Vizcaya
12.11.2015

Desodorante: 5 Coisas Que Você Precisa Saber já!

Pra ter axilas linhas e macias!

Quando fiz o post sobre o Rexona Clinical, aquele desodorante que é pra uso noturno (e eu não sabia haha) e que vai de voadora na transpiração e no mau odor, percebi que várias de vocês têm, mesmo que não saibam, dúvidas sobre o uso do desodorante, e mesmo esse não sendo um tema “bonitinho”, é útil e a gente tem que compartilhar o que aprendeu, né?

1. Nem todo desodorante é antitranspirante

Não sei vocês, mas eu sempre escolhi desodorante pelo cheiro, e também pela marca que eu já conhecia, sem “perder” um só segundo olhando o rótulo, as informações da embalagem ou algo do tipo, o que é um erro, porque existem desodorantes que apenas mascaram/removem o mau odor, enquanto outros vão além e conseguem reduzir a produção de suor.

desodorante o guia completo

A gente chama tudo de desodorante, mas a coisa não é bem assim, e é preciso entender isso pra escolher o melhor pro seu caso:

Desodorante: produto enriquecido com substâncias que inibem o crescimento das bactérias na pele, mascarando, assim, o mau odor. Ou seja, ele serve pra “tirar” o odor das axilas, mas não resolve o problema da transpiração.

Antitranspirante: atua inibindo a transpiração e mantendo as axilas relativamente secas, sendo a escolha ideal para quem anda preocupada não só com o odor, mas com o suor nas axilas.

A grande maioria dos antitranspirantes também possuem ação desodorante, mas nem todo desodorante tem ação antitranspirante, então é bom ficar atento a isso no momento da compra!

2. Desodorante não é tudo igual!

Existem basicamente quatro tipos de desodorantes/antitranspirantes: aerossol, cremoso, spray e roll-on.

O desodorante cremoso tem a vantagem de, na maioria dos casos, vir com ativos que hidratam as axilas (sim, elas precisam de hidratação, gente!), e por isso é uma opção mais interessante para quem tem a pele da região mais seca ou sensível, e pra quem depila com lâmina (eu!).

O cuidado aqui é manter as mãos limpas no momento de usar o produto, pois se as mãos estiverem sujas e contaminadas, os micro-organismos vão pro potinho e para as axilas.

desodorante o guia completo

A versão em aerossol é a mais usada, já que seca rapidamente, mas tende a irritar mais a pele, além de ressecá-la, então não é a melhor opção para quem tem pele sensível ou seca.

O desodorante roll-on é um “calo” na minha vida: tenho a maior cisma! Como ele entra em contato direto com a pele, o risco de contaminação é bem maior, principalmente se as axilas não estiverem devidamente limpas ou se outra pessoa usar o produto. Já o desodorante em spray tende a ter mais álcool na composição, podendo provocar irritação e manchas, além de ressecar mais a pele das axilas.

Todos possuem vantagens e desvantagens, é só escolher o que é melhor para você!

3. Espere o desodorante secar!

É preciso aplicar o desodorante na pele seca e limpa,  e esperar que ele seque completamente antes de pensar em vestir alguma roupa. Isso evita que o produto “transfira” e deixe aquelas manchas brancas nas roupas, sabe?

Outra coisa importante é prestar atenção na quantidade de produto a ser usado, porque se você usa muito, achando que isso vai te deixar mais protegida, o desodorante vai demorar mais pra secar, vai acumular mais resíduos e vai manchar mais facilmente suas roupas.

4. Exposição solar não combina com desodorante!

Por tudo que existe de mais sagrado: nada de usar desodorante (ou qualquer outro produto que tenha álcool) e se expor ao sol, porque isso pode não só escurecer, mas manchar a pele! Na praia ou na piscina, opte por produtos sem álcool e, preferencialmente, sem cheiro também, o que ainda ajuda a reduzir os riscos de irritação e, consequentemente, de manchas nas axilas.

desodorante o guia completo

Pra quem tiver problemas com manchas nas axilas, recomendo esse post aqui, que fala sobre como clarear as axilas.

5. Cuide das axilas!

Gente, a pele das axilas precisam de cuidados, viu? Tem que lavar, preferencialmente com sabonetes que tenham uma boa ação bactericida, e secar direitinho todos os dias, porque a umidade e o calor formam o palco perfeito pra proliferação de fungos e bactérias.

No mais, é importante, e isso pra quem não tem pele sensível, esfoliar a pele das axilas de vez em quando, sempre com produtos mais suaves, pra remover resíduos e células mortas, além de, é claro, hidratar! Sim, meu povo, tem que hidratar as axilas, oxe!

Hoje muitos desodorantes já contém ativos hidratantes, e nesse caso os cremosos se saem melhor, mas  caso o seu não tenha, após higienizar e secar bem (a pele tem que estar seca, senão a coisa fica úmida e melequenta, um desastre!), use um pouco de hidratante corporal mais levinho e só depois aplique o desodorante. Aí sim suas axilas ficarão macias, lisinhas e cheirosas!

Acho que falei tudo (eu falo, né?rsrs), mas se alguém tiver mais alguma dica é só deixar aí nos comentários!

Beijos, Ju♥

Vizcaya
21.10.2014

Como Clarear As Axilas?

Desde que fiz o post contando que ia começar a usar um desodorante que ajuda a clarear as axilas e a inibir o crescimento dos pelos (post aqui) venho recebendo pedidos de dicas pra clarear as axilas, e como sei que esse é um problema bem comum, vamos lá!

Axilas manchadas: as Causas

Antes de tudo é preciso descobrir o que causou o escurecimento das axilas, porque pra cada causa existe um “remédio”, e só tratando a causa é que se resolve o problema.

Via de regra, o que mais causa o escurecimento das axilas é o atrito, a depilação, as alergias (desodorante) e a foliculite, mas a causa pode ser genética, pode ter relação com doenças como a diabetes, com o excesso de peso, com a resistência a insulina, com o uso de alguns medicamentos, inclusive corticoides, dentre outras coisas, e como a gente não tem como adivinhar qual é a causa, tem que procurar um dermatologista!

como clarear as axilas

Coisas Que Você Precisa Saber

A pele da axila é mais fina e sensível, e como essa é uma região de “dobra”, que está sempre “quente e úmida”, e a depilação é indispensável, o escurecimento local é “esperado” até. E se a pele for morena ou negra, existe um maior acúmulo de melanina nessas regiões, o que favorece ainda mais o escurecimento.

Sim, mas o que isso significa? Significa que é preciso ter cuidado redobrado com o uso de lâminas,  de cera (quente ou fria) e de cremes depilatórios,  que se você depilar com lâmina jamais deve fazer isso “a seco”, porque esse atrito excessivo escurece a região, que se o método depilatório escolhido causar alergias você deve mudar pra outro, e precisa também tratar a alergia com cremes de ação calmante, e que você jamais deve se depilar no dia de se expor ao sol.

Significa também que é preciso ficar atenta aos tecidos usados nas blusas, já que os tecidos sintéticos, bem como as roupas apertadas, pioram o problema, já que favorecem a obstrução dos folículos e o atrito, e se você não excluir o fator causal, que são os que falei acima, a mancha não vai sumir, mesmo que você use cremes clareadores ou faça tratamentos específicos.

Como clarear as axilas

Ou seja, pra tratar a primeira coisa a fazer é excluir o fator causal, o desencadeante, e mudar os hábitos (roupas apertadas, desodorantes que causam alergias, depilação que agride a pele, etc). Pra quem puder, a depilação a laser é altamente recomendada, assim como tratamentos no consultório pra clarear a pele (laser, peeling, etc).

como clarear as axilas

O uso dos cremes clareadores ajuda muito, e eles possuem ativos como ácido salicílico, ácido retinoico, ácido glicólico, ácido lático, AHA e ureia, dentre outros, mas o ideal é que sejam manipulados, porque as versões que a gente encontra nas farmácias (Klassis, Clariderm, etc)  possuem baixa concentração de ativos, o que significa que são menos potentes.

O Que Funciona Pra Mim

Eu moro numa cidade extremamente quente, minha pele irrita facilmente, tenho resistência a insulina e depilo com lâmina, então tenho que evitar tudo o que possa causar problemas, né?

Assim, escolho o desodorante com muito cuidado, porque se for muito forte me dá alergia, a região fica toda cheia de “bolinhas” e isso mancha a pele. Quando vou depilar (juro que vou me render ao laser!), uso uma espuminha pra reduzir o atrito, e após a depilação uso alguma loção calmante ou Bepantol solução (falei dele aqui).

Agora, como tá muito quente, passo Bepantol nas axilas sempre antes de usar o desodorante porque ele funciona como uma “barreira” que minimiza o atrito e hidrata a região, sabe? De noite uso a versão “cremosa” e durante o dia a líquida, que passo com algodão. Já usei também o Cicaplast Balm, mas Bepantol é mais fácil de achar e mais barato!

como clarear as axilas

Uma vez por semana esfolio as axilas, mas sempre com esfoliante suave, e faço isso pra prevenir a foliculite (falei disso nesse post aqui), e sempre que a região fica mais sensível (no dia que depilo ou esfolio) uso blusas mais folgadas, de algodão e com manga que cubra as axilas.

Tudo isso ajuda muito, e mesmo sendo chato ter que tomar cuidado com esse tanto de coisa, acho melhor ter esse “trabalho” do que ficar constrangida de usar roupas que deixem as axilas a mostra, com vergonha das manchas, sabe?

Receitas caseiras para clarear as axilas

E, antes de terminar, alerto que vocês tomem MUITO cuidado com receitas caseiras pra clarear a pele, principalmente as que contém limão, porque isso é um perigo e pode causar um determinado tipo de mancha que é super difícil de sair, como expliquei nesse post aqui.

Agora quero saber de vocês, o que já usaram pra evitar ou tratar o problema?

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…