14.07.2013

Coisas Que Eu Não Consigo Fazer

Todo mundo tem umas coisas esquisitas, umas inaptidões, o que é bem normal. O engraçado é que a gente acha estranhas ou “folgadas” as inaptidões alheias e não olha para as nossas, né?

Listei algumas das minhas inaptidões, e super acho que várias pessoas vão se identificar…

Não sei dirigir de óculos

Eu tenho hipermetropia, meu grau é alto, mas não consigo fazer NADA de óculos, muito menos dirigir.

E não é só dirigir… Eu não sei conversar com ninguém usando óculos, parece que eu fico meio surda, desatenta e não raciocino direito.

Captura de tela inteira 14072013 160249

Não tenho senso de direção e de espaço,  e sou uma péssima manobrista

Eu dirijo muito bem, viajo pra tudo quanto é canto dirigindo, mas não tenho senso de espaço, então manobrar qualquer coisa, mesmo que seja uma bicicleta, é um desastre.

Também não vejo nada demais, afinal, minha carteira é de motorista, não é de manobrista (minha desculpa preferida pra quem fica reclamando!)!

Meu senso de espaço é tão prejudicado que vivo roxa, porque me bato em todos os lugares!

Não sei fazer NADA quando estou dando risada

Quando eu tô rindo, eu tô rindo, e só! Se eu estiver com algo na mão, vai cair  e se, por um acaso, estiver dirigindo e tiver vontade de rir, encosto o carro, porque não consigo ir adiante!

Captura de tela inteira 14072013 160511

Não sei ficar parada quando dou risada 

Já passei MUITA vergonha por causa disso,porque eu dou risada me batendo nas paredes, na cadeira, onde estiver, e é involuntário… Porque eu só sei dar risada com o “corpo todo”, não tem jeito! É ridículo, eu sei, mas não controlo!

A pior vergonha que já passei com isso foi em uma aula de Teoria Geral do Estado, de um professor que eu adorava, Fernando Schmidt… Saí da sala pra atender o celular, e na Unifacs as paredes do prédio de Direito  eram divisórias, então qualquer barulho no corredor dava pra escutar na sala. Pois bem,  comecei a conversar, a gargalhar e, consequentemente,  a me bater pelas divisórias de tanto rir. Daí o pessoal na sala ficou sem saber o que estava acontecendo, porque o barulho estava enorme. Pois o professor abriu a porta pra ver qual era o problema  e falou algo do tipo: “Ah, não é nada não, é só Julliana dando risada”.

Morri de vergonha!

Não consigo parar de dar risada

Sabe gente que tem criso de riso? Sou dessas!

Colagens3

Eu não consigo parar, minha risada é muito alta, é gargalhada mesmo, e quanto mais  tento parar, piora! É comum que as  pessoas comecem  a rir da minha risada, o que me deixa mais nervosa e me faz rir mais ainda.

Lavar pratos sem “lavar” a cozinha toda

Eu sou uma excelente cozinheira, daquelas de “fazer gosto”, e faço todo tipo de “prato”, mas ninguém me deixa encostar numa pia, porque não tenho a habilidade de lavar os pratos sem molhar TUDO ao redor. Tudo, mesmo, inclusive eu!

Na primeira vez que fui pra casa de namô, ele me fez jurar que jamais lavaria qualquer coisa enquanto estivesse lá, porque era o mesmo que passar um furacão no meio da cozinha. Morri de vergonha!

Não sei cozinhar com receita

Eu cozinho muito, sem modéstia mesmo, mas nunca consegui fazer nada seguindo receita… A medida certa é sempre a que eu acho que tá boa, e isso só dá pra saber no “olhômetro”!

Captura de tela inteira 14072013 161427

Muita gente aqui diz que é porque eu tenho preguiça de ensinar, mas não é, é só que eu não sei as medidas, as quantidades.

Não consigo manter NADA organizado

Eu sou muito desorganizada e não sei como isso acontece, porque a impressão que dá é que algum “duende da bagunça” entra aqui em casa e coloca tudo de cabeça pra baixo!

Juro que não é preguiça ou maldade, é inaptidão mesmo! Minha neurologista diz que toda pessoa que tem Déficit de Atenção é assim, mas ainda tenho dúvidas desse diagnóstico… Mas, enfim, é um dom que eu não tenho e gostaria MUITO de ter, porque desorganização me desestabiliza.

Captura de tela inteira 14072013 161558

Não sei usar sapatilha

Eu adoro sapatilha, acho muito fofo, mas é usar e cair! Juro!

Não sei o que acontece, mas toda vez que calço uma sapatilha, tropeço no meu próprio pé, me embolo e caio!

Não tenho explicação pra isso, porque o normal é tropeçar e cair de alto, né?

Captura de tela inteira 14072013 161305

Post nada útil, mas decidi que dia de domingo os posts serão desse tipo, só pra gente dar risada!

Beijos

Ju

18.03.2013

Surpresa!

Bom dia minhas meninas (leonina que sou, acho que tudo é meu!)!

Acabou-se a agonia e a surpresa é essa… Hoje estou trazendo pra vocês mais um “filhote” meu, o Juro Valendo!. Antes de explicar, eu quero dizer que eu tô MUITO, muito, muito feliz e que isso só foi possível por causa de vocês, que me inspiram e me apoiam todos os dias. Muito obrigada, de todo coração!

Pra quem não está entendendo nada, é o seguinte…  Eu escrevo no Patricinha Esperta e no Muito Mulher, e também já escrevi no Cabelos Loiros. Além disso, tinha também o Minha Pele Oleosa, um projeto que ficou meio “de lado” porque não sabia exatamente que rumo dar pra ele, já que o próprio nome era  “limitado”.

Apesar de amar escrever sobre beleza, cabelos, maquiagens, dieta e similares, sentia falta de escrever sobre outros assuntos, com outra linguagem, de forma mais “solta”, como comportamento, relacionamentos,  mudanças de vida, decoração, sexo (sim, ele mesmo!), coisinhas do dia-a-dia de toda mulher, viagens e coisas minhas.

capa_facebook

Daí, como  algumas amigas  também tinham vontade de escrever, resolvi “transformar” (entre aspas porque será tudo diferente, mas alguns textos de lá serão aproveitados) o Minha Pele Oleosa no Juro Valendo!, pra poder mostrar um pouco do “meu mundo” para vocês,  e também um pouco do mundo delas,  que com certeza é muito similar ao mundo da grande maioria de vocês, meninas e mulheres de todas as idades, que surtam de vez em quando, querem conhecer o mundo,  têm muitos sonhos, projetos, neuras, medos, dúvidas, desilusões, que quebram a cara de vez em quando (ou de vez em sempre), acertam, erram, se arrependem, que trabalham feito loucas, que correm atrás, que querem melhorar, crescer, vencer, que assumem várias funções ao mesmo tempo, mas que mesmo nessa loucura toda se dão ao luxo de gostar de “coisinhas de mulher”, de cuidar da pele, do cabelo, de investir num creminho a mais, num cheirinho a mais, num mimo a mais, num cuidado, seja de que tipo for, a mais.

Penei pra encontrar um nome que fosse a “minha cara”, até que me toquei que não poderia ser outro que não “Juro Valendo!”, que é a expressão que mais uso na vida, desde quando era criança.

Esse espaço é meu, mas é também de vocês, porque foi feito pensando em mim e em vocês, então, entrem “com gosto” porque a casa é nossa!

E, como a casa é nossa, vocês podem meter o bedelho em tudo, então críticas (bem educadas, por favor, senão eu viro o Saci!) e sugestões são muito bem vindas, sempre!

Beijo “enormeeee de grande!”

 

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…