Vizcaya
04.01.2017

Loiro 2017: Tá Claro, Muito Claro, Claríssimo!

Na minha cabeça, toda mudança começa pelo cabelo (leonina, né? rs), não tem jeito, e antes da virada decidi fazer meu loiro 2017, pra já começar o ano de cabelo novo!

Aliás, falando nisso, que saudade de vocês! ♥ Tem mais de uma semana que não posto nada por aqui, e, como falei no Insta, tirei uns dias para desanuviar (do baianês: descansar), ficar de pernas pro ar e deixar a cabeça “respirar coisas novas” antes de começar 2017, sabe?

Foi ótimo, foi uma delícia, e agora estamos de volta com carga total! rs

E como a gente AMA cabelo, o primeiro post do ano tem que ser de cabelo, né? E, menina, pensa numa bichinha que tá toda metida com esse loiro novo? Sou eu! hahaha

loiro 2017 juro valendo

A cor ficou exatamente como eu queria: um loiro bem claro, só que nem puxando para o branco nem para o cinza. Tô amando, viu? Amando muito! Mas, vamos para a parte do “como foi feito”, senão vou passar o dia rasgando seda pra esse cabelo! hahaha

Loiro 2017: Pra estrear o ano de cabelo novo!

Nem sei exatamente qual tom estava o meu cabelo, mas era um loiro mais escuro e quente, e expliquei certinho para o Cleiton (ele atende no salão do Hiper G Barbosa, amo!) como queria a cor, levei referências e tudo o que pude para facilitar o processo, sabe?

Acho bem importante fazer isso pra alinhar as expectativas, porque é um horror ir animada pro salão e sair sem a cor dos sonhos, né? A gente tem que sair de lá amando loucamente o cabelo, isso sim!

Ao contrário da última vez, em que usamos o descolorante (e oxidante) do Paul Mitchell, voltamos para o Igora, da  Schwarzkopf, que é um dos meus preferidos. Vivo falando isso aqui e não custa repetir: quer um loiro bonito e o mais saudável possível? Aposte em um bom descolorante, ele faz toda diferença!

O Igora abre até 8 tons de uma só vez, tem uma ação mais rápida e gera menos danos no processo de clareamento.  Já falei dele várias vezes aqui no blog, inclusive no post com meu Top 10 Descolorantes. Como queria um tom muito claro, o oxidante usado foi o Igora de 40 volumes.

loiro 2017

O Cleiton explicou que pra conseguir o resultado que eu queria o processo utilizado seria o mesmo das outras vezes, com luzes no papel, mas feito de forma um pouco diferente, com mechas bem mais finas e em maior quantidade (80% do cabelo), e com o oxidante em volumagem maior.

Claro que, nesse caso, a coisa demora um pouco mais, mas o descolorante agiu, em média, 40 minutos no meu cabelo, e pra que o tom ficasse o mais uniforme possível, ele foi retirando primeiro os “quadrantes” que receberam o produto antes.

Depois de deixar agir o tempo adequado e remover tudo dos fios, fomos pra tonalização.

Tonalizando meu “loiro 2017”

Pra tonalizar, o Cleiton utilizou a coloração 9A (Very Light Ash Blonde), da linha  The Color, do Paul Mitchell, com oxidante de 10 volumes, também do Paul Mitchell. A mistura agiu por alguns minutos (5, no máximo), sendo enxaguada em seguida.

Depois disso usei a Máscara Pro-Hair D.D. Cream, da Nick & Vick, pra dar uma reconstruída, e os fios foram escovados. Já faço resenha dessa máscara, que escolhi por ser rica em aminoácidos e ter um preço bacana, e adianto que tenho gostado bastante, viu?

Antes da mudança de cor rolou toda uma preparação, coisa que vocês já sabem que faço, com muita reconstrução. Alternei a reconstrução caseira que ensinei nesse post aqui com a cauterização caseira e a Proteína Detox da Cadiveu, que é ótima.

loiro 2017 ju lopes juro valendo

Os cuidados depois da descoloração

No período de 30 dias fiz 2 cauterização caseiras, com intervalo de 15 dias entre uma e outra, 2 reconstruções caseiras, também com intervalo de 15 dias entre uma e outra, e usei a Proteína Detox 4 vezes (1 vez em cada semana). Deixei o cabelo bem saturado de reconstrução porque já sabia que queria um loiro bem claro e que o cabelo sofreria mais danos, sabe?

Se vocês quiserem posso falar mais sobre isso em post ou vídeo (avisem nos comentários), mas essa preparação é fundamental, tanto que meu cabelo não quebrou, não ficou elástico e também não afina, mesmo descolorindo há tantos anos.

Claro que já passei por vários perrengues, inclusive cortes químicos, mas venho conseguindo manter o cabelo mais saudável e bonito, mesmo com a descoloração.

Já tô preparando posts e vídeos (se inscreve lá no canal logo!) mostrando tudo o que estou usando pra hidratar, nutrir, reconstruir e manter a cor, e se tiverem alguma dúvida ou sugestão de post/vídeo, deixem aqui nos comentários, tá?

loiro 2017 ju lopes juro valendo

E digam se gostaram da cor nova, quero saber o que vocês acharam, porque eu amei! Já mostrei meus muitos tons de loiro nesse post aqui, depois dele já fiz vários outros, mas meu loiro 2017 é, até hoje, o preferido!

Beijos, Ju♥

Bora ficar bem juntinha? Então vem comigo nas redes sociais! ⇒ Instagram ♥ Youtube ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Vizcaya
01.12.2016

Truque Pra Evitar que os Produtos Amarelem o Loiro

Depois de quase 3 dias sem internet, ontem consegui subir um vídeo novo com um truque dos bons pra evitar que os produtos amarelem o loiro!

E sim, vale pra qualquer produto: queratina, óleos de qualquer tipo, máscaras, shampoos, condicionadores, finalizadores e tudo o mais. E a coisa melhora: a solução é baratinha e vende em farmácias e mercados. Bom, né? Adorooo! rs

Quando fiz o vídeo do matizador líquido lá no canal (veja aqui), falei que estava usando de outras formas e lembrei de já ter visto uma ampola matizante, também líquida, na farmácia. Pois no outro dia fui atrás da bendita, achei, comprei e comecei a fazer “meus testes”, e todos deram super certo!

truque pra evitar que os produtos amarelem o loiro

Truque Pra Evitar que os Produtos Amarelem o Loiro

O nome do produto é Ampola Matizante Violeta Capicilin,  custa R$5,00 e eu recomendo fortemente que as loiras tenham em casa e que aproveitem a dica sempre que forem usar uma queratina, fazer umectação com óleos muito amarelados e coisas do tipo.

Ela tem uma forma específica de uso, mas isso não impede que seja usada de outras formas, né? E, gente, a prova dos 9 foi usar com uma queratina bem amarela, a da Niely, pranchando depois, o que sempre amarela, e a coisa funcionar!

É só misturar, no momento do uso, umas 2 ou 3 gotinhas desse matizante líquido (depende do tamanho e volume do cabelo, então pode ser mais que isso) no seu produto amarelado e pronto, tem dificuldade nenhuma!

Expliquei tudo direitinho no vídeo, mas qualquer dúvida deixem nos comentários, tá? E se inscrevam lá no canal, tá tendo vídeo todo dia (essa semana não consegui publicar 2 vezes porque fiquei sem internet, mas ontem de tarde voltou ao normal! )!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

16.11.2016

Reconstrução Caseira Boa, Barata e Poderosa!

Essa é tudo de bom!

Soltei lá no canal ontem uma receitinha de reconstrução caseira boa e barata, e como sei que é o tipo de coisa que todo mundo ama, vou colocar aqui no blog também!

Os conteúdos de lá não estão vindo todos pra cá, tá tendo vídeo todos os dias, então se inscrevam lá pra não perder as dicas, tá? Tô me empenhando nos vídeos, tentando aprender direitinho e quero todo mundo comigo!

Reconstrução Caseira Boa, Barata e Poderosa!

A base dessa reconstrução caseira é a mesma da misturinha reconstrutora que a gente adora, lembram? Só que ela pode ficar ainda mais potente, o que é especialmente bom para cabelos elásticos, quimicamente tratados e/ou muito danificados.

reconstrução caseira boa e barata

É ótima, também, para preparar o cabelo para as luzes ou qualquer outro procedimento químico, e pra ajudar a reconstruir depois. Ou seja, é pra quando o cabelo precisa de socorro! rs

Você só vai precisar da Carga de Queratina Keramax, de Bepantol (ou genéricos), de queratina líquida (qualquer uma) e de um pouco de máscara, que pode ser qualquer uma que você tenha em casa. Ah, a máscara pode ser hidratante, nutritiva ou reconstrutora, tá? É qualquer uma mesmo! rs

A carga de queratina preciso que seja da Keramax, porque ela é a mais concentrada, além de ter creatina, um aminoácido que gosto bastante, e geleia real.

A queratina que usei foi a da Niely, que achei na farmácia semana passada. Ela não é tão concentrada, mas vem com vários aminoácidos e outros ativos. Mas, gosto muito da versão da Bioextratus, e já fiz post por aqui mostrando as minhas preferidas.

E pra quem tem problema com queratina, por amarelar o loiro, hoje de noite sai um vídeo mara pra evitar iso!

Como Fazer Reconstrução Capilar caseira

No vídeo abaixo tem todo o passo a passo, a forma de fazer a reconstrução caseira e as quantidades recomendadas:

Ela pode ser feita em qualquer tipo de cabelo, desde que esteja precisando de reconstrução. Se você não consegue identificar do que exatamente seu cabelo precisa, recomendo dar uma olhada nesse post aqui.

Façam e voltem pra contar o resultado, quero saber! E se tiverem alguma dúvida, deixem nos comentários, tá? E deixem também sugestões para os próximos vídeos!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…