19.09.2017

#MulherDe30: Velha Pra Ser Bonita

Cê jura?

Mês passado completei 35 anos e, sendo bem honesta, envelhecer tem me feito muito bem, sobretudo porque perdi o medo dessa palavra e de tudo o que ela representa.

Porque sim, apesar dos milhares de apelos pela juventude eterna, eu, você e todo mundo estamos envelhecendo, e não tem nada de trágico ou errado nisso.

Errada é a forma como fomos (e somos!) ensinadas a falar, pensar e sentir o passar dos anos, como se fosse algo vergonhoso, que devesse ser combatido a qualquer custo.  Como se o passar dos anos determinasse, em relação a beleza, o nosso “prazo de validade”.

Não deveria, mas beleza costuma ter idade. Chega uma hora que você é vista como “velha demais” pra ser bonita (e pra dezenas de outras coisas), e isso a gente vê de forma clara ou velada nas campanhas publicitárias, nas capas de revista, nas novelas, nos filmes, em todos os lugares, todos os dias.

Fala-se muito em democratização da beleza, que é uma coisa maravilhosa, mas não se enganem, ela também tem idade. Hoje, ao contrário de anos atrás, já olhamos para mulheres que não estão dentro do padrão de beleza estabelecido e reconhecemos a beleza ali.

velha

Claro que ainda temos muito chão pela frente, mas, em regra, não é mais a preta, a gorda, a magra, a “japa”, a cacheada ou a crespa bonita. É uma mulher bonita, ponto.

Mas, o mesmo não acontece com mulheres mais velhas, e olha que esse “mais velha” é, pra mim, bem jovem, viu? Se perto dos 30 o “desespero” bate a porta, porque passamos a vida acreditando que essa era a porta do envelhecimento, essa coisa horrorosa (contém ironia…), com 35, 40 já passamos do ponto e daí pra frente é “ladeira abaixo”:  podemos ser muita coisa, exceto bonitas.

Podemos ser saradas, “enxutas”, gostosas, charmosas, interessantes, jovens pra nossa idade (adoro essa! rs), maravilhosas, incríveis e trocentas coisas mais, exceto bonitas.  E quando, por puro acaso,  o termo “bonita” é utilizado, não vem acompanhado de “mulher”… É uma senhora bonita, uma coroa bonita, uma mãe bonita, mas não  uma mulher bonita.

Existem exceções? Sim, pra confirmar a regra.

Já perceberam isso? Eu já, e isso é uma loucura, gente…

Só que é uma loucura que rende, porque cria uma não aceitação tão grande que faz com que, sem perceber, a gente perca a perspectiva do que somos e do que devemos ser. E isso gera uma busca desenfreada por uma “juventude”  irreal e inalcançável, e aí a pessoa paga o que pode e o que não pode pra se encaixar, pra se adequar, pra continuar sendo vista como uma mulher bonita.

Sabe o resultado disso? Uma insatisfação enorme e uma autoestima que despenca dia após dia, porque não importa o que a gente faça, o tempo vai continuar passando e vamos continuar envelhecendo. Cada vez mais infelizes, claro.

Isso não significa, óbvio, que é errado se cuidar da forma que você bem entender. Não é errado e não tem nada demais fazer botox, preenchimento, plástica ou qualquer outra coisa, desde que isso te faça bem.

O que não dá é pra condicionar a sua beleza a uma idade, muito menos a uma idade que você não tem. Pra mim não faz o menor sentido ter 35 e fazer qualquer coisa pra ter uma carinha de 20, como se a minha beleza estivesse condicionada a “carinha de 20”, porque, sinto informar, ela não está.

O problema, claro, não é a “carinha de 20”. O problema é achar que só posso ser bonita se tiver a carinha de 20.

Eu quero ser uma mulher de 35 anos como uma linda mulher de 35 anos, nem mais, nem menos. Quero continuar envelhecendo com serenidade, usando o passar dos anos e tudo o que ele trouxer como aliado, não como um inimigo a ser combatido a qualquer custo.

Quero me olhar no espelho sem vergonha, sem esconder minhas marcas ou meus supostos defeitos nem me desculpar por eles. Quero continuar enxergando a minha beleza em cada idade. Beleza que o tempo, ao deixar tantas marcas diferentes, não diminui, só aumenta. Beleza de quem não só se sente, mas “se sabe” bonita.

Quero me reconhecer sem filtros, me cuidar para me sentir cada vez melhor, porque isso também me faz feliz.

Mas, não vou entrar no surto de querer parecer o que não sou, enquanto deixo escapar toda a beleza de quem, hoje, eu sou. E se posso te dar um conselho, não queira isso também.

[Ah, e se quiser participar do nosso Mulher de 30, um grupo fechado lá no Facebook, é só clicar aqui. ]

P.s: Já subo o áudio!

Beijos, Ju♥

Bora ficar mais juntinha nas nossas Redes Sociais? Segue aí ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
6 comentários
  1. Amanda Viana  19/09/2017 - 18h05

    Oii juu! tudo bem? deixa eu te perguntar, ja ouviu falar sobre o óleo de Neem? dizem que é muito bom para a pele e cabelos, mas pesquisando na internet diz ate que ele é usado como inseticida, fiquei com medo. kkkk Pode nos dar mais detalhes sobre ele? Ficarei grata. bjs..

  2. Ana Emilia  20/09/2017 - 10h18

    Que texto excelente! É o que penso também. Tenho 33 anos e escuto que já passei da idade. Uma vez minha mãe (minha mãe!!!) disse que depois de velha comecei a dar trabalho kkkkk, só porque curto viajar e vou sozinha se precisar. Como se tivéssemos prazo de validade pra tudo… E pra piorar, também ainda estou solteira e sem filhos, aí é que não pode mesmo!!, é o que me dizem . Pelo menos aprendi a ser educada diante desses comentários rsrsrs. Gosto de me cuidar, mas sem neura. Hoje já não sou a rata de academia que já fui um dia, mas engraçado que me sinto muito melhor. Acho que é mais a cabeça amadurecida e reflexiva. Cheguei à conclusão que para ser feliz é mais uma questão de cabeça do que de corpo perfeito e suas obrigações. E dane-se o que pensam os outros.É um saco ter que viver pra agradar os outros. Cansei faz tempo. Aprendi com a rainha da Inglaterra: “não se justifique, não explique”. Ela é que está certa rsrsrs.

  3. Ro  21/09/2017 - 08h50

    Bravo!!!

  4. Solange  21/09/2017 - 15h09

    Que texto lindo Ju! acabei de completar 30 e a crise tá brava viu… como é difícil ver que o tempo passou e nem tudo aconteceu, fora a angustia do que está por vir… como vc mesma diz depois dos 30 é ladeira a baixo rsrsrs… tomara que passe logo…

  5. La  21/09/2017 - 18h12

    Ju, sua linda! Fala um pouco, se possível, sobre idade x gravidez. Passamos já dos 30 e não temos filhos. Mesmo que há uma grande pressão social sobre nós (que ignoro), eu mesma me pressiono as vezes pois sabemos que nossa fertilidade vai caindo. E vejo que há maior pressão quando alguém deseja terminar um relacionamento e se vê presa a isso, pois tem o sonho de ser mãe. Me identifico muito com seu modo de pensar e acho que seria muito interessante falar disso já que você já passou dos 30 e seu namo nem mora perto, ou seja, mesmo se você quiser agora ter filho, creio que muita coisa terá que ser modificada. Como lida com isso?Grata!

  6. Edilaine Freitas  22/09/2017 - 22h40

    Esse texto é uma bela reflexão a se fazer,eu tinha receio de chegar nos 30 e hj que já estou nele eu estou vivendo a melhor fase de minha vida,sinto mais confiança,minha auto estima é melhor do que quando eu tinha 20,tenho problemas como todo mundo,mas o amadurecimento que venho tendo eu acho que não tem preço.Eu acho esse tipo de texto um belo gesto de ajuda para quem está passando por essa idade ou está perto,amei

O que você acha do JV?
A primeira vez que li o blog, foi minha prima que me marcou numa postagem de resenha de algum produto de cabelo. O que chamou…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Uma parede de cheiros, cheiros cheios de histórias. Cheiros que contam histórias...Cheiro de alegria. De coragem. De aventuras. De conquistas. De força. De amor. De festa. De celebração da Casa de Perfumaria do Brasil, uma festa linda e cheia de magia que a @naturabrasil preparou e que foi incrível em cada detalhe!❤️ Qual seu perfume preferido da marca? Eu amo todos de Ekos, tenho amor profundo pelos produtos da linha, não tem jeito! E o vermelhinho (nunca sei o nome!) bem docinho é o preferido de Deide, cês lembram que ela contou no blog? Garanti o dela pra não tomar bronca!🙈😂 #PerfumaNatura #acasadeperfunariadobrasil  #JuroValendo #JuViaja #PressTrip
  • Tem dias que São Pedro não colabora, né?🤔🙄 Tão fazendo o que aí? Eu aproveitei esse dia cheio de nuvens pra tentar colocar em palavras o que tá aqui, no coração. Passa lá no blog, o post é pra você, vai!❤️
#JuroValendo
  • Meu #tbt de hoje é do pôr-do-sol mais incrível da minha Bahia, na Ponta do Mutá, com a melhor pessoa (depois de mim, claro 😎💃🏻! Leonina na veia, migas!✨😂), um espumante gelado e paz, muita paz... 🙌🏻 Essa cordinha aí é feita de rolhas, nada mais apropriado...😂 Saudades, férias antes das férias! Chega logo, férias!🙌🏻🎉 #peninsulademarau #barragrande #pontadomuta #sunset #obomdabahia #Bahia #JuroValendo
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo