25.05.2013

Vampiros Emocionais: Sim, Eles Existem!

Ainda ontem, conversando com a Dani, minha amigona que escreve aqui no JV , falamos dos “vampiros emocionais”, também conhecidos como “parasitas emocionais”, que são aquelas pessoas que sugam não o nosso sangue, mas a nossa energia, que tentam, através da manipulação ou de outros meios tão baixos quanto, “minar” o nosso emocional.

Eu já tive o desprazer de conviver com algumas pessoas do tipo, e o engraçado é que, no início, a gente não percebe suas reais intenções. Elas são tão atenciosas, tão amigas, tão prestativas,  tão “sedutoras” e tão “tudo o mais” que parecem mesmo melhores do que as outras pessoas ao nosso redor. Mas não são, são piores, muito piores.

vampiros emocionais

Se fazem de cegas, de desentendidas, e manipulam, controlam, sugam, sugam, sugam… São eternas vítimas e precisam de atenção constante. E cobram, cobram, cobram… Elas dão a entender que somente querem o seu bem, que querem te proteger, que você não enxerga isso ou aquilo porque é ingênua, mas a verdade é que o que ela quer é te manipular, pra que a atenção seja dada somente à ela, pra que você faça somente o que ela quer. A intenção é sugar, e pra isso elas fragilizam, ridicularizam e tentam reduzir o outro a um mero fantoche.

Por outro lado, ninguém é “sugado” por acaso, se passamos por isso é porque permitimos, de uma forma ou de outra, afinal, ninguém é manipulado ou controlado se não “abre uma porta” para isso.

Mas, o que fazer nessas situações? O correto, de verdade, é cortar absolutamente o “poder” que a pessoa tenha sobre você, por mais difícil que isso seja. Cortar pela raiz, deixar claro que isso não será tolerado, caso contrário a cada dia a pessoa vai se “apossando”  e controlando mais e mais a sua vida.

parasitas emocionais

É interessante, aliás, como essas pessoas agem quando percebem que estão perdendo o controle sobre o outro… Elas se fazem de vítimas, de ofendidas, criam doenças, inventam histórias, manipulam, importunam, constrangem, bajulam, se fazem de amigas, amedrontam e usam de todas as “armas emocionais” possíveis pra não deixar de ter o outro ao seu dispor.

Eu, como tenho um nível de tolerância alto, sempre tive a tendência de  amenizar as coisas, de “brincar de xadrez”, justamente pra não precisar me indispor, porque não tenho a menor paciência pra nenhum tipo de discussão, e se for pra “discutir” eu “corto” a situação com a “cavalice” que me é peculiar, por isso sempre preferi ir “levando em banho-maria”, mas percebi que isso é um erro e que eu preciso sim cortar pela raiz esse tipo de coisa, porque, de um jeito ou de outro, isso me suga, me desgasta e me abala emocionalmente, e, como já dizia o Osho, tudo o que mina a nossa energia precisa ser eliminado da nossa vida.

Vocês já passaram por isso? Como reagiram?

Amanhã vou disponibilizar um livro bem legal aqui sobre o assunto, o Vampiros Emocionais: Como Lidar Com Pessoas Que Sugam Você!

Beijos

Ju

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
30 comentários
  1. Brunna  25/05/2013 - 23h42

    Impressionante!!!! Você descreveu com as palavras que eu procurei e não encontrei pra descrever esse tipo de pessoa. São sempre vitimas mesmo quando elas causam algo que te magoe. Esse tipo de pessoa tem um poder de reverter a situação ao seu favor que chega a ser uma violência psicológica. Parabens pela matéria Ju. bj.

    • Ju Lopes  25/05/2013 - 23h47

      Bru, e como a gente não percebe né? A gente se engana, acha que está errado, sei lá…E é mesmo, é uma violência psicológica, elas são mestres na manipulação e possuem uma capacidade enorme de convencimento!

      • Brunna  26/05/2013 - 00h01

        @Ju Lopes, Pois é Ju, e quem ta do outro lado sofre, por que como você citou essa pessoa normalmente é encantadora e culta até mostrar as garras, mas apenas quem convive intimamente sabe, pois para os demais é a melhor pessoa do mundo. Só cortando o mal pela raiz mesmo, pois ao contrário é sofrimento. São os famosos lobos em pele de ovelhinhas…rsss. bei-Ju.

  2. verusca  26/05/2013 - 10h48

    Como é verdade, esses dia eu tava vendo um programa na net muito bom no canal vemevetv.com.br que sempre fala de temas psicológicos e do dia a dia e estavam falando sobre isso, foi um baita aprendizado porque as vezes agende tem dificuldade de lidar com essas pessoas…
    bjus e bom dia!

  3. Ana Paula Fuentes  26/05/2013 - 10h49

    Eu passo por isso quase todos os dias Ju :(
    Como a Bruna disse acima você descreveu as palavras que procurei rs
    Você escreveu muito bem. Parabéns [heart]

  4. Lidiane  26/05/2013 - 12h32

    Tô passando por isso Jú…sinceramente é terrivel, essas vampiras sugam principalmente a nossa alegria. No meu caso, qndo converso com ela fico num estado de depre…e pior são mais de 1 afff

    • Ju Lopes  26/05/2013 - 12h51

      É horrível Lidi! Já coloco o PDF de um livro bem legal sobre como lidar com isso!
      Beijos

  5. Elisangela  26/05/2013 - 13h35

    Nossa, sua matéria está perfeita. Descreveu minha situação anos atrás, por anos sofri com vampiros. Mas um foi pior que todos, eu cheguei a adoecer, vivia ruim, desmotivada. Mas eu fui percebendo a situação, mas continuei levando tudo em banho-maria, não gostava de discutir. Mas um dia, não aguentei mais, cortei relações mesmo, não quiz saber! Por que se não cortasse sabia que levaria pior, no final eu baixaria a cabeça e voltaria a ser o fantoche. Depois disso me senti tão bem, as dores que eu sentia sumiram, não tinha mais cobrança, não tinha ninguém para dizer o que fazer e como fazer, passei a viver minha vida tranquilamente, as coisas começaram a acontecer para mim, meu espírito ficou em paz. [sol]

    Um grande beijo para Ju. Como sempre fantástica!!

  6. Mariana Jatobá  26/05/2013 - 14h26

    Ai Ju,no caso quem suga minhas energias aqui é infelizmente a minha família!Vivem criando problemas, empecilhos…..É terrível,eu praticamente não consigo viver,faço tudo em torno dos meus parentes.E eles,quando estou com algum problema,de qualquer natureza,nem se prontificam a me ajudar!Tudo isso me deixa péssima por que a família é a nossa base,neah?Desculpa ai o desabafo!!Grande matéria Ju,beijosss!!!

    • Ju Lopes  26/05/2013 - 19h09

      Mari, na grande maioria das vezes é o que acontece, mas você não pode se anular por causa disso de jeito nenhum!

  7. I. Hannah  26/05/2013 - 19h26

    Só faltou colocar meu nome Ju. Passo por isso e não sei como lidar. Ótima matéria, cada dia você se supera :)

  8. Nina Garcia  09/04/2014 - 21h34

    É verdade, a pouco me livrei de uma pessoa assim. Pior que tem muitas dessas..e muitas vezes as pessoas não percebem mesmo..A não ser, quando algo muito grave aconteça..no meu caso foi assim.

  9. Melissa  09/04/2014 - 21h43

    Eu passei por isso durante 30 anos. Quem minava a minha força o tempo todo era a minha mãe. Ela me humilhava. Me ofendia. Fazia de tudo pra me botar pra baixo. Nada do que eu fazia estava bom. Ela colocava defeito em TUDO. E tentava me fazer acreditar que eu não seria capaz de viver longe dela, de fazer serviço doméstico em uma casa que fosse minha. Ela é uma pessoa tão doente que no mês que fez um ano que eu saí daquela casa, ela parou no hospital. Sempre se fazia de coitada. Adorava gritar para os vizinhos ouvirem que eu não prestava. Acontece que eu sempre fui uma filha muito boa… Hoje vivo muito melhor estando longe daquela perturbação. É horrível viver com ela. Ninguém aguenta.

    • Ju Lopes  09/04/2014 - 21h57

      Mel, que triste que isso tenha acontecido com você… Mas que bom que vc se livrou disso e está melhor agora, né? Força pra ti! <3

  10. Lili  09/04/2014 - 21h52

    Já passei por isso e n entendia o pq,comigo foi assim.acho q sou sensitiva, quando uma pessoa está com uma energia ruim meu corpo e mente percebe logo..tem conheço uma senhora q td vez q ela falava comigo,me fazia perguntas q pareciam q era pra me colocar pra baixo, fazia eu me sentir com auto-estima baixa.bastava só eu ter contato com ela no dia,só responder a uma pergunta dela, eu me sentia super cansada sem vontade de viver até,ela me chamava p conversar e quando eu estava converssando com ela eu pegava ela com um olhar de bruxa me olhando toda assim parecendo q tava hipnotizada!!..ficava muito cansada e n entendia o pq..mas depois contei a alguem pq td vez q eu falava com uma certa pessoa eu ficava assim..Contei a alguem q descobriu q era isso, sugadores de energia.minha mãe chegou até perceber q do nada eu ficava cansada..

    parei de ter contato direto com a pessoa,e de ficar muito perto..ai melhorou

  11. Érica  10/04/2014 - 10h46

    Atraio esse tipo de gente, demorei a aprender, cheguei até a perder emprego por isso, e quase acabei com meu casamento também… De fato não podemos subestimar o poder destrutivo destes vampiros em nossa vida. Que Deus nos proteja !!!

  12. […] entendi que passar a vida absorvendo coisas ruins, sendo “vítima” (e conivente) desse parasitismo emocional não é justo comigo, sabe? Hoje “minha lei” é simples: quer ajuda? Minhas mãos […]

  13. Ana Cláudia  04/02/2015 - 23h43

    Infelizmente sempre encontrei pessoas assim, e tive dificuldades até em emprego! Hj entendo melhor e consigo me bloquear, as vezes nem sempre.. no trabalho tem uma pessoa assim q sempre me deixa mal, angustiada e cansada qndo fala comigo, e vou tentando me afastar sempre q posso!

  14. Paty Gusmão  18/05/2015 - 23h02

    Ju mt obrigada por traduzir com essa perfeição o que estou vivendo no ambiente de trabalho! Vc simplesmente organizou meu raciocínio e minhas emoções. Como não amar vc?! ❤

  15. kcf  18/05/2015 - 23h13

    Ju lendo sua matéria vi minha vida passando diante dos meus olhos. E o pior de tudo q a pessoa q suga minhas forças emocionais (a ponto de não ter forças físicas ) é o meu marido. Já não sei o q fazer…

  16. Yasmin  19/05/2015 - 00h00

    Passo por isso todos os dias na minha casa, depois de muitos anos aprendi a lidar um pouco melhor, mas tem dias que quero fugir. Não vejo a hora de me livrar dessa situação (me mudar ;))

  17. soraia  19/05/2015 - 11h37

    Oi ju adoro seus posts principalmente os sobre cabelos,mas nunca deixei nenhum comentario pois nao tinha nada a acrescentar?mas este me e muito familiar pois passei por isso e sei como e dificil se livrar,no meu caso foi com meu ex marido e eu o amava muito.Me trasformei em outra pessoa pra agradar fazer dar certo mas quanto mais fazia pior ia ficando,ate a depressao profunda.Eu nao tinha mais força de reajir minha auto estima foi pro espaço e pior eu acteditava q ele tinha razao eu eta um lixo ,nao servia pra nada!Ai um dia sem mais nem menos me revoltei larguei ele perdi minha cada tudo q tinha construido ao longo de 7 anos de casamento e ganhei autoestima paz alegria de viver,sai no lucro total!espero q rstas linhas possam ajudar quem possa rstar passando por isso!força gente vale muito a pena
    obrigada pela oportunidade bks bjs bjs

  18. Simone Oliveira  23/09/2015 - 23h08

    Infelizmente já tive o desprazer de conhecer algumas pessoas assim… Quando percebi as reais intenções das falsas amigas, me afastei! Mas não foi fácil, pois elas conseguiram fazer com que eu sentisse culpada… Inverteram o jogo, mas graças a Deus consegui me livrar! Aquilo me fazia tão mal!

  19. sandra  29/09/2015 - 21h26

    Olha, passo por isso constantemente com minha irmã. Ela me deixa exausta

  20. […] que os infelizes por vontade própria não passam de vampiros emocionais, coisa que, aliás, já falei por aqui uma vez, e enquanto você estende a mão, com compaixão, para ajudar, eles sugam tudo de bom que […]

  21. Lo  12/01/2016 - 12h48

    Ahhh Ju, muito esclarecedor. Eu sou uma canceriana típica, com o velho hábito de ser “mãe” de todos! Parece que carrego o mundo nas costas as vezes e nunca por problemas meus. Os amigos sempre precisam mais, sempre estão mais carentes….Até o velho assalto de necessarie, aquela sua máscara fantástica, a amiga ama, faz chororô e com pena você dá…Ai a celebridade viaja e simplesmente esquece de você…Duro!!!!!! Amadurecer é doloroso, mas faz bem conseguir se desvencilhar de aproveitadores….

  22. Silvia Camargos  27/10/2016 - 21h39

    Nossa… Este texto me disse tudo hoje, preciso me posicionar urgente… Obrigado

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…