20.12.2017

O Tal do Detox Digital

Adoro um detox, principalmente de coisas, de pensamentos, de comportamento, de vida, e até de pessoas. Agora caí no detox digital. E que coisa maravilhosa, gente!

Só me pergunto porque não fiz isso, assim com tanta eficácia, antes.

Muita gente acha que isso tudo é uma bobagem sem tamanho, mas eu acredito em energia, e acho, mesmo, que tudo aquilo em que colocamos a nossa atenção nos influencia de alguma forma, ainda que inconscientemente, sabe?

Anos atrás era sagrado ler, já no café da manhã, um jornal (impresso, por favor) pra saber das primeiras notícias. E jamais terminava um dia sem “me atualizar”.

Eu queria saber o que estava acontecendo na minha cidade, no meu estado, no meu país, no mundo, o que é ótimo, só que 99% era tragédia ou coisas inúteis, e com isso eu perdia tempo e energia.

Era tanta coisa ruim que eu assistia e lia todos os dias que aquilo começou a me fazer mal. E claro que sei que o mundo não é feito de florzinhas e borboletas, mas ver e ler apenas coisas ruins tinha se tornado tóxico pra mim.

Cancelei a assinatura do jornal (eu sou dessa época, tá? hahaha), de várias revistas, parei de assistir TV. Foi um alívio.

E aí veio a internet.

detox digital

Centenas de perfis incríveis, milhões de novidades, coisas super inspiradoras, tudo ao mesmo tempo, e tudo tão perfeito que era impossível não seguir, não ver.

Com o Instagram, então, fiquei maravilhada. Recebia ali, a qualquer hora do dia, bem mastigadinho, uma “foto inspiração” de tudo que eu “precisasse”, e só tinham campeões em tudo, os melhores, os que conseguem tudo em todas as áreas, com mentes “equilibradas”, corpos “perfeitos”, tudo “perfeito”, tudo.

E, Deus, como eram incríveis aquelas pessoas, aquelas vidas. Ou, como descobri mais tarde, como pareciam ser…

Acontece que de alguma forma tudo aquilo começou a me incomodar, e isso não tem absolutamente nada a ver com aquelas pessoas, mas comigo, sabe? O problema, meus caros, não é o outro. Sou eu.

Eu, que sempre procurei traços de humanidade com os quais me identificar. Que, veja só,  queria poder me inspirar em pessoas tão imperfeitas quanto eu. Que tantas vezes recitei silenciosamente o Poema Em Linha Reta, de Fernando Pessoa (Álvaro Campos), e, assim como ele, me questionei: “Onde é que há gente no mundo?”.

E foi pensando nisso que achei que estava na hora de fazer um detox digital. De parar de seguir semi-deuses. De acompanhar apenas quem, por algum motivo, me proporcionasse, sem nem ter noção, aquela sensação boa de felicidade, de alegria, de acolhimento. De humanidade.

Eu queria, e continuo querendo, gente “normal”, o tal do gente como a gente. E, cara, tem tanta “gente como a gente” fazendo coisas incríveis e inspiradoras, sabe?

Aí aboli um monte de sites e blogs que não me acrescentavam nada, saí de vários grupos que, sinceramente, estavam virando palco de intolerância, cobranças e chatice e, até o momento, parei de seguir mais de 400 pessoas no Instagram. Ainda falta, tô fazendo testes diários, mas, gente, que delícia!

É muito bom “dar de cara”, todos dias”, com coisas que me fazem feliz. Com gente que me diverte, com frases que me fazem pensar, com pessoas que, se mostrando reais, me inspiram, com histórias que me acrescentem, que me façam crescer como ser humano, sabe?

No mais, tenho reduzido bastante o tempo que perdia vendo “nada” na internet. E o WhatsApp, papo pra outro post, silenciei, porque não tem como se concentrar em nada nessa vida checando o celular de 5 em 5 minutos, né?

E o resultado disso tudo é que tô mais leve, mais focada em mim, olhando mais para dentro e menos para os lados. E tudo isso tem me feito muito bem. Recomendo!

Já tentou algo parecido? Divide aí com a gente!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
18 comentários
  1. Denize  20/12/2017 - 14h17

    Não e a toa que admiro muito vc, simplicidade em pessoa. Adoro acompanhar seu blog, IG e Face por causa da leveza e mais uma vez a sinceridade do qual trata os assuntos, não tem um dia se quer que nao entre aqui para espiar…rsrs.

  2. Ana Paula Barbosa  20/12/2017 - 15h02

    Juuuu sou Ana tenho 34 anos e te sigo há algum tempo justamente por achar que vc acrescenta algo em minha vida … vc é uma das pouquíssimas que sigo … estou há mais de 1 mes sem celular também… porque senti que precisava disso, era algo que me prendia muito e me deixava ansiosa por alguns motivos, estou me sentindo muito mais leve agora, não aceso redes sociais com frequencia como muitos, mas quando acesso tenho ali só o que quero ver … é uma delicia vc se bastar claro amigos família é ótimo mas vc se sentir bem contigo e sensacional, não saber de algumas coisas nos privam de angustias, pensamentos negativos enfim… bjos pra ti … to aqui te acompanhando porque vc me faz bem bjo grande …

  3. Elaine Olimpio  20/12/2017 - 17h05

    Oi Ju, eu não sou blogger nem nada, mas também parei de seguir um monte de gente que vive só postando perfeição fazendo agente de bobo postando só propaganda que usa isso ou aquilo, que frequenta isso ou aquilo, até sobre maquiagem velho o quanto ta todo mundo copiando estilo daquelas Kardashians, não vou me estender muito no assunto… Mas parei de seguir perfis só com fins comerciais de pessoas que se acham famosinhas ou que se tornam mesmo porque tem público que gosta de ser iludido ou enganado.

    Beijos

  4. Mirna Godoy  20/12/2017 - 18h02

    Nós últimos dois anos minha vida profissional está estagnada. Isso já me deixou surtada, mas com empenho e terapia desde metade do ano voltei a fazer planos: profissionais, para a vida, para o corpo, para a recuperação da minha auto estima como um todo.
    E nesses dois anos admito que a facilidade de ter o mundo digital ao alcance das mãos, me tornou uma pessoa muito anti social. Muito mesmo!!! Mas me desintoxicar disso, também está nas minhas metas. Quero reaver junto com minha auto estima, minhas habilidades sociais!!! #detoxdigital #detoxdavida

  5. Mary  20/12/2017 - 18h49

    Só vim pra endossar o que vc escreveu! Sou adepta do menos é mais na internet ha mais de um ano agora, e não tenho uma palavra negativa pra dizer contra essa prática. Amo minha paz, amo me conectar e encontrar um ambiente saudável e que me acolhe, de família, amigos reais (só aqueles amores da vida mesmo, sabe?) e conteúdo de gente que faz eu me sentir real e humana. E tbm amo ter hora pra fazer isso e saber que não estou deixando a vida passar por que não consegui sair do celular. Depois de sucessivas crises de ansiedade por causa de coisa ruim no facebook e vidas perfeitas demais no Instagram, comecei a pensar melhor. E a maior mensagem que posso deixar pra quem me pergunta é que estar online é bom demais tbm, mas acho que por ser tão fácil estar e ficar conectado, as pessoas acabam esquecendo que tudo na vida carece de moderação. A internet pode ser um Paraíso ou o inferno, a gente é que tem que saber usar e decidir o que vai ser.

  6. Ariani  20/12/2017 - 19h27

    Eu já venho fazendo isso há algum tempo. Deixei de seguir várias pessoas no Facebook, e é cada vez que vejo algo que me intoxica, vou lá e deixo de seguir. Até meu celular fica no silencioso, o que toca é só despertado. Porque se o celular está tocando e eu não vejo é porque estou ocupada. E se estou ocupada, hora que eu desocupar eu retorno.

  7. Heide Luciana Lobo  21/12/2017 - 08h54

    Bom dia Ju. UAU, concordo plenamente com tudo e me sinto exatamente assim. Esses dias estava pensando isso “Por que fico seguindo pessoas que nem conheço, que aparentam vida ‘perfeita’ e que estão fora da minha realidade?”. Também pretendo aproveitar o finzinho do ano para ‘olhar mais para dentro’ e focar no que me acrescenta, no que me identifica.

    Parabéns pelas palavras, você me acrescenta!
    Bjos.

  8. Gilza  21/12/2017 - 15h08

    adorei e estou pecisando muito de um detox Digital

  9. Cíntia  21/12/2017 - 16h56

    Adorei o post. Também me sinto incomodada com pessoas que ficam o tempo todo passando a imagem de perfeição. Até a Anitta fez um clipe mostrando as celulites dela, por que não assumir que somos o que somos, seres humanos, e não, semi-deuses.

  10. Priscila  21/12/2017 - 19h55

    Verdade, Ju! Penso igual! Parei de visitar vários blogs pq estava começando a ficar incomodada com algumas coisas. Instagram a mesma coisa. Ao invés de ficar incomodada com blogueira ou outra pessoa melhor deixar de seguir, né?! beijão pra vc!

  11. Lidy Pinheiro  21/12/2017 - 20h20

    Gente que texto lindo.. Ju eu já faço isso a algum tempo, principalmente tv e jornais, e nem sabia que estava fazendo um detox digital. Acho tão válido isso, principalmente quando a gente segue, ler e faz aquilo com o qual nos identificamos. Amei Ju, e vou adotar ainda mais pra minha vida.

  12. Soeli  22/12/2017 - 09h24

    Eu não tenho redes sociais nenhuma, ali a maioria é falsa, prega coisas que não fazem no seu dia a dia, blogs são poucos que eu leio, só os que me acrescenta coisas positivas.

  13. Juliana Rubin  22/12/2017 - 09h51

    Nossa Ju, falou tudo. Adotei essa mesma postura a um tempo já: parei de seguir pessoas, acompanhar alguns sites, mudei meu modo de agir com minhas redes sociais.. e olha, melhor coisa que fiz na vida. É uma paz, uma tranquilidade de alma.. sobra tempo pra mim, pra família.. Porque gente, a internet estava me consumindo muito tempo e “sugando” minhas energias, não estava sabendo lidar. Mas hoje tudo mudou. Não me fechei totalmente pro meu do digital, mas me tornei mais seletiva.

  14. Quezia de Souza Santos  22/12/2017 - 11h06

    Valeu todas as dicas q vc nou deu, venho seguindo algumas e meus cabelos melhoraram mt! Bjs

  15. Daniela Leroy  27/12/2017 - 10h00

    Faço isso tem tempos, JU!

    Como ansiosa, sempre ficava mal em como as pessoas conseguiam administrar mil coisas, serem felizes, lindas e com a pele boa. Eu, que mal durmo, que nunca relaxo, que vivo tensa e com milhões de pensamentos por segundo.
    Quando eu aceitei minha condição de ansiosa (que faz tratamento, vai no médico, toma remédio, tudo que é preciso) comecei a limpar várias coisas da minha vida, principalmente coisas dos outros.

    Eu ficava mal porque parecia ser a única pessoa do mundo que nao dava conta, que tinha problemas, que sofria… Primeira coisa foi silenciar o celular.. Raramente ele está no vibratório ou com som, o que é ótimo! Facebook mal entro. Agora é diinuir tempo no instagram, que eu adoro.
    E seguir com o detox digital, porque online todo mundo é perfeito demais…

  16. Flávia  05/01/2018 - 15h36

    Que lindo seu texto! eu fiz isso e faço com frequência. Sempre que possível dou uma visualizada na minha lista de perfis e faço uma “limpa”… faz bem ter pessoas reais na nossa Timeline, pessoas que nos trazem para a realidade e que acrescentam coisas boas!

  17. Iza  09/01/2018 - 19h42

    Sempre faço isso Ju! Principalmente com o instagram. Desativo minha conta por uns dias ou até mês. Acredito muito nessa troca de energia e as vezes as redes sociais nos atrapalham e muuuuito.

  18. RENATA WERMELINGER  10/01/2018 - 15h37

    Nossa Ju como é bom saber que não estou sozinha nesta fase de “detox digital”, entrei 2018 com esse objetivo, passar o minimo de tempo na internet (face, zap, instagran), infelizmente estamos na era das coisas muito vazias sem aquele toque humano, tudo muito superficial e rápido, acho que é super valido essa vontade de olhar pra si e de querer se preencher com coisas e pessoas que realmente nos fazem bem. Obrigada por sempre trazer essa reflexão e todas outras que me ajudam muito e estou cada dia mais em busca de um “eu” melhor. beijo.

O que você acha do JV?
A primeira vez que li o blog, foi minha prima que me marcou numa postagem de resenha de algum produto de cabelo. O que chamou…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Cês lembram do Yamasterol, da @yamacosmeticos, né? Adoro o rosinha, e tempos atrás achei uma família inteirinha de produtos deles nas prateleiras, aí acabei comprando vários em prol do consumismo investigativo, claro! 😬🙈 Comecei testando esse condicionador que promete proteção da cor e achei bemmm bom, viu? Um “amaciante de cabelos” de primeira, do tipo que a gente aplica e o cabelo “derrete igual manteiga no cuscuz quente!”😍😍😍 Melhor que isso só o preço mesmo, uma pechincha: paguei 9,90 realidades! 🙌🏻 Falei mais dele no blog hoje, e é uma marca pra gente ficar de olho, viu? Tomara que continuem com lançamentos bons assim!✨✨✨ Cês já conheciam? 
#JuIndica #DicaJuroValendo #JuroValendo #Yamasterol
  • Uma coisa que muita gente comenta é que o cabelo
  • Um dos produtos mais interessantes que testei nos últimos dias para peles oleosas é o Glycare Duo, da @mantecorpskincare !💚 Ele funciona como máscara facial de uso semanal e sabonete diário, e tem uma ação muito boa no controle da oleosidade e, usando como máscara, pra ajudar a “secar” espinhas, que em mim sempre aparecem no período menstrual.😫 Além de ser um produto versátil (adoro!), consegue limpar muito bem, sem ressecar e entregando um viço bom, sabe?

Minhas impressões ainda são de curto prazo e falei delas no blog hoje, mas continuarei usando e vou atualizando vocês por aqui, tá?☺️ Ele custa menos de 50 realidades e tem um ótimo rendimento. Gostei!

O uso produto cês tão usando para peles oleosas? Qual mais gostam? Contem aí que tem uma surpresa hoje! ✨✨✨ #jurovalendo #pelesquecontamhistórias #peleoleosa #Glycareduo
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo