Vizcaya
07.05.2019

Máscara Colorante Castanho Bio Extratus

Fiquei bem louca com as máscaras colorantes, o mais recente lançamento da Bio Extratus, e quis testar logo a Máscara Colorante Castanho, mas já fiz umas artes com a Cobre, porque não aguento! hahaha

A cor natural do meu cabelo é um castanho escuro que “puxa” pra um dourado mais alaranjado. Passei anos descolorindo, às vezes voltando pro castanho, me arriscando no vermelho, e uns 3 anos atrás resolvi voltar pro castanho.

Tava cansada de tanto retoque, queria mais praticidade e, sobretudo, contraste, porque o loiro, sobretudo o bem claro, como eu gostava, apagava muito meu rosto, me deixava pálida.

Máscara Colorante Castanho Bio Extratus

No início, usei a 7.4, muitas vezes misturada com a 6.0, ou então pré pigmentando antes com ela, já que, por causa de anos de descoloração,  os fios não seguravam a cor por muito tempo.

Depois fui testando outros tons de castanho, e gosto demais do 6.32 e do 7.32. Mas dessa vez quis deixar o fundo mais escuro (6.0) e usar um sub tom mais profundo, então fomos pro 7.41, que é um chocolate de reflexos mais “fechados”, acinzentados.

Fiz semana passada, e antes, com os fios mais “desbotados” usei tanto a versão Castanho como a Cobre (e também as duas misturadas rs) da máscara colorante, pra comparar com o depois.

Acho isso importante pra ter uma noção maior de como ela age em castanhos mais claros e mais escuros, sabe?

Mais pra frente faço  um post detalhado sobre as misturinhas com as duas versões e falo mais da Cobre, porque hoje vamos focar na Castanho, combinado?

máscara castanho

Máscara Colorante: o que é e o que promete?

De acordo com a marca, “colorir ou reavivar a cor dos cabelos é rápido e fácil com as Máscaras Colorantes Bio Extratus.

Pigmentos de alta qualidade conferem tons intensos e duradouros e prolongam o efeito da coloração.

Além disso, as máscaras contêm ativos antioxidantes, reconstrutores e hidratantes, que promovem um tratamento completo nos cabelos.

É indicada pra todo tipo de cabelo e tem pH de 4.5.

Vem com a função de colorir e reavivar os fios coloridos, garantindo cor intensa por muito mais tempo, cabelos hidratados e com brilho.

Enriquecida com manteiga de illipê, goji berry e microqueratina, tem uma fórmula bem balanceada pra também tratar o cabelo.”

Como usar as máscaras colorantes Bio Extratus

A indicação de uso é, primeiro, lavar os fios com shampoo, e aí eu prefiro os mais adstringentes, que limpam melhor e “abrem” mais as cutículas.

Máscara Colorante

Após o enxágue, remova o excesso de umidade e aplique a máscara, de mecha em mecha, em todo o cabelo.

Deixe agir por, no mínimo, 2 minutos. E se quiser um resultado mais intenso é só deixar agir por até 20 minutos.

Depois é só enxaguar normalmente o cabelo, até que a água escorra cristalina, finalizar e secar como de costume.

Aqui faço duas observações:

  1. Acho válido usar luvas caso você esqueça de lavar as mãos em seguida, principalmente se as unhas estiverem pintadas com esmalte claro.
  2. Vai aplicar durante o banho (é como eu faço) e seu banheiro é branco? Então, a menos que você não seja desastrada como eu, que deixo respingar máscara para todos os lados, já vai enxaguando os rejuntes, do mesmo jeito que a gente fazia com os matizadores para cabelos loiros!

Acho importante falar isso porque são colorantes e podem sim pigmentar superfícies mais claras e porosas, e como gosto de rejunte tinindo de branco, não só enxáguo os rejuntes na hora como esfrego bicarbonato hahahaha

E Deide disse que não entende como eu consigo fazer a danada respingar o box todo, porque com ela isso não aconteceu, mas eu tomo banho cantando, dançando e “alisando” o cabelo sem parar, porque né, se não for pra fazer uma performance no chuveiro, nem me dou ao trabalho!

Máscara Castanho Bio Extratus

Apresentação da Máscara Colorante Castanho

A embalagem é plástica, bojuda e vem com tampa de rosquear. Minha versão é de 250g, mas tem também a de 120g.

A textura é cremosa e mais densa. O cheiro é bem suave e gostoso.

A cor é um castanho escuro e bem pigmentado, excelente pra “trabalhar” nos fios. Digo isso porque se o seu cabelo é um castanho claro e você quer dar uma reavivada na cor, é só misturar com uma máscara branca e deixar agir menos tempo.

Se o seu castanho é médio, aplica ela pura deixando agir menos tempo, ou com máscara branca, numa proporção maior da máscara colorante, deixando agir por mais tempo.

Já quem tem o castanho mais escuro pode usar ela pura e deixar agir mais ou menos tempo de acordo com o tom desejado.

Ela também pode ser usada para corrigir o tom, inclusive após a coloração. E aí tem que levar em conta que, por ser um pigmento de deposição o tom base sempre vai escurecer um pouco.

Se o seu cabelo tiver luzes, a cor fica diferente sobre os fios que estão coloridos e os fios que estão escuros, claro.

dúvidas sobre o uso

É importante aplicar de maneira uniforme, em todo o cabelo, e pra evitar que a máscara concentre mais em alguma parte, após a aplicação passo um pente pra garantir que não fique acúmulo em nenhum lugar, sabe?

Resenha da Máscara Colorante Castanho Bio Extratus

A aplicação é simples, sobretudo pra quem já usou matizadores antes: é só aplicar em todo o cabelo e deixar agir.

Comecei deixando menos tempo, até pra ver o poder de pigmentação dela, que é alto, e o que pretendo fazer é a cada 30 dias deixar agir por 20 minutos, e a cada 10 dias deixar agir por 5 minutinhos, só pra dar uma intensificada, porque lavo o cabelo todos os dias.

Mas, vamos ver como ela vai agindo. Pode deixar que atualizo vocês.

Durante a aplicação a gente já sente a maciez, inclusive apliquei no dia que fiz a coloração, que tende a danificar um pouco os fios, ainda no salão, e o sensorial hidratante permaneceu.

Após o enxágue os fios secam na mesma velocidade (alguns matizadores deixavam meu cabelo mais poroso e demorava mais pra secar) e a primeira coisa que noto, inclusive fico bem amostrada nos stories hahaha, é o brilho.

resultados
Em vários momentos diferentes, em luzes diferentes, o que gera diferenças na cor. Mas o brilho, esse não muda!

Gente, o cabelo fica extremamente brilhoso, amo!

A cor fica viva, intensa, como se tivéssemos acabado de colorir, sabe? Inclusive, quando usei antes da coloração, com o cabelo desbotado, ela “cobriu” o desbotamento e reavivou o tom lindamente.

O tom fica como gosto, mais profundo, os fios ficam sedosos e suaves ao toque e o cabelo fica reluzente.

Amei com força e achei a ideia maravilhosa pra manter a intensidade da cor e o brilho dos fios, sabe?

E tem pra cabelos castanhos, acobreados, pretos, vermelhos e marsala, o que é uma maravilha!

Ela custa R$48,90 em farmácias, mercados e na loja virtual da Bio Extratus, e recomendo MUITO!

Alguém já usou? Conta aí o que achou!

E pra ver mais posts como esse é só clicar em Por Um Fio.

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

*Publicidade


Vizcaya
25.07.2017

Banho de Brilho Caseiro: Pra Deixar os Fios Lindos Já!

Tô prometendo essa receita de banho de brilho caseiro faz é tempo, e hoje ela desencantou! Aêeeee rsrs.

Já falei sobre banho de brilho por aqui muitas vezes, e é o tipo de coisa que faço há anos porque ele faz uma diferença grande nos fios, ao menos pra mim. Mas o que diacho é banho de brilho, afinal? É um intensificador da cor, que “corrige” o desbotamento, deixa o tom mais vivo, com mais profundidade e brilho.

Cabelo colorido, não importa qual a cor, sempre desbota, em maior ou menor intensidade, o que é ainda mais frequente quando os fios estavam muito claros e escurecemos de vez, e também quando pintamos com tonalidades avermelhadas.

E sim, tem banho de brilho para todos os tons de cabelo, é só clicar aqui que dá pra ver todos!

banho de brilho caseiro

Banho de brilho com tonalizante X banho de brilho com tinta

Existem banhos de brilho “prontos” pra uso, mas dá pra, facilmente, fazer com tonalizante ou tinta, sempre da mesma numeração que você usa para colorir/tonalizar o cabelo.

Vi muitas receitas de banho de brilho com tonalizante e com tinta, e na maioria, sobretudo quando o tonalizante é usado, as pessoas não usam emulsão reveladora ou água oxigenada, que são coisas diferentes.

A água oxigenada (ou oxidante) é usada em colorações (e descolorações), pois, simplificando, tem o poder de alcançar a altura de tom desejada para que os pigmentos fixem no córtex do cabelo.

A emulsão reveladora, que tem uma volumagem menor que o oxidante, é usada em tonalizantes com a função de fazer o transporte e do depósito de pigmentos na superfície dos fios.

Eu prefiro usar porque a cor realça mais e os reflexos ficam mais intensos. Fora que acho que dura mais o efeito, mas se você não quer/pode, vale testar sem!

No banho de brilho para cabelos loiros, costumava usar água oxigenada. Nos outros casos usava emulsão reveladora de 9 ou 13 volumes, usando tonalizante ou tinta. O padrão é 6, 9 e 15 volumes, mas já achei de 10 e de 13, que tem 4% de peróxido de hidrogênio.

banho de brilho caseiro

Receita de Banho de brilho caseiro

Nesse momento optei por fazer com tinta porque o cabelo estava muito claro (sobretudo as pontas), não fiz pré-pigmentação e as pontas estão desbotando muito rápido, mas quando a coisa estiver mais estável vou testar com tonalizante.

Testei primeiro com a emulsão reveladora, só nas pontas, e o resultado não foi satisfatório, porque precisava que elas escurecessem um pouco pra que a cor ficasse uniforme, e isso não aconteceu. Então resolvi arriscar com água oxigenada de 20 volumes, na mesma medida, e deu certo, ainda bem rs!

Com as pontas “corrigidas”, parti pro banho de brilho “normal”, com a emulsão reveladora, que é segura e cumpre a função de realçar a cor e intensificar o brilho. E é essa a receita que vou ensinar pra vocês!

Vocês vão precisar de:

  • 2 colheres, das de sopa, de creme branco (hidratação/nutrição/reconstrução)
  • 1/2 tubo de coloração ou tonalizante da cor que você costuma usar
  • 1 colher (das de sopa, rasa) de emulsão reveladora 9 volumes

As quantidades podem variar de acordo com o tamanho e volume dos fios, o importante é que cubra todo o cabelo pra que o tom fique uniforme.

Prefiro usar uma máscara de reconstrução pra fazer banho de brilho caseiro, porque mesmo que não tenha potencial para estragar muito, é melhor evitar, né? Mas, pode usar a que você quiser.

banho de brilho caseiro

Fiz com a tinta 7.7 Maxton, da Embelleze, que é um marrom dourado, a mesma que usei na coloração dos fios.

Como fazer banho de brilho caseiro no cabelo

1. Lavei os fios com um shampoo para cabelos oleosos, pra limpar bem a e abrir mais as “escamas”. Tô evitando o antirresíduos nesse momento pra não desbotar ainda mais rápido.

2. Removi o excesso de umidade com uma toalha.

3. Misturei todos os ingredientes até a coisa ficar homogênea.

4. Apliquei em todo o cabelo, de mecha em mecha, penteei e deixei agir por 20 minutos. Nos últimos 5 minutos apliquei na raiz, massageando bem.

5. Enxaguei o cabelo para remover todo o produto e, em seguida, apliquei um pouco de máscara de pH baixo (usei a É do Babado, mas pode usar condicionador ou qualquer outra), e enxaguei novamente.

Prefiro deixar a raiz por último porque minha raiz estava mais escura que o restante do cabelo, então ela não desbotou como as pontas, sabe?

Depois de seco o cabelo ficou com a cor mais bonita, viva e intensa, como no dia que colori, e os fios ficaram cheios de brilho!

banho de brilho caseiro

A princípio pretendo fazer a cada 15 ou 20 dias, dependendo da necessidade do cabelo, e depois farei a cada 30 dias, mas vou atualizando vocês por aqui, tá?

E se tiverem alguma dúvida é só deixar nos comentários, combinado?

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

*Publieditorial*

05.07.2017

Como Escurecer Cabelo Loiro: Top 5 Dicas!

Uma das perguntas que vocês mais fizeram desde que fui do loiro para o castanho foi sobre escurecer cabelo loiro sem que fique manchado, sem que desbote rápido e coisas do tipo, então resolvi fazer um post explicando tudinho.

A gente acha que escurecer é fácil e que a coisa bem mais simples que clarear, mas não é desse jeito que a banda toca. Além de analisar o estado do cabelo e fazer um teste de mecha pra ver se ele aguenta o processo, é essencial que a aplicação seja feita da forma correta.

Vou explicar isso de forma detalhada nos pontos seguintes, tá?

1. O Antes: Diagnóstico do Cabelo

Analisar o estado do cabelo quanto a resistência, pra evitar danos maiores, é o primeiro passo. Isso a gente faz até “no olho”, gente. Cabelo quebradiço, elástico e frágil não deve passar por nenhum procedimento químico porque ele vai estragar ainda mais e pode não aguentar.

como escurecer cabelo loiro

Mas, o teste da mecha tem que ser feito sempre, porque seu cabelo pode até estar forte, mas quem garante que aquela coloração/tonalizante não tem alguma substância que não funcione no seu cabelo ou que seja incompatível?

Eu só vou na certeza e prefiro testar antes, e essa é minha primeira recomendação.

Outra coisa muito importante é ver o nível de porosidade dos fios, porque quanto mais poroso mais difícil é a fixação dos pigmentos. Isso significa que a cor não vai “pegar” direito, ou vai “pegar” de forma irregular, deixando o cabelo com partes manchadas.

Além disso, o desbotamento será muito mais rápido.

Então, se o seu cabelo está frágil, reconstrua bastante antes. E se está poroso, trate essa porosidade!

Máscaras a base de ceramidas são excelentes para cabelos porosos, e essa receita caseira para cabelos porosos também funciona super bem.

Se quiser sugestões de reconstrução, aqui no blog tem dezenas de posts com dicas e produtos, de todos os preços, pra reconstruir os cabelos. Recomendo a leitura!

2. Tintura ou Tonalizante: Qual Escolher?

O tonalizante pode ser uma opção viável em alguns casos, porque sai mais rápido, é fácil de corrigir caso o tom não seja o desejado e, em regra, é mais compatível com outras químicas.

Mas, pra mudar e manter a cor do cabelo, o ideal é usar uma tintura permanente, já que ela penetra na fibra capilar, ao contrário do tonalizante, que forma uma película superficial nos fios.

como escurecer cabelo loiro

E quanto mais claro estiver o cabelo, mais indicada é a coloração ao invés do tonalizante, porque a fixação será maior, o que reduz o risco de manchas.

Uma recomendação muito frequente é escurecer aos poucos, porque aí o processo fica mais simples, mas, sinceramente, não tenho paciência. Se quero escurecer, quero de vez rs.

Até porque, se com tinta o desbotamento já é comum, imagina com tonalizante?

3. Pré-Pigmentação: a Chave Para Escurecer Cabelo Loiro!

Ao descolorir os fios a gente remove, além de vários constituintes naturais dos fios, o pigmento, a cor, certo? Quando, depois disso, decidimos escurecer os fios, é altamente indicado fazer uma pré-pigmentação.

A pré-pigmentação vai devolver pigmento aos fios antes da coloração para ajudar a segurar os pigmentos que serão depositados com a coloração, além de evitar tons indesejados e desbotamento rápido.

Ou seja, a pré-pigmentação é uma preparação para que o cabelo, ao receber a coloração, fique com a cor desejada.

Existem várias técnicas de pré-pigmentação e, em regra, ela é feita com o mesmo pigmento que a gente quer para a cor final. Mas, a depender da cor do cabelo e do tom que se quer alcançar, o pigmento pode ser mais claro ou mais escuro.

A técnica mais simples e básica, que funciona para a maioria dos casos, é misturar a tinta que você quer usar  com água, na proporção de 1 para 1 (50g de tinta para 50 ml de água), aplicar essa mistura em todo o cabelo (limpo e seco), deixar agir por 20 minutos e remover o excesso com um pente.

Em seguida, aplica-se a coloração desejada na forma recomendada no rótulo, deixando agir pelo tempo indicado.

O método profissional é diferente e geralmente envolve a aplicação de pigmento vermelho para cabelos que serão coloridos com tons castanhos e pigmentos amarelos para cabelos que serão coloridos com tons loiros mais escuros.

como escurecer cabelo loiro

Não fiz pré-pigmentação dessa vez porque queria ver quanto tempo a tinta iria aguentar antes de desbotar e o que fazer pra, desbotando, voltar a cor desejada. Porque? Ora, porque muita gente faz isso, sobretudo quem escurece em casa, e preciso dar dicas pra essa galera, né?

4. Aplicação correta da tintura

Não vejo problema, a princípio, em escurecer o cabelo em casa, sobretudo quando a pessoa tem alguma noção de cuidados com os fios, de compatibilidade entre químicas e coisas do tipo.

Só que antes de começar, leia o folheto informativo que vem no produto e e siga o passo a passo. Use a quantidade adequada de coloração e oxidante para cobrir todo o cabelo e respeite o tempo de pausa, o que é uma garantia básica de que o resultado será o mais próximo possível do desejado.

Falo isso porque tem gente que tem o cabelo maior ou mais cheio, quer colorir usando um tubinho de tinta pra não gastar muito e aí finge que acredita que deu pro cabelo todo e ainda fica retada quando o cabelo fica manchado. Não dá, né, gente?

Outra coisa que vale lembrar é que na imensa maioria das vezes o tom do seu cabelo não vai ficar igual ao tom da caixinha, porque isso envolve muitos fatores, como a cor natural do seu cabelo, seu “fundo de coloração”, o tom que você está usando e por aí vai.

É por isso que, para a primeira aplicação, acho melhor (e mais seguro!) procurar um bom profissional para escurecer cabelo loiro, sabe? Depois é só seguir o que ele fez e manter a cor.

5. Como escurecer cabelo loiro e manter a cor

Ah, sim, manter a cor é, na maioria dos casos, mais trabalhoso que escurecer cabelo loiro, principalmente no início, quando a cor tende a desbotar com mais intensidade.

Eu sou a favor de fazer banhos de brilho ou usar tonalizantes a cada 15 ou 30 dias, evitar o uso de produtos muito agressivos e apostar em máscaras e finalizadores que protegem a cor.

Mas, ao invés de falar “por cima”, prefiro ir testando ao longo das próximas semanas e dividir aos poucos aqui com vocês, tá?

Se tiverem mais alguma dúvida é só deixar nos comentários! E quem tiver dicas para cabelos castanhos divide aí comigo, preciso da ajuda de vocês!

Beijos, Ju ♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…