23.09.2017

#MulherDe30: Do Direito Para a Gastronomia

Vocês já viram que criamos um grupo fechado no Facebook e um Instagram (@mulherde30, segue lá!) para o Mulher de 30, né? Tem sido uma troca maravilhosa, e toda semana vou publicar um “depoimento” por aqui, começando com o de Isa, que “mudou” do Direito para a Gastronomia!

do direito para a gastronomia

Mudar as vezes, para não dizer sempre, causa receio, ansiedade e muitas dúvidas, não é mesmo?

Tenho 36 anos (não tenho problema em divulgar idade, até porque me sinto muito melhor hoje que aos 20!), fiz Letras, formei em Direito, fiz Pós Graduação em Ciências Criminais pela UFBA, e “militei” um certo tempo, como estagiária, num escritório criminal (sim, criminal… amo, obrigada!) que me fez amar mais e mais a advocacia.

Podem me julgar, mas “amo o crime”! Nunca gostei dos demais ramos do Direito. Sorry.

Aí comecei a vida de concursos públicos. Sempre quis PRF ou PF, ou seja, Polícia Rodoviária Federal ou Polícia Federal. Só que chegou um tempo em que as horas de estudos não me deixavam mais feliz como antes. Porque mesmo? Não sabia…

Aí vieram as dúvidas, muitas dúvidas…

Abriam concursos fora da Bahia, muitos. Eu estudava, mas sabia que não poderia sair de Salvador… Marido? Não! Mãe. Ser filho único tem dessas. Mainha é a prioridade de minha vida (e podem me julgar mais uma vez).

do direito para a gastronomia

Minha mãe ficou cega de um olho, se tornou diabética, e tive de readaptá-la ao mundo.

Não foi fácil, tá? Não mesmo…

Então comecei a pensar em coisas que pudessem servir de alimento para ela. Sem açúcar, sem gordura e sem sal. Comecei a mexer na internet a procura de referências, e devo confessar que, com 19 anos, não sabia nem fritar ovos.

Sempre tivemos pessoas para ajudar em casa e, por ser filha única, faziam tudo para mim, mesmo meus pais me mostrando a realidade da vida.

E eis que me deparo sozinha na capital (sou de Alagoinhas, no interior, e meu pai, Antônio, faleceu há muitos anos)… E aí?

Pensando em tudo isso, comecei a raciocinar sobre comida. E porque não cozinheiro? Mas não pude, por questões financeiras… Porque não Gastronomia? Sim!

“Vai pagar pra te ensinarem a cozinhar?”. Sim! Isso implica em muita coisa, tá?

do direito para a gastronomia

Vejam lá o post sobre cozinha de verdade… Além disso, existe muito sobre forma correta de cortar as coisas, de coccionar (cozinhar, porque sou phyna)… Você nota mudança até no gás. Sim! Isso mesmo que você leu. Quando se corta de forma correta e se cozinha, ou frita, ou escalfa, por exemplo, o consumo de gás e tempo é incrivelmente melhorado.

Existiram julgamentos? Sim. Questionamentos? Muitos. Dúvidas? Também. Mas, faz parte.

O que posso dizer é que estou muito mais feliz hoje do que era antes, e isso não tem preço.

E se posso dar uma dica, é essa: mesmo com medo, mudem, se permitam mudar. Mudar por dentro, mudar por fora, mudar a vida, mudar de vida.

Comecem as mudanças dentro de vocês. De dentro para fora. Essas são as melhores, as mais profundas.

Quanto a mim, estou me realizando. Feliz e perto de minha mãe.

A Isa me enche de orgulho, sempre, e espero que a história dela possa, de alguma forma, inspirar vocês!

P.s: estou fora de casa, mas o áudio do post já sobe.

Beijos, Ju♥

Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
3 comentários
  1. Ericka  23/09/2017 - 15h47

    Muita atitude! Alias.. sobre ter atitude, merece um post esse assunto, suas palavras sempre sao bem colocadas juh.. bjo juh..

  2. Isadora Bacelar de Rezende  23/09/2017 - 17h21

    Está sendo tão bom falar pra vocês as coisinhas…. Espero que tenham gostado… Digo sempre: mudem!
    “Só não se muda de idéias quem nunca as teve”. Beijinhos de luz!

  3. Baiana Misteriosa  24/09/2017 - 20h53

    Super me identifiquei com “Mainha é a prioridade de minha vida (e podem me julgar mais uma vez) “… rs
    No meu caso são meus pais! Toda decisão minha eles estão na mente ,sempre.
    #MeJulguem kkkkkkkkkkkkkkkk
    Ainda procurando o meio pra mudar de profissão (professora) me vejo entre: lutando pra ter esperança e um super desgaste profissional, difícil

O que você acha do JV?
É a primeira vez que vejo o blog, mas ja me apaixonei...Parabéns e obrigada por ajudar a nós desesperadas como eu que começou loiros a…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Quem é “das antigas” lembra que eu cismei de “potencializar” famosa fórmula do Pill Food, e criei a versão turbinada com as meninas da @artvitta , né? 
Pois achei que precisava de uma coisa ainda melhor, principalmente pra quem faz química, que tem muita quebra e o cabelo não cresce, pra quem precisa fortalecer muito o cabelo e estimular o crescimento e... fiz!☺️ Quer dizer, eu tive a ideia, quem fez mesmo foi a Paty e a Lu 😂, e, gente, dá de 10 no turbinado, nem se compara! 💃🏻🙌🏻 Tô preparando a resenha já e assim que soltar no blog conto aqui pra vocês, mas já aviso que vai muitooo além de vitaminas e minerais... Tem ácido hialurônico (amo!), uma porrada de aminoácidos essenciais, e um ativo que é poder!✨✨✨ Cês vão amar, podem anotar aí!😉💖 #JuroValendo
  • Eis uma pergunta boa! Uma coisa que eu sempre  tive dúvida  é se precisa usar shampoo e condicionador da mesma linha, se pode misturar, ou se isso interfere ou não no resultado.A resposta, como em quase tudo na vida, é depende, e depende de várias coisas, viu.. Acompanhe os stories de hoje que vou explicar melhor para vocês!
#jurovalendo #todecacho #embelleze #cacheadas #cachos #juntasarrasamos #seda #sedacachos #cachoscrespos #blogueira #riodejaneiro #niteroi #projetorapunzel #rapunzelcrespa #rapunzelcacheada #cacheadasim #blogueirasevangelicas
  • Bendita Beach! #semfiltro #jurovalendo @luigidinizo21
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo