25.07.2017

Banho de Brilho Caseiro: Pra Deixar os Fios Lindos Já!

Tô prometendo essa receita de banho de brilho caseiro faz é tempo, e hoje ela desencantou! Aêeeee rsrs.

Já falei sobre banho de brilho por aqui muitas vezes, e é o tipo de coisa que faço há anos porque ele faz uma diferença grande nos fios, ao menos pra mim. Mas o que diacho é banho de brilho, afinal? É um intensificador da cor, que “corrige” o desbotamento, deixa o tom mais vivo, com mais profundidade e brilho.

Cabelo colorido, não importa qual a cor, sempre desbota, em maior ou menor intensidade, o que é ainda mais frequente quando os fios estavam muito claros e escurecemos de vez, e também quando pintamos com tonalidades avermelhadas.

E sim, tem banho de brilho para todos os tons de cabelo, é só clicar aqui que dá pra ver todos!

banho de brilho caseiro

Banho de brilho com tonalizante X banho de brilho com tinta

Existem banhos de brilho “prontos” pra uso, mas dá pra, facilmente, fazer com tonalizante ou tinta, sempre da mesma numeração que você usa para colorir/tonalizar o cabelo.

Vi muitas receitas de banho de brilho com tonalizante e com tinta, e na maioria, sobretudo quando o tonalizante é usado, as pessoas não usam emulsão reveladora ou água oxigenada, que são coisas diferentes.

A água oxigenada (ou oxidante) é usada em colorações (e descolorações), pois, simplificando, tem o poder de alcançar a altura de tom desejada para que os pigmentos fixem no córtex do cabelo.

A emulsão reveladora, que tem uma volumagem menor que o oxidante, é usada em tonalizantes com a função de fazer o transporte e do depósito de pigmentos na superfície dos fios.

Eu prefiro usar porque a cor realça mais e os reflexos ficam mais intensos. Fora que acho que dura mais o efeito, mas se você não quer/pode, vale testar sem!

No banho de brilho para cabelos loiros, costumava usar água oxigenada. Nos outros casos usava emulsão reveladora de 9 ou 13 volumes, usando tonalizante ou tinta. O padrão é 6, 9 e 15 volumes, mas já achei de 10 e de 13, que tem 4% de peróxido de hidrogênio.

banho de brilho caseiro

Receita de Banho de brilho caseiro

Nesse momento optei por fazer com tinta porque o cabelo estava muito claro (sobretudo as pontas), não fiz pré-pigmentação e as pontas estão desbotando muito rápido, mas quando a coisa estiver mais estável vou testar com tonalizante.

Testei primeiro com a emulsão reveladora, só nas pontas, e o resultado não foi satisfatório, porque precisava que elas escurecessem um pouco pra que a cor ficasse uniforme, e isso não aconteceu. Então resolvi arriscar com água oxigenada de 20 volumes, na mesma medida, e deu certo, ainda bem rs!

Com as pontas “corrigidas”, parti pro banho de brilho “normal”, com a emulsão reveladora, que é segura e cumpre a função de realçar a cor e intensificar o brilho. E é essa a receita que vou ensinar pra vocês!

Vocês vão precisar de:

  • 2 colheres, das de sopa, de creme branco (hidratação/nutrição/reconstrução)
  • 1/2 tubo de coloração ou tonalizante da cor que você costuma usar
  • 1 colher (das de sopa, rasa) de emulsão reveladora 9 volumes

As quantidades podem variar de acordo com o tamanho e volume dos fios, o importante é que cubra todo o cabelo pra que o tom fique uniforme.

Prefiro usar uma máscara de reconstrução pra fazer banho de brilho caseiro, porque mesmo que não tenha potencial para estragar muito, é melhor evitar, né? Mas, pode usar a que você quiser.

banho de brilho caseiro

Fiz com a tinta 7.7 Maxton, da Embelleze, que é um marrom dourado, a mesma que usei na coloração dos fios.

Como fazer banho de brilho caseiro no cabelo

1. Lavei os fios com um shampoo para cabelos oleosos, pra limpar bem a e abrir mais as “escamas”. Tô evitando o antirresíduos nesse momento pra não desbotar ainda mais rápido.

2. Removi o excesso de umidade com uma toalha.

3. Misturei todos os ingredientes até a coisa ficar homogênea.

4. Apliquei em todo o cabelo, de mecha em mecha, penteei e deixei agir por 20 minutos. Nos últimos 5 minutos apliquei na raiz, massageando bem.

5. Enxaguei o cabelo para remover todo o produto e, em seguida, apliquei um pouco de máscara de pH baixo (usei a É do Babado, mas pode usar condicionador ou qualquer outra), e enxaguei novamente.

Prefiro deixar a raiz por último porque minha raiz estava mais escura que o restante do cabelo, então ela não desbotou como as pontas, sabe?

Depois de seco o cabelo ficou com a cor mais bonita, viva e intensa, como no dia que colori, e os fios ficaram cheios de brilho!

banho de brilho caseiro

A princípio pretendo fazer a cada 15 ou 20 dias, dependendo da necessidade do cabelo, e depois farei a cada 30 dias, mas vou atualizando vocês por aqui, tá?

E se tiverem alguma dúvida é só deixar nos comentários, combinado?

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

*Publieditorial*

11.07.2017

Tonalizante Ou Tinta: Qual a Melhor Opção?

Preciso confessar que não estava muito por dentro do mercado de tintura e tonalizante até o dia em que escureci o cabelo.

Mas, como vocês fizeram muitas perguntas e esse é um assunto que vai fazer parte do meu dia a dia por muito tempo, porque não pretendo descolorir tão cedo, fui atentar meio mundo de gente em busca de informações! hahaha

Com o cabelo claro, minha maior preocupação era com o descolorante. A tintura ou tonalizante vinham pra “fechar” os trabalhos, porque o mais importante era descolorir na medida certa, sabe?

Só que agora a realidade é outra, meu cabelo estava super claro, o desbotamento começou, principalmente nas pontas, que estavam muito mais claras, e preciso saber como manter a cor, evitar o desbotamento e por aí vai.

Mas, vamos começar por partes, né? Como várias meninas perguntaram se vou continuar usando tinta ou vou partir para a o tonalizante, vou falar primeiro da diferença entre os dois, das vantagens e desvantagens.

tonalizante para cabelo

3 Perguntas Essenciais antes de escolher

Antes de escolher entre a tintura e o tonalizante é bom se fazer 4 perguntinhas:

  1. Qual a cor que está o seu cabelo e qual você quer alcançar?
  2. Qual o nível de danos do seu cabelo? Ele aguenta ou não um procedimento químico?
  3. Quanto tempo você pretende ficar com essa cor?

No meu caso, estava com o cabelo muito claro, comecei a descolorir há quase 20 anos e queria escurecer. Tonalizante, nesse caso, não era uma opção, porque a cor não ia fixar.

Claro que meu cabelo é danificado, como todo cabelo quimicamente tratado, mas ele aguentaria tranquilamente a coloração, que é mais agressiva que o tonalizante, porque estava forte e resistente.

Por fim, a minha ideia é deixar o cabelo escuro por muito tempo, então a tintura seria a primeira opção.

Ou seja, para o meu caso a tinta, com certeza, era o mais indicado, né?

Tinta ou Tonalizante?

Existem colorações e tonalizantes de diversos tipos, com e sem amônia, mas a finalidade deles é a mesma: colorir os fios. Só que eles fazem isso de forma diferente.

Não vou detalhar os tipos de tinta senão o post fica muito longo, vou colocar de forma geral. Mas,  vocês quiserem esse tipo de conteúdo avisem nos comentários que faço um post específico, tá?

tonalizante para cabelo

Tinta

A tinta age dentro da fibra capilar, mudando realmente a cor do cabelo. Por isso, ela consegue cobrir 100% dos fios brancos, escurecer ou clarear o cabelo  (lembrando que tinta não clareia tinta!) e, também, agredir mais.

Ela vai “durar” mais tempo e vai demorar mais pra desbotar, então pra quem quer realmente mudar a cor, de loira pra morena, por exemplo, é a melhor opção.

Mas, a tintura, em regra, é incompatível com algumas químicas, como alisamentos e relaxamentos, dependendo dos ativos usados nesses procedimentos. Já existem colorações sem amônia, mas mesmo essas podem ser incompatíveis com outras químicas, como o henê, por exemplo.

Então, antes de tacar a tinta no cabelo, faça um teste da mecha!

Tonalizante

Já o tonalizante age apenas superficialmente. Ele deposita os pigmentos na cutícula e forma uma espécie de película que não cobre completamente os fios brancos, não clareia o cabelo (não dá pra ir do castanho pro loiro só com tonalizante) e desbota mais rapidamente.

A duração média do tonalizante é de 20 a 30 lavagens.

Contudo, os tonalizantes agridem bem menos que as tinturas, são compatíveis com a maioria das químicas  e são ótimos para realçar a cor do cabelo, pra dar mais brilho e profundidade ao tom.

Então, não existe isso de melhor ou pior. Tudo depende do seu cabelo, do que ele aguenta ou não, dos resultados que você deseja e por aí vai.

A tinta foi melhor para o meu cabelo, mas isso não me impede de, lá na frente, usar tonalizante pra manter o brilho e deixar a cor mais intensa, sabe? Vamos ver como o cabelo reage, né?

Essa semana farei o primeiro banho de brilho, usando a mesma tinta que usei para colorir, porque a cor já começou a desbotar. Já esperava isso, porque o cabelo estava muito claro e não fiz a pré-pigmentação, e podexá que mostro o passo a passo aqui pra vocês, combinado?

Agora, contem aí: vocês usam mais tinta ou tonalizante? Têm algum preferido? Alguma dica pra aumentar a durabilidade? Quero saber!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

14.01.2016

Granny Hair: Vai Um Cabelo Cinza Aí?

Nem todo cinza tem cara de vó!

granny hair cabelo cinza juro valendo

A tendência não é nova, tá rolando desde o ano passado, mas não acreditei muito que o Granny Hair fosse pegar… Me enganei! O cabelo cinza chegou com força e muita gente tá gostando da “brincadeira”, principalmente as mais ousadas, que não têm medo de arriscar!

Eu não faria, acho que, no meu caso, o cinza envelhece, mas vi muitas inspirações legais de meninas mais novas, mais velhas, cacheadas, crespas, lisas, morenas, orientais e branquinhas apostando no acinzentado, uma prova de que ele pode funcionar pra tipos bem diferentes, até porque são muitos os tons de cinza.

granny hair cabelo cinza juro valendo

Granny Hair: cabelo acinzentado sim!

Pra quem acha a ideia legal, vai o aviso: pra chegar no cinza é preciso descolorir os fios primeiro, e descolorante, vocês sabem, estraga muito. Loiras entenderão! rs

Depois de descolorir, abrindo a cor ao máximo e “puxando” pro platinado, usa-se uma coloração, com o Cinza Iceberg, da L´Oréal,  ou um tonalizante pra chegar ao acinzentado. Só que o acinzentado desbota muito facilmente, então tem que tonalizar mensalmente ou lançar mão dos banhos de brilho acinzentados, além dos shampoos Silver pra ajudar a manter a cor “viva”.

E como acontece com todo cabelo descolorido, é preciso tratar muito, investindo pesado em reconstruções pra devolver massa capilar aos fios, em máscaras de nutrição, de hidratação e de proteção e revitalização da cor, além de bons produtos para lavar, e finalizadores que também ajudem a proteger a cor, como o Trauma, da L´anza, por exemplo.

granny hair cabelo cinza juro valendo

Além dos cuidados com a cor, que são constantes, o cabelo cinza “pede” um rosto mais maquiado, com “mais cor”, um olho mais marcado, a mesma coisa que senti, aliás, quando platinei o cabelo, senão parece que a pessoa tá com cara de doente, sabe?rs

Alguém aqui já pintou o cabelo de cinza? Acham bonito? Arriscariam? Contem aí, quero saber!

Beijos, Ju♥

27.05.2015

Trauma Treatment L´Anza: Meu Leave-in Preferido!

Quem acompanha o blog há mais tempo sabe que eu tenho a maior dificuldade da vida com leave-in, e que o Trauma Treatment, da L´Anza, é o meu preferido da vida, né? Já falei sobre ele nesse post aqui, onde listei os leave-in que mais gostava, e como achei ele aqui em Jee de novo, farei a resenha completinha!

Trauma-Treatment-L´Anza-melhor-leave-in

O Trauma Treatment faz parte da linha Color Care, indicada pra cabelos coloridos e super processados, e foi meu companheiro de corte químico anos atrás, junto com os produtos da linha Moi Moi, também da L´anza, que já falei muito por aqui. Ah, sim, ele é meu amor das antigas!

Diz no rótulo que trata-se de um tratamento sem enxágue protetor da cor para cabelos super processados e quimicamente tratados. Promete prolongar a cor em até 107%, restaurar a saúde dos cabelos e renovar os fios.

Trauma Treatment: Raio-X!

Trauma Treatment L´Anza: Meu Leave-in Preferido!

Pra explicar porque ele é tão bom, farei um “mini raio-x” da composição, que é da pesada, até porque ele é, na verdade, uma espécie de máscara sem enxágue.

Contém ceramidas, aminoácidos e queratina, que ajudam na reconstrução do cabelo, e aqui vale lembrar que a queratina da L´anza é de baixo peso molecular, ou seja, consegue realmente penetrar e tratar os fios.

É enriquecido com óleo de semente de kukui e de macadâmia, que são nutritivos e emolientes, e tem uma quantidade enorme de extratos botânicos que ajudam na hidratação e suavização do cabelo.

Possui, ainda, vários minerais essenciais para a saúde do cabelo e também do couro cabeludo, além de filtros solares que agem evitando o desbotamento e os efeitos nocivos dos raios Uv.

Trauma-Treatment-L´Anza-melhor-leave-in

Por fim, vem com 2 tipos de silicones que formam um filtro protetor e melhoram a penteabilidade. Muita gente não gosta de silicone, menos ainda dos insolúveis, mas acho que tudo vai depender da composição e do resultado no seu cabelo, e no meu cabelo esse produto faz milagres!

Ah, sim, também tem parabenos, e eu preferia que não tivesse, mas a verdade é que nenhum outro leave-in funciona tão bem em meu cabelo, então tá valendo!

Trauma Treatment: faz milagres!

Trauma-Treatment-L´Anza-melhor-leave-in

A embalagem é plástica, vermelha, vem com tampa de flip-top e 150 ml de produto. A textura é de gel creme e bem leve, ele é bege clarinho e não interfere na pigmentação dos fios, e o cheiro é super suave e nada enjoativo.

A quantidade aplicada deve ser pouca, mesmo a textura sendo leve, pois ele é super potente. Até por isso, aliás, só indico pra cabelos muito danificados ou mais grossos, com ou sem coloração.

Uso sempre no cabelo úmido e ele casa certinho com meu cabelo! O efeito imediato é de maciez, brilho, balanço e sedosidade, e ele consegue suprir perfeitamente a necessidade dos meus fios, não deixa faltar nem sobrar nada, sabe?

Os efeitos a longo prazo, contudo, são muito melhores, porque trata verdadeiramente o cabelo, repondo proteínas e hidratando os fios, e isso pra quem tem cabelos danificados e quimicamente tratados é tudo de bom!

Trauma-Treatment-L´Anza-melhor-leave-in

E sim, ele protege mesmo a cor! Não tenho como medir se são exatos 107%, claro, mas usei quando estava com o cabelo castanho, no platinado, no loiro claro e voltei a usar agora, então conheço bem e posso garantir que ele protege do desbotamento, o que, claro, faz com que a cor fique mais bonita por muito mais tempo e os fios fiquem mais iluminados.

Já vi muita gente usando como máscara ou condicionador, e algumas lojas até vendem como se fosse isso, só que, como é sem enxágue, classifico como leave-in, mas é, na verdade, um tratamento profundo sem enxágue.

Enfim, no meu cabelo é um produto maravilhoso, mas antes de comprar veja se é disso que o seu cabelo precisa, tá?

Trauma-Treatment-L´Anza-melhor-leave-in

Custa R$134,90 e é vendido na Sepha com frete grátis (compre aqui).

Alguém já usou? O que achou? Conta aí! Ah, e se tiver com algum leave-in encostado porque não gostou do efeito, tenta potencializar como mostrei nesse post aqui ó!

Beijos, Ju♥

Página 1 de 41234
O que você acha do JV?
Amo as dicas, resenhas...enfim, tudo aqui no JV é um serviço público e de grátis rsrs , sigo as dicas da Ju e até hoje…
As leitoras mais incríveis da vida
  • “Sê sempre o mesmo. Sempre outro. Mas sempre alto. Sempre longe. E dentro de tudo. ✨✨✨”
Cecília Meireles, que nunca soube, mas é minha amiga desde 1990, quando “descobri” que ela existia nas prateleiras da biblioteca da Uesb, minha “babá” por muitos, muitos  anos. ☺️ #QueSorte #JuroValendo
  • Conhecem o blog de minha amiga, @jurovalendo ? Passem lá... Escrevi algo legal... @isadorabacelar.r #amizade #jurovalendo #julopes #amor #meueuloiro #fidelidade #gastronomia #amando #mudanca #salvador #unifacs
  • Mudar de profissão nunca é fácil, bem sei como é difícil lidar com as dúvidas, as angústias e, também, com o julgamento alheio.

Mas acredito, também, que fazer algo que a gente ama não tem preço. Que alegria, felicidade e realização não têm preço.

A @isadorabacelar.r também acha, encarou a mudança e contou tudo pra vocês lá no blog. 💕
#MulherDe30 #MudeiDeVida #JuroValendo
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo