24.01.2019

Minha Sala Vermelha!

#JuDeCasa

E já que agora temos uma casa sendo decorada, vamos falar um pouco de decoração, né? E pra começar, vamos pra minha sala vermelha, que é o cômodo que está mais ou menos pronto.

Digo mais ou menos porque acredito que casa a gente monta como vive a vida. É aos poucos, com o passar dos anos, pra que cada canto tenha uma história.

E essa sala ainda precisa de muitas histórias pra contar, assim como eu tenho muitas coisas pra viver rs.

Mas, vamos pra história da sala vermelha, né?

sala vermelha parede vermelha

Sala Vermelha? Sim!

Nunca tinha pensado em uma sala vermelha, e estava muito em dúvida das cores de cada ambiente. Só sabia que queria muita cor, que cinza não entraria aqui e que ambientes totalmente brancos estavam fora de cogitação.

Paredes brancas me dão uma sensação de vazio enorme, falta vida, sabe?Paredes cinzas também, e sempre me lembram dias cinzentos, não gosto rs.

Por outro lado, amo cores fortes, mas sóbrias. Sou louca por aquele verde mais fechado, púrpura, amarelo ocre, laranja, preto e vermelho, aquele que é quase cor de ameixa.

A questão é que o forro de todos os cômodos é de madeira, o que escurece, e essa sala, que é a de jantar, fica exatamente no centro da casa, então não tem nenhuma janela.

Ou seja, o ideal era optar por tons mais claros pra deixar a coisa mais iluminada.

sala vermelha juro valendo

Mas, por algum motivo, cismei que ela teria paredes vermelhas, além de luzes quentes, branco, dourado e madeira.

Paredes vermelhas e feng shui

Ah, vale ressaltar que fiz uma consultoria de Feng Shui logo que mudei (já faço um post sobre), porque gosto muito da ideia de harmonizar a casa de acordo com os 5 elementos.

E, pela análise do Feng Shui, a parte de trás da sala, que é bem pequena, pega o Guá que é regido pelo elemento fogo, então seria legal colocar ali algo dourado, vermelho, laranja ou verde, que é a cor do elemento madeira, que alimenta o fogo.

Aí baixei o aplicativo da Coral e da Suvinil e fui testando as cores. Escolhi o Veludo Clássico, da Coral, um vermelho fechado lindo, que fica mais quente ou mais frio a depender da iluminação.

Pintei as duas paredes do fundo de vermelho, e no restante da sala usei o tom base da parte interna da casa, o Algodão Egípcio, da Suvinil, que é um bege bem clarinho.

As paredes parecem amarelinhas, mas não bege, é por causa das luzes, que são quentes!

No Feng Shui o bege representa o elemento terra, que traz uma maior sensação de aconchego e, dizem, estabilidade. Também tem a ver com novos começos, o que acho maravilhoso.

Antes de mandar fazer os móveis (e comprar outros), já tinha muito claro que, apesar de desejar um ambiente mais aconchegante, intimista e quente, não teria nada além do necessário, porque luz e espaço são essenciais pra mim.

E foi aí que começou a minha saga de desenhar móveis (tu reparaaaa hahaha) e descobrir formas de baratear as coisas, porque, meu povo, tudo de casa é caro!

Mesa planejada? Temos!

Queria uma mesa redonda, com tampo branco leitoso e a base triangular. Achei várias lindas, mas todas estavam fora do meu orçamento.

sala vermelha juro valendo

Sério, sem as cadeiras, a mesa mais em conta que achei, do jeito que eu queria, custava R$1800,00.

Aí fui na marcenaria ( a Moreira, foi Ney quem fez tudo aqui em casa, recomendo de olhos fechados!), fiz um desenho daqueles que menino de 3 anos faz melhor hahaha, e com o tampo branco lacca, que é aquele mais brilhoso, ela saia por R$600,00.

Mandei fazer e fui orçar o vidro branco leitoso, do mais fininho, só pra cobrir mesmo, e quase caí pra trás: mais de R$400,00! Resolvi “deixar de querer” o branco leitoso, né?

Quase 2 meses depois fiz um novo orçamento, junto com outras coisas, e ele saiu por R$200,00. Aí eu mandei fazer! rs

Na base da mesa usei o Larnaca, da Duratex, e o diâmetro é 1.18 (amo esse número rs).

As cadeiras comprei aqui em Jee, na Allure, e são da Pollus. O tom da madeira é lindo, o forro é linho, parecido com o meu sofá, e elas são bem confortáveis.

sala vermelha juro valendo

Buffet com base de metal dourada

Aproveitando minha “vocação” (muitos risos!) pra desenho, decidi, depois de olhar em todas as lojas da cidade, encomendar o buffet/aparador na marcenaria, porque, novamente, os preços não cabiam no meu orçamento.

A Mari, uma leitora e arquiteta maravilhosa, que fez o projeto do meu quarto (foi a única coisa aqui que teve projeto, gente, depois mostro tudo e explico direitinho), deu a ideia de fazer a base em metal dourado e eu amei!

Mandei fazer a base na serralheria e pintar com tinta automotiva num dourado mais fechado, e a parte de cima tem a frente ripadinha, todo em linhas retas, sem puxadores aparentes, com 3 portinhas.

Por dentro ele é todo naquele branco tradicional, que é o mais barato (mas a qualidade é a mesma), e por fora é Nogal Málaga. E sim, uso tons diferentes de “madeira” no mesmo ambiente, mas que “conversem”, porque não gosto de “conjuntinho”, de tudo combinado, me dá agonia rs.

Por dentro ele é dividido em prateleiras e é meu xodó, acho lindo de viver!

Espelho e luz, muita luz!

Acima dele tem um espelho bisotado, que vai até a altura da porta, porque apesar de amar espelhos enormes, sou louca por simetria e não queria, de jeito nenhum, que nada ficasse mais alto que a porta hahaha.

E não levei o espelho até o final da parede porque ele acabaria refletindo o muro que fica depois da cozinha, e não queria que ele refletisse isso, ué!

E no Feng Shui é ótimo que o espelho reflita a mesa de jantar, viu?

O pendente, que fica acima da mesa, comprei na liquida de uma loja aqui de Jee. Ele é de vidro branco leitoso e amei o “caimento” das bolinhas, achei delicado, apesar de “grande”.

Por último, a luminária de chão, que foi comprada para a sala de estar, mas que ficou muito melhor na sala de jantar!

Minha sala vermelha tem muita luz, claro, sempre tem alguma planta (quando é orquídea pequena que tá com flor, coloco o vaso na mesa, quando é da grande coloco na buffet), e a “árvore” que aparece em algumas fotos é o bambu mossô da da sala de estar, porque é óbvio que eu colocaria plantas em todos os lugares, né?

Falando em bambu, amoooo, e, olha que sorte, aqui no fundo tem uma plantação!

No fim, mesmo sem ter muita noção do que estava fazendo, ficou “muito eu”: é aconchegante, acolhedora, iluminada, quente e, mesmo pequena, espaçosa e ventilada, sabe?

Se vocês quiserem posso fazer posts com detalhes e coisas mais explicadinhas do Feng Shui e também de como baratear, sem perder a qualidade, nos móveis, sobretudo na marcenaria!

Pra quem se interessa por Feng Shui, aqui tem várias dicas. E vou postar muita coisa no Ju de Casa, combinado?

Cês gostaram? Várias meninas me disseram lá no Instagram que acharam que não daria muito certo essa parede vermelha, mas que depois de tudo “pronto” mudaram de ideia, e acho que tudo é a forma como a gente compõe, né?

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

11.09.2018

Casa Nova, Vida Nova!

Meninas, desculpa o sumiço na última semana. É que eu estou de casa nova, foi tudo muito rápido e, como vocês sabem, meu talento para “coisas de casa” é zero! hahaha Mas tô muito, muito feliz!♥

Quem acompanha o Instagram (@jurovalendo, segue lá!) já tinha visto, porque venho postando as coisas todas lá, e vou explicar como tudo aconteceu. Senta que lá vem história! rs

Já faz tempo que falo que quero me mudar, mas sempre foi de cidade. Nunca me adequei a temperatura daqui, sinto falta de coisas que gosto, como bons restaurantes, teatros, museu e cinema, por exemplo, e o fato de Jequié não ter um aeroporto dificulta tudo, pois me faz perder um tempo enorme quando preciso viajar, ou seja, sempre.

A minha ideia era me mudar pra Vitória da Conquista, que tem todos os benefícios de uma cidade do interior, é fria, tem ótimos restaurantes, shoppings, um comércio bem mais forte, onde encontro tudo mais facilmente, e aeroporto.

casa nova

Já tinha visto muitas casas por lá, e precisa ser casa por causa dos meus bichinhos, mas nenhuma era “a casa”, sabe como é?

Daí, na última semana de agosto, procurando pela internet corretoras na região, vi uma casinha branca, com cara de aconchego, e cliquei.

Dei de cara com um jardim verdinho na área da frente, cômodos muito iluminados e uma área enorme no fundo, que já imaginei cheia de plantas, flores, gargalhadas e meus bichinhos correndo para todos os lados.

Pra completar, a casa ficava em um condomínio na saída da cidade, um lugar bem silencioso (amo!) e muito fresco. É que Jequié é zona de transição entre caatinga e mata, e no condomínio já estamos perto da mata, então o clima muda.

E aí senti que precisava viver alguma coisa naquela casa. Intuição, sei lá… E em poucos dias (mesmo! rs) resolvi tudo.

No final da tarde do dia 30 de agosto fui conhecer a casa e me apaixonei mais ainda pela energia do lugar. Casa feliz, luminosa, aconchegante, parecendo abraço quentinho de vó, sabe?

E aí, olha que interessante: logo que entrei dei de cara com um pé de seriguela no jardim, minha fruta preferida. E no fundo tinha o que? Uma jabuticabeira, que todo mundo sabe que eu amo! E tinha pitanga também, duas, e muitos passarinhos cantando.

Casa nova é vida nova!

casa nova

Dia 31, de manhã cedinho, assinei o contrato e fui logo procurar “meu time”, porque apesar de linda, a casa precisava de alguns reparos e mudanças.

Gil começou a cuidar da reforma, começando pelo meu banheiro, porque gosto de banheiro claro e luminoso. Coelho foi olhar a parte elétrica e a iluminação, e Binho começou a cuidar do jardim, das plantas e dos canteiros.

Como a cozinha estava pronta, com todos os armários, achei melhor manter e chamei Rafa, marceneiro que sempre quebra meus galhos, pra renovar tudo por lá, trocando o que fosse necessário (inclusive a fórmica branca, que já estava amarelada).

Em seguida corri na @moreiramoveisprojetados pra pedir socorro a Ney, porque “precisava” de um banheiro novo em uma semana, no máximo.

Boa parte do meu trabalho é feita no banheiro, gente, então preciso de um banheiro iluminado e lindo, né? Ele foi medir na terça e no sábado já estava tudo instalado.

Pode deixar que vou postar detalhadamente tudo o que está sendo feito em cada cômodo, tá?

Vou fazer tudo com muita calma, porque, como falei lá no Instagram, casa, pra mim, é igual vida, a gente vai criando aos poucos, pra que ela conte as nossas histórias.

Então, não esperem diário de decoração ou algo do tipo… Teremos muitos antes e depois, vou mostrar cada coisinha que for comprando, e tudo isso será feito aos poucos, com cada objeto tendo significado pra mim.

casa nova

Ainda faltam alguns ajustes e a decoração!

E tem Feng Shui de casa nova sim!

Recebi ontem de tarde a análise do Feng Shui e da Radiestesia feita pela Mônica Cirillo, porque levo energia muito a sério, e também vou compartilhar isso com vocês.

No mais, a Mari, uma leitora muito especial, que é Arquiteta (@mariananusdeo.arquitetura, segue lá!), está me ajudando com dezenas de dicas (obrigada, Mariii!♥) e me orientando em diversas coisas, e a Isa, lá do @terravivapetshop, que também é decoradora, tem me dado muitassss ideias e me indicado os melhores lugares pra comprar e fazer algumas coisas (valeu, Isa!♥).

Por enquanto, o que está mais ou menos pronto é o banheiro do meu quarto e a cozinha, que ainda não tem fogão (panelas elétricas são muito úteis, tá? hahaha).

O espaço para o fogão é pequeno (90 de altura, 60 de largura, 53 de profundidade), só caberia um de 4 bocas, o que pra mim tá ótimo, mas ainda não sei se compro o fogão “de verdade” ou o Cooptok, muito menos qual marca escolher.

Se for o Cooptok, é melhor o elétrico ou a gás?

E a geladeira, gente? Tô com um frigobar porque gostei muito de uma da Samsung, mas Mainha sempre usou Brastemp e gosta também da Electrolux, e Deide cismou com uma Consul.

Ah, só pra avisar: não tem geladeira, mas a Adega tá funcionando maravilhosamente bem! Prioridades, né, mores? hahaha

Nas minhas salas não tem absolutamente nada ainda, exceto uma esteira com uma cesta de almofadas coloridas, e vai ficar assim até eu ir decidindo o que e como quero, ué…

Meu closet fica parcialmente pronto na próxima semana, e aí vou tirar as roupas dos caixotes (comprei uma arara também, por enquanto tá ótimo!).

casa nova

O projeto do meu quarto a Mari vai fazer e, assim como o restante da casa, quero tudo leve, aconchegante, claro, alegre e com poucas coisas.

Toda a parte de marcenaria farei na Moreira, porque além de fazerem tudo com perfeição, são responsáveis e cumprem prazos, o que, como vocês bem sabem, é essencial pra mim.

Quem me acompanha há mais tempo já viu o quanto já penei com marcenaria aqui, né?

Ah, uma coisa maravilhosa, migas: me livrei de Eduardo, o atendente virtual da Velox/Oi! hahahaha Vocês não sabem o tamanho da minha alegria em ficar livre desse abençoado!

É que a Velox é bem ruim lá (a operadora que “pega” melhor é a Vivo, e agora sou Vivo), e a Taty, uma leitora que agora é minha vizinha, indicou a @sudoestetelecom, que nem sabia que existia.

A internet é de fibra, peguei um plano super bom e comprei um roteador maravilhoso (não entendo disso, mas já tinha sido avisada que se o roteador não fosse muito bom em relação a coisas que não lembro, mas depois mostro procês, a coisa não funcionaria direito).

Resultado? Minha internet tá “tinindo”, muito estável, rápida e pega bem até na área da lavanderia. Vamos ver se continua assim, né? Acho bom!

Então, é isso… Sumi aqui do blog porque minha vida resolveu dar umas cambalhotas, agora sou uma quase dona de casa que precisa de todas as dicas possíveis de vocês e tá pra dar um piripaque com os preços das coisas, porque, minha gente, material de construção é absurdamente caro.

E isso sem falar dos móveis, né? Toda vez que vejo o preço de um sofá meu coração dispara! hahahahaha

Mas, essa semana estamos voltando ao normal e teremos posts todos os dias, tá? Minhas coisas já estão na minha casa, mas o cheiro da tinta me colocou pra fora temporariamente, daí tô dormindo e trabalhando aqui na casa de mainha até meu nariz suportar sem virar uma bola vermelha.

E, não esqueçam: vou precisar muito das dicas de vocês, tá? Obrigada pela paciência e por estarem sempre comigo, sempre!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa?Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

19.12.2015

4 Dicas Para Decorar e Organizar o Closet Gastando Pouco

Pra deixar tudo lindo sem gastar muito!

Tempos atrás fiz um post aqui com muitas ideias, de todos os preços, tipos e gostos,  pra montar o próprio closet, e hoje trago 4  dicas pra decorar e organizar o closet sem gastar muito, porque organização faz toda diferença, e decoração também!

Vi muitas ideias incríveis no Pinterest e também no Homify, um portal maravilhoso para quem busca dicas, fotos e ideias de decoração, e selecionei as que acho mais fáceis de reproduzir. Vamos conferir!

organizar o closet gastando pouco

1.Aposte nas caixas e cestas para organizar o closet

Nunca vão existir gavetas suficientes pra tudo que a gente quer, por maior que seja o closet, porque, por exemplo, é um desperdício “gastar” uma gaveta com 3 ou 4 lenços ou alguns cachecóis. A dica é investir em caixas bonitas, de tamanhos diferentes, pra acomodar miudezas e coisas que estão em menor quantidade, assim a gente usa o espaço do maleiro de forma mais inteligente e ainda decora o ambiente, porque caixa bonita faz diferença sim!

2. Use os acessórios pra decorar

Acessórios como colares, pulseiras, brincos, anéis e chapéus, por exemplo, podem ser usados para decorar o ambiente! Para isso, vale aproveitar algum cantinho da parede e lançar mão de ganchinhos, prateleiras fininhas ou telas para acomodar seus acessórios e decorar o seu closet.

Outra ideia bacana, e que sai barato, é usar molduras que você não queira mais, ou mesmo aquelas que a gente compra em lojas baratinhas, e usá-las para organizar os acessórios, inclusive os óculos, como está na imagem abaixo!

Para objetos como pulseiras, gosto bastante da ideia de encaixá-las em garrafas coloridas, enquanto brincos e anéis podem ficar em bandejas pequenas ou mesmo em pratinhos decorados.

organizar o closet gastando pouco

Tá precisando de mais ideias para organizar as bijuterias? Clica nesse post aqui: Boas Ideias Para Organizar Bijus.

3.  Invista em espelhos

Espelhos dão a sensação de amplitude, de que o ambiente é maior, e deixam tudo muito mais bonito. E não importa o tamanho do seu espaço, sempre cabe um espelho, por menor que seja, e ele é sempre bem vindo. E o melhor é que eles não são caros, principalmente se a gente encomendar diretamente na vidraçaria.

4. Aposte nos quadrinhos e molduras

Os quadrinhos, que a gente pode inclusive fazer em casa [Quadros para decorar: faça você mesma!], dá vida ao ambiente e deixa tudo muito mais bonito. O melhor é que as molduras servem não só pra decorar, mas também podem ser usadas para organizar acessórios, o que é uma ótima ideia!

Uma dica boa pra ter uma parede de quadros sem gastar muito, é comprar porta-retratos coloridos, de tamanhos diversos, e colocá-los na parede. Comprei os meus na Le Biscuit, imprimi as imagens que salvei do Pinterest e fiz meus quadrinhos rapidinho, do jeito que eu queria,  gastando muito menos do que se tivesse comprado “pronto”.

Na próxima semana volto com mais ideias de decoração e organização que cabem no bolso, tá?

Beijos, Ju♥

 

 

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…
As leitoras mais incríveis da vida
    Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
    Poste no instagram uma foto com a hashtag
    #JuroValendo