11.08.2017

Outlander: Mais Uma Série Pra Gente Amar!

Tô a louca das séries, gente, uma coisa inimaginável até uns 2 meses atrás, e, seguindo a indicação de vocês no Instagram (@jurovalendo, segue lá!), devorei episódio por episódio das duas temporadas de Outlander!

Antes de falar da série, e dos milhares de motivos pra amar, preciso dizer que tomei muitos esporros por ter dado spoiler de Vikings, e a Aninha me mandou Whats me chamando de rameira pra baixo, tá? hahaha

Dessa vez não tem spoiler, e fiquei chocadíssima com o tanto que cês fogem dele, ao contrário de mim, que antes de começar um episódio/série, já quero saber tudo sobre, inclusive o final! hahaha Ahhh, eu tenho Lua em Gêmeos, sou curiosa, ansiosa, quero saber sim, e antes de começar!

outlander serie

Quando, por exemplo, soube que Outlander era baseada nos livros da Diana Gabaldon (8, até o momento), corri pra comprar, quero devorar tudo já, não espero nem a pau. Mas, vou continuar ansiosa por cada nova temporada, e virando noite pra assistir tudo de uma vez só!

Outlander: Mil Motivos Pra Amar!

Amo história, mas esse troço de “viajar no tempo” nunca chamou a minha atenção, poque a minha impressão era de que o “viajante” não vivia a história “real”, ficando a parte, com olhos de observador, sabe?

E quando vi que a viagem no tempo envolvia romance, achei que era um troço meio água com açúcar, que era mais do mesmo… Mas me surpreendi de várias formas, porque Outlander é infinitamente mais que isso!

Se você ainda tem dúvidas, vou te dar 8 motivos pra correr pra Netflix já:

1. Uma Viagem no tempo de tirar o chapéu

Pois é, paguei minha língua! rs Mas uma viagem no tempo que começa com uma tentativa de Claire, uma enfermeira inglesa, recomeçar sua vida ao lado de Frank, seu marido, depois de anos separados, após o término da segunda guerra mundial, numa viagem para a Escócia, é um tiro certeiro.

outlander serie

A Escócia é um dos países dos meus sonhos, e isso já foi o bastante pra despertar a minha curiosidade. Quando, durante um passeio por Craigh Na Dun, uma espécie de círculo de pedras fictício que é cheio de magia antiga, ela viajou no tempo, voltou 200 anos e “chegou” na Escócia de 1743, grudei na tela e não quis largar mais.

2. A protagonista é fascinante!

Claire Randall é forte, independente, inteligente, intensa, corajosa, valente e muito, muito durona. Uma mulher da porra!

É até interessante ela ter “voltado no tempo”, porque ela estava muito à frente do seu tempo. Livre, confiante e dona de si, ela não faz drama nem paralisa. Ao contrário: arregaça as mangas, enfrenta os próprios medos, aprende as regras do jogo e joga quando é preciso, mas não sucumbe, não se entrega e luta ferozmente por si mesma.

3. Jamie Fraser (e não precisa de complemento)

É o seguinte, eu gosto de uma melanina, mas o que é esse Sam Heughan interpretando Jamie Fraser, minha gente? É tiro! E ele não é só uma surra de beleza não, tá? O personagem é incrível, tem honra, é um guerreiro de verdade,  lindo de muitas formas e, inevitavelmente,  apaixonante.

outlander serie

4. Claire + Jamie

Sabe química? A que existe entre os dois personagens é absurda, a gente sente do outro lado da tela. Impossível não se apaixonar pelos dois, vai por mim!

E isso é muito louco, porque eles são de épocas diferentes, com costumes e crenças mais diferentes ainda, mas quando estão juntos parece que tudo isso desaparece e tudo faz muito sentido, sabe?

E, migas, as cenas mais “quentes” da série elevam essa química ao nível máximo. Ah, sim, tem muitas dessas cenas,  e elas são ousadas e lindas.

5. A fotografia é incrível!

As locações são deslumbrantes,  a fotografia é um absurdo de linda e me deixou com muito mais vontade de conhecer a Escócia. Sério, dá vontade de entrar na tela e conhecer cada lugar a-g-o-r-a!

No mais, a trilha sonora é sensacional e o figurino, sobretudo da segunda temporada, é de tirar o fôlego.

outlander serie

6. Tem de tudo um pouco

Outlander é romance, é fantasia, é história, é drama, é ação, tudo junto e misturado, e tudo muito bem feito. Não tem nada de água com açúcar, tudo parece muito real e em pouco tempo a gente “mergulha” de cabeça na história.

Adoro isso, gente, porque não tenho a menor paciência pra séries com “uma coisa só”. A vida não é uma coisa só, as pessoas muito menos, porque, então, uma série tem que ser? Acho chatooo!

7. Uma trama fabulosa

A história, por mais absurdo que pareça, acaba sendo muito “real” e a gente se envolve facilmente, porque é muito bem construída, com núcleos diversos, cada um com suas próprias histórias, todas consistentes, personagens (de todos os tamanhos) incríveis e “humanos”, que a gente se identifica, torce, ama, detesta, sabe?

Não é só a Claire e o Jamie. É Claire, Jamie, Geilles, Colum, Dougal, “Black Jack” Randall, suas histórias, suas famílias e muito, muito mais!

outlander serie

8. E um vilão que a gente quer esganar!

Como não desejar, de todo coração, que o infame do “Black Jack” Randall sofra segundo por segundo, daqui até a eternidade? Ahhhh, eu desejo sim, e muito, cabô! E isso é maravilhoso, né?

Se não tem um vilão, um antagonista pra gente detestar, qual a graça? E Black Jack não é caricato nem óbvio, é um maldito grandioso, muito bem construído e interpretado, o que é ótimo porque assim a gente garra ódio de verdade!

E tem mais, viu, gente? Tem muito mais, mas sem dar spoiler não consigo falar! hahaha

A segundo temporada chegou na Netflix tem pouco tempo, eu devorei em um final de semana e já estou lendo o livro no qual a terceira temporada foi “inspirado”, porque se tiver que esperar até lançar passo mal! rs

Já assistiram? Indicam alguma outra desse tipo?

Beijos procês, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

12.07.2017

5 Razões Pra Assistir (e Se Apaixonar Por) Vikings!

Cabô a brincadeira, vamos falar do que interessa: Rollo! Ops, quer dizer, Vikings!

Vocês são testemunhas que nunca gostei de TV, de séries, de nada disso. Achava chato, exceto House. Até que um dia o canto da sereia me pegou e me joguei na Netflix

Comecei com Narcos, e tenho que admitir que desenvolvi uma certa simpatia por Pablito… Ele foi terrível, mas tinha senso de humor, não posso negar. Nesse meio tempo namô começou a falar de Vikings, e como é o tipo de história que eu gosto, caí na besteira de começar a assistir…

Migues, foi uma semana grudada na telinha, sem dar atenção a nada direito, e um desespero enorme quando acabaram os episódios da 4ª temporada, porque, gente, eu PRECISO dos próximos, preciso.

Ah, e se você tem problema com spoiler, larga esse post de mão! ;)

vikings serie

Sabe vício? Então, é bem isso aí! E tem milhões de motivos pra gente garrar amor, mas vou citar os 5 mais importantes:

1. História e personagens muito bem construídos

Os Vikings realmente existiram,  e a série passa as informações históricas, bem como os costumes, crenças e cultura desse povo de forma mais real e menos fantasiosa, o que torna tudo mais interessante.

Os personagens são bem construídos, são densos, erram, acertam, são bons, são terríveis, têm fraquezas, são absurdamente corajosos, e tudo isso ao mesmo tempo, de forma que, mesmo quando a gente não se identifica e não concorda, consegue entender, naquele contexto, as ações, reações e atitudes dos personagens.

vikings serie

É fenomenal a forma como a história nos guia para um lado e, na hora do vamos ver, não era nada daquilo. São muitas reviravoltas e a gente se surpreende em “cada esquina” com cenas brilhantes e personagens incríveis.

A teia que forma a trama, que é bastante inteligente, tem linhas firmes, tudo se encaixa, nada é por acaso, nada fica solto, sabe? Dá gosto de assistir!

2. Rollo, também conhecido como testosterona em pessoa

Tá, ele foi um idiota em boa parte dos episódios, ele traiu o próprio povo, mas, amiga, a cena em que ele invade Paris sem camisa, com a barba por fazer e uma espada na mão é maravilhosa demais. Que homem é esse, minha gente? Quanto talento… hahahaha

Isso não apaga nada relacionado ao comportamento dele. Mas não tô falando de comportamento, tô falando de testosterona mesmo, sabe? E isso, migues, ele tem de sobra, misericórdia! hahaha

vikings serie

3. Lagertha, maravilhosa!

Lagertha é, apenas, o homão da porra dessa série. A personagem realmente existiu e foi inspirada em uma figura histórica real, uma viking dinamarquesa que era uma dama do escudo e esposa de Ragnar Lodbrok.

Essa mulher é o poder, minha gente! É a figura mais forte, firme, independente, segura, corajosa, livre e dona de si dessa história. Ela consegue ser tudo ao mesmo tempo, é uma gigante, é grandiosa, é inspiradora, de verdade.

Sou completamente apaixonada nela, mesmo!

vikings serie

4. Ragnar Lodbrok, genial!

Lagertha é a dona da porra toda, Rollo é uma delícia, mas, tenho que admitir,  Ragnar é o cara! Extremamente inteligente, perspicaz e sagaz, ele joga muitíssimo bem com todas as pessoas, conhece os pontos fracos e fortes de cada uma, sabe o que esperar e usa tudo isso a seu favor, estando sempre várias jogadas a frente de todos os outros.

Seu olhar é sempre atento, muito curioso e pouco julgador, e até por isso os diálogos dele com Athelstan, que de padre franciscano foi transformado em escravo e, depois, em amigo de quem o escravizou, são memoráveis.

As cenas com rei Ecbert, outro personagem sensacional, são demais! Os dois são inteligentes, manipuladores e jogam muito bem, o que resultou em diálogos, cenas e desfechos espetaculares.

vikings serie

A única falha de Ragnar, pra mim, foi a segunda esposa, mas…

5. Vikings é maior que Ragnar

Ragnar é o protagonista, mas a série como um todo é excepcional e conta com vários núcleos repletos de personagens fortes, histórias consistentes e interessantes, então a coisa não fica centrada só nele, sabe? São muitas histórias em uma só, e elas não parecem estar ali apenas para sustentar a trama principal.

Não, elas têm “vida própria”, elas envolvem e a cada episódio ganham mais espaço, o que é ótimo, porque quando Ragnar morrer, e isso vai acontecer na segunda parte da quarta temporada, a história vai continuar, pois tem força pra isso.

Enfim, tô louca pra assistir os novos episódios, e esse troço tem que chegar logo na Netflix, gente!

vikings serie

Alguém mais assiste? Indicam alguma outra série do tipo? Devorei outra maravilhosa esse final de semana, mas depois falo dela por aqui!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo
O que você acha do JV?
Amo as dicas, resenhas...enfim, tudo aqui no JV é um serviço público e de grátis rsrs , sigo as dicas da Ju e até hoje…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Conhecem o blog de minha amiga, @jurovalendo ? Passem lá... Escrevi algo legal... @isadorabacelar.r #amizade #jurovalendo #julopes #amor #meueuloiro #fidelidade #gastronomia #amando #mudanca #salvador #unifacs
  • Mudar de profissão nunca é fácil, bem sei como é difícil lidar com as dúvidas, as angústias e, também, com o julgamento alheio.

Mas acredito, também, que fazer algo que a gente ama não tem preço. Que alegria, felicidade e realização não têm preço.

A @isadorabacelar.r também acha, encarou a mudança e contou tudo pra vocês lá no blog. 💕
#MulherDe30 #MudeiDeVida #JuroValendo
  • Esse deveria ser o jeito certo de dar “valor” às pessoas! Não devíamos dar tanta importância ao quanto de dinheiro fulano tem, ou o status social de sicrano, mas sim como eles tratam as outras pessoas! Bom sábado pra nós! #blogbellealmeida #empathy #empatia
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo