06.02.2017

Pro Dia Ser Mais Feliz (E a Vida também!)

Ainda sou muito jovem e, mesmo já tendo vivido tantas coisas, sei bem pouco, mas uma coisa é certa: pra ter uma vida mais feliz a gente precisa ter dias mais felizes, porque, como bem disse Sêneca, “cada dia é, por si só, uma vida”.

Comecei a pensar nisso meses atrás e percebi o quanto estava “embotada”, inconsciente, fazendo as coisas no piloto automático. Decidi, então, colocar mais vida nos meus dias, restaurar os meus sentidos, viver mais, sentir mais e melhor.

Aos poucos, e isso não foi fácil, parei de indagar sobre o futuro e aprendi a, com o que tenho em mãos, fazer o meu, recebendo como um presente o que quer que a vida me traga hoje. Se o “embrulho” for bom, agradeço. Se não for, aprendo e fico mais forte, o que também é bom.

pro dia ser mais feliz

E já acordo escolhendo ter um dia bom, não importa o que aconteça. Abro as janelas, respiro fundo, sinto o tempo, vejo o sol bater nos meus cristais e a luz entrar na casa. E na alma.

Faço o meu café e dou ao corpo o que ele quer. Parei com essa história de “só pode comer isso ou aquilo“. O corpo fala, a gente só precisa aprender a ouvir.

E como com calma, sentindo a textura, o cheiro, o sabor das coisas. Presto atenção no que coloco na boca, pra evitar comer emoções, como fiz a vida inteira. E, se tem mais alguém à mesa, converso, ao invés de ler o jornal ou ficar no celular.

Sabe atenção? Todo mundo quer e precisa. Mas a gente, nesse corre corre diário, quase nunca dá. Nem tem. Mas percebi que quando comecei a mudar, a dar o que tanto queria, comecei a receber mais também. É só questão de tempo.

Como trabalho em casa, consigo ter mais flexibilidade com o meu tempo, coisa que é difícil pra imensa maioria, eu sei. Mas, já que tenho essa sorte, aproveito-a bem: separo um tempo para realmente estar com meus bichinhos, pra cuidar das minhas plantas, pra cuidar de mim.

E quando sento pra trabalhar, mergulho naquilo e trabalho feliz. Feliz porque hoje consigo viver fazendo aquilo que me preenche a alma.

Por uma vida mais feliz!

pro dia ser mais feliz juro valendo ju lopes

Se encontro um conhecido, paro pra cumprimentar. Se encontro um amigo, volto toda a minha atenção pra ele, digo que estou feliz por encontrá-lo, beijo, abraço, desejo o bem. Ah, gente, isso faz tão bem!

Me livrei dos entulhos, dos excessos, e espalho pela casa cheiros e tudo o que me deixe feliz. Aqui não entra mais nada que não faça sentido, que eu não vá usar, porque casa é pra gente viver e reconhecer nela o nosso lugar.

Tenho sorrido mais, sendo mais gentil com o outro, mais paciente e generosa comigo e valorizado muito mais o meu tempo. Tenho tentado amar mais, não só os outros, mas a mim mesma, e demonstrar isso com gestos de carinho, cuidado e respeito.

Também tenho me apaixonado muito, pelas coisas mais simples, por todas as coisas, e isso me faz sentir muito mais viva.

Parei de dar atenção ao que não é bom, a ouvir meu coração e, sobretudo, minha intuição. E toda noite, antes de dormir, tiro 10 minutinhos pra “me fazer bem”.

Acendo um incenso com um cheirinho bom, sento num cantinho sossegado, respiro, inspirando sentimentos bons e expirando o que é ruim. Medito, cuido de mim.

Ao invés de negar o que sinto, seja raiva ou qualquer outra coisa, coloco pra fora, tento entender, só não deixo aqui dentro, porque sentimento ruim não adoece só a alma não, adoece o corpo também.

Vivo tropeçando, cometendo erros e sendo tão imperfeita como sempre fui, mas tentando, todos os dias, dar o meu melhor, ser um pouco melhor. E mais feliz.

Não é receita de bolo, mas tem funcionado bem, muito bem!

Beijos, Ju♥

Ei, vamos ficar juntinha nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

28.06.2016

Ninguém é Feliz o Tempo Todo

E não tem nada demais nisso...

Sempre achei meio doida essa necessidade de felicidade constante, porque sim, a gente pode e deve ser feliz, mas ser feliz não significa estar feliz o tempo todo, como se a vida não fosse feita de momentos e sentimentos tão diferentes, como se as oscilações de sensações e sentimentos não fosse normal.

Mas, semana passada, numa conversa com algumas amigas, comecei a achar que a coisa estava meio fora do controle, porque me parece absurdo ver uma pessoa saudável se entupir de remédios simplesmente para não sentir tristeza, angústia, dor e solidão, como se isso não fizesse parte da vida. Como se isso não fosse, também, a vida.

Mais que isso: como se todas essas coisas não fossem absolutamente necessárias para o nosso crescimento, para o nosso amadurecimento, para a nossa evolução emocional e espiritual, e para tantas, tantas outras coisas. Como se fosse possível passar pela vida anestesiada, com um sorriso no rosto e uma euforia constante mesmo em momentos de perda, de luto, de dor.

Que loucura é essa, gente? Que vida de comercial de margarina é essa que estão tentando nos vender, nos convencer de que é normal? Porque não, não é.

Ninguém acorda feliz e saltitante todos os dias. Ninguém é absolutamente seguro e confiante em todos os momentos. Ninguém é feito só de qualidades e nenhuma vida, absolutamente nenhuma, é formada apenas de momentos bons. E se é assim, como é que a gente pode querer estar feliz o tempo todo?

Sinto muito, mas isso não existe, não é real, não é normal.

Não dá pra passar por cima do que a gente sente. Não dá pra, simplesmente, “esquecer”, assim, de uma hora pra outra, as nossas dores e os nossos medos. É essencial, aliás, que se viva cada um deles. É preciso aceitar todo esse pacote de sentimentos e não tentar apagá-los, porque tudo isso faz parte, porque é assim que a gente supera e, enfim, cresce.

Ao contrário do que andam dizendo por aí, não existem pílulas da felicidade e, cedo ou tarde, o que você tentou abafar vai voltar, só que muito mais forte, porque seja lá o que você estiver sentindo, você precisa realmente sentir, você tem que se permitir viver isso, olhar de frente, aprender a lidar e, no tempo certo, no seu tempo, seguir em frente.

Não tente pular etapas, não desrespeite seus sentimentos, não reprima a sua dor, a sua angústia ou seja lá o que for que esteja te atormentando agora. Isso é normal, isso faz parte, e não significa, de forma alguma, que você é infeliz. Significa que você é humano, apenas isso.

Porque ser feliz é muito, muito diferente de (fingir) estar feliz o tempo todo. Porque a gente pode ser feliz mesmo sentindo medo, mesmo sentindo dor, vergonha, tristeza, angústia e tantas outras coisas ruins. Porque felicidade não é, e jamais será, uma vida perfeita, até porque isso não existe. Felicidade é uma vida bem vivida, e isso todo mundo pode ter.

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

27.04.2014

Por Uma Vida Mais Feliz

Quando eu era criança e alguém me perguntava o que eu queria ser quando crescesse,  sempre respondia que “queria ser feliz”, e não passava pela minha cabeça de criança que alguém pudesse querer qualquer outra coisa.

Mas aí a gente vai crescendo e começa a querer coisas, a buscar coisas e, sim, a conquistar coisas achando, logicamente, que isso nos fará feliz, mas feliz de verdade, só que não faz. Aliás, até faz, mas por pouco tempo porque rapidinho a gente descobre outra coisa pra querer e nossa felicidade passa a depender dessa outra coisa.

por uma vida mais feliz, felicidade

Assim como todo mundo, eu sempre fui assim… Eu já quis muitas coisas, já conquistei muitas outras e já perdi uma infinidade delas, e depois disso tudo achei que  a coisa tava complicada demais e que eu queria mesmo era ser feliz, mas ser feliz todo dia, assim sem motivo nenhum.

Claro que eu ainda quero coisas, e quero muito, a diferença é que não coloco nessas coisas a responsabilidade da minha felicidade, sabe? E a felicidade é coisa simples, e esse é o grande problema, porque descomplicar a vida é trabalho dos grandes, é “osso duro de roer”.

felicidade

Mas de uma coisa eu sei: não dá pra ser feliz carregando tanto peso nas costas, tantas expectativas, tanta culpa, tanto medo… Não, não dá, é complicado demais!

Pra ser feliz todo dia a gente precisa ter e proporcionar alegria, porque o mundo é um lugar que faz eco, e o que a gente manda volta pra gente. A gente precisa ser mais leve e não levar tudo tão a sério. Nós precisamos aprender a gostar de nós mesmas, a respeitar o que somos, o que queremos e o que sentimos. Pra ser feliz todo dia a gente precisa, sem meias palavras, viver de verdade todos os dias, coisa das mais raras, porque a grande maioria tá no piloto automático.

felicidade

Não existem receitas prontas, mas é bom começar a viver a partir do coração, a sentir mais, a ser mais sensível, a sorrir mais, a celebrar mais, a deixar de ser tão rabugento e a prestar mais atenção nas coisas pequenas da vida, porque a alegria está nas pequenas coisas.

E falando em sensibilidade, vocês já notaram como as pessoas, inclusive eu e você, estão cada vez mais fechadas, com um medo cada vez maior de se abrir? É que o medo de se ferir é enorme, eu sei, mas se a gente não se abre pra vida, pras pessoas e pros sentimentos não existe a possibilidade de ser feliz. Sim, nós não seremos feridos, mas haverá dor do mesmo jeito, e uma dor muito pior: a dor do nada, do vazio, da solidão.

felicidade

Ser feliz não é complicado não gente, é simples, muito simples, e talvez por isso seja tão difícil… Mas a gente pode, e deve, tentar trazer todos os dias um pouco de alegria pra rotina, e em pouco tempo, eu garanto, a vida fica mais feliz.

Tô clichê hoje né? É, eu sei, mas é que, sem motivo nenhum, acordei muito feliz!

Um domingo lindo pra vocês, cheio de alegria, de risadas e de amor!

Beijos

Ju

 

O que você acha do JV?
Amo as dicas, resenhas...enfim, tudo aqui no JV é um serviço público e de grátis rsrs , sigo as dicas da Ju e até hoje…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Conhecem o blog de minha amiga, @jurovalendo ? Passem lá... Escrevi algo legal... @isadorabacelar.r #amizade #jurovalendo #julopes #amor #meueuloiro #fidelidade #gastronomia #amando #mudanca #salvador #unifacs
  • Mudar de profissão nunca é fácil, bem sei como é difícil lidar com as dúvidas, as angústias e, também, com o julgamento alheio.

Mas acredito, também, que fazer algo que a gente ama não tem preço. Que alegria, felicidade e realização não têm preço.

A @isadorabacelar.r também acha, encarou a mudança e contou tudo pra vocês lá no blog. 💕
#MulherDe30 #MudeiDeVida #JuroValendo
  • Esse deveria ser o jeito certo de dar “valor” às pessoas! Não devíamos dar tanta importância ao quanto de dinheiro fulano tem, ou o status social de sicrano, mas sim como eles tratam as outras pessoas! Bom sábado pra nós! #blogbellealmeida #empathy #empatia
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo