Vizcaya
11.10.2013

Autoestima: Como Anda a Sua?

Uma das coisas mais legais de “fazer blog” é conhecer pessoas, e eu, curiosa que sou, “conheço” mesmo, quero saber como a pessoa tá, como anda a vida e por aí vai. Acho que por isso fiz tantos amigos por aqui, sabe? E nessa de “entrar nas semana” dos outros, a gente acaba percebendo muita coisa, e uma das maiores constatações nesse convívio é sobre o quanto que autoestima da imensa maioria é baixa.

Isso pode parecer besteira, mas não é. Autoestima é a base pra uma vida feliz, e não vejo o menor fundamento em falar de beleza se não falar de autoestima, porque não tem cosmético que mascare a falta de “autoamor”. 

Autoestima: Como Anda a Sua?

Autoestima: Como Anda a Sua?

O grande problema da autoestima é que ela começa a ser destruída na infância, que é quando a gente forma os nossos padrões, e mudar isso depois “de grande” não é nem um pouco fácil.

Infelizmente, repetindo os padrões que foram aprendidos, pais e professores, sem saber, acabam causando danos enormes na autoestima de seus filhos e alunos. Aqui não existe “culpa”, porque é fato que nós reproduzimos o que vivemos e aprendemos, e na grande maioria das vezes não temos a menor noção dos danos que isso pode causar, porque sequer enxergamos os danos que nos foram causados.

É devastador pra autoimagem, mas é extremamente comum ver pais que nunca incentivam, que jamais elogiam, que culpam seus filhos por tudo, que descontam suas frustrações, que rejeitam,  que criticam, inclusive publicamente, que fazem comparações que faz com que as crianças se sintam inferiores e que, enfim, não mostram para os filhos o valor que eles têm.

autoestima

É um absurdo tudo isso? Sim, mas acontece o tempo todo, e acontece numa fase em que a pessoa não tem como se defender ou reagir, e por isso é tão grave, porque a criança que passa por isso leva esse padrão, via de regra, por toda a vida, sem, muitas vezes, sequer identificar que tem algo de errado, porque essa foi a única experiência que ela teve.

E é isso aí que faz com que tantas pessoas se permitam ser violentadas emocionalmente dia após dia, pois elas não se acham merecedoras de amor e de respeito, porque elas se acham inferiores e sem valor. Essas pessoas acabam ficando extremamente inseguras, tristes e vazias, porque não existe possibilidade de viver uma vida plena e feliz se você não tem o básico, que é o “se amar e se respeitar”.

a cura da autoestima

Curar isso não é nada fácil. É doloroso, exige tempo e exige coragem pra olhar, sem julgamentos, pra nossas feridas. E isso precisa ser feito todos os dias, porque esse é o maior presente que você pode se dar. Essa é a coisa mais importante e mais básica que você pode fazer por você.

autoestima

Então, não importa de que jeito, procure se amar todos os dias. Se aceite e se assuma do jeitinho que você é, pare de se comparar com quem quer que seja, pare de se culpar ou de se condenar. Acredite em você, aposte em você e tenha consciência da   pessoa incrível que você é. Isso, com certeza, faz toda diferença na vida!

Beijos, Ju

Vizcaya
Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
30 comentários
  1. mari  11/10/2013 - 11h36

    Obrigada, Ju.

  2. Vanessa Aquino  11/10/2013 - 16h45

    Nem preciso falar o quanto me identifiquei com esse post né?!
    Vc já sabe como é Ju…. :/

    • Ju Lopes  13/10/2013 - 14h07

      ;) Sei sim flor… Mas tudoooo vai ficar bem!

      • Vanessa Aquino  13/10/2013 - 14h16

        @Ju Lopes, Energias Positivas Canalizadas para todas nós! csdasadas

      • Ju Lopes  13/10/2013 - 14h27

        Amémmmmmmmmmmmmmmmmmm!

  3. Andreia Lino  11/10/2013 - 23h38

    [heart] obrigada…

  4. Andréa Quinzeiro  12/10/2013 - 10h02

    Belo texto Ju. Parabéns!

  5. Juliana  12/10/2013 - 23h42

    Sempre leio seus posts, mas nunca comento pq a preguica é eterna kkkkk. Mas gostei muito desse, super me identifiquei. Brigada flor! [kiss]

    • Ju Lopes  13/10/2013 - 14h06

      Ju, eu também nuncaaaa comento em blogs! kkkkk
      Que bom que gostou Ju!
      Beijos

  6. vilma maria dos santos  14/10/2013 - 20h19

    Oi Ju, nunca um texto mexeu tanto comigo…incrivel! Tudo a ver, exatamente como me sinto…com certeza vc foi guiada por Deus ao nos enviar essa lindissima mensagem… Obrigada…

  7. Dayane Patricia  15/10/2013 - 13h27

    Muito lindo! Em algum momento de nossa vida, pode essa falta de altoestima, seja por motivo qualquer, por algum comentário e outras coisas a mais, porém…. É tão somente como vc escreveu, temos que nos aceitar do jeito que somos e estamos. O amor próprio, sempre deve estar em primeiríssimo lugar! [pinkheart] [inlove] [flower2]

  8. Karen  16/10/2013 - 17h51

    Oi Ju!! Quanto tempo!

    Continuo com a idéia de que você deveria escrever um livro… :D
    [book]

    Beijo!! [beijinhos]

    • Ju Lopes  17/10/2013 - 12h27

      Karen, quanto tempo mesmo! Como tá flor? E eu continuoooo querendo e alimentando essa ideia… Vai dar certo! ;) beijos

      • Karen  21/10/2013 - 14h26

        @Ju Lopes, To bem Ju.. E você?? To entrando pouco no teu blog porque mudei de setor no trampo e agora to com menos tempo, mas sempre que dá eu espio as novidades…. E meus posts preferidos são esses reflexivos… Ah… Eu também sigo tua página no face! ;) Beijos!

      • Ju Lopes  25/10/2013 - 21h36

        Tô bem também flor! Sei como é! rsrs Que bommmmm que continua seguindo e gostando! Beijos

  9. Kate  21/10/2013 - 14h43

    Texto maravilhoso, difícil para mim é por em prática tudo que li e concordei. Ecomo tenho filhas meu medo é deixa-las como eu. Cresci ouvindo nao coma muito senão vai ficar igual a sua mãe.

    Ju seus textos são incríveis!!!! bjsss

    • Ju Lopes  25/10/2013 - 21h35

      Kate, é a parte mais difícil mesmo, colocar em prática, mas tente, tente mesmo, por você e por elas!
      Obrigada flor! Beijos

  10. Crislaine Riquelme  06/11/2013 - 17h58

    Ju, me identifiquei muito com o post…
    Vc tem algum livro de autoestima para indicar?

    Bjus!

    Amo seu blog viu, me ajuda muito!

    • Ju Lopes  10/11/2013 - 22h03

      Cris, tenho sim flor, me pede pelo e-mail que tenho em PDF e te mando!
      Que bommm que gostas!
      Beijos

  11. Renata  07/11/2013 - 09h17

    Ju….post excelente !! colei um pedacinho no meu face e cite seu blog….obrigada, sua linda !!

  12. […] Autoestima: como anda a sua? […]

  13. lanelimma  07/09/2014 - 00h58

    Amando essas 100 dicas de beleza , estava tão pra baixo . isso fez eu me sentir melhor

  14. Kate  23/02/2015 - 22h47

    Acho q VC fez este testo para mim!!! Difícil é encarar nossas feridas e identificar os danos que foram causadores. Bjs ju

  15. Luciana  23/02/2015 - 23h42

    Juuu
    Você é muito querida e de verdade viu!!!Ao ler teu texto só consigo pensar em quanto sou feliz por me aceitar e tirar de mim o melhor que posso ser!Todos nós temos essa capacidade…custa um pouco aprender…ganhar a tal confiança,mas depois que ela vem…você realmente se sente…encara a vida de frente e passa a ser admirada…Afinal somos seres únicos!Super beijo lindona

  16. Cecilia Bortoleto  24/02/2015 - 09h00

    Fico impressionada com a sua sensibilidade e como vc sabe falar csobre temas tão dificeis da gente lidar.
    De um jeito ou de outro, fisico ou emocional todas nós sempre temos alguma insegurança na vida.
    E com esse texto vc nos faz perceber que devemos nos assumir da maneira que somos sem ficar paranoicas por padões de beleza, pelo julgamento da sociedade do que pe uma mulher de sucesso.

    Ainda temos muito a aprender para conseguirmos nos livrar desse rotulos que nos sufocam todos os dias e fazem com que a gente sinta que não se encaixa em lugar nenhum.

O que você acha do JV?
Eu simplesmente amo esse blog!!! Já perdi a conta de quantos produtos comprei depois de ver resenhas daqui, porque sei que são reais. Bioextratus foi…