Vizcaya
14.04.2015

Mulher de 30: Um Brinde ao Surto!

Não tive crise dos 30 e até fiz um post aqui falando do quanto tava achando bom ser uma “mulher de 30”, do tanto de coisas que mudaram pra melhor, mas o fato é que, na esquina dos 33, tô surtando!

É claro que eu tô bem melhor, bem mais resolvida e mais segura que aos 20. Hoje eu me respeito muito mais. Respeito todos os “meus eus”, respeito minhas vontades e quereres, e respeito até aquilo que há de errado em mim, porque não, eu não sou perfeita, nem quero.

E como sou muito mais segura, como me aceito do último fio de cabelo ao dedão do pé, me acho muito mais bonita também, porque beleza tá bem longe de ser um conjunto de traços perfeitos. Ela é interna, e resplandece.

mulher-de-trinta

Então, se tudo está muito melhor, qual é o problema? O problema é que não fiz a grande maioria das coisas que queria ter feito, que gostaria de já ter realizado.

Ter mudado meu rumo (falei disso no vídeo sobre o começo do blog) foi um salto no escuro que, com certeza, me fez um bem enorme, mas atrasou alguns planos… Cada escolha é uma renúncia, eu sei, e também sei que, no momento certo, tudo vai acontecer, mas isso não convence esse bicho que tem aqui na minha barriga, mais conhecido como “inquietação”.

Não, eu não gostaria de estar casada, com filhos, uma profissão estável e uma casa com flores na janela. Ok, a casa com flores na janela eu queria sim, mas todo o resto nunca me interessou de verdade. Eu sinto falta das experiências que ainda não tive, dos países que ainda não conheci, dos livros que ainda não publiquei. Eu sinto falta da vida que eu quero ter.

As viagens que quero não são como as que eu já fiz, que foram sim incríveis, afinal não se pode dizer que não é incrível conhecer países tão diferentes do meu, mas “não foram eu”. Quero, ao menos uma vez na vida, colocar uma mochila nas costas (ok, uma mala gigante de rodinhas) e sair por aí, meio sem destino, decidindo a cada dia pra onde quero ir. Cansei de viajar como turista, quero viajar como viajante.

Quero viajar de bicicleta por algum país desconhecido. Quero plantar um “pé de lavanda” no quintal de casa e acompanhar todas as fases dele, aprendendo com cada uma delas. Quero “andar” de balão. Quero abraçar um urso e fazer amizade com um leão. Quero, quero muito visitar um vulcão.

mulher-de-trinta

Quero adotar uma iguana que já sonhei até o nome: Teodoro.  Quero conhecer Grasse e sentir milhões de perfumes no ar. Quero conhecer todos os lugares sagrados do planeta (só conheço Fátima, em Portugal!). Quero ir pro México.

Quero visitar uma cidade que amo em cada uma das estações, só pra ver como ela muda, como se transforma. Quero morar em muitas cidades, e ir embora antes que possa me acostumar com o lugar. Quero subir uma montanha e dormir sob as estrelas. Quero passar semanas em silêncio em algum mosteiro, num lugar bem alto, só eu e Deus.

Quero uma biblioteca gigante, recheada de livros, alguns escritos por mim. Quero perder o controle, chorar de felicidade, gargalhar até ficar sem ar, ter crises de riso, aprender a pintar. Quero fazer aulas de circo e ter um balanço na árvore pra brincar.

Quero tudo isso e muito mais. E quero não ter que explicar pra cada pessoa que eu tenho o direito de não querer o que elas querem, de não me enquadrar no que esperam de mim.

Mas disso a gente fala no próximo post, porque o “Mulher de 30” tem tanto assunto que parece não ter mais fim!

Agora me digam, como estão vocês aos 30, meninas? As dúvidas, as insatisfações, os sonhos, as conquistas… Contem tudo!

Beijos, Ju ♥

Vizcaya
19.03.2015

Diário de Dieta: Sobre a Perda de Peso

Demorei muito pra resolver escrever esse post por vários motivos, mas principalmente porque tinha muito receio de que o meu processo fosse usado de forma imprudente e porque não me sentia confortável, até porque acho que o peso de uma pessoa não é assunto de interesse público.

Sempre falei por aqui que estava acima do peso, já fiz post sobre isso, mas por 3 vezes meu peso subiu muito além do “acima do peso”, e já cheguei a pesar mais de 100kg (exatos 117kg), como falei, inclusive, nesse post aqui.

Da última vez, a mais traumática, eu realmente perdi o controle e simplesmente não sabia o que fazer, porque a coisa não dependia só de mim.

Todo mundo sabe que suplemento uma porrada de hormônios, inclusive cortisol, que tenho fadiga adrenal crônica, resistência à insulina,   dificuldade de absorção de nutrientes e que, simplificando, meu organismo não é, nem de longe, um exemplo de  “máquina perfeita”. Quase nada aqui funciona direito, e achar a dosagem certa de cada uma dessas coisas não é fácil.

peso

Assim como não é fácil não “esquecer” de tomar alguma (ou muitas) dessas coisas todos os dias. E durante um período eu esqueci meio que propositalmente, porque achei que estava bem e, de forma irresponsável, parei de tomar tudo pra ver “como meu organismo reagia”.

Daí em diante foi ladeira abaixo, tudo saiu de controle, e eu, que já estava acima do peso, engordei mais de 30 kg nos meses seguintes, até que a coisa ficou tão nebulosa, e eu tão confusa e cansada, que fiz o que deveria ter feito desde o início: voltei no médico, expliquei o que tinha feito e pedi ajuda.

Voltei a tomar tudo o que tomava antes, e é claro que isso ajudou demais porque é como se meu organismo tivesse “voltado a funcionar”,  mas também mudei muito da minha alimentação, porque entendi, pela primeira vez na vida, que eu tinha um problema sério e que não tinha controle sobre aquilo, que a única coisa que poderia fazer era mudar de verdade.

Fui perdendo peso aos poucos, perdi muito mais com a dieta cetogênica,  ainda tô longe de chegar no peso ideal, mas vou chegar, tenho certeza.

Não quero, de forma alguma, sensacionalismo em torno disso, porque não “ganhei nenhum campeonato”, é só a minha saúde e, consequentemente, minha forma física, e também não quero que o nosso blog se transforme em “blog de dieta”, porque não sou nutricionista, nutróloga nem endocrinologista, então não vou “dar receita” de dieta pra ninguém, de suplemento e de nada disso.

Claro que vou continuar dividindo as coisas com vocês, principalmente no insta (@JuroValendo, segue lá!), mas sobre algumas coisas prefiro não falar, já que não tenho como controlar o que as pessoas podem fazer com a informação.

Vocês podem achar exagero, mas gente, quando fiz o post aqui falando fadiga adrenal crônica teve gente mandando e-mail perguntando se podia manipular cortisol sem receita médica… Quer dizer, você divide uma informação pra alertar sobre a existência de um problema e a pessoa resolve que quer tomar um hormônio (???), sem avaliação médica, porque acha que tem os mesmos sintomas. Isso é um absurdo, sério mesmo!

O conselho que eu posso dar é esse: se você não está se sentindo confortável com o seu peso, se acha que não tem como controlar, se acha que tem algo de errado, procure um médico, peça pra que ele faça todo tipo de exame, e procure um nutricionista pra começar uma dieta que seja adequada para o seu organismo e as suas necessidades.

peso

Prometo fazer fotos melhores ( já encomendei um espelho maior rsrs), mas tenham paciência até que eu me acostume com isso! rs

 

Eu concordo que a obesidade é uma doença e deve ser tratada como tal, mas acredito piamente que o único remédio que vai te fazer emagrecer é “força de vontade”. Se tiver algo de errado com seu organismo e seu médico receitar alguma coisa, tem que tomar/repor sim, mas entenda que não é mágica, que o esforço maior quem tem que fazer é você.

E isso vale pra chás, fitoterápicos e tudo o mais, porque tudo isso tem que ser encarado como coadjuvante. O personagem principal é a sua vontade em mudar de hábitos e mudar de vida.

Sei que vocês vão querer fazer muitas perguntas, e espero que façam, tô aqui pra responder, e tenho muita coisa pra falar também, porque é um processo muito difícil, que envolve muito mais que a saúde física, mas o emocional, a forma como a gente se enxerga e como o mundo passa a nos enxergar, mas o post já está enorme e prefiro ir fazendo aos poucos, tá?

Tudo isso foi sim muito desgastante pra mim, me deixou imensamente triste muitas vezes, fiquei extremamente decepcionada comigo, mas tenho a sorte de ter por perto gente que sempre me apoiou, que sempre me “segurou”, que não me deixou “vitimizar”, que não me deixou fraquejar e que não me enxergou diferente por ter ficado tão diferente, especialmente namô, que jamais disse uma única palavra que não fosse boa e que nem por um segundo mudou comigo em relação a nada, minha mãe, que sempre vai achar que eu sou a pessoa mais linda do mundo, e Deide, que me dava uns 10 esporros a cada vez que percebia que eu estava mudando a forma como me enxergava.

Sabe, nada disso foi bom, e eu gostaria muito de ter conversado sobre isso com vocês antes, mas não estava bem comigo, não estava preparada e não queria dividir uma coisa que estava me fazendo mal, porque com vocês só quero compartilhar o que for bom.

Ah, vou atualizando vocês toda semana no Diário da Dieta, tá? E muito obrigada, mais uma vez, por estarem comigo… É muito importante pra mim!

Beijos

Ju

05.01.2015

Em 2015 Seja Mais, Queira Mais, Faça Mais!

Pensei com muito cuidado em tudo o que eu  queria falar com vocês no primeiro dia do ano, porque  ainda acredito no poder da palavra, no quanto ela pode impulsionar, emocionar, transformar, curar e fazer “mágica” nas nossas vidas.

Rabisquei esse post algumas vezes, apaguei muitas outras, deixei pra lá e na madrugada de ontem acordei com ele pronto na cabeça… Vamos lá!

tumblr_lapm0h5NMb1qcbra0o1_500_large (1)

Todo dia 31 de dezembro a gente deseja que os próximos 365 dias sejam incríveis, mas poucas são as vezes em que a gente se levanta e faz a coisa acontecer, e sem isso, sinto muito, nada funciona. Portanto, não espere que a vida te traga o que você tanto quer, levante e vá buscar, nem que seja na marra, mas vá e faça acontecer.

Pare de esperar dos outros, quem faz sua vida é você, e é só você quem pode escrever a história que você quer viver. E viva, apesar de tudo, acima de tudo.

Não, não acredite em limites, eles não existem. Não se planeje em torno disso. Você pode tudo, você pode mais, é só dar o primeiro passo.

Não se acomode com nada ou ninguém que não te faça feliz. Tire da sua vida o que não te dê alegria e um motivo pra sorrir. Tire mesmo, sem dó nem piedade.

2015

Se cerque de pessoas que te impulsionem, que te coloquem pra cima, que celebrem a pessoa fabulosa que, tenho certeza, você é.

Não entre nem absorva os problemas alheios. Deixe pra trás tudo o que te fez mal. Pare de se preocupar com coisas pequenas. Pare de jogar seu tempo e sua vida fora. Ao invés disso, abra os braços pra vida e vá viver!

Celebre, todos os dias, o fato de estar aqui. Essa é uma oportunidade sagrada, é a dádiva de criar a vida que a sua alma deseja há, quem sabe, tantas e tantas eras.

Não perca essa chance, não desvie a sua atenção. Aproveite e seja melhor, faça melhor, sonhe cada vez mais, corra atrás e tenha uma vida extraordinária.

Começou errando? Isso não importa. Só o que existe é o agora, o que passou não existe mais, são bolhas de sabão que estouraram lá atrás. Passou, acabou. E no agora você pode ser quem quiser, pode fazer o que quiser, é só começar.

soprando-alegria

E pra começar, comece perdoando, mas perdoe principalmente a si mesmo pra que sua vida possa, finalmente, andar. E peça perdão, no seu coração, a todas as pessoas que você já fez mal.

Sim, todos nós cometemos erros, grandes e pequenos, e faz parte do jogo. Estamos aqui pra viver, e isso inclui errar e aprender. Só que esses erros não definem quem você é, então não se prenda a eles, mas não os repita.

Alguém te machucou? Siga em frente. O que os outros fazem contra você não é problema seu, é o karma deles, mas como você reage a isso é responsabilidade sua. Não dê a outra pessoa, seja ela quem for, o poder de moldar as suas reações, o poder de estragar os seus dias.

Acabou, passou, pronto, não pense mais nisso, se ocupe de você, da vida incrível que você pode (e vai, eu sei!) construir. É pra isso que você está aqui.

Pare de se cobrar, pare de se julgar, pare de se comparar. Você é único, é perfeito como é. Tá vendo o respeito que a vida tem por você? No meio de milhões de possibilidades ela escolheu criar você, justo você! E sabe porquê? Porque você é feito do divino, é um pedaço desse universo extraordinário, do Deus que existe no coração de cada um de nós.

tumblr_lymxyuG7GF1r14ytno1_500

Honre, honre o sagrado em todos os teus atos, em teus pensamentos e em teu coração.

Não aponte o dedo nem julgue os erros alheios, você não pode saber o que faria se vivesse aquela vida, se estivesse naquela situação. Abençoe, de todo coração, a todas as pessoas e só deseje o melhor, principalmente nas piores situações.

Não se limite a apenas acreditar no seu Deus (ou Deuses). Saiba e sinta o seu Deus no seu coração, em cada passo dado, e vive em comunhão com ele. Sim, você é parte dEle, do que te criou e te sustenta.

Sorria, sorria muito, um riso que vem da alma, porque essa é a maior prece de agradecimento a esse universo absolutamente maravilhoso que te mantém aqui.

Ouça a música da vida e dance no mesmo ritmo. Confia, confia na força da vida e tenha certeza de que todas as forças do bem estão se movimentando por você.

Queira muito, queira mais e não tenha medo nem vergonha de pedir. Já viu o tamanho desse mundo? Já notou quantas milhões de coisas maravilhosas existem aqui? Por aí a gente vê que o universo gosta de abundância. Ele oferece isso a você.

tumblr_inline_na944dWV2I1sm4irk

Sonhe, acredite em seus sonhos, deseje muito e não se contente com o que é pouco pra você. Não se contente com migalhas, você não foi feito pra isso.

Sim, esse mundo é todo seu. E é por isso que eu desejo que em cada dia desse ano (e do resto da sua vida) você seja mais, queira mais, faça mais. Só depende de você!

Que seu 2015 seja muito maior e melhor do que você sonhou… Essa é a minha “prece” pra cada uma de vocês!

Beijos

Ju

 

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…