capricorniana, o trabalho domina minha vida sniff, kkkkk, aí trabalho de manhã, trabalho a tarde, invento de fazer uma faculdade, concluo, e depois invento de fazer outra faculdade, conclui de novo, aí depois invento de fazer pós, e penso em fazer mais outra faculdade…aí depois invento de estudar para concurso, e invento de me tornar consultora de beleza, invento de criar blog, invento de criar um lojinha kkkkk, tipo assim tudo junto e misturado kkkke ainda quero inventar de criar filho kkkkk, mas acho que esse último não vem não. Kkkkkkk Será que todo capricorniano é assim, queria ser mais relax…..rsrsrs

  7. karina  05/05/2016 - 16h16

    arrazooooo juuuu……verdade mesmo…..!e eu sou uma dessas ke escolheu ser dona de casa….trabalhei fora sempre ,mais quando casei e engravidei percebi que não a preço no mundo ke pague cuidar dos meus filhos,isso “meu ponto de vista”!!!!amo cuidar da minha casa,buscar e levar meus filhos na escola,ficar projetando o que terá no almoço ,arrumar o cabelinho da minha filha sem pressa pra ir a escola,brincar de casinha jogar bola com meu filho,etc,,,,etc…olha ke não paro hemmmm..meu dia fica todo ocupado…e amo mto ….pena ke ainda as pessoas são mto preconceituosas com essas escolhas….!!!!vc ta de parabéns…..bjssss juuuu!!!!

  8. Karina  05/05/2016 - 17h17

    Mas qual é exatamente a sua carreira? Você nunca comenta… Você exerce a advocacia?

    • Ju  05/05/2016 - 19h08

      Oi Karina, tudo bem? Já falei sobre isso em um vídeo. Eu sou advogada sim, mas não exerço. Hoje eu trabalho só com o blog, que é uma empresa.
      Beijos

  9. Madalena Honorio  05/05/2016 - 18h03

    Ju, já mandei para seu email os prints da tela! Beijão!

    • Ju  05/05/2016 - 19h07

      Muito obrigada, Ma, ajudou muito! <3

  10. Eliete Lopes  05/05/2016 - 19h31

    Amei o post! Eu sou dona de casa,ja trabalhei fora mas o prazer de cuidar do meu rancho não tem preço,sei e ouço muitas criticas falam coisas que me magoam, como ser dona de casa fosse uma perca de tempo da vida e que com certeza vou me arrepender la na frente e dai mais pelo menos vivi o meu momento.É dificil ser diferente nesse mundo que todas querem ser incriveis,bem sucedidas,”ricas”e eu aqui tão feliz quanto fazendo as lidas da casa não deixando de ser linda,incrivel e bem sucedida no meu rancho kkkk. Bjos.

  11. Valquiria  05/05/2016 - 20h14

    Ju amei o texto.
    Mim identifiquei.
    Estou eu as 30 cuidando do filho, do marido. Da minha casa.
    E, enfim
    Feliz
    Hoje n mim imagino na loucura de sair de manha e chegar em casa a noite.
    So e chato quando perguntam: Qual sua profisao?
    Eu so obrigada a ter uma profisao

  12. Bianca  05/05/2016 - 22h36

    Ju, chorei quando li o texto. Eu sou de SP, estudava e trabalhava, mas queria mesmo era cuidar de meus futuros filhos, casei, meu ex marido me fez largar a Facu, eu amo cuidar do meu filho. Mas algo me dizia pra eu não parar de estudar. Meu marido me abandonou, e todos os meus sonhos de ser uma mãe em tempo integral foram apagados. Dei a volta por cima, sou funcionaria pública, duas faculdades, mas ainda com uma dorzinha no coração. Desculpe o desabafo, mas este post mexeu comigo, rssss, te adoro Ju, linda

    • Ju  06/05/2016 - 08h35

      Bia, parabénssss, você tá fazendo o melhor que você pode pra você e pro seu filhote, isso é o que importa! <3

  13. Eli  07/05/2016 - 12h13

    Oi Ju! Gostei muito do assunto! Eu sempre quis estudar mas também casar e ter filhos, mas na minha opinião chega uma hora que é necessário parar um pouco e escolher algo pra se dedicar a mais. Algumas pessoas me criticaram quando eu resolvi casar, diziam que eu tinha que terminar a faculdade primeiro, arrumar um trabalho na área, me estabilizar pra depois pensar nisso…Não concordei e fiz do meu jeito: casei, terminei a faculdade, estou desempregada e não tenho filhos, porém quero ter. Quero continuar estudando e meu esposo dá o maior apoio porém depois que eu for mãe vou dar um tempo, porque quero criar eu mesma o meu filho. Parar para se dedicar à casa e à família é uma opção e não acho que a pessoa deve achar isso o fim do mundo porque nada é pra sempre e depois ela pode retomar de onde parou, basta querer. Tive uma professora na faculdade que fez isso: fez a faculdade, casou, trabalhou um pouco na área e depois que nasceram os filhos ficou cuidando deles até a adolescência. Depois voltou a trabalhar, fez mestrado e agora está no doutorado. Enquanto há vida e saúde podemos lutar para realizar nossos sonhos, seja ele qual for. Eles não podem morrer sufocados pelo julgamento alheio!

  14. Suelen Marques  07/05/2016 - 21h02

    Ju,realmente você tem de fazer o que te faz feliz!Eu não me imagino com filhos e muito menos casada,sabe,não consigo! Haha.Me identifico muito contigo haha Ju,se puder fale mais sobre independência financeira, pois tenho familiares (mulheres) que sofrem abusos por causa da dependência. Triste. Enfim,te adorooo linda:) bjoooo

  15. Daniany C. M. Mendes  08/05/2016 - 17h24

    Ju, tempos que não entro aqui, no celular acho um saco. Meu PC cheio de virus, lento e trava tudo.
    Nunca sonhei em casar, na igreja, filhos, etc… Mas essa semana conversando sobre isso, comecei a pensar como seria. Nunca sonhei exatamente porque meus planos eram outros, venho de um lugarejo com cerca de 3 mil habitantes, desde que me entendendo por gente meu sonho era sair de lá, construir uma carreira, morar sozinha, conhecer o que eu pudesse do mundo, viajar… Mas um dia encontrei um CARA. “O CARA”! Que me fez mudar de ponta a cabeça, ele queria filhos, queria casar logo; pra minha surpresa, como era um relacionamento a distância, eu me vi fazendo planos. Mas eu queria ao menos uma carreira, depois uma pausa, porque se for pra ser mãe, não quero pagar pra ninguém ser no meu lugar, quero me dedicar, se for pra casar quero tudooo que tiver direito. Mas enfim… o destino tratou de mudar essa história e há 13 anos eu ainda choro pelo “CARA” que sim, era tão MARAVILHOSO, que me fez reinventar pra ser feliz com ele. Mas continuei seguindo o plano A, eu, carreira e meus cachorros. Beijos

  16. Pri  09/05/2016 - 15h53

    Eu tenho o desejo de um dia ser dona de casa, ter o meu rancho como a Eliete que comentou aqui e ter uma vida simples! Por enquanto só sonho!

  17. Angelita Carvalho  09/05/2016 - 15h55

    Belo texto, seria muito bom se todos respeitassem a vontade dos outros, tenho um filho de 1 ano e escolhi cuidar dele e da casa em tempo integral, mais ninguém entende que eu quero cuidar do meu filho e ficam dando palpite…

  18. Erica  12/07/2016 - 16h24

    Oi linda adorei essa matéria bjsss

  19. sâmylla aguiar sathler cesar  09/08/2016 - 15h13

    Juuuuu
    que post ÓTIMOOOOOOOOOO!!!!
    Seu blog é incrivel, a gente vai lendo tudo e não cansa. Não é mais do mesmo!!!! PARABÉNS
    AMEI ESSE TEXTO. Hoje em dia meu sonho tbm é esse. Viver em casa e cozinhando pra minha pequena empresa de alimentos saudáveis. Fiz faaculdade e não me encontrei nisso….empregos de 8 as 18h nunca deram certo comigo e hoje entendo o porque e nao ME JULGO, porque antes achava que eu tinha algum problema.
    Parbéns, continue com esse blog maravilhoso sem ser só look do dia.

  20. cintia  05/11/2016 - 01h42

    como faço para falar com vc, nao quero expor nada aqui?

O que você acha do JV?
Antes de conhecer o JV eu não sabia que existiam máscaras com fins diferenciados ... Pra mim "hidratação" era uma coisa só .. Hj entendo…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Como consegui sobreviver até hj sem isso!!!! Rsrsrs
#apaixonada #pocompacto #protetorsolar #adcos #jurovalendo #julopes #pele #cuidadoscomapele #sol #verao #proteçao
  • Receita do dia #repost #jurovalendo #vinho #domingocomvinho
  • A vontade é grande, mas a gente permanece seguindo as instruções da @gracebezerra_nutri ! #jurovalendo
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo