25.10.2015

#JuResponde: Tudo sobre Traição!

Traição? Traição é fingir amor!

E o vídeo desse domingo, feito com perguntas de vocês, é sobre uma daquelas coisas que todo mundo passa na vida, mas não gosta nem um pouco: traição!

É, é um tema difícil, eu sei, mas quis falar justamente porque esse é um daqueles assuntos em que mais vejo hipocrisia, sabe?As pessoas não só têm medo de falar sobre, mas de assumirem o que acham de verdade, o que fizeram, o que fariam, o que gostariam de fazer, e eu até entendo, porque, infelizmente, vivemos numa sociedade extremamente machista, onde mulher de verdade tem que, mais que ser, parecer santa.

tudo-sobre-traição-trair

Mas ó, tenho pudor nenhum de falar sobre isso e de contar as minhas experiências, inclusive as não tão corretas, porque eu sou humana, cometo erros e meto o pé pelas mãos, assim como todas vocês, e não vejo razão pra não dividir isso aqui, sabe?

E ó, vocês jogaram duro nas perguntas: perguntaram se eu já traí, se já fui traída, como reagi, se “perdoei” ou não, e muito mais! E eu, como sempre, falei, faleiii, faleiiiii! Falei tudo o que eu acho, contei histórias, coisas que vivi e senti, e tudo sem filtro nenhum, como acho que tem que ser.

Falando nisso, aliás, o vídeo ficou imenso, mas né, não tem como falar de traição, esse tema tãooooo legal (hahaha) em 5 minutos, ô! Me deixa falar, oxeeee!

Espero que vocês gostem do vídeo, que se inscrevam lá no canal e deixem mais sugestões de temas, e quanto mais “cavernosos”, melhor, porque acho é bom que a gente converse sobre tudo, né? E não esqueçam: toda quarta-feira e todo domingo às 20 hs tem vídeo novo lá no canal. Quero todo mundo assistindo, rai ai!

E já fiz alguns posts aqui sobre traição, quem quiser dar uma olhada é só clicar nos links abaixo:

Beijos e bom domingo! Ju♥

03.09.2015

Happn: Pra dar um “empurrãozinho” no destino…

e encontrar "aquele cara"...

E então, num dia qualquer, você “se bate” com um cara numa dessas esquinas da vida, e, por algum motivo que você desconhece, ele simplesmente “mexe” com você. Numa fração de segundo o coração acelera e dá aquela vontade de conhecer mais, saber mais, sentir mais, só que antes que você consiga falar alguma coisa (cadê a coragem?), ele dobra em alguma ruela e some até, quem sabe, nunca mais.

Aí você encontra com”aquela amiga”  e conta, meio sem graça,  que cruzou com o cara dos seus sonhos no meio da rua, mas o perdeu de vista. Talvez tenha sido o destino, você pensa. Mas se “aquela amiga” fosse eu, já teria te apresentado o Happn, o aplicativo que dá um “empurrãozinho no destino”!

Como assim? Vem cá que eu te explico!

Happn: Pra dar um empurrãozinho no destino!

happn aplicativo

Happn é uma daquelas coisas que a gente se pergunta “como não foi criado antes”, porque a ideia é muito legal: ele te ajuda a encontrar “aquele cara” que você cruzou por aí , ou cruza todos os dias, e jamais teve coragem de chegar perto.

Sim, isso existe. Sim, funciona. E sim, é genial!

Pra usar o aplicativo é muito simples: basta criar uma conta, e o aplicativo vai pedir pra usar as suas informações do Facebook. A partir daí vão aparecer na timeline do seu perfil no Happn as pessoas que cruzaram com você, seja na rua, na faculdade, no trabalho, na academia, no prédio e por aí vai.

happn aplicativo

Você pode olhar o perfil de cada um deles, saber exatamente onde vocês “se esbarraram” e, melhor ainda, saber a que distância vocês estão naquele momento. E pode ficar tranquila que a sua localização não será divulgada. Ou seja, dá pra saber se você está perto ou longe, mas não tem como ninguém saber onde, exatamente, você está. Assim é melhor, é mais seguro, e mais gostoso também, pra manter o clima de mistério no ar, né?

A partir daí a “paquera virtual”, que tem tudo pra se tornar real, começa a rolar solta! Tá, no começo dá uma certa timidez em ficar dando like em quem a gente não conhece, mas como é mais fácil fazer isso pela telinha que “ao vivo”, vai rolando a empolgação, que chega ao nível máximo no primeiro crush, quando ele também “curte” você e o aplicativo avisa. É tipo o “amigaaaa, ele falou comigo!”.

happn aplicativo

E sim, vocês podem começar a conversar na hora que quiser, de maneira privada, e quem sabe daí não surge uma experiência interessante, uma amizade daquelas, uma paixão arrebatadora ou um grande amor? Porque sim, tudo isso pode acontecer, e às vezes só o que a gente precisa é de um empurrãozinho, mesmo que de leve, do destino. Ou melhor, do Happn.

Então, não perde tempo,  clica aqui pra baixar o Happn, que é gratuito e garante que você não perca de vista “aquele cara”, aquele que, quem sabe, pode ser um daqueles presentes que a vida tenta colocar no seu caminho, mas você, distraída, não percebe, ou percebe mas não tem coragem de “chegar e fazer acontecer”!

Beijos, Ju♥

12.06.2015

Pra Ser Feliz com o Outro, é Preciso Ser Feliz Sozinho!

Enquanto a grande maioria, inclusive eu, comemora o  dia dos namorados hoje, um grupo de amigas vai comemorar  o “dia das solteiras”, data que, aliás, é comemorada por nós faz é tempo e que costuma ser mais constante do que o tal do dia dos namorados. É, uma ou outra sempre tá namorando, mas a fidelidade ao que chamo de “solteirice terapêutica” sempre fala mais alto.

Tempos atrás esse mesmo grupo, que hoje brinda ao fato de estar “bem consigo mesmo”, seria taxado de o grupo das encalhadas, mas a coisa mudou, o mundo evoluiu e a cada dia que passa noto que a necessidade de ter alguém ao lado diminui. A vontade existe, e vai existir sempre, eu acho, mas a necessidade, ainda bem, vem reduzindo a passos largos. Que bom!

Não posso falar pelo mundo porque ele é vasto demais, mas posso falar pelo meu mundo e pelo que vejo ao redor, e o que vejo é que estamos cada vez mais exigentes, só que no bom sentido, e isso é ótimo porque significa que ao invés de nos contentarmos com qualquer coisa só pra não estarmos sozinhas, queremos o melhor.

ser feliz sozinho

Comecei a namorar tarde, acho que com 19 anos, já estava na faculdade, e apesar de todas as coisas boas achei que aquilo era meio que um cerceamento (voluntário) da minha tão amada liberdade. Depois do primeiro namoro, fiquei mais de um ano solteira e achei aquela fase a oitava maravilha do mundo, mas eu ainda era carente e, depois disso, segui colecionando uma série de histórias que, na grande maioria, não passavam de “tapa buraco”.

Com todo mundo é assim? Não, mas eu caí várias vezes no erro que achar que era “gostar” o que na verdade era carência, e o resultado disso foi que me perdi de mim mesma, de modo que anos depois eu já nem sabia mais quem eu exatamente era. Até que um pouco antes dos 30 (acho que tinha 28…) fiquei solteira de novo e jurei pra mim mesma que antes de tentar entrar em alguma história iria me redescobrir.

Foi uma das melhores coisas que fiz na vida, e disso veio uma espécie de “trato” comigo mesma: eu só abriria mão da minha  liberdade, que, pra mim, é sim extremamente importante, se valesse muito a pena. Jurei que não me envolveria mais por “carência” ou algo do tipo, porque eu, de verdade, gosto de ficar só, tenho essa necessidade, aliás.

E essa fase de solteirice terapêutica foi um divisor de águas em minha vida, porque aproveitei pra dedicar a mim mesma todo o meu amor, a minha atenção, a minha energia… E, meu Deus, como cresci, como amadureci, como eu, finalmente, me conheci! E conhecer a mim mesma, as minhas necessidades, vontades e quereres foi essencial pra que eu pudesse estabelecer qualquer tipo de relação com outras pessoas.

E hoje eu namoro por isso, porque a pessoa e a história valem muito a pena, porque sei o que quero e o que não quero não só em relação ao outro, mas o que quero pra mim e pra minha vida. E também porque não me sinto cerceada de forma alguma, porque tenho a liberdade de ser quem sou, com todos meus defeitos, manias e qualidades, sem precisar camuflar nada, sabe?

O que quero dizer é que relacionamento só compensa só for pra acrescentar, e acrescentar muito, porque não existe razão plausível pra levar uma história adiante, gastando tempo, energia e vida  simplesmente pra “não estar só” (ops, e tem solidão pior que essa?).

Sabe, a gente precisa parar com essa ilusão boba de que “é impossível ser feliz sozinho” (foi mal aí poeta!), de que um príncipe encantado (tem coisa mais chata? Eu morreria de tédio!) vai surgir um dia e transformar nossas vidas num conto de fadas e que seremos felizes para sempre.

Porque? Porque pra ser feliz com quem quer que seja você precisa primeiro ser feliz consigo mesma, não existe outra opção, e quando você é feliz  consigo mesma o que vem é pra somar, pra compartilhar, pra crescer… E se você ainda não aprendeu a ser feliz sozinha, não tem príncipe encantado ou conto de fadas que faça o milagre!

Uma vida de muito amor pra nós, por nós!

Beijos, Ju ♥

29.05.2015

Presente do Dia dos Namorados: Como Escolher?

Já pensaram no presente do dia dos namorados? Tô pensando há semanas e até agora não consegui me decidir, porque ô troço difícil é comprar presente pra homem, né? Pior ainda é quando, como no meu caso,  o namoro é longo e a gente já deu todo tipo de presente.

Claro que a primeira coisa a analisar são os gostos do seu boy, e isso abre um leque legal de possibilidades, porque, por exemplo, se ele gosta de esportes vale apostar num tênis incrível ou num relógio esportivo cheio de tranqueiras. Já se ele é do tipo que ama viagens, uma máquina fotográfica pode ser uma opção bem bacana e por aí vai.

presente-do-dia-dos-namorados

Acontece que a grande maioria dos meninos não se encaixam em “categorias” específicas, porque gostam de muitas coisas, mas não têm paixão por uma específica. Nesse caso, que é o de namô, o ideal é escolher o presente com base na personalidade da pessoa e na utilidade (ops, acabei de lembrar uma coisa que ele comentou dia desses que tava querendo comprar…hummmm rs), ou então presentear com uma experiência incrível.

Namô, por exemplo, é mais sério, pratica esportes mas não é aficionado, e é um virginiano chato, do tipo que usa a mesma coisa por anos seguidos. E ó, já dei de tudo: relógio, todo tipo de roupa, sapato, perfume, eletrônicos, etc

E uma coisa que acho bacana quando a gente tá meio sem opção é presentear com experiências, que podem ser inesquecíveis! Pode ser uma viagem bacana pra um lugar mais romântico ou viagem de aventura, com trilhas e tudo o mais, pode ser “andar” de balão, voar de asa delta ou qualquer outras coisa que a pessoa tenha vontade mas não fez ainda.

Acho que esse tipo de coisa pode ser bem mais marcante que presentes “tradicionais”, sabe? É o tipo de coisa que a gente não esquece!

presente-do-dia-dos-namorados

E, independente do que você escolher, faça tudo personalizado! Compre uma caixa ou embalagem bonita, escreva um cartão dizendo o quanto ele é especial e importante na sua vida, e faça com que o presente tenha a “cara” dele, porque isso faz toda diferença. E se tiver sem ideias de como fazer isso é só dar uma olhadinha nesse post aqui.

Pra quem quer opções, a Sepha tá com desconto de 21% em perfumes (compre aqui), a Sephora tá cheia de presentes muito legais e pra todos os bolsos (compre aqui) e a Dafiti, que tem de tudo um pouco, também tá cheia de promoções (compre aqui).

Não tá podendo gastar muito e quer fazer algo especial? Dei 5 sugestões de coisas legais pra fazer no dia dos namorados gastando pouco nesse post aqui.

Ei, e não esqueça de se presentear, viu? Isso vale pras solteiras e “amarradas”, porque já que é pra presentear “o amor”, presenteie também o amor próprio, o mais importante de todos! rs E sim, também já falei disso aqui, clica aqui pra ler!

E se tiverem alguma sugestão bacana de presentes ou surpresas é só deixar aqui nos comentários!

Beijos, Ju ♥

Página 2 de 812345
O que você acha do JV?
A primeira vez que li o blog, foi minha prima que me marcou numa postagem de resenha de algum produto de cabelo. O que chamou…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Tem dias que São Pedro não colabora, né?🤔🙄 Tão fazendo o que aí? Eu aproveitei esse dia cheio de nuvens pra tentar colocar em palavras o que tá aqui, no coração. Passa lá no blog, o post é pra você, vai!❤️
#JuroValendo
  • Meu #tbt de hoje é do pôr-do-sol mais incrível da minha Bahia, na Ponta do Mutá, com a melhor pessoa (depois de mim, claro 😎💃🏻! Leonina na veia, migas!✨😂), um espumante gelado e paz, muita paz... 🙌🏻 Essa cordinha aí é feita de rolhas, nada mais apropriado...😂 Saudades, férias antes das férias! Chega logo, férias!🙌🏻🎉 #peninsulademarau #barragrande #pontadomuta #sunset #obomdabahia #Bahia #JuroValendo
  • Gente, esse Mercúrio retrógrado tá me drogando, juro!🤔 Acordei cedo, muito cedo, pra gravar vídeo!🎬😳😱 Será uma doença? Gravidez (né não, garanto!😂)? Orégano estragado? Deide disse que é encosto, que tô precisando de uns banhos de folha 😂😂😂. O que cês acham???? [ As bijus lindas são @bethsouza.com.br , e lá cês têm 10% de desconto, só digitar o código jurovalendo ✨✨✨] .

#JuroValendo
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo