Vizcaya
08.01.2020

Cabelo Loiro Dourado: Volteiiiiii, migas!

Sim, migas, voltei para o time das loiras com um loiro dourado quente lindo de viver!

Tava morrendo de saudade e vocês? Já tinha mostrado no instagram, sigam lá: @jurovalendo !

Foram quase 3 anos com o cabelo castanho (olha a mudança pro marrom dourado aqui) e foi ótimo: não dá trabalho, os fios ficam brilhosos, não tem isso de retocar com frequência e o tom mais escuro me deu o contraste perdido, o que foi maravilhoso.

Mas, tava sentindo falta daquela emoção pós descoloração, do medo da quebra e do corte químico, das receitinhas sensacionais, de testar muitos produtos…

Tava sentindo falta de dar uma estragada pra ter gosto de ajeitar a coisa sabe? hahahaha

Além disso, vinha falando pouco de cabelo, não criei mais receitinhas e testei poucos produtos justamente porque o castanho nunca demandou muito trabalho.

cabelo loiro dourado

Pra completar, venho passando por um processo bem intenso de transformação interna, e quando mudo por dentro quero logo mudar por fora.

Começando pelo cabelo, claro, porque além de leonina tenho um encosto de chacrete fortíssimo!

Só que queria um loiro diferente de todos que já tive, e foram muitos (nesse post aqui tem uns 50).

Mais que isso, queria um loiro que não me fizesse perder contraste, que valorizasse meu tom de pele e a cor dos meus olhos.

Não queria nada super claro, muito menos que puxasse pro cinza, bege ou platinado. Queria um efeito natural, uma cor quente e que não fosse clara, até porque sei bem que esses meses de verão e piscininha amor vão abrir bem a cor.

Do Castanho pro loiro dourado

Há tempos vinha usando uma mistura de 6.3 e 5.3 e deixando a cor “desbotar no sol”, porque sim, agora eu tomo sol, migas, não sou mais um fantasminha com icterícia! hahaha

Meu cabelo, portanto, tinha tinta, e a gente sabe que tinta não clareia tinta, né? Pra clarear um cabelo que tem tinta só usando descolorante.

Como meu cabelo tende a abrir rápido, o Cleiton usou um oxidante de 30 volumes ( da Bioextratus) pra fazer as mechas.

Falando nisso, pedi mechas mais fininhas e um pouco mais grossas, tudo misturado, pra dar um efeito mais bonito e menos marcado.

Também pedi pra ir “desfiando” as mechas todas, o que reduz muito o risco de deixar marcado e faz toda diferença quando vai esfumar a raiz.

Como fazer o cabelo loiro dourado

Pra puxar pro dourado sempre uso colorações com final 3 (8.3, 9.3, 10.3 e por aí vai), e dessa vez escolhi a 8.3 e um pouco da 10.0, também da BioExtratus.

O que fizemos basicamente foram mechas com descolorante e oxidante de 30 volumes (pra quem quiser uma cor mais clara ou pra quem tem dificuldade em abrir o tom é melhor o de 40 volumes), ambos da BioExtratus.

Deixamos agir por uns 40 minutos e enxaguamos em seguida.

loiro quente

Após remover o descolorante aplicamos, no comprimento e nas pontas o Loiro Claro Dourado (8.3) misturado com um pouco (1/3) de loiro claríssimo (10.0).

Como não queria ter a “obrigação” de retocar com frequência e optei por um efeito mais natural e esfumado, aplicamos na raiz o Castanho Claro Dourado (5.3) com oxidante de 10 volumes.

Esse processo da raiz foi feito no lavatório, agindo por pouquíssimo tempo, só pra esfumar com fundo escuro mesmo.

O resultado: um loiro quente!

O tom ficou um loiro dourado lindo, quente, natural, que vem ganhando tons diferentes a medida que fico muito tempo no sol.

O cabelo danificou pouco (descolorante remove massa e sempre vai danificar um pouco ou muito! Por isso, escolham bons descolorantes, isso faz toda diferença!), tá forte, bonito e brilhoso, do jeito que gosto.

No mais, consegui voltar pro loiro sem perder contraste, porque quando vejo as fotos do meu cabelo super claro, platinado ou acinzentado me assusto com o tanto que pareço pálida, que a pele fica sem viço e que a cor dos meus olhos não “aparece”, sabe?

Claro que já comecei a cuidar, até porque no dia seguinte já tava espojada na piscina gargalhando na cara do perigo hahaha, e vou dividindo tudo com vocês nos próximos posts.

Por falar nisso, não me deixem só, tô super desatualizada de máscaras potentes e produtos específicos para loiros, preciso de dicas!

O que minhas loiras estão usando e amando, hein? Contem aí!

Ahhh, eu amei o resultado e amo mais a cada dia, mas quero saber a opinião de vocês! Gostaram?

Pra quem quiser dicas pra cabelos loiros, tem muitos posts aqui (clica aqui), as vou deixar algumas sugestões mara:

Beijos, Ju ♥

Bora papear mais? Me segue lá no Instagram ⇒ @jurovalendo

Vizcaya
25.10.2017

Máscara Inner Restore Intensif Senscience: Pra Casar!

Existem máscaras que, por mais que experimente muitas outras, nunca sai do meu rol de preferidas, e a Inner Restore Intensif Senscience é, com certeza, uma dessas!

Sou totalmente suspeita pra falar da Senscience, admito logo, porque o caso de amor é antigo, sabe? A impressão que tenho é que eles “leem” meus cabelos, não é possível, porque tudo que testo funciona muito bem.

Acho maravilhoso, claro. Quem não acha é minha conta bancária, né? Porque maior que minha paixão por cabelos só mesmo a minha canguinhagem! hahaha

Mas, bora pra resenha que a Inner Restore pisa com gosto, bora!

Máscara Inner Restore Intensif Senscience juro valendo

Inner Restore Intensif Senscience: As Promessas

De acordo com a marca, “trata-se de uma máscara de restauração profunda para cabelos grossos, com frizz e danificados. 

Repara as cutículas danificadas, garantindo aos fios um aspecto saudável, além de muito brilho, maciez e sedosidade.”

Possui uma composição extremamente rica e bem balanceada, com ativos altamente hidratantes, condicionantes e reconstrutores, como proteína de seda, arginina, ácido glutâmico, arginina queratina hidrolisada, proteína vegetal, extrato de algas, extrato de cardo-mariano, glicerina e  aminoácidos de seda, dentre outros.

Além da composição, é fato que a tecnologia empregada para que esses ativos sejam entregues e ajam nos fios é das melhores, e isso faz muita diferença! A Senscience é da Shiseido, e eles não brincam em serviço!

Máscara Inner Restore Intensif Senscience juro valendo

Resenha da Inner Restore Intensif Senscience

O produto está disponível em 3 tamanhos: 50, 150 e 500 ml, e essa vez comprei a de 50 ml porque é pro kit das “férias antes das férias”.

A embalagem é de bisnaguinha e tem tampa de flip-top que trava bem. A textura é cremosa na medida, ela é branca, então não vai interferir na pigmentação dos fios, e o cheiro é rycoh.

Ao aplicar no cabelo, mesmo quando ele está mais danificado, ressecado e poroso, ela promove uma maciez extrema, “amolecendo” os fios de imediato. Meu cabelo “chupa” a máscara como se não houvesse amanhã! rs

Meu cabelo seca bem alinhado, com menos frizz,  mas leve, solto e maleável, com brilho e uma sedosidade maravilhosa.

Máscara Inner Restore Intensif Senscience juro valendo

Não deixa os fios murchos e nem pesa (dosem a quantidade e observem se essa é a versão indicada para o seu cabelo!), e repara muito bem a estrutura interna dos fios, deixando o cabelo mais forte e “inteiro”.

É hidratação, nutrição ou reconstrução?

Isso é interessante porque as máscaras mais reconstrutoras geralmente deixam o cabelo rígido, e essa faz o oposto, o que leva muita gente a questionar se ela seria realmente uma reconstrução, sabe?

E sim, ela é uma máscara reparadora e reconstrutora,  que realmente trata e restaura a fibra capilar, só que, aliada a isso, é imensamente hidratante e possui um sensorial de sedosidade único.

É uma máscara bastante versátil, e que indico muito para quem faz química, tem fios mais grossos, porosos, ressecados e rígidos, “sem elasticidade”, porque é aí que ela mostra todo o seu poder, que é imenso.

Máscara Inner Restore Intensif Senscience juro valendo

Meu cabelo ama com força, ela faz muita diferença e tem um excelente rendimento.

Preço e onde comprar a Máscara Inner Restore

A versão de 50 ml custa R$90,00 na Sephora (compre aqui), a de 150 ml sai por R$189,00 na Época (compre aqui) e o potão de 500 ml custa R$369,40 9 (compre aqui).

É, com certeza, uma das minhas máscaras preferidas, e já tinha falado dela nesse post aqui.

Máscara Inner Restore Intensif Senscience juro valendo

Alguém já testou? Conta aí o que achou!

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

05.07.2017

Como Escurecer Cabelo Loiro: Top 5 Dicas!

Uma das perguntas que vocês mais fizeram desde que fui do loiro para o castanho foi sobre escurecer cabelo loiro sem que fique manchado, sem que desbote rápido e coisas do tipo, então resolvi fazer um post explicando tudinho.

A gente acha que escurecer é fácil e que a coisa bem mais simples que clarear, mas não é desse jeito que a banda toca. Além de analisar o estado do cabelo e fazer um teste de mecha pra ver se ele aguenta o processo, é essencial que a aplicação seja feita da forma correta.

Vou explicar isso de forma detalhada nos pontos seguintes, tá?

1. O Antes: Diagnóstico do Cabelo

Analisar o estado do cabelo quanto a resistência, pra evitar danos maiores, é o primeiro passo. Isso a gente faz até “no olho”, gente. Cabelo quebradiço, elástico e frágil não deve passar por nenhum procedimento químico porque ele vai estragar ainda mais e pode não aguentar.

como escurecer cabelo loiro

Mas, o teste da mecha tem que ser feito sempre, porque seu cabelo pode até estar forte, mas quem garante que aquela coloração/tonalizante não tem alguma substância que não funcione no seu cabelo ou que seja incompatível?

Eu só vou na certeza e prefiro testar antes, e essa é minha primeira recomendação.

Outra coisa muito importante é ver o nível de porosidade dos fios, porque quanto mais poroso mais difícil é a fixação dos pigmentos. Isso significa que a cor não vai “pegar” direito, ou vai “pegar” de forma irregular, deixando o cabelo com partes manchadas.

Além disso, o desbotamento será muito mais rápido.

Então, se o seu cabelo está frágil, reconstrua bastante antes. E se está poroso, trate essa porosidade!

Máscaras a base de ceramidas são excelentes para cabelos porosos, e essa receita caseira para cabelos porosos também funciona super bem.

Se quiser sugestões de reconstrução, aqui no blog tem dezenas de posts com dicas e produtos, de todos os preços, pra reconstruir os cabelos. Recomendo a leitura!

2. Tintura ou Tonalizante: Qual Escolher?

O tonalizante pode ser uma opção viável em alguns casos, porque sai mais rápido, é fácil de corrigir caso o tom não seja o desejado e, em regra, é mais compatível com outras químicas.

Mas, pra mudar e manter a cor do cabelo, o ideal é usar uma tintura permanente, já que ela penetra na fibra capilar, ao contrário do tonalizante, que forma uma película superficial nos fios.

como escurecer cabelo loiro

E quanto mais claro estiver o cabelo, mais indicada é a coloração ao invés do tonalizante, porque a fixação será maior, o que reduz o risco de manchas.

Uma recomendação muito frequente é escurecer aos poucos, porque aí o processo fica mais simples, mas, sinceramente, não tenho paciência. Se quero escurecer, quero de vez rs.

Até porque, se com tinta o desbotamento já é comum, imagina com tonalizante?

3. Pré-Pigmentação: a Chave Para Escurecer Cabelo Loiro!

Ao descolorir os fios a gente remove, além de vários constituintes naturais dos fios, o pigmento, a cor, certo? Quando, depois disso, decidimos escurecer os fios, é altamente indicado fazer uma pré-pigmentação.

A pré-pigmentação vai devolver pigmento aos fios antes da coloração para ajudar a segurar os pigmentos que serão depositados com a coloração, além de evitar tons indesejados e desbotamento rápido.

Ou seja, a pré-pigmentação é uma preparação para que o cabelo, ao receber a coloração, fique com a cor desejada.

Existem várias técnicas de pré-pigmentação e, em regra, ela é feita com o mesmo pigmento que a gente quer para a cor final. Mas, a depender da cor do cabelo e do tom que se quer alcançar, o pigmento pode ser mais claro ou mais escuro.

A técnica mais simples e básica, que funciona para a maioria dos casos, é misturar a tinta que você quer usar  com água, na proporção de 1 para 1 (50g de tinta para 50 ml de água), aplicar essa mistura em todo o cabelo (limpo e seco), deixar agir por 20 minutos e remover o excesso com um pente.

Em seguida, aplica-se a coloração desejada na forma recomendada no rótulo, deixando agir pelo tempo indicado.

O método profissional é diferente e geralmente envolve a aplicação de pigmento vermelho para cabelos que serão coloridos com tons castanhos e pigmentos amarelos para cabelos que serão coloridos com tons loiros mais escuros.

como escurecer cabelo loiro

Não fiz pré-pigmentação dessa vez porque queria ver quanto tempo a tinta iria aguentar antes de desbotar e o que fazer pra, desbotando, voltar a cor desejada. Porque? Ora, porque muita gente faz isso, sobretudo quem escurece em casa, e preciso dar dicas pra essa galera, né?

4. Aplicação correta da tintura

Não vejo problema, a princípio, em escurecer o cabelo em casa, sobretudo quando a pessoa tem alguma noção de cuidados com os fios, de compatibilidade entre químicas e coisas do tipo.

Só que antes de começar, leia o folheto informativo que vem no produto e e siga o passo a passo. Use a quantidade adequada de coloração e oxidante para cobrir todo o cabelo e respeite o tempo de pausa, o que é uma garantia básica de que o resultado será o mais próximo possível do desejado.

Falo isso porque tem gente que tem o cabelo maior ou mais cheio, quer colorir usando um tubinho de tinta pra não gastar muito e aí finge que acredita que deu pro cabelo todo e ainda fica retada quando o cabelo fica manchado. Não dá, né, gente?

Outra coisa que vale lembrar é que na imensa maioria das vezes o tom do seu cabelo não vai ficar igual ao tom da caixinha, porque isso envolve muitos fatores, como a cor natural do seu cabelo, seu “fundo de coloração”, o tom que você está usando e por aí vai.

É por isso que, para a primeira aplicação, acho melhor (e mais seguro!) procurar um bom profissional para escurecer cabelo loiro, sabe? Depois é só seguir o que ele fez e manter a cor.

5. Como escurecer cabelo loiro e manter a cor

Ah, sim, manter a cor é, na maioria dos casos, mais trabalhoso que escurecer cabelo loiro, principalmente no início, quando a cor tende a desbotar com mais intensidade.

Eu sou a favor de fazer banhos de brilho ou usar tonalizantes a cada 15 ou 30 dias, evitar o uso de produtos muito agressivos e apostar em máscaras e finalizadores que protegem a cor.

Mas, ao invés de falar “por cima”, prefiro ir testando ao longo das próximas semanas e dividir aos poucos aqui com vocês, tá?

Se tiverem mais alguma dúvida é só deixar nos comentários! E quem tiver dicas para cabelos castanhos divide aí comigo, preciso da ajuda de vocês!

Beijos, Ju ♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Bom dia , eu não conhecia o blog mais entrei hoje e adorei , tem muitas dicas , orientações, e as explicações não são pela…