16.12.2016

Melatonina Emagrece Mesmo?

Faz bastante tempo que uso melatonina, o “hormônio do sono”, e semana passada postei um vídeo falando sobre a minha experiência, inclusive se a melatonina emagrece ou não.

É fato que, como já disse por aqui,  quem manda no nosso corpo são os hormônios, e quando algum deles sai do ritmo, bagunça a coisa toda. Eu, que reponho vários deles, bem sei como é isso.

A melatonina, que é liberada no período noturno, é essencial para que o nosso metabolismo funcione direitinho, e se o ciclo de sono e vigília não forem devidamente respeitados, a coisa complica, já que a síntese da melatonina fica comprometida, sua produção despenca e isso pode interferir até no peso.

Alguns estudos realizados na Itália e na Espanha constataram que a suplementação da melatonina em níveis adequados reduziu a ingestão de comida, o que gerou uma perda de peso e melhorou o metabolismo das gorduras. Ou seja, teoricamente a melatonina emagrece sim. Um outro estudo, também realizado na Itália, demonstrou que a melatonina ajuda no controle da compulsão noturna.

melatonina emagrece juro valendo

Já se sabe, também, que a melatonina tem ligação com a depressão, vez que na presença dessa doença observa-se uma alteração no ritmo circadiano, além de níveis mais baixos de melatonina. Inclusive, já existe um antidepressivo que atua especificamente sobre a melatonina pra ajudar, dentre outras coisas, a regular o relógio biológico.

Melatonina emagrece ou engorda?

Claro que cada pessoa vai apresentar um resultado diferente, e eu, que uso a melatonina há mais de 3 anos, não notei, infelizmente, nenhuma ação dela no meu peso, mas não sei se sou parâmetro para isso porque tenho vários problemas hormonais, sabe?

O que eu acho é que quando a gente não dorme bem, nada funciona direito, e isso inclui também a alimentação, porque eu, pelo menos, acabava comendo mais besteiras, mais coisas que me davam energia mais rapidamente. Ou seja, coisinhas engordativas.

A depressão também pode levar ao aumento de peso, e como as pessoas que estão acima do peso e as que têm depressão geralmente possuem um nível menor de melatonina, de acordo com alguns estudos recentes, acho que pode interferir sim.

Mas, apesar de reconhecer todo o potencial terapêutico da melatonina quando bem administrada, no meu caso ela não afetou em nada o meu peso. Queria, viu? rs E quanto a compulsão noturna, o que tem feito diferença mesmo é o jejum intermitente!

Contudo, não fico sem melatonina por nada nesse mundo! A minha vida com ela é muito melhor, consigo dormir bem e isso me dá uma qualidade de vida que há 4 anos atrás eu não tinha.

Já fiz vários posts aqui sobre a melatonina, se quiserem ver é só clicar nos links:

E se alguém teve alguma experiência diferente, divide aí com a gente!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essas? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

* Este ou qualquer outro hormônio só deve ser consumido com indicação e acompanhamento médico.

O que você acha do JV?
Ju, apenas gratidão por ter me ensinadona cuidar dos meus cabelinhos loiros com misturinhas e produtos acessíveis. Tenho um carinho enorme por vc. Beijos
As leitoras mais incríveis da vida
  • Sempre gostei de Saturno, porque na
  • Vamos brindar? Vamosssss, que a vida é feita pra isso, pra celebrar! 🍸✨ Estamos aqui comemorando os 4 anos do blog, e eu só tenho que agradecer! 🙏🏻🙌🏻 Meu pisciano com ascendente em Gêmeos é lindo e tem as leitoras mais incríveis da vida! ❤️
Pense num menino de sorte? É ele! ☺️💫🎉 #JuroValendo #Jujuland
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo