30.05.2016

Vivendo sem pílula: o quarto mês

Hoje é dia de vivendo sem pílula, e vou responder várias das perguntas que vocês fizeram nas últimas semanas, porque ô assunto pra render, viu? rs Esperei um tiquinho mais pra fazer esse post porque notei que algumas coisas que melhoraram no começo pioraram depois, enquanto outras fizeram o caminho inverso, e agora, 4 meses depois do último comprimido, já consigo ver com mais clareza a parte boa e a parte ruim desse processo.

Pra quem quiser ver os posts em sequência, com tudo bem explicadinho, vou colocar os links aqui antes de continuar, tá?

Vivendo sem pílula: o quarto mês

Meu principal problema com a pílula, e que me levou a suspender o uso, foi hormonal, e mesmo não me sentindo confortável com o fato de menstruar novamente depois de 18 anos livre dessa praga, entendi que tinha alguma coisa de errada com meu organismo,  que isso estava diretamente ligado ao uso da pílula e que precisava resolver o problema.

Nos primeiros dias, confesso, a coisa foi complicada e eu fiquei, literalmente, insuportável. Além da irritação extrema, me sentia cansada, sem vontade de fazer nada e com muito, muito sono, o que, provavelmente, foi uma reação do organismo a falta de hormônios sintéticos.

Pouco depois a coisa virou e fiquei cheia de energia, senti o corpo começar a desinchar, o humor estabilizar e nem a pele nem o cabelo tiveram nenhuma mudança, o que me deixou mais animada ainda. E o  melhor é que a menstruação, que dura só 2 dias,  veio sem grandes dramas: nada de cólica violenta ou TPM monstra.

Mas, logo depois, a pele começou a jorrar óleo, assim como o cabelo, e mesmo cuidando direitinho a coisa ainda não normalizou. Na verdade, agora começaram a surgir espinhas, o que me deixou meio surtada, porque né, espinha aos 33 não é legal!

Outra coisa que comecei a notar é que meu humor muda completamente perto do dia 28 de cada mês, e ao contrário do que acontecia antes, não fico muito brava ou irritada nesse período, mas sim melancólica, sensível, triste e chorona, coisa que não é exatamente a minha cara, né?

Tenho dificuldade em lidar com tristeza, sobretudo quando não tem motivo,  não é uma sensação que me deixe confortável, porque eu não sou assim, eu já acordo dando risada e animada (é de matar, eu sei! hahaha), e por causa disso voltei a tomar o 5HTP semana passada.  Já senti que a coisa deu uma estabilizada, porque dessa vez eu tô me aguentando, coisa que não tava acontecendo, porque, gente, eu tava chata demais, nossa! rs

vivendo sem pílula juro valendo ju lopes

Com certeza estou mais ativa, com ânimo de fazer as coisas, inclusive as que não gostava muito, como malhar, coisa que, aliás, tô focada nas últimas semanas e querendo cada vez mais (milagres acontecem, pois é hahaha). Minha alimentação está bem mais equilibrada e são raras as vezes em que tenho aquela vontade absurda de comer alguma besteira, coisa que sempre acontecia de noite.

A celulite melhorou mais de 50% e é notório que o corpo desincha, mas volta a inchar um pouquinho perto do dia 28. Como não menstruava há muitos anos, perdi essa noção de “ciclos”, de fases, sabe? Tudo era muito estável, e agora tô tentando me acostumar com o fato de que em determinados dias do mês o corpo muda e eu fico mais sensível.

Muitas dessas coisas podem ter a ver com a suplementação dos hormônios (testosterona, estrogênio, progesterona, cortisol e melatonina), que faço com o acompanhamento do nutrólogo e da gineco, mas no geral o saldo tem sido muito mais positivo que negativo.

Tô me sentindo infinitamente melhor e mais viva, e eu, que sempre defendi com força a suspensão da menstruação (era uma maravilha, gente!), não pretendo voltar a tomar anticoncepcional porque, no meu caso, a liberdade de não precisar menstruar custou caro, bagunçou meus hormônios todos e afetou minha qualidade de vida.

Além disso, como estou me sentindo melhor sem ele, não vejo razão para, caso meus médicos liberem, voltar a usar. Sério, acho muito mais fácil lidar com oleosidade em excesso e algumas alterações de humor do que com os problemas que tive, sabe? Agora vamos ver o que acontece nos próximos meses, né? E fiquem tranquilas que volto aqui pra contar tudo procês!

Mas, como já disse aqui antes, não demonizo a pílula de jeito nenhum. Ela é maravilhosa, ajudou e continua ajudando muita gente. Só que, pra mim, a longo prazo, não fez bem e precisei parar.

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

24.05.2016

Fadiga Adrenal Crônica: Como lidar?

Tempos atrás fiz um post aqui falando da reposição de cortisol, por causa da fadiga adrenal crônica, e até hoje recebo muitas perguntas e muitos e-mails sobre o assunto, mas evito ficar falando de “doença” por aqui, porque é um troço chato, né?

Mas, uma leitora, a Giana, comentou comigo lá no Instagram (@jurovalendo, segue lá!) que tinha fadiga adrenal, estava fazendo tratamento há um ano, não estava legal e sugeriu que eu fizesse um post sobre o assunto. Bom, como não é nada que me deixe desconfortável e que sei que pode ajudar mais gente, resolvi fazer!

Fadiga Adrenal Crônica: que troço é esse?

fadiga adrenal crônica juro valendo ju lopes

Expliquei nesse post aqui como tudo começou, quais eram os meus sintomas e como o problema foi descoberto, mas, resumidamente, eu sentia muito cansaço, do tipo que atrapalha a vida, porque não conseguia fazer quase nada, tinha uma dificuldade enorme de levantar e render pela manhã, o que era estranhíssimo pra mim, que sempre acordei muito cedo, ficava irritada por qualquer motivo (ou sem motivo), estava apática, sem vontade de fazer nada, não tinha mais condição nenhuma de lidar com nenhuma situação estressante, e eu sempre fui boa em lidar com isso, não conseguia me concentrar direito, meu sistema imunológico estava em frangalhos, porque vivia “doente”, e só tinha energia mesmo durante a noite.

Ou seja, estava um caco. Procurei dois médicos diferentes e os dois, após alguns exames laboratoriais, disseram que eu estava estressada. Aí procurei um nutrólogo, Dr. Tasso, que foi um pouco mais a fundo nos exames, verificando os níveis de vários hormônios, inclusive o cortisol, e foi aí que tive o diagnóstico de Fadiga Adrenal Crônica, porque meu cortisol estava no chão, como quase todos os meus hormônios, aliás.

Como é o tratamento?

O meu tratamento é feito, basicamente, com a reposição do cortisol, ou melhor, da hidrocortisona duas vezes ao dia (de manhã e no almoço), e a minha dose é de 10 mg (é manipulada), mas isso aí quem vai determinar é o seu médico, porque vários são contra o uso da hidrocortisona e existem várias controvérsias, como em quase tudo, né?

fadiga adrenal crônica juro valendo ju lopes

Só posso dizer que pra mim ela foi (e é!) a melhor coisa, mudou completamente minha qualidade de vida e em pouco tempo eu voltei a ter energia pra viver, sabe como é? A única coisa chata é a retenção de líquidos, mas isso é o mínimo, sinceramente.

Claro que, além dela, precisei fazer algumas mudanças, como me alimentar de forma mais saudável, dormir direitinho e praticar atividade física, mas quando estava fazendo tudo isso e resolvi, de forma irresponsável, suspender o uso da hidrocortisona fui parar, semanas depois, no hospital. Ou seja, no meu caso ela é essencial, e mesmo existindo todo um “plano” pra estimular a sua produção, eu ainda não consigo viver bem sem ela.

Hoje tento comer nos horários certos pra controlar a glicemia, evito os alimentos de alto índice glicêmico (causam hipoglicemia de rebote e o cansaço fica ainda maior), evito alimentos ricos em potássio pela manhã, porque eles podem reduzir a absorção do sódio, o que é problemático nesse caso, evito alimentos estimulantes (exceto o café, não consigo!), pois isso pode aumentar a liberação das aminas e fazer com que as adrenais, que já estão fatigadas, trabalhem demais e consumo mais alimentos ricos em vitamina C, pois as adrenais utilizam muito essa vitamina, mais que outros órgãos, inclusive.

Além disso, aumentei o consumo de magnésio, de alimentos que são fonte de vitamina B5 e tomo alguns fitoterápicos, mas sobre eles prefiro não falar porque o uso desse tipo de coisa deve ser feito com supervisão médica, e tem gente que “vai na tora” mesmo, sabe?

Nem tudo é fadiga adrenal

Claro que nem todo cansaço é fadiga adrenal, claro que existe estresse puro e simples, mas acho importante sim falar sobre isso e buscar sempre opiniões de profissionais diferentes, sabe?

fadiga adrenal crônica juro valendo ju lopes

Já me disseram aqui uma vez que era engraçado como todo mundo que passava por um nutrólogo saia com diagnóstico de fadiga adrenal e resistência à insulina, como se fosse uma receita pronta, e eu agradeço imensamente por ter passado por um que pediu exames que outros médicos não cogitaram pedir e, graças a isso, descobriu qual era o meu problema, que quando começou a ser tratado fez (e continua fazendo) uma diferença absurda na minha vida.

É por causa dele que estou bem hoje. Foi por ter procurado outras opiniões, ao invés de ter aceitado de cara que eu estava estressada e trabalhando demais, que pude ser diagnosticada corretamente, que estou sendo tratada, porque do mesmo jeito que nem tudo é fadiga adrenal, nem tudo é estresse.

E não, não existe receita pronta, mas é meio evidente, ao menos pra mim, que essa rotina louca e extremamente estressante que a gente tem, aliada a uma alimentação péssima e cheia de porcarias vai cobrar a conta uma hora ou outra, né?

Enfim, espero que tenha ajudado, e deixo claro que só posso falar pela minha experiência, pelo que eu vivencio, porque cada caso é um caso e só o seu médico pode dizer o que é melhor para você. Mas, o meu conselho é: procure sempre outras opiniões, e se o tratamento não estiver fazendo efeito, questione, procure outros médicos, pesquise e corra atrás, porque o que não parece certo, ao menos pra mim, é não “melhorar”, é passar mal o tempo todo.

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

23.05.2016

Clorofila Líquida: Onde Comprar e Como Fazer o Suco

Já ouviram falar da clorofila líquida? Eu já tinha visto (e tomado) várias vezes o tal do suco de clorofila em lanchonetes naturebas e sempre tive vontade de experimentar no dia a dia, porque, pelas coisas que já li, ela proporciona vários benefícios para o organismo, mas nunca tinha encontrado prontinha pra comprar, até semana passada, quando achei a bendita no Universo Natural!

Fazia tempo que não passava por lá, e, pra quem ainda não conhece, é uma loja aqui em Jee que tem lanches naturais, saladas e muitas das coisinhas que consumo no dia a dia, como chás, colágeno, cápsulas de várias coisinhas e por aí vai. Não ia por falta de tempo mesmo, daí acabava fazendo uma listinha, mandando pra Milla, a dona, pelo Face e pedindo pro meu anjo de guarda, que atende pelo nome de Lu e faz tudo pra mim, pegar.

Mas, vamos ao que interessa, a clorofila líquida, senão vou passar o resto do dia proseando! rs

Clorofila Líquida: o que é e pra quê serve?

A clorofila é a responsável pela coloração verde das plantas e algas, e, supostamente, possui propriedades desintoxicantes, nutritivas e revigorantes, além de ajudar a fortalecer o sistema imunológico e melhorar a oxigenação das células.

Na verdade, se a gente for ler com cuidado tudo o que falam da clorofila, a lista de benefícios parece não ter fim, porque achei indicação “pra mais de metro”, e a coisa  vai desde o auxílio no emagrecimento até a melhora das varizes, passando pelo combate a anemia, fortalecimento da visão, redução da fadiga e por aí vai.

Mas, como não li nenhum estudo definitivo sobre o assunto, não dá pra afirmar nada, sabe? O que sei é que tomei por muito tempo o suco verde, fazendo os gelos de couve, e também já tomei a Chlorella, que é uma das fontes mais  ricas de clorofila, e sempre me dei bem e senti meu organismo funcionando melhor, e como a clorofila líquida que comprei, a Liv Clorofila, da Tiaraju, é a base de Chlorella, tá tudo em casa, né?

Comprei a versão líquida e industrializada porque é mais prático mesmo, e também porque essa não contém sódio, glúten ou algo além da Chorella, ferro e vitamina B12, mas quem quiser pode fazer uso de outras fontes de clorofila, como as folhas verdes, a grama de trigo (dizem que é uma das melhores fontes) ou a espirulina, por exemplo.

Como fazer o suco de clorofila líquida?

No rótulo diz que basta dissolver 10 ml da clorofila líquida em 200 ml de água e tomar 3 vezes ao dia, e o gosto é bom, porque é de menta, mas prefiro fazer do meu jeito e acrescentar a clorofila no meu suco da manhã, que sempre leva alguma fruta, gengibre e uma folhinha, como hortelã ou capim-limão.

clorofila líquida juro valendo

Como o suco deve ser tomado na hora, coloco só 5 ml da clorofila, e os outros 5 ml misturo com o colágeno que tomo de noite, mas pra quem quiser uma versão natural, lá no M de Mulher tem uma receita do suco de luz de sol que é bem gostoso.

Todo mundo pode tomar?

Não, nem todo mundo pode tomar, o ideal é que o consumo seja feito com orientação de um médico ou nutricionista, e a versão líquida não é indicada para gestantes e crianças.

No mais, como em todos os produtos, existem riscos, efeitos colaterais (vômitos, diarreia, náuseas,erupção cutânea  etc) e algumas pessoas podem ser alérgicas aos componentes presentes na formulação do produto. Além disso, é preciso ficar atento ao fato de que as plantas usadas na formulação dos produtos podem ter sido expostas a pesticidas e/ou toxinas ambientais, e isso a gente não tem como prever, então tem que ter cuidado com a escolha do produto e sempre pedir a orientação de um nutricionista, sempre!

Eu comprei toda animada e só quando cheguei em casa mandei whats pra minha pra saber se poderia tomar (quem mandou dar liberdade? Eu abuso mesmo! hahaha), e ela liberou, mas pediu pra que eu avisasse se notasse qualquer reação diferente, e bateu na tecla de que o ideal era fazer o suco com grãos germinados e folhas naturais.

Até agora não senti nada de diferente e tô gostando, mas vou atualizando vocês pelo Instagram e Snapchat (nos dois nós somos Jurovalendo, segue lá!), tá? E se alguém aqui já tomou, conta aí o que achou!

Paguei R$21,75 na embalagem com 250ml, que dá pra 25 dias, e é encontrado em lojas de produtos naturais.

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

02.05.2016

5 Dicas Pra Ter Uma Vida Mais Saudável

Tô tentando, juro valendo!

Nos últimos meses fui bem desregrada em relação a várias coisas: dormia super tarde e acordava cansada, não estava me alimentando direito, não tinha horário pra nada e quase sempre “furava” a academia. Daí percebi que tudo isso estava me atrapalhando, comprometendo meu rendimento e minha qualidade de vida, e fiz uma listinha (lógico hahaha) de coisas que preciso fazer todos os dias pra ter uma vida mais saudável.

Por uma vida mais saudável!

1. Alimentação correta

Não tem como ser mais saudável comendo um monte de besteira e, pior ainda, nos horários errados. Até meados do ano passado estava super regrada com a dieta, mas aí fui metendo o pé na jaca um pouco de cada vez e quando percebi já não existia mais dieta, o que me deixou muito chateada comigo, sabe?

Então, a primeira coisa da minha listinha é comer corretamente, o que significa reduzir os carboidratos  (e eliminar os carboidratos simples)  e cortar o açúcar (tenho resistência à insulina), reduzir as porções, comer de 3 em 3 horas e tomar mais água.

“Dieta” é muito pessoal, e no meu caso o ideal é evitar ao máximo alimentos de alto índice glicêmico, até porque não aguento mais tomar Nimegon Met (o comprimido é enorme, gente!). Já tinha cortado o açúcar há uns anos atrás, mas venho “fazendo a formiguinha” de vez em quando e quero me livrar disso.

2. Dormir e acordar cedo

O ideal é que eu durma às 22hs pra acordar às 5:30 ou 6hs, no máximo, mas só consigo dormir lá pras 3 da manhã, porque fico fofocando no whats ou lendo sem parar,  acordo 7 e meu dia não rende, porque sempre acordo cansada e sem pique, sabe? Vou me forçar a dormir mais cedo, porque aí acordo mais cedo, descansada e consigo fazer tudo o que planejo, inclusive caminhar com Ozzynho 1 h toda manhã, o que não está acontecendo ultimamente.

Meu nutrólogo sempre diz que se a gente não dorme bem nada funciona direito, e é verdade, então vou mudar isso!

3. A tal da atividade física

Ó, eu já tentei de tudo, mas academia é um saco! Não gosto do ambiente, detesto música alta, não suporto o barulho e as aulas lotadas. Pra mim não dá, é oficial!

Mas, preciso fazer atividade física todos os dias, então me comprometi a voltar a andar com Ozzynho durante 1 hora todos os dias de manhã e fazer aula de dança, que eu amo, mas não quero em academia, e vou providenciar isso hoje!

4. Organizar meus horários

Com isso de acordar mais tarde, minha vida saiu do eixo completamente, porque nunca dá tempo pra nada, e mesmo listando tudo o que preciso fazer no dia, não estava dando certo.

Daí peguei a minha agenda e coloquei tudo o que tenho que fazer em cada horário, mas tudo mesmo, desde responder comentários e escrever posts até colocar comida para os meus bichinhos, cuidar da pele, comer e por aí vai.

Como tenho a tendência de ser mais metódica, acho que seguir essa listinha, riscando cada tarefa concluída, vai ajudar a manter a disciplina e não me perder durante o dia, sabe?

5. Ter tempo pra mim

Todos os dias preciso tirar um tempinho pra fazer meu reiki, meditar, usar o beamer, fazer drenagem, cuidar do cabelo, cuidar das unhas, cuidar de mim, enfim. Claro que não dá pra fazer tudo isso todos os dias, então separei um dia pra cada coisa, mas meditação, reiki e ler um pouco é algo que preciso todos os dias.

Ah, cuidar da pele não entra aqui, porque é tipo escovar os dentes, né? Não dá pra ficar sem!

Esses são meus 5 compromissos pra essa semana e, conseguindo cumprir com todos eles, semana que vem passo pra segunda parte, sem esquecer nenhum desses, claro. Porque, sim, preciso organizar muitas coisas, mas é um pouco de cada vez, senão a gente fica sobrecarregada, né? Bora ver como vou me sair! rs

E se você tiver alguma dica que possa ajudar, compartilha aí!

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

Página 4 de 2423456
O que você acha do JV?
Sempre arrasando Jú Lopes! Acabei de ler a crônica na revista da Júlia Pinheiro, Achei perfeita a forma como descreveu a virada do ano para…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Aqueles olhos...🎵🎵🎵
Agenda aberta para cursos de auto maquiagem. 📲 3199254-8715

#amomaquiagem #amomeutrabalho #maquiagemformanda #maquiagembh #maquiagemcontagem #pausaparafeminices #brunatavaresppf #maqbellamakeup #universodamaquiagem_oficial #universodasnoivas
  • Hoje por aqui tô é fazendo festa de tanta felicidade, chegou os desapegos maraaaa da Ju Lopes @jurovalendo 😍❤👌🍀
E a pessoa aqui ficou ainda mais feliz quando viu os batons lindos dá @lizbranquela ( eram desejos de consumo, mais o orçamento não colaborava 😀 ).
Ju obrigado pelo carinho, pelo bilhetinho tão lindo, te desejo todo sucesso do mundo.
#EntendiTuaLetraSim 
#MeEmocionei
#MuitoFeliz
#JuroValendo 😘❤🍀😍🙏
  • #makeclassica #maquiagembh #maquiagememmadrinha #maquiagememdomicilio #atendimentovip #maquiagemformanda #maquiagembrasil #amomeutrabalho #amobatom #smokeyeyes #makegliterinada #makeupartist #pausaparafeminices #brutavaresppf #jurovalendo #atelierparis #kryolanbh #catarinehill #maqbellamakeup #universodamaquiagem_oficial #universodasnoivas #mk #marykaybrasil #maquiadoraprofissional
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo