16.12.2016

Melatonina Emagrece Mesmo?

Faz bastante tempo que uso melatonina, o “hormônio do sono”, e semana passada postei um vídeo falando sobre a minha experiência, inclusive se a melatonina emagrece ou não.

É fato que, como já disse por aqui,  quem manda no nosso corpo são os hormônios, e quando algum deles sai do ritmo, bagunça a coisa toda. Eu, que reponho vários deles, bem sei como é isso.

A melatonina, que é liberada no período noturno, é essencial para que o nosso metabolismo funcione direitinho, e se o ciclo de sono e vigília não forem devidamente respeitados, a coisa complica, já que a síntese da melatonina fica comprometida, sua produção despenca e isso pode interferir até no peso.

Alguns estudos realizados na Itália e na Espanha constataram que a suplementação da melatonina em níveis adequados reduziu a ingestão de comida, o que gerou uma perda de peso e melhorou o metabolismo das gorduras. Ou seja, teoricamente a melatonina emagrece sim. Um outro estudo, também realizado na Itália, demonstrou que a melatonina ajuda no controle da compulsão noturna.

melatonina emagrece juro valendo

Já se sabe, também, que a melatonina tem ligação com a depressão, vez que na presença dessa doença observa-se uma alteração no ritmo circadiano, além de níveis mais baixos de melatonina. Inclusive, já existe um antidepressivo que atua especificamente sobre a melatonina pra ajudar, dentre outras coisas, a regular o relógio biológico.

Melatonina emagrece ou engorda?

Claro que cada pessoa vai apresentar um resultado diferente, e eu, que uso a melatonina há mais de 3 anos, não notei, infelizmente, nenhuma ação dela no meu peso, mas não sei se sou parâmetro para isso porque tenho vários problemas hormonais, sabe?

O que eu acho é que quando a gente não dorme bem, nada funciona direito, e isso inclui também a alimentação, porque eu, pelo menos, acabava comendo mais besteiras, mais coisas que me davam energia mais rapidamente. Ou seja, coisinhas engordativas.

A depressão também pode levar ao aumento de peso, e como as pessoas que estão acima do peso e as que têm depressão geralmente possuem um nível menor de melatonina, de acordo com alguns estudos recentes, acho que pode interferir sim.

Mas, apesar de reconhecer todo o potencial terapêutico da melatonina quando bem administrada, no meu caso ela não afetou em nada o meu peso. Queria, viu? rs E quanto a compulsão noturna, o que tem feito diferença mesmo é o jejum intermitente!

Contudo, não fico sem melatonina por nada nesse mundo! A minha vida com ela é muito melhor, consigo dormir bem e isso me dá uma qualidade de vida que há 4 anos atrás eu não tinha.

Já fiz vários posts aqui sobre a melatonina, se quiserem ver é só clicar nos links:

E se alguém teve alguma experiência diferente, divide aí com a gente!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essas? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

* Este ou qualquer outro hormônio só deve ser consumido com indicação e acompanhamento médico.

14.03.2016

Insônia: 3 Dicas Que Funcionaram Comigo

Porque dormir é bom demais!

Insônia é uma praga, e em várias fases da vida tive dificuldade para dormir, mas por motivos diferentes, porque sim, essa praga pode ter várias causas e é muito importante investigar direitinho, porque é aquilo que eu sempre falo: a gente só acaba com o problema quando dá fim a causa dele, o resto é balela.

Óleo Essencial de Lavanda

Uma coisa que sempre funcionou bem, em maior ou menor grau, e que uso até hoje é o óleo essencial de lavanda, que já falei aqui no blog.  Ele possui propriedades calmantes e relaxantes e, por isso, ajuda a dormir melhor, sobretudo quando a causa da insônia é a ansiedade, a agitação e aquele estresse “básico” do dia a dia.

Aplico uma gotinha nas têmporas e no pulso, e também jogo uma gotinha no travesseiro, e sempre me sinto melhor, fico mais tranquila e durmo mais facilmente.

Dizem que ela também ajuda a purificar pessoas e ambientes, proteger das energias negativas e trazer paz, mas expliquei tudo direitinho, detalhadamente, nesse post aqui: Óleo Essencial de Lavanda Pra Dormir Melhor.

Faça o “Preparo”

Sempre fui muito “da noite”, sempre rendi melhor durante esse período, então era o momento em que fazia academia, estudava (a base de muito café rs), fofocava com as amigas, fazia e acontecia, o que dificultava entrar no ritmo pra dormir, sabe?

Hoje aprendi que devo evitar qualquer coisa que me deixe muito agitada durante a noite, inclusive atividades e alimentos, e isso me ajuda muito. Então, lá pras 21 hs  tomo um banho com a água um pouco mais morninha (detesto, só gosto de banho frio rs), faço um chá relaxante (maracujá, capim limão, cidreira, o que tiver em casa), leio um pouco, vou reduzindo a quantidade de luzes acesas em casa, deixando tudo mais silencioso, uso meu óleo de lavanda, tomo minha melatonina e durmo feito anjo! rs

Fazer esse “preparo” ajuda o corpo a entender que é hora de relaxar, de parar, e aí fica bem mais fácil dormir.

O fim da insônia: Melatonina

Mas, o que curou mesmo o meu problema, que já foi bem grave, foi a melatonina, que, simplificando, é o “hormônio do sono”. Não vivo mais sem essa maravilha nem a pau, e acho um absurdo que a venda seja proibida aqui no Brasil.

Ela regula o sono e não vicia, e depois dela nunca mais soube o que era querer dormir e não conseguir, sabe? Já falei muito dela por aqui, ó só:

E vocês, têm alguma dica pra lidar com essa bendita? Contem aí, assim todo mundo se ajuda!

Beijos, Ju♥

29.07.2014

Melatonina funciona? Resultados Quase 1 Ano Depois

Desde que falei sobre a melatonina por aqui, recebo muitos e-mails e comentários perguntando se a melatonina funciona, e vou contar minha experiência hoje.

Quem me acompanha há mais tempo sabe que passei por uma fase complicada ano passado porque simplesmente não conseguia dormir.

Pra quem nunca passou por isso pode parecer besteira, mas não dormir é uma das coisas mais impactantes pra vida prática porque eu já não conseguia raciocinar direito, meu humor mudava bruscamente, estava sempre irritada, chorava por tudo e não tinha disposição pra absolutamente nada.

Expliquei a historinha toda nesse post aqui, e eu tive a sorte de, depois de umas consultas frustradas, ir parar em um médico que, sem exageros, me salvou, porque aquilo era um pesadelo (Dr. Tasso, muito obrigada!). O meu problema era a deficiência de vários hormônios (cortisol, progesterona, GH, etc), inclusive da melatonina que, de forma resumida, é um hormônio que favorece o sono e regula o nosso relógio biológico.

Melatonina: os primeiros dias

melatonina funciona

Da primeira vez que tomei, depois de muitos meses dormindo 2, 3 horas por noite, quando o corpo cansado não aguentava mais e “apagava”, acordei no outro dia com vontade de chorar… Sabe qual é a sensação de acordar sem cansaço, sem cabeça pesada, sem querer morder o mundo? Então, passei meses sem saber o que era isso e falei sobre isso nesse post aqui.

Quando completei 40 dias usando fiz um post aqui falando de como tava sendo, mas várias pessoas perguntam se ainda tô tomando, como tô me sentindo e por isso resolvi fazer um novo post.

Comecei a tomar a melatonina no final de agosto do ano passado, de acordo com as recomendações do meu médico (3 mg 30 minutos antes de dormir) e foi a melhor coisa que poderia ter feito porque minha rotina mudou completamente.

Melatonina funciona?

A melatonina funciona sim, ao menos pra mim!

Aos poucos fui voltando a me concentrar normalmente, a raciocinar direito, a dar risada, a ter humor, a não querer esganar todo mundo e parei de chorar sem motivo. Voltei a viver, sabe como é? A melatonina influenciou muito nisso, assim como o a reposição do cortisol, já que eu tenho fadiga adrenal crônica (falei disso aqui).

Não tive efeitos colaterais (algumas pessoas têm, principalmente dor de cabeça no início), não criei nenhum tipo de dependência e nunca precisei aumentar a dose. Aqui vale lembrar que a melatonina não é um remédio, é um hormônio.

melatonina funciona

Simplesmente tomo meu comprimido 30 minutos antes de dormir, apago a luz e durmo um sono reparador até a manhã seguinte.  Nunca fiquei “grogue”, lesa, nem nada do tipo, e é uma coisa que quero ter sempre, que não abro mão, porque nunca mais nessa vida  quero passar o que passei.

Lógico que fiz tudo com acompanhamento médico, e infelizmente aqui no Brasil a comercialização não é permitida (mas o uso e a importação  sim), então tenho que pedir pras amigas trazerem de viagem (em vários países é de venda livre, custa muito barato e você encontra em qualquer farmácia) ou então comprar com o rapaz que comprei pela primeira vez lá no Face (não tenho nenhum tipo de vínculo com ele, já comprei 2 vezes e tudo correu muito bem).

Como a compra é mais  difícil, já faço estoque pra não ficar sem,  as marcas que já usei foram Now, CVS e On (Optimum Nutrition) e todas foram boas. Na primeira vez que comprei paguei 60 Dinheiros no potinho de 180 comprimidos,  na segunda paguei 80 por 100 tabletes, e os contatos dele estão nesse post aqui.

Foi a minha salvação!

Claro que não é a solução pra todo mundo e que o uso deve ser indicado e acompanhado por um médico (depois dos 30 não faço mais nada se meu médico não mandar! rs),  de acordo com cada caso, mas achei que deveria fazer o post, mesmo já tendo sido criticada por falar disso por aqui, porque as pessoas precisam saber que existem outras opções além de tarja preta, sabe?

A melatonina funciona muito pra mim, faz uma diferença grande na minha vida e sei que isso pode ajudar outras pessoas.

Pra quem quiser mais informações sobre o tema tem essa matéria na Istoé: O Super Hormônio. Ah, falei sobre isso pro jornal O Tempo, lá de Minas, pra conferir é só clicar aqui.

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essas? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

* Este ou qualquer outro medicamento/hormônio só deve ser consumido  com indicação e acompanhamento médico./  O produto foi comprado pelo autor do post e o blog não possui nenhum tipo de vínculo com o vendedor ou com as marcas citadas.

04.10.2013

Melatonina: Relato de caso após 40 Dias

Ah, a melatonina… Me salvou!

Não se vocês  lembram, mas em julho contei aqui que estava com alguns problemas de saúde, que não dormia nada, e que isso estava acabando comigo, porque não estava rendendo, não raciocinava mais direito,  não conseguia ficar tranquila e serena, vivia nervosa, sem ânimo nem disposição pra nada.

Um dos meus problemas era a deficiência de melatonina, que, simplificando, é o “hormônio do sono”, e expliquei tudinho sobre ele nesse post aqui.

A melatonina regulou o meu sono!

melatonina

Tive a maior dificuldade do mundo de comprar a melatonina porque a sua comercialização não é permitida no Brasil (não é substância “proscrita”, então não é crime comprar o produto, e caso a fiscalização pegue, o produto é apreendido e só), mas todo o perrengue valeu, porque depois da melatonina minha vida, literalmente, mudou.

Algumas pessoas demoram pra começar a sentir os efeitos, sobretudo quem está acostumado a tomar tarja preta pra dormir, mas eu senti diferença no primeiro dia de uso, e juro que acordei com vontade de chorar de tanta alegria, porque tinha meses, eu disse mesesss, que não conseguia dormir como “gente normal”, sabe como é? Quando conseguia apagar porque o corpo não aguentava mais o cansaço, e dormia poucas horas, um sono que, claro, não era reparador.

melatonina

 Melatonina: em quanto tempo os resultados aparecem?

Tem 40 dias que comecei a tomar a melatonina, e nesse meio tempo  voltei a dormir minhas oito horas de sono por noite, e isso, claro, fez uma diferença enorme na minha vida, porque o rendimento muda, a disposição muda, o humor muda, TUDO muda!

Andava super preocupada com minha “cabeça”, porque esquecia tudo (ok, eu sou esquecida, mas tava demais!), não conseguia fazer sequer associações bobas, que antes fazia facilmente, e tava me sentindo meio “burra” e lenta, sabe? Isso é muito comum em quem não dorme direito, e depois que voltei a dormir bem, tudo voltou ao normal.

Faz tempo que não sinto nenhuma dor, e isso, no meu caso, tem sim a ver com a melatonina, porque, sem dormir, a cabeça e o corpo doíam sem parar. Falando em dor, não tive nenhum efeito colateral.

melatonina comprar

Enfim, pra mim a melatonina tem feito muita diferença, e não deixo ela mais nunca na vida, de jeito nenhum!

Nesse post aqui mostrei onde comprei e nesse aqui  expliquei mais sobre ela, inclusive a dosagem que tomo, a marca e tudo mais.

Ah, falei sobre isso pro jornal O Tempo, lá de Minas, pra conferir é só clicar aqui.

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essas? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

* Este ou qualquer outro medicamento/hormônio só deve ser consumido  com indicação e acompanhamento médico.

Página 1 de 212
O que você acha do JV?
Ju, apenas gratidão por ter me ensinadona cuidar dos meus cabelinhos loiros com misturinhas e produtos acessíveis. Tenho um carinho enorme por vc. Beijos
As leitoras mais incríveis da vida
  • Sempre gostei de Saturno, porque na
  • Vamos brindar? Vamosssss, que a vida é feita pra isso, pra celebrar! 🍸✨ Estamos aqui comemorando os 4 anos do blog, e eu só tenho que agradecer! 🙏🏻🙌🏻 Meu pisciano com ascendente em Gêmeos é lindo e tem as leitoras mais incríveis da vida! ❤️
Pense num menino de sorte? É ele! ☺️💫🎉 #JuroValendo #Jujuland
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo