09.08.2015

10 Coisas Sobre Ozzynho

Agosto é um mês muito, muito especial, e  08/08 é mais especial ainda, já que é o aniversário do meu Ozzynho, o cachorrinho mais lindo, inteligente e amado do mundo! ♥ Ah, quase esqueci: e que tem a “mãe” mais babona de todas! rs

E como ele sempre aparece nas minhas redes sociais e muita gente pergunta muita coisa, achei que seria legal fazer um post com 10 coisinhas sobre ele. Vamos lá!

 Staffordshire Bull Terrier

1. Ozzynho é um típico leonino

É engraçado falar isso, mas é verdade, porque de longe a gente percebe que Ozzynho é um leonino nato!

Em qualquer lugar onde ele chegue, tudo gira em torno dele e ele vira, de forma imediata, o centro das atenções. Todo mundo quer pegar, brincar, fazer gracinha, e ele, claro, adora! Aliás, nada deixa Ozzynho mais feliz que atenção, e se ele não tem isso, fica amuado num canto, super ofendido.

E ele é muito dengoso, carinhoso, brincalhão, super protetor e, como bom leonino, possessivo! Um reizinho, como se vê!

2. Ozzynho é um  Staffordshire Bull Terrier

Muita gente pensa que o Ozzynho é um Pitt Bull, mas não, ele é um staffordshire bull terrier, uma raça que tem cachorros muito afetuosos, extremamente corajosos, inteligentes, brincalhões e cheios de energia. Na Inglaterra, os cães da raça são conhecidos como “Nanny Dog”, porque gostam muito de crianças e não são agressivos. 

Staffordshire-Bull-Terrier

E Ozzynho é exatamente assim, apesar da aparência de valente, ele é uma bebezão que adora brincar, correr, pular viajar, é muito carinhoso, manhoso e bonzinho. Ah, e ele adora dormir, e acha que o o mundo todo é dele, sabe?

Nunca atacou ninguém, jamais rosnou pra quem quer que seja e tem um apreço especial por crianças e idosos. O temperamento tem a ver com a raça? Sim, mas todo animal é, a princípio,  dócil e equilibrado, o que muda isso é a educação, o ambiente em que vive e o tratamento que ele recebe.

3. Ozzynho é um esportista!

Eu sempre digo que o segredo pra que um cachorro seja tranquilo é exercício, e isso vale para cães de todas as raças e tamanhos, mas principalmente para os que têm mais energia, como Ozzy.

Ele caminha duas vezes por dia, de manhã e no fim da tarde, sendo que de manhã ele vai comigo e a caminhada é mais leve, mas de tarde ele vai com o dindo dele, que é Bruninho, meu primo, e aí é “coisa de homem”: eles andam de bicicleta, correm, brincam de pular obstáculos e todas aquelas coisas que os meninos adoram! Ou seja, não tem como ele ficar estressado, sabe?

E ele adora nadar, fazer trilha e correr, e é muito ágil em “provas de obstáculos”, muito mesmo!

 Staffordshire Bull Terrier

4. Ozzynho é guloso!

Nunca vi um cachorro gostar tanto de comida como Ozzy, e não é só de “coisas de cachorro” não: de brócolis a cenoura, ele quer tudo! hahaha

Mas come pouco, e a ração é a mesma desde sempre, a Premier para Pit Bull. Até já tentei variar, porque às vezes ele enjoa, mas não dá muito certo, e até tentei comprar uma ração que algumas meninas me indicaram no Face por ser livre de transgênicos, mas aqui em Jee não vende e quando comprei pela net paguei quase o dobro do preço da ração só de frete. Não, o pior não foi isso, o pior foi ele colocando a ração na boca e, literalmente, cuspindo! hahaha

Fora a ração, ele come banana e maça todos os dias, e cenoura, muita cenoura! Água de coco é outra coisa que ele adora e que dou bastante, porque aqui faz muito calor, e sei que tá errado, mas toda vez que faço pipoca ele come, porque se não der a pipoca dele, é capaz de derrubar a casa!

Ah, e na praia ele sempre chupa picolé de frutas, sempre, e sei que é errado, mas acho tão bonitinho que raramente resisto! #Culpada

5. Ozzynho adora chá

Quando era pequeno, ele sentia cólicas e eu dava chá de erva doce pra ele, sempre frio, e ele acostumou tanto que hoje adora chá, mas só de erva doce, erva cidreira e capim limão!

Como aqui é muito quente, no verão faço “gelo” de chá e dou pra ele, e ó, ele ama!

Staffordshire-Bull-Terrier

6. Ozzynho é super sociável!

Ao contrário de mim, que sou tímida pra caramba, Ozzynho é extremamente extrovertido e sociável, adora gente, brinca com todo mundo e convive bem tanto com gente quanto com bichos, embora fique zangado quando chega algum bichinho novo aqui em casa, mas é que ele fica com medo de “perder terreno”, sabe?

Mas ele não ataca nenhum, ele só quer deixar claro que o rei da casa é ele hahaha. E o engraçado é que ele, mesmo zangado, é bem protetor com todos os bichinhos, e quando os outros brigam ele sempre vai e “bota ordem na casa”.

7. Ozzynho detesta barulho

Além de nunca fazer barulho, porque é raro vê-lo latir, ele não gosta de lugares barulhentos e detesta que falem alto com ele, detesta mesmo, portanto, nem tente, ele vai virar a cara e te ignorar solenemente. rs E ele também não gosta de fogos, de som alto e de moto.

Staffordshire-Bull-Terrier

8. Ozzynho ama viajar!

Pra começar, Ozzy adora carro, e quando pego a bolsa ele já corre e fica na porta do carro pra entrar, e vai certinho pro lugar dele rs. E ama, ama viajar! Já levei várias vezes pra praia, pra Chapada, levo pra fazenda e ele adora tudo isso, é super tranquilo viajando (tem post aqui sobre isso) e se diverte muito, muito, muito!

Tem algumas viagens que gostaria de fazer com ele, só que precisaria ser de avião, mas morro de medo porque não confio de jeito nenhum, já que casos é que não faltam do péssimo serviço que é prestado pelas companhias aéreas, né?

9. Ele não é um cão de guarda!

Apesar de ter uma boquinha assustadora, ser bastante forte e ter cara de bravo, Ozzy, como qualquer outro Staffordshire Bull Terrier, não é um cão de guarda. Ele é um cão de companhia, do tipo que requer atenção constante, que fica deprimido se deixado sozinho, e que acha que o seu sofá e a sua cama são os locais perfeitos pra ele.

Claro que, em casos extremos, ele vai defender o espaço dele e as pessoas que ama, mas isso é uma exceção. É muito mais fácil ele lamber e brincar que assustar, garanto!

Staffordshire-Bull-Terrier

10. Ozzynho é muito cismado

Tem pessoas que Ozzy simplesmente não gosta, e ele deixa isso muito claro: a pessoa pode brincar, fazer graça, dar o mundo pra ele, mas ele vai continuar sentadinho sem sequer olhar pra pessoa.

E ele também não gosta que peguem nas coisas dele: se ele “der” o brinquedo, tudo bem, mas se ele não der e você pegar, ele vai tomar da sua mão.

E aqui tem uma história engraçada: quando era novinho, Ozzynho ganhou um carrinho de borracha, de um material bem frágil, mas ele tinha o maior amor por esse brinquedo, e sempre brincava sem rasgar. Até que um dia uma rottweiler que minha mãe tinha, Lua,  rasgou esse carrinho…

Gente, Ozzynho ficou inconsolável! Ele carregava os “restos” do carrinho pra tudo quanto é canto e nunca mais brincou com Lua. Mais leonino impossível, né? rs

Ufa, o post ficou enorme e não falei nem a metade do que queria rsrs. Agora quero saber sobre os bichinhos de vocês! Vocês gostam? Têm bichinhos?

Beijos e bom domingo, Ju♥




20.10.2013

Como Educar Um Cachorro?

Como  posto muitas fotos de Ozzynho, sempre tem gente que pede pra falar de “coisas de cachorro”. Bom, hesitei por muito tempo porque o que eu sei sobre cachorros aprendi com Ozzy, mas decidi escrever sobre o assunto, e me comprometo a procurar a veterinária dele, Dr. Roberta, sempre que tiver alguma  dúvida sobre algum assunto, pra que tudo seja feito de forma responsável.

como educar um cachorro

Vou começar com um post sobre “educação”, porque ando com Ozzy em todos os lugares, viajo com ele de carro, ele se hospeda em hotéis, frequenta pracinhas e restaurantes (os que aceitam cachorros) e nunca tive nenhum tipo de problema, porque ele é extremamente educado, nunca atacou ninguém e é um “sedutor” nato, do tipo que chega em um lugar e, sem que ninguém saiba como, se torna o dono do pedaço.

O mérito, contudo, não é meu, de verdade, porque costumo dizer que Ozzy já veio pronto. Ele é educado, ele é tranquilo, é obediente  e  é bonzinho, embora seja voluntarioso, arteiro e teimoso, como bom leonino. Simplificando: se fosse meu filho, assim da barriga, não seria tão parecido comigo!

Ozzy chegou aqui ainda novinho e eu não sabia como educar um cachorro, mas fiz como faria se fosse uma pessoa: expliquei pra ele que ele seria amado e respeitado, mas que ele teria que “respeitar a patente”, porque na hierarquia do meu exército ele era soldado e eu, claro, marechal, então eu mandava e ele obedecia. Obvio que ele não entendeu nada do que eu falei, mas o fato é que ele capitou que quem mandava no fuê era eu e não ele!

férias cachorro

Isso é essencial, porque cachorro, assim como criança (não tô comparando, claro, só tô explicando), precisa de “direcionamento” e disciplina.

Brincadeiras à parte, eu não tinha e nem tenho fórmulas, eu não sabia o que fazer e fui aprendendo no dia a dia, mas eu tinha, e ainda tenho, muita vontade de acertar.

A minha tendência seria mimar Ozzy de todas as formas (e eu mimo), mas aprendi que, pra ser equilibrado, um cachorro precisa primeiro de disciplina, depois de exercícios e só depois de dengo. Então, já que era pro bem dele, o jeito foi passar por cima do meu instinto e fazer o que tinha que ser feito.

E eu sou muito firme com ele, embora isso parta meu coração em mil pedaços.

Eu nunca bati em Ozzy, embora já tenha tido vontade de voar no pescoço (mas nunca fiz), como quando, por exemplo, ele comeu meus óculos (eu sou super cegueta), derrubou minha bandeja de perfumes ou comeu um pedaço da minha mantinha (eu ganhei quando eu nasci, e quem deu foi vovó Nete e  ela já não está mais aqui, então era importante pra mim..), pois não quero que ele aprenda pelo medo.

Ozzynho

Também não grito com ele e controlo meu tom de voz, que é alto, porque do mesmo jeito que eu não gosto de ser “gritada”, acho que não tenho que gritar com ele, porque quanto mais equilibrada eu for, mais equilibrado ele será. O certo é que ele vai testando o seu limite e cabe a você delimitá-lo, mas de forma educada e  sem agressividade, porque ele vai reproduzir o que aprender, é simples.

Jamais corrija algo depois que passou, pois ele não vai entender. Corrija na hora pra que ele “ligue” a reclamação ao fato e não faça mais. Então, se você chegar em casa e a parede estiver literalmente “comida”, não adianta brigar porque ele não vai entender que a briga é por causa da parede, e ele não tem noção de certo ou de errado, isso quem vai ter que dar é você. Ou seja, pra ele aquele sapato de trocentas Dilmas não passa de brinquedo de morder, e ele vai continuar achando isso até que você ensine que não é.

No meu caso, o  que  fiz, na verdade, foi tratá-lo como eu gostaria de ser tratada, sabe? Com educação, com respeito e com amor, mas acredito que isso só tenha funcionado porque a disciplina aqui é linha dura, mesmo eu sendo mais mole que maria-mole…

viajar cachorro

Eu detesto  ter que repetir a mesma coisa, mas quando ele era bebezinho passava o dia repetindo qual era o lugar que ele tinha que fazer as necessidades dele, o que era permitido e o que não era permitido, e de maneira calma. Não foi fácil, na verdade foi um teste de paciência pra mim, mas ele aprendeu e NUNCA fez nada fora do lugar, mesmo quando viajamos, e nunca faz o que eu ensinei que não era permitido.

Por exemplo, Ozzy não come nada da mão de ninguém  e nem do chão, porque tinha muito medo de que jogassem algo  (a famosa “bola” ) pelo muro e ele comesse, sabe? Isso acontece muito aqui e muitos cachorros morrem assim. E se ele estiver com algo na boca e eu mandar abrir, ele joga no chão na hora. Até postei tempos atrás um vídeo no insta em que ele estava de frente pra um monte de biscoitinhos que ele adora, mas não encostou até que eu dissesse que era dele.

Ah, acho que pelo tamanho da boca (Ozzy não é Pit Bill, é Staffordshire Bull Terrier, e quem quiser saber mais sobre tem esse site aqui), muita gente pergunta se não tenho medo de Ozzy e nunca tive, de forma alguma. Tenho absoluta confiança nele e ele me prova todos os dias que posso continuar confiando, pois é um cachorro dócil, amoroso e equilibrado. Isso é muito importante, porque se o cachorro sente que você tem “medo” dele, lascou-se, porque é ele quem vai mandar em tudo!

Ele sempre faz essa carinha quando digo "não"...

Viajar com Ozzy também é muito tranquilo (já faço um post sobre isso), porque coloco o cinto de segurança dele (em Pet Shop tem) e explico que ele precisa ficar quieto, e ele fica, e se sente vontade de fazer algo, ele “pede” latindo, coisa que ele raramente faz (pelo que sei, é padrão da raça), mas também paro de vez em quando pra dar água e coisas do tipo.

Uma coisa que é muito importante pro equilíbrio do animal e pra sua educação é o passeio. Cachorro precisa se exercitar todos os dias pra que não fique ansioso nem agressivo. Desde quando era pequeno Ozzy passeia todos os dias, duas vezes ao dia (uma vez comigo e outra com Bruno, meu primo que é o “dindo” dele), e isso faz muita diferença e torna muito mais fácil o processo de aprendizagem, porque ele fica calmo e relaxado sempre.

Eu sei que nem todo mundo tem tempo, mas o passei diário, mesmo que seja mais curto, precisa ser feito, e tudo isso precisa ser pensado antes de ter um bichinho, porque ele tem necessidades e nós precisamos dar conta delas.

Prometo fazer posts mais “práticos”  (esse ficou giga!) e peço que sugiram os que acharem legais!

Beijos

Ju

05.04.2013

Seu Cachorro Tem Medo De Fogos? Eis a Solução!

Quem me acompanha no Face sabe que  sou a feliz mamãe de um Staff Bull Terrier de três aninhos, o Ozzynho (depois mostro ele aqui!), que é um cão dócil, meigo, carinhoso,  tranquilo e corajoso, mas que MORRE de medo de fogos. Ele é assim desde pequenininho, e, aliás, qualquer barulho mais alto faz com que ele fique  assustado, mas quando se trata de fogos, comuns por aqui, sobretudo no mês de junho, por causa dos festejos juninos, ele se desespera, treme muito e tenta se esconder em qualquer local onde se sinta “protegido” do barulho.

Muita gente acha que é besteira, mas o fato é que o animal entra em pânico, podendo sofrer convulsões e paradas cardiorrespiratórias, por exemplo. Por isso, é muito importante, nesses momentos, manter o animal em local seguro, o mais longe do baralho possível e tranquilizá-lo.

Seu Cachorro Tem Medo De Fogos?

Já soube de um caso em que o dono deixou o animal, que estava apavorado, acorrentado (era um cachorro grande) do lado de fora da casa durante um campeonato de futebol (muita gente solta fogos!) e ele se enforcou com a corrente, tentando fugir. Sim, o cachorro entrou em pânico e se enforcou sem querer, claro, então todo cuidado é pouco!

Seu Cachorro Tem Medo De Fogos?

Florais, Uma Opção Viável

Como eu sempre tomei florais, acostumei Ozzy a tomar também, e já começo a dar o floral três meses antes dos festejos juninos, porque o floral não age de imediato, mas a recomendação é iniciar o tratamento cinco dias antes (ok, eu sou exagerada, já sei!).  Sempre alterno entre a fórmula dos Florais de Bach e a fórmula da Bio Florais, que postei essa semana no insta.

A fórmula  recomendada do sistema de Florais de Bach leva Rock Rose, Mimulus, Rescue, Aspen e Cherry Plum, e deve ser formulada sem álcool ou glicerina. Já o floral da Bio Florais já vem pronto, o nome dele é MEDO (uso veterinário) e vende em farmácias de manipulação. Vale lembrar que essas fórmulas servem tanto para cães quanto para gatos.

Acepran, Uma Opção Possível

Dr. Roberta Macêdo, a veterinária de Ozzynho, receitou pra ele o Acepran, que é um tranquilizante veterinário. Não usei ainda porque não vi necessidade, mas, segundo ela, esse remédio, que é em gotas, funciona muito bem. A única ressalva que eu faço é não sair medicando o animal aleatoriamente. Esse tipo de medicamento, apesar de não precisar de receita, deve ser indicado e ter o uso acompanhado por um veterinário, pra garantir a segurança do seu bichinho.

Nem ia postar sobre ele aqui, mas achei melhor fornecer a informação para que vocês possam conversar com o veterinário responsável pelo bichinho de vocês sobre a possibilidade (ou não) de administrar esse remédio em casos de medo exagerado.

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Amo JV !!! Minha bíblia capilar. Tá com dúvida, vai lá que você acha a resposta! E se não achar, a Ju providencia! Amo, Amo,…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Mais uma resenha que cês pediram e já tá no blog!🙌🏻💓 O resultado dele no meu cabelo é o mesmo do Cicatri Creme, que funcionou super bem, a única diferença é que esse tem proteção térmica, o que é ótimo, né? 
São 10 benefícios em um único produto, e no meu cabelo, que é descolorido há quase 20
anos (tô 👵🏻😱😜), não pesa, amacia muito, ajuda no frizz e entrega um resultado bem bom pra um produto de menos de R$15,00!

A resenha completinha tá lá no blog, passa pra ver!☺️🌸
#Elseve #CicatriRenov #jurovalendo
  • A @evelynregly acertou em cheio, a máscara dela é do babado mesmooooo, é poder, meu povo! 😍🙌🏻 Sabe aquelas máscaras bem equilibradas, com ativos hidratantes, nutritivos e reconstrutores, especialmente aminoácidos de baixo peso molecular, que são curingas e sempre funcionam quando o cabelo dá piti e não dá certo com nada? É essa! 🎊🎉 O pH dela é baixo, alinha e sela muito os fios, deixando o cabelo bem macio e sedoso, soltinho, com balanço e com menos frizz. E o melhor é que não pesa nadinha, então todo mundo pode usar! ✨

E ó, tô usando muito pra substituir o condicionador, porque repõe nutrientes de vários tipos e sela direitinho. Tô gostando demais! ☺️| Publicidade ✨

#timeembelleze2017 #embelleze #novexedobabado #PromoJu #Cabelos #CabelosLoiros #JuroValendo
  • Porque eu amo❤

#behappy😊
#feemdeus
#maquiagembh
#maquiagemdenoiva #makeupartist
#makebasica #makeupslaves #universodamaquiagem_oficial #maccosmetics #macsavassi #makeupbyme #jurovalendo #inxtalove #instalife #blogueiras #bloggers #maqbellamakeup #maquiadoraemcontagem #inglot
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo