Vizcaya
18.08.2014

Acessórios da Semana

Quando fiz o post  das mudanças que queria fazer no meu armário falei que queria investir em acessórios maiores e mais interessantes, lembram?

Aos poucos tô tentando, e resolvi fazer um post com acessórios legais que usei na última semana e postei no insta (@jurovalendo, segue lá!), mas eles não fazem parte da remessa de acessórios novos, porque comprei uns pela net e ainda não chegaram, então peguei alguns que tinha aqui pra ir acostumando rs. Ah, meu cabelo mudou de cor essa semana, então tem fotos com o cabelo mais escuro e com o cabelo bem mais claro, viu?

Antes de “começar” vou explicar pra quem é nova por aqui quem é Deide, porque as pérolas dela vão divertir esse post! Deide trabalhou em minha casa por mais de 1 ano e é uma das pessoas mais queridas da vida, mas solta pérolas por segundo, cospe sinceridade e tem uma lógica toda própria. Hoje ela trabalha na universidade daqui, mas passa aqui em casa quase todo dia e pelo menos 1 vez na semana vem dar um jeito no meu quarto.

acessórios

Quer começar a semana dando risada? Clica aqui e vem ler as “Pérolas da Deide”!

Quando tava na Chapada achei esse brinco de pavão numa barraquinha e apaixonei. Ele é super charmoso, não é muito pesado, foi baratinho (20 Dinheiros) e gosto da cor, mas quando usei essa semana Deide disse que não ficava bem andar com uma galinha pendurada na orelha.

Dando risada,  fui explicar que não era galinha, era pavão, e ela disse que pavão era uma galinha enfeitada e que ela sabia das coisas, então parei por ali mesmo, porque Deide sempre tem razão! rs

O segundo brinco é super antigo, não lembro quanto custou mas me recordo que mandei “banhar em ouro” a parte dourada pra não estragar rápido. Ele é comprido, tem uma corrente fininha como “elo” e a parte de baixo é uma pedra branca.  Adoro!

O terceiro é puro amor e comprei aqui em Jee. Gosto da mistura de dourado com branco e adoro as correntinhas dele. Tenho uma pulseira assim também, e toda vez uso Deide diz que parece um “chocalho”! rs

acessórios

Ganhei esse anel de laço de minha mãe e não fui muito com a cara, mas quando coloquei no dedo gostei do efeito e tenho usado muito. O anel com o trevo também foi presente dela e esse foi amor à primeira vista! Adoro trevos e uso muito esses anéis de “falange”, e esse é delicado, muito a minha cara.

O brinco com o símbolo do infinito foi presente de tia Zete, assim como o grande de pedra. Esse do infinito tem uma frase escrita e acho que é “ao infinito e além”, mas não tenho certeza porque procurei agora de manhã pra olhar e “descobri” que minha mãe saiu com ele.

O de figa é pequeno, mas uma graça! Comprei na Chapada, foi baratinho e tenho usado bastante. Essa foto não é de agora, tem umas semanas já, mas gosto tanto desse brinco que quis trazê-lo pro post! Ah, nessa mesma foto tem um anel de dedinho em forma de coroa que não tiro nunca e um de prata que apaixonei! Quase nunca uso prata, mas morri de amores por ele e acabei comprando.

acessórios

E, pra finalizar, vamos dar risada com Deide! Ganhei essa sandália de namô, amo, acho linda e confortável (apesar do salto), mas foi usar essa semana pra ela soltar essa:

– Oxe, e tu vai pra onde fantasiada de “Xana” Guerreira? Cortaram a bota de “Xana”e fizeram uma “percata”, foi?

Pois é, agora toda vez que vejo a sandália lembro de Xena Guerreira! rsrsrs Ah, e não adianta dizer que o nome é Xena e não Xana porque ela diz que o personagem é dela e ela chama como quiser. Ahhh, essa Deide me diverte, viu? Dou tanta risada que raramente fico zangada com as maluquices dela, e já me convenci de que Deide tem “licença poética” e pode falar o que quiser!

Ó, esse post foi meio no improviso porque não sei se vocês gostam, mas se gostarem dá pra dar uma “incrementada” nos próximos, buscando opções parecidas em lojas virtuais e coisas do tipo, tá?  Avisem aí!

Beijos e boa semana! 

Ju

 

 

 

Vizcaya
27.05.2013

Pérolas de Deide: Opinem!

Desde quando comecei o blog, dois meses atrás, deixei claro que esse seria um lugar onde todo mundo poderia opinar, porque não vejo justificativa em criar um espaço desses se não admito opiniões contrárias às  minhas. Eu acredito muito que críticas, quando feitas de forma educada, sejam oportunidades de crescimento, porque ninguém é dono da verdade e ninguém sabe tudo, então é importante refletir sobre as críticas feitas.

E é justamente por isso que vim hoje pedir a opinião de vocês. Essa semana uma seguidora, de forma educada, me disse que não achava muito legal as “Pérolas da Deide” por considerar uma exposição desnecessária, já que ficava parecendo que ela era um “poço de burrice”.

Refleti sobre o assunto, entendi a preocupação da leitora, achei a justificativa plausível e conversei com Deide, expliquei a ela que um blog é uma coisa que gera muita visualização e perguntei se ela queria que eu parasse de postar as coisas que ela fala. Ela, que pede pra que eu imprima todos os posts sobre ela, disse que não, que ela gosta e que ela sempre tem razão, porque a errada sou eu,  e que   eu tenho que postar porque sempre tem quem “apoie” ela.

pérolas da deide

Mesmo assim, em respeito á vocês, queria saber se vocês  se sentem incomodadas, se vocês acham que é uma exposição desnecessária ou algo parecido.

Uma coisa que eu quero ressaltar é a origem da Deide… A maior parte da audiência aqui do blog é do sudeste, das capitais, sobretudo de São Paulo, que é um mundo completamente diferente da Bahia, do interior da Bahia e, pior, das fazendas do interior da Bahia.

A Deide nasceu e foi criada em uma fazenda… Só que fazenda aqui é bem diferente de fazenda em São Paulo, por exemplo, e falo isso com conhecimento de causa, porque fui criada indo pra fazenda da minha avó e convivi com centenas de pessoas que tinham uma ingenuidade que não se vê mais. Só pra vocês terem uma noção, até pouco tempo atrás luz elétrica não existia por lá… A luz era  de motor, e só se tinha energia das 19 às 22 hs. Ninguém tinha geladeira, televisão, computador e nada disso, simplesmente porque energia elétrica ainda não tinha chegado por  lá. O que tinha era candeeiro e fifó, coisas que a grande maioria não deve conhecer.

Lembro quando a energia elétrica chegou na região e as pessoas ficaram hipnotizadas com uma simples televisão, então milhares de coisas que são normais pra nós, não são pra inúmeras pessoas, porque elas não tiveram contato com aquilo. E esse é o caso da Deide.

Só pra ilustrar, esses dias a Deide foi comigo pra Vitória da Conquista e fomos no shopping, coisa que não tem aqui em Jequié. Pois bem, quando viu uma escada rolante ela simplesmente se apavorou, porque a escada estava “andando sozinha”, e isso não é burrice, isso é ingenuidade, isso é o susto de bater de frente com uma coisa que você nunca viu e nem sabia que existia.

Enfim, quero somente a opinião de vocês pra saber se continuo ou não com as Pérolas da Deide!

Beijos

Ju

19.05.2013

Pérolas da Deide – Queijo Podre

Como vocês sabem, eu moro em Jequié, e por aqui não é fácil achar um monte de coisas, inclusive alguns “alimentos” que eu gosto, como queijo gorgonzola. Às vezes até acho, mas são pedaços pequenos por preços exorbitantes. Daí, quando vou pra Vitória da Conquista, cidade quase vizinha que tem de tudo, acabo comprando o que não encontro por aqui, e compro logo em “quantidade”.

Essa semana minha mãe foi pra lá e trouxe as minhas encomendas, dentre elas três quilos de queijo gorgonzola. Parece exagero, mas tem que aproveitar porque nunca se sabe quando acontecerá a próxima viagem pra lá.

pérolas da Deide

Hoje de tarde fui, feliz da vida, procurar meu queijo e não encontrei. Liguei pra Deide e perguntei onde ela colocou, e ela respondeu o seguinte:

– Joguei tudo no lixo Jula, tava todo podre, mofado, ” fedendo a geladeira toda”. Vocês não prestam atenção e ficam comprando queijo podre, aí ó!

– Deide, diz que é mentira, por favor… Esse queijo não estava podre, ele é assim, ele custou caro e é meu queijo preferido!

– É assim??? E depois “os povo” diz que gente da roça é que é besta. Tu compra queijo podre, paga caro e ainda diz que é o que tu mais gosta, larga de ser besta Jula, oxe!

Eu juro que eu sou uma pessoa paciente e que Deide faz a alegria dos meus dias, mas hoje, de verdade, eu pedi aos céus mais paciência ainda, senão eu enforcava!

Beijos

Ju

 

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…