Vizcaya
21.09.2017

Sobre Cozinha “De Verdade”

O primeiro post de hoje é com uma das minhas melhores amigas, a Isa, também conhecida como “meu eu vermelho”, e preciso fazer as apresentações porque ela super exagera ao falar de mim rs.

Ficamos amigas no dia em que nos conhecemos, por causa da monografia dela, cujo tema foi bem similar ao meu. Aliás, eu fiquei amiga dela. Ela ficou achando que eu era maluca, lógico. hahaha

Como o nosso orientador foi o mesmo, Gamil Foppel, ele pediu pra que ela me procurasse pra que que eu pudesse ajudá-la, já que eu tinha apresentado um ano antes e tirado nota máxima, até falei sobre essa monografia nesse post aqui.

Ela me ligou, marcamos e um dia, no meio da tarde, Isa apareceu lá em casa de calça jeans, blusa branca, falando baixinho, envergonhada, tímidaaaaa… Perguntei de onde ela era, ela disse que era de Alagoinhas, daí já fiquei à vontade, porque roceiros se entendem, né? hahaha

cozinha de verdade isadora bacelar de rezende

Saquei logo que ela era das minhas, sem frescura, chamei pro abraço, puxei pela mão, desatei a falar por horas e tive certeza de que ela seria minha amiga de uma vida inteira. Exatamente assim.

Ela ficou assustadíssima, claro, saiu lá de casa com uma sacola de livros, uma “co-orientadora”, um monte de palpites que não pediu, e continua sendo uma das pessoas mais especiais da minha vida até hoje.

Ainda essa semana ela vai compartilhar com a gente, no Mulher de 30 (que pode ser de 20, 40, 50, 60 e por aí vai rs), como foi a “mudança de vida” dela, do Direito pra Gastronomia, tá?

Mas agora vou deixar que ela fale sobre Cozinha…Com a palavra, Isa ♥!

“Cozinha de verdade”

Vamos falar sobre a cozinha de verdade? Sobre a cozinha que não aparece nos holofotes e na mídia?

Meu nome é Isadora Bacelar de Rezende, sou estudante de Gastronomia e estudante de cursos do Senac-Bahia/Salvador. Sou Bacharel em Direito, Pós-Graduada em Ciências Criminais pela UFBA e agora me aventurando na área da Gastronomia. Vale a redundância.

Minha conclusão em Direito devo a Ju. Sim, a Ju que todos conhecem como blogueira… Para quem acha que ela é apenas “isso”, está redondamente enganada, tá? Ela é responsável por minha formação acadêmica em Direito!♥

Mas, vamos aos fatos. Ela postou algo sobre limão boi no Instagram, comentei que se come com sal grosso e serve-se assim também. Eis que ela me chama no privado pra falar “as coisas” (pergunta mais que criança, nunca vi!). Então pensei: “porque não escrever sobre a cozinha, né? ”.

Falemos sobre a Cozinha…

cozinha de verdade isadora bacelar de rezende

Cozinha não é algo para entrar com brincadeira. Aprendemos a ter regras, normas e temos de segui-las. Porquê? Porque tudo tem uma razão de ser, uma explicação. Apenas isso.

Antes de entrar numa cozinha, a higiene pessoal conta demais. Desde as unhas, meticulosamente curtas e sem base, aos cabelos lavados e sem cremes, gel, mousse ou finalizadores, e nada de maquiagem. Não, não pode usar!

“Ah, mas quando assisto o MasterChef vejo as mulheres e homens com maquiagem, anéis e tudo o mais.” Isso, seus olhos estão bons! Mas Cozinha não é assim. A vida real não é assim.

Vamos lá… Porque não brincos? Vamos pensar: se pode perder na rua, pode perder na comida. Você não quer comer “tachinha” né?

Porque não pode usar cremes e finalizadores nos cabelos? Imagina você usando o fardamento completo, quente…Vai acontecer o que? Suar! Logo, vai “descer” pela testa… Que vem de onde? Cabeça! Ahhhhhh… tem creme…. Escorre o creme… cai onde? Em sua comida! Vai usar? Não né?

“Mas usar apenas base nas unhas pode.”  NÃO! Não pode, lindas e lindos. A base solta resíduos que passa para o alimento manipulado… Logo, pode ter contaminação.

Batom, gloss? Nem pensar…Perfume? Desodorante com cheiro? Jamais! Porquê? Porque mascara o gosto e o cheiro da comida! Sim, mascara mesmo. Acredite.

“Mas porque este fardamento tão cheio de coisa se no MasterChef usa-se apenas avental? ”

Usa-se o fardamento completo e grosso por se tratar de um Equipamento de Proteção Individual, os chamados EPI´s, que garantem a saúde e proteção dos cozinheiros, sejam com coisas quentes ou  algo que venha cair nos pés, por exemplo. E os sapatos não são nada macios nem confortáveis.

Parando para analisar, o fardamento é feio. E grosso, quente. Porém, preventivo e significativo. A segurança, em qualquer situação, é necessária e imprescindível.  

O que pode parecer simples num primeiro momento, exige inúmeros cuidados, porque nada na Cozinha é por acaso.

Então, aprendam a valorizar a profissão de Cozinheiro, tá? Existe toda uma preparação antecipada para que sua comida chegue de forma correta na sua mesa.

[ Acho digno que a Isa ensine umas coisas gostosas, lindas e fáceis pra gente, cês concordam???Querooo!]

* Pra conferir esse conteúdo em áudio é só clicar aqui.

Beijos, Ju♥

Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…