29.06.2015

Tchau, Pai…

Essa é a primeira vez que sento aqui e não sei o que escrever. Aliás, desde ontem eu mal consigo falar. É que tem dores que são tão profundas que parece que todo o resto desaparece…

Mas o que falar quando a gente “perde” um Pai? Não, eu tô falando errado, eu não perdi meu pai, porque ele não deixou de ser meu pai por não estar mais desse lado do caminho…Só estamos em lados diferentes agora, só.

Já tinha algum tempo que a gente não se falava, não por mágoa ou nada do tipo, a gente só não se procurava, não existia uma relação, mas existia, eu sei, amor… Na verdade, a gente nunca se falou muito, mesmo quando ele estava por perto, mas esse era o jeito dele, assim como é o meu.

Mas quando a gente recebe um telefonema, num dia qualquer, avisando que aquela pessoa que a gente chama de Pai está muito doente, qualquer distância passa a ser pequena e tudo muda. Muda porque a gente acha que como a pessoa está distante, como ela sempre foi distante, o desespero não vai bater, mas bate. Muda porque a gente toma consciência de que essa história de tempo não existe, e um segundo depois pode ser tarde demais.

meu pai

Pra mim, ainda bem, não foi, e eu pude falar com ele todos os dias enquanto ele esteve consciente. Não falar de coisas amenas, mas falar tudo o que estava aqui, guardadinho no meu coração: que mesmo distante, eu amava ele, que sabia que ele teria feito tudo diferente se pudesse, que ele era uma pessoa boa, que merecia as melhores coisas e que toda a luz do mundo estava cuidando dele.

Nesse dia a voz dele tava tão forte, forte como ele sempre foi, e estava alegre também, e a última frase que ouvi foi “obrigado pelos presentes”… Mas, um dia depois disso ele simplesmente piorou, teve quadros de confusão mental e quando falava comigo era só balbuciando o “apelido” pelo qual ele me chamava quando eu era criança.

Depois disso,  eu pedi aos céus todos os dias pra que não o deixasse sofrer, porque nada é tão dilacerante como assistir a dor de quem a gente ama e não ter o que fazer, porque sim, chega um momento em que não há o que fazer, e eu já assisti a esse filme de terror antes com minha avó que, veja só, também morreu de câncer.

E ontem, num domingo de chuva, meu Pai passou pro outro lado, e isso dói, dói tanto… Dói de um jeito que nunca imaginei que fosse possível. Dói que chega a faltar ar…É a dor do “nunca mais”, sabe? Nunca mais vou ouvir sua voz, sua risada, suas mãos enormes, seu olho verdinho… Nunca, nunca  mais você estará aqui, é verdade, mas nunca você deixará de existir dentro do meu coração…

Mas eu prefiro essa dor, e preferiria uma imensamente maior, se é que existe, do que a dor de te ver sofrer mais, e por isso sou imensamente grata à Existência por ter te levado antes que o sofrimento se tornasse insuportável.

E sei, com absoluta certeza, que esse mesmo Deus que te levou no colo e evitou mais dor, também está te amparando com toda luz possível, e sei que todos os anjos estão agora ao seu lado enquanto você descansa, e que daqui a pouco você vai acordar pra um mundo de luz e amor, porque a morte não é nada, é só uma parte, ainda desconhecida pra nós, de um caminho que todos estamos trilhando.

E fica tranquilo, Pai, o fio não foi cortado, e jamais será, porque o amor é um fio que nunca se apaga, que nunca se acaba… E eu amo você. ♥

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
58 comentários
  1. Isabel  29/06/2015 - 11h50

    Ju, que Deus te conforte nesse momento de dor. Tenha fé, porque Ele nunca nos abandona! Cuide do coração, tá? Um abraço!

  2. July  29/06/2015 - 11h59

    Meus sentimentos Ju! Ele está melhor lá ao lado de Deus. bjus

  3. THAIS  29/06/2015 - 12h02

    OI JU QUE DEUS CONFORTE SEU CORAÇAO,SÓ QUEM PASSOU POR ISSO SABE O QUE VC ESTA SENTINDO,PERDI MEU IRMAO EM ABRIL FOI MUITO TRISTE E A DOR VAMOS CARREGAR PRA SEMPRE…MAS DEUS NOS CONFORTA E IRA FICAR FICAR A IMENSA SAUDADE,E A CERTEZA QUE UM DIA IREMOS NOS ENCONTRAR,EU ACREDITO NISSO.QUE DEUS CONFORTE SEU CORAÇÃO E LHE DÊ FORÇAS PARA PASSAR POR ISSO ,POIS AGORA ELE ESTA EM UM LUGAR MELHOR COM CERTEZA..UM GRANDE ABRAÇO FIQUE COM DEUS .

  4. Millena Almeida  29/06/2015 - 12h04

    Ju nessas horas nao existem palavras. Só quero que saiba que o mesmo Deus que levou irá transformar sua dor em lembranças de paz.
    fique bem, e obrigada por confiar em nós (leitoras) e dividir algo tão seu.

  5. Soeli  29/06/2015 - 12h05

    Meus sentimentos Ju.Muito lindo o texto,achei você muito parecida com seu Pai. A boca e o “bico” que vc fala você erdou dele!

  6. Cris  29/06/2015 - 12h07

    Nesse momento sei que nenhuma palavra que disser pode fazer nada por vc. Sei o que é perder quem amamos. Perdi minha mãe e acho que nenhuma dor é maior do que esta (de perder um pai ou mãe). Te desejo todo amor e serenidade. Saiba viver cada momento, deixe seus sentimentos fluírem. Eu acredito que a melhor forma de passar por essa experiência é respeitar os seus sentimentos. Com o tempo as lembranças boas vão se sobrepor a dor da partida.

  7. Daiane  29/06/2015 - 12h09

    É Ju, quem bom que ambos ouviram todas as coisas boas que tinha pra se ouvir. É tão gratificante quando não ficamos com aquele peso no coração de que ” Não deu tempo falar o que queria “. Claro que o vazio da presença e até mesmo da presença distante que os envolvia, nunca vai passar, mas saber que um possível sofrimento maior não vai existir, já acalenta o coração. Que o Senhor conforte o seu coração e de sua família. Fica bem Jú!

  8. Natalia  29/06/2015 - 12h12

    Ju minha linda, não existem palavras que possam demonstrar o que deveria de ser feito em um momento desse. O certo seria um abraço bem forte, pois o abraço acalma, dá forças e demostra que a pessoa não esta sozinha. Sinta-se abraçada e te desejo muita força. Acredito que iremos reencontrar as pessoas que nos amam sempre e que elas estaram sempre do nosso lado. Um beijo e um abraço enorme.

  9. Marilia Rosa  29/06/2015 - 12h16

    Linda homenagem!

  10. Isabele  29/06/2015 - 12h24

    Poxa Ju, meus sentimentos! Infelizmente a lei da vida é essa. Sofri muito quando minha vó faleceu, ela era tudo pra mim, e, eu era muito nova na época. Sentia um vazio imenso mais tenho a certeza de que ela está ao lado de Deus e não havia mais dor nem sofrimento, que esta maldita doença trás!
    Que você tenha muita força neste momento, Deus irá confortar seu coração e pode contar comigo para o que for, mesmo que seja apenas na oração! Um grande beijo Ju, fica bem!

  11. Joana Teixeira  29/06/2015 - 12h24

    Oi Ju, costumo acompanhar seu blog, gosto muito dos seus posts! Mas agora é hora para dizer: Força!! Esses momentos sao muito dificil e sabe? Identifiquei-me muito com isto : “Já tinha algum tempo que a gente não se falava, não por mágoa ou nada do tipo, a gente só não se procurava, não existia uma relação, mas existia, eu sei, amor… Na verdade, a gente nunca se falou muito, mesmo quando ele estava por perto, mas esse era o jeito dele, assim como é o meu.”

    Bjinhos e nao desamine!!

  12. Pat  29/06/2015 - 12h29

    Ju, meus sentimentos. Sei o tanto que essa doença é terrivel. Sei também que, com o tempo, a dor passa, a saudade fica. Que Deus lhe dê força e paz. Bjo

  13. Camila  29/06/2015 - 12h31

    Linda homenagem, sei o que você está sentindo, meu pai se foi há 7 anos, também de câncer, infelizmente ele foi com muito sofrimento e dor. Também não eramos de nos falar muito e eu não consegui passar a ele o quanto o amava, mas tenho fé que ele sabia disso. Doi muito, doi demais, com o tempo a dor diminui e fica uma saudade que é eterna. Muita paz pra vc, fique com Deus. Bjs

  14. Eliane Rocha  29/06/2015 - 12h43

    Ju sei como você se sente porque acabei de passar por isso também, e não tem nada que eu diga que irá diminuir sua dor, peço a Deus que te dê forças e te ajude neste momento.

  15. Nina  29/06/2015 - 12h48

    Oi, Ju!
    Sim, ele continuará presente, vivo através do seu amor e dos traços físicos que você enxergará toda vez que se olhar no espelho (são muito parecidos). Que o Senhor te dê paz e consolo. Bjo grande no coração!

  16. Andréa Quinzeiro  29/06/2015 - 13h04

    Ju, sinto muito! Compreendo sua dor e oro a Deus para que conforte seu coração e de seus familiares.

  17. Gabi Oliveira  29/06/2015 - 13h10

    Oh, Ju…que vontade de te dar um abraço. Que Deus te conforte e receba seu painho com o amor e a paz que ele é digno. Por te acompanhar aqui no blog, sei da sua força, da sua alegria de viver e da sua determinação…que toda a dor seja transformada em lembranças lindas! Beijo grande!

  18. Gabriela Deornellas  29/06/2015 - 13h12

    Eu sinto muito Jú,que Deus conforte seu coração e de sua família Bjus

  19. Iandara  29/06/2015 - 13h16

    minha linda, meus mais sinceros sentimentos a você e sua família.. nem de longe consigo imaginar sua dor, mas eu consigo imaginar como está sendo passar por isso.. olha, por pior que a situação esteja, ela vai passar, pois Deus já está confortando o coração de cada um de vocês.. tenho certeza de que seu pai estará olhando por você todos os dias da sua vida, e que um dia, todos vocês estarão juntos novamente.. ♥

  20. Daniela Castro de Lima  29/06/2015 - 13h24

    Ju, meus sentimentos!

    Que Deus conforte seu coração e de toda sua família

  21. MARCIA BRANIA  29/06/2015 - 13h27

    “Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma. Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” Ecles. 9:5 e 10.

    Nenhuma família está isenta do toque da morte. Mas a boa-nova é que Jesus tem as chaves da sepultura (Apoc. 1:18). Os poderes do inferno foram incapazes de retê-lo na tumba. Ele vive. Por isso, como diz o cântico, “posso crer no amanhã”. A morte está vencida. Creia nisso e alegre-se.

  22. Daniela  29/06/2015 - 13h35

    Meus sentimentos Ju, é muito triste quando perdemos alguém a quem a gente ama, mas lembre-se que ele somente foi para os braços do Pai primeiro do que nós… Forças pra ti e tua família <3

  23. Bianca  29/06/2015 - 13h36

    Ju, Que Deus conforte seu coração nesse momento! Sinto muito pela sua perda!

  24. Lúcia Matos  29/06/2015 - 13h42

    Pra você e sua mãe eu deixo a paz do Senhor Jesus!
    Meu carinho e orações.
    Beijos, minha querida ♥

  25. Carla vieira  29/06/2015 - 14h20

    Ju,sei bem o que VC está sentindo,perdi minha mãe no ano passado,a saudade é eterna,e DOI muito sim,mas como tu falou,nem uma dor é maior do que ver nossos queridos sofrerem!Não existem palavras certas pra dizer pra alguém que esta passando por isso,nada,mas tenha fé em Deus,só ele te dará forças! E do fundo do coração peço a Deus que ele te ilumine e te de muita força!! Bjss e abraços

  26. Rafaella Brito  29/06/2015 - 14h21

    Ju, que os braços de amor do Senhor Jesus a envolvam neste momento e alivie a sua dor. Sinto muito pelo seu pai. Lembre-se que Deus é contigo sempre e a vontade Dele é boa, perfeita e agradável, ainda que não entendamos, Ele tem sempre o melhor pra cada um de nós e Ele fez o melhor pelo seu pai. Que Deus conforte seu coração e traga refrigério à sua alma. Sinta-se abraçada querida. Bjs @mrafaellabrito

  27. Jaque  29/06/2015 - 14h47

    Querida Ju,

    Amo seu blog e amo vc tb, essa é a primeira vez que eu posto um comentário e sinto muito ser numa ocasião assim triste, mas não pude conter as lágrimas… Eu sou enfermeira, melhor dizendo fui enfermeira, pois não suportei ver os sofrimentos aos quais os pacientes com câncer passavam. Posso te afirmar que seu pai descansou e está feliz nos braços do Senhor Jesus… Que Deus console você e sua mãe!!! E saiba que vc tem meu carinho e admiração e sempre estará nas minhas orações…

  28. natali araujo  29/06/2015 - 14h54

    Forças Ju. Que Deus te console, ele é o único que pode amenizar essa dor. Sinta-se abraçada ♥

  29. Fabrícia  29/06/2015 - 14h54

    Oi Ju, sua história é igual a minha, com uma diferença. eu vivi muito tempo afastada da minha mãe, meu pai quem me criou,mal conversava-mos. E agora, depois de tanto tempo, recebo um telefonema dela informando que está muito doente e que é grave. Sabe, me faltou o”chão nessa hora”. Mais de duas semanas sem consegui trabalhar, só chorando. Muito triste, sinto de coração a sua dor. Abraço bem apertado.

  30. Juliana  29/06/2015 - 15h08

    Meus sentimentos a você e toda sua família, também perdi meu pai da mesma forma e sei o quão difícil é segurarmos essa dor no peito. Tenha fé! A vida não termina aqui, o melhor ainda está por vir.

  31. Su Ellen  29/06/2015 - 15h13

    Ju,que Jesus conforte seu coração e de sua família,estou orando por vocês,bjos

  32. Jacque C.  29/06/2015 - 15h17

    A tres anos perdir o meu….nao ha um dia que eu nao lamente…doi demais…Sinto muito

  33. Mariana Barros  29/06/2015 - 15h19

    Ju, sei que nessa hora nada do que eu falar vai diminuir todos os sentimentos que está sentindo… te desejo neste momento Muita LUZ e que Deus ampare vc e os seus familiares neste momento. Abraço do tamanho do mundo!

  34. gabi  29/06/2015 - 15h43

    Poxa juu, que texto lindo e ao mesmo tempo triste.
    Meus sinceros sentimentos. Tenho ctz q ele esta em um lugar muito lindo agora, e sem dor,
    Meu pai se foi tb em 2012, pela ,mesma doença . E essa dor nao passa, mas diminue, e resta muitas saudades.
    Fique bem. Estamos te mandando muita energia e bons pensamentos para vc e seu pai.
    S2

  35. Danny  29/06/2015 - 15h45

    Mas Juuuu, que coisa! Acredita que, ontem não, sábado quando estava dando uma “fuçada” por aqui para ver qual creme deveria comprar (mais um. Rsrs.) para meu cabelo e pensei… “Não lembro de já ter lido alguma coisa que Ju já tenha postado sobre o pai”. E hoje vejo essa notícia. Que on anjos de Luz estejam cuidando de ti, da sua família e do seu pai. Que o tempo conforte seu coração e apague qualquer lembrança que não seja muito boa e que reste apenas os bons momentos. Força, Ju!

  36. Karina  29/06/2015 - 15h53

    Juh eu não sei oq eh isso…perder alguém q amamos mas so de imaginá meu coração dói… Juh que Deus possa te consolá pois só ele nessa hora…meus pêsames :(

  37. Aline  29/06/2015 - 16h00

    Oh, menina, perdi minha mãe (câncer tb) não faz nem um ano. E nós duas éramos próximas, ela era minha parceirona de viagens. E vou te falar, é uma dor que só quem já por isso pra saber, não dá nem pra imaginar, por mais que você tente, se não passou por algo parecido. Ainda bem que seu pai não ficou muito tempo ruinzinho, a minha ficou, foram mais de 4 anos de tratamento, melhoras, pioras, até que depois de um ponto, só piora, um pouco aqui, um muito acolá, até o fim. Não vai ter um dia que você não lembre, a dor vai estar sempre lá, mas olha, ela diminui, acredite. A gente se conforta pensando que não faz sentido a pessoa ficar sofrendo, mas é duro mesmo, quando a pessoa parte muito cedo. Então, mocinha, só resta desejar muito amor de quem está perto, pra te ajudar na fase, e que vc consiga sentir o amor da gente por aqui. Fica bem, bjo

  38. Ana Maria Brogliato  29/06/2015 - 16h13

    Oi Ju,
    Difícil encontrar palavras que amenizem tamanha dor. Mas como uma pessoa que passou exatamente pelo que você está passando neste momento. Eu tinha 32 anos quando meu pai faleceu, vitima de uma câncer fulminante. Agora você sente saudade com uma dor que parece rasgar a carne, mas acredite, esta dor vai passar. A saudade não, esta é eterna, mas com o tempo, não vai doer mais! Beijos e muita força para enfrentar esta dor!

  39. carol  29/06/2015 - 16h53

    oi Ju .
    que Deus conforte VC e sua familia
    me emocionei demais
    muita forca que Deus te abençoe.
    bjos e FÉ.

  40. Elisa Pereira  29/06/2015 - 16h57

    Ju, esse momento de dor é só seu! Deixe-se passar por ele! Fique triste, chore, lamente, reze… A única coisa que te peço é para não se virar contra Deus, se revoltar, pois essa é a única certeza que temos nessa vida, que um dia todos nós iremos morrer! E Deus, Ele nos dá uma força nessas ocasiões que jamais imaginávamos que terínhamos! Ele passa a ser a nossa força, o nosso acalento, a nossa luz lá no fim do túnel…
    Eu sei o que você está passando! Pior que perder um pai, é perder nossa mãe e eu já passei por isso! É um vazio enorme que fica, mas Deus vai substituindo a dor pela saudade e com o tempo você vai aprendendo a viver assim com menos sofrimento! Deus te abençoe, querida! Te reconforte e te dê a alegria de viver, pois você é uma pessoa iluminada e vai saber superar tudo isso! Fique com Deus… Beijos de luz!

  41. Fernanda Pontes  29/06/2015 - 18h40

    Ju..meus sentimentos! Muita força nessa hora!

  42. Emanuella  29/06/2015 - 19h54

    Ju muita força. Estamos aqui com vc.

  43. Marta Marques  29/06/2015 - 20h35

    Não há palavras que possam confortar esse momento, e por mais que a gente negue, essa é a nossa única certeza: saber que esse dia chegará pra todos. Por isso, sofra tudo que tiver que sofrer, grite, se desespere, xingue… chore,chore muito. Até esvaziar o coração, de toda dor, toda tristeza, toda saudade… Porque ai, com o coração vazio, vc terá espaço pra preencher cada pedacinho dele com paz, com força, com alegria; alegria de saber que agora ele está bem, que agora não há mais sofrimento pra ele, que agora seu espírito repousa tranquilo no lugar de onde viemos, e pra onde retornamos ao final da nossa jornada. Muita força pra vc, minha querida, e pra sua família, e muita luz para o seu Pai, que com certeza agora, está em paz.

  44. Marta  29/06/2015 - 20h55

    Olá Ju,
    Há muito que acompanho teu blog e adoro suas dicas, as quais muitas ja testei, mas hoje me sinto compadecida com tua dor e resolvi te mandar algumas palavras que sei que neste momento são tão pequenas perto de tua dor. Perdi meu adorado e amado pai no dia dos pais em 2008, de repente, sem aviso e rapidamente, um aneurisma cerebral o levou, até hoje não consigo entender mas fui obrigada a conviver com a saudade, então minha querida te desejo força, fé e coragem para superar este momento, meus mais sinceros sentimentos, beijo, Marta.

  45. Mel Ferrari  29/06/2015 - 21h33

    Meus sentimentos Jú. Que Deus conforte toda a família e que seu pai esteja em paz. Amei suas palavras e me emocionei com cada uma delas. Fique bem minha querida. Fique com Deus. Um beijo enorme.

  46. Kamila  29/06/2015 - 21h56

    Jú querida! Sinta essa dor, sinta o tempo que for necessário! Nós, tuas fiéis leitoras estaremos sempre aqui…vamos esperar o tempo que precisares…infelizmente precisamos passar por esse tipo de dor, mas tudo tem explicação e um dia iremos entender. Fica bem! Fica com Deus! Bjs

  47. Cirlene souza  29/06/2015 - 22h54

    Força Ju que Deus conforte seu coração nesse momento tão dificil..

  48. Mellissa  30/06/2015 - 03h34

    Oi Ju, agora que vi esse triste post..madrugada, sem sono sonora tava pensando ,meus 25anos, lembrando do meu pai na infância, como o tempo passa e já tem sinais do tempo no rosto dele,apesar da boa saúde, em como ele merece todo meu carinho e amor,porque abriu mão de tudo pra cuidar de mim até hoje…sinta se abraçada por mim, já tive perdas que sinceramente até hoje choro, mas não de dor mas sim de saudades, ele te ama onde estiver e com certeza tem orgulho do coração que você tem!Que Deus te abençoe…

  49. Mariana  30/06/2015 - 07h19

    Eu sei exatamente o que você está sentindo. Mas o tempo irá se encarregar de transformar a dor em lembranças…lembranças vividas. Meu pai morreu de câncer e eu acompanhei em todas as químicos, idas e vindas de hospitais. ..fui a última a passar o aniversário dele, natal, semana santa… a última refeição. …e as últimas palavras que ele falou foi comigo…eu levei um ano para começar a digerir…eu já tem 3 anos e ainda sinto…também tive uma relação mais ou menos perto. ..e quando começou a ficar bem perto, Deus o chamou…. doeu e ainda dói. …mas hoje, eu sei que ele se tornou o meu anjo da guarda, o meu protetor…e que estará mais perto de mim do que esteve…pense assim…vc terá um grande e um dos melhores protetores! Chore, sorria, relembre, coma, grite. .. este momento é seu…faça o que quiser…vc tem direito. Tente ficar bem, e saiba que você é querida por todos que te conhecem pessoalmente ou por fotos ou por escrita, mas é querida. Beijos

  50. Edilaine Freitas  30/06/2015 - 07h23

    Meus sentimentos Ju e que as lembranças boas de seu pai seja o suficiente p vc ser forte e seguir em frente, bjo

  51. Lana  30/06/2015 - 10h12

    Meus pêsames pela tua perda Ju, que Deus abençoe e conforte tu e a tua família! E que bom que ele não ficou aqui sofrendo, sabemos que mais triste que perder alguém, é ver a pessoa sofrer. E tu és muito querida e amorosa, tem todo o nosso apoio ♥

  52. Madalena Honório  30/06/2015 - 10h22

    Juzinha, toda luz e força para você e sua família! Amamos você! Beijo grande e um abraço apertado!

  53. Gil  30/06/2015 - 12h09

    Oi Ju!
    Que Deus possa te confortar neste momento tão dificil!
    Um pai não esquece jamais o amor de uma filha.
    Fique em paz.
    Um beijo!

  54. Patricia  30/06/2015 - 12h10

    Ano passado quando perdi meu tio avô infelizmente experimentei dessa dor horrível,infelizmente Deus deixou ele sofrer,mas ele nunca perdeu a fé.Realmente a dor é forte e falta o ar,porque você sabe que agora o que ficam são só lembranças.Mas ainda bem que elas ficam,elas aliviam a saudade e com o tempo a gente consegue até falar na pessoas sem que escorra pelos olhos,mas o amor,ele fica sempre e a saudade misturada com a vontade que o tempo volte nunca passa.
    Com toda certeza do mundo,ele esta em um lugar melhor sendo acolhido e cheio de luz,vai continuar olhando por ti em um plano melhor que o nosso!
    Beijos Ju e fica bem <3

  55. Rafaela Minuzzi Zanchetta  30/06/2015 - 12h57

    Ju essa é uma dor que nunca passa, mas com o tempo a gente se acostuma a conviver com ela sabe? Perdi meu pai quando tinha 16 anos e ele era meu melhor amigo. Mas diferente do seu ele passou anos numa cadeira de rodas. Sempre penso que a dor vale o fato de termos conhecido e convivido com eles sabe? Meu irmão, por exemplo, tinha 6 anos e não pode conhecer direito a pessoa maravilhosa que ele foi. Temos que agradecer o privilégio de termos passado dias ao lado deles e a dor…hora a gente esquece, hora a gente se acostuma…mas ela está sempre ali guardadinha junto com as lembraças.Mas é uma forma de lembrarmos que valeu a pena.Beijos e muita força pra você e para sua família.

  56. Camila  30/06/2015 - 16h50

    Oi Júh, me emocionei tanto com seu post, porque me identifiquei com sua história. Eu e meu pai éramos como dois estranhos, ele lutou 7 anos contra o câncer e só nos aproximamos no fim da vida dele, quando não havia mais tempo para nada, pudemos dizer que nos amávamos e pedir perdão, mas isso não foi suficiente pra mim, queria poder ter dito mais uma vez. Só Deus para me perdoar por eu ter sido por tanto tempo indiferente a dor dele e ter pensado só em mim.
    Hoje eu dou mais atenção para minha mãe, não quero cometer com ela o mesmo erro, ela é tudo que eu tenho. A perda do meu pai me serviu de lição.

    Sinto muito que você esteja sentindo essa dor, que Deus conforte o seu coração!

  57. Rosimeire maria da silva pereira  30/06/2015 - 17h02

    oi ju,passado mais uma vez pra dizer que tamo junto,sabe ju assim como perdi alguém muito,muito,mas muito querida vítima de um câncer nos sistema linfático,perdi minha irmanzinha mais velha,e sabe ju foi bem difícil,ela engravidou ainda em tratamento,foi uma gestaão bem complicada,mas enfim ele te a vitória a paixão da família,amor maior sabe,e quando a bebê ainda tinha 2 meses e poucos dias ela veio a falecer,uma dor que dilacera,passa o tempo que passar a gente lembra do cheiro,a gente lembra da conversa,dos conselhos,não tem jeito,uma saudade sem medida,mas sabe Ju estou te contando isso porque a dor foi se transformando em saudade,porque papai do céu trouxe consolo ao nosso coração, e o meu desejo é que ele traga consolo ao seu coração tbém,a minha irmanzinha se foi e deixou uma prinsecinha pra gente cuidar que se chama vitória e e ontem ela completou 3 aninhos,minha bombom,vou mandar uma foto dela pra vc conhecer a minha flor e alegrar um pouquinho vc,juuuuu,um cheiro,bjs!!!

  58. Nessita  30/06/2015 - 21h47

    Que Deus em sua infinita misericórdia o receba no céu, e que seu coração seja confortado. Eu perdi a minha avó do mesmo problema e foi muito difícil, a dor passa aos poucos, mas fica a saudade pra sempre. De todos os momentos bons vividos, a dor da saudade. Tenho uma relação difícil com meu pai, bem distante e parece uma barreira muito difícil de transpor. Espero que isso se resolva um dia. Fique com Deus.

O que você acha do JV?
Oi Ju tudo bem ? O meu cabelo sofreu corte químico e eu tô cortando direto Eu quero saber se quando eu terminar de tirar…
As coisas estão dando errado por aí? A melhor planta para sua casa! Usos mágicos da camomila! 5 Usos mágicos do Cravo da índia O que não te contaram sobre Limpeza Energética! Mentiram pra você sobre Hidratação Capilar Qual a causa emocional da sinusite? Enxaqueca: qual a causa emocional?