18.02.2016

Misturinha Poderosa Para Cabelo Poroso

Simples e muito eficaz!

Lembram de uma receita de umectação hidratante para cabelos porosos que postei aqui tempos atrás? Então, dia desses estava fazendo a bendita aqui em casa e Deide, sempre ela, ficou abismada com o fato de eu aplicar mel nos cabelos, mesmo depois de explicar que isso funcionava muito bem pro cabelo poroso, já que o mel é rico açúcares, aminoácidos (proteínas), vitaminas e oligoelementos.

Aí ela me deu uma ideia simples, muito simples, e eu resolvi testar, porque cês sabem que Deide fica martelando as coisas no meu ouvido até conseguir o que quer, né? Pois é, comecei a testar, comecei a gostar e, gente, tô completamente viciada nessa misturinha que, na verdade, é um último enxágue com mel!

Misturinha Poderosa Para Cabelo Poroso

cabelo poroso mel

Créditos: Shutterstock

Eu faço assim: lavo o cabelo com shampoo, e aí pode ser qualquer um, depois aplico uma máscara, preferencialmente uma máscara rica em ceramidas, enxáguo normalmente e depois faço o último enxágue com minha misturinha de água com mel, que é bem simples: esquento 1 copo grande de água (aqueles de 500 ml), “desligo o fogo” e coloco 1 colher (das pequenas) de mel. Tampo o copo e deixo a água esfriar.

Quando esfria, o mel está misturado na água, diluído, então ele não fica melequento no cabelo, sabe? E aí é só jogar no cabelo, remover o excesso de umidade e finalizar como de costume.

Ah, e não esquece de jogar sabão líquido/em pó ou detergente no chão do banheiro, senão fica cheio de formiga !rs

E voltando a máscara, pode ser um condicionador também, desde que seja rico em ceramidas, e isso porque o cabelo poroso tem as “escamas” abertas, então os ativos penetram com facilidade, mas não fixam ali, eles se perdem com muita facilidade, e as ceramidas ajudam a selar as escamas, fazendo com que os ativos de tratamento desçam pelo ralo.

Misturinha Para Cabelo Poroso: funciona?

Tenho feito isso todas as vezes que lavo o cabelo e sinto muito diferença, que é progressiva, claro! Lógico que a textura do meu cabelo está bem diferente porque não faço mais escova nem uso chapinha ou babyliss, mas o enxágue com mel ajuda, gente, e tô vendo isso no meu cabelo dia após dia, porque ele tem ficado cada vez mais bonito, mais sedoso e mais suave ao toque.

Testem algumas vezes e voltem pra contar, tá? E não deixem de conferir nossas receitinhas poderosas para cabelos, é só clicar aqui! E se nada tem funcionado no seu cabelo, experimento acidificar os fios com essa receita aqui, é tiro e queda!

Beijos, Ju♥

04.08.2015

Queratinização de Bepantol: Pra se Apaixonar!

Sou apaixonada pela cauterização de Bepantol (post aqui), mas sei que muitas meninas não fazem com tanta frequência porque não têm muito jeito com o secador e a chapinha, então fiz a cobaia e, depois de alguns testes, criei uma queratinização caseira com  bepantol que é bem legal!

Cauterização e Queratinização: Qual a Diferença?

Pra mim, a grande diferença entre a cauterização e a queratinização é que cauterizar implica fonte de calor (chapinha), e a queratinização, via de regra, não. Eu sei que muitas marcas falam em cauterização a frio, mas se vocês analisarem o sentido da palavra vão ver que faz sentido o que estou dizendo.

Como mostrei nesse post aqui, o termo cauterizar vem de “queimar com cautério”, o que tem a ver com calor, com fonte de calor, né? É como se fosse um “queimar” (com a chapinha) pra reter e cicatrizar os ativos nos fios.

queratinização de bepantol

Mas, de qualquer forma, com ou sem fonte de calor, o que a cauterização faz, assim como a queratinização, é repor proteínas e/ou aminoácidos, é reconstruir, só que, na maioria dos casos, de forma mais profunda.

Dito isso, vamos ao que interessa, a receitinha da queratinização de Bepantol!

Ingredientes da Queratinização Capilar

Pra fazer a queratinização de Bepantol vocês vão precisar de:

  • 10 ml de queratina líquida ou em gel
  • 10 ml de Bepantol solução
  • 2 colheres de máscara nutritiva ou reconstrutora
  • Shampoo antirresíduos ou para cabelos oleosos
  • Borrifador (opcional)

1. Pra começar, lave os fios com um shampoo antirresíduos ou com um shampoo pra cabelos oleosos, que é mais “potente” na limpeza. O que tenho usado é o Pre Shampoo Antirresíduos da Pantene, que resenhei nesse post aqui, e adoro, porque funciona bem em cabelos com química, não embaraça e não desbota meu cabelo.

Depois de remover o excesso de umidade, penteie os fios (não pode usar condicionador!), e por isso indico mais esse shampoo da Pantene, porque ele não embaraça o cabelo, mas se você tiver algum outro antirresíduos que não embarace, pode usar sem problemas!

queratinização de bepantol

Como Fazer Queratinização passo a passo

2. Misture a queratina e o Bepantol no borrifador, caso tenha em casa, e aplique o produto no cabelo todo, mecha por mecha, concentrando mais no comprimento e nas pontas.

Quando tenho em casa, coloco umas borrifadas de água termal também, que é ótima pro cabelo (falei disso nesse post aqui), mas isso é opcional, tá?

Deixe a mistura agir por 1 hora com o cabelo abafado (use uma touca ou papel alumínio) e, no fim, dê uma leve secada com o secador. Não é pra escovar, é só pra direcionar o jato de ar quente para os fios, porque o calor potencializa a ação.

3. Enxágue o cabelo (só com água, não use shampoo), remova o excesso de umidade e aplique a máscara, deixando agir por 20 minutos.

Eu indico o uso de uma máscara nutritiva pra garantir mais emoliência e também para casos em que os fios não estejam tão estragados, mas se o cabelo estiver muito danificado o melhor é usar uma máscara reconstrutora, preferencialmente rica em aminoácidos, não só em queratina.

Expliquei o jeito certo de aplicar máscaras (de qualquer tipo!) nesse vídeo aqui, clica pra assistir porque faz muita diferença no resultado final!

Ah, e a quantidade da máscara depende, claro, do tamanho e volume do seu cabelo.

4. Após os 20 minutos, enxágue o cabelo até remover completamente a máscara, remova o excesso de umidade, penteie os fios e finalize como de costume.

O ideal é que você só lave novamente o cabelo após 48 hs, e isso vale, aliás, pra qualquer tratamento feito no cabelo.

Indicação e Resultados

Essa queratinização é indicada para cabelos quimicamente tratados, pra quem voltou de uma temporada de praia e piscina, e pra quem usa muito secador, chapinha e babyliss, ou seja, para cabelos que tenham uma necessidade maior de reconstrução.

queratinização-de-bepantol

A função dela é fazer uma reconstrução profunda, ajudando a fortalecer e recuperar os fios,  mas também hidratar, graças ao Bepantol, e é justamente por causa dele que no fim o cabelo não fica “duro”, como geralmente acontece quando a gente usa queratina pura.

Com o uso, o cabelo ganha mais força e fica mais encorpado, e a cada vez que a gente faz, os resultados vão melhorando.

Dicas Extras

1. Não dá pra dizer de quanto em quanto tempo ela pode ser feita porque isso depende do estado do seu cabelo, mas minha recomendação geral é uma vez ao mês, exceto em casos de cabelos muito danificados. Mesmo assim, muito cuidado com o excesso de queratina, que, como já expliquei nesse post aqui, é tão prejudicial quanto a falta.

2. Existem dezenas de queratinas nas prateleiras e, das que já testei, a da Bio Extratus é, de longe, a mais potente, mas a da Vizcaya também é boa, assim como a vermelhinha da Novex.

Pra mim, o único problema dessa queratina da Bio Extratus, que é a que mais indico, é que ela é amarela, e isso interfere na pigmentação do loiro, como falei nesse post aqui. Ah, nem precisava, mas vou falar: quanto melhor a queratina, melhor o resultado da queratinização, claro! rs

3. Quem quiser pode sim secar e pranchar o cabelo após o procedimento, cada um vai finalizar como quiser.

4. Como já sei que vocês vão perguntar, já me adianto: prefiro a cauterização que a queratinização, mas como tem dias que morro de preguiça de secar e pranchar o cabelo todo, e a cauterização exige isso, me jogo na queratinização, que é mais fácil e também garante um bom resultado!

Façam e voltem pra contar os resultados!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

30.06.2015

Umectação com Óleo de Rícino e Bepantol

Quando fiz o post falando dos benefícios do fedido óleo de rícino para os cabelos (post aqui), prometi uma receitinha mara, lembram? Pois vim cumprir a promessa! A receitinha é uma umectação com óleo de rícino e Bepantol, e ela tem feito maravilhas no meu cabelo!

Resolvi “misturar” os dois porque acho o óleo de rícino muito “preguento”, não gosto da textura, sabe? Daí tentei fazer um “mexido” com os dois e não deu certo, lógico, porque eles não se misturam direito (embora o D-Pantenol seja solúvel em óleo e em água), mas como sou insistente tentei de outro jeito e deu certo. Anota aí:

Você vai precisar de:

  • 10 ml de Bepantol solução
  • 5 ml de óleo de rícino
  • 1 borrifador (opcional)

umectação com óleo de rícino

A quantidade vai variar muito, porque depende do tamanho e do volume do cabelo, mas pro meu cabelo essa quantidade é o bastante.

Como fazer a Umectação com Óleo de Rícino e Bepantol

Com o cabelo seco, borrifo o Bepantol no cabelo, caprichando nas pontas e nas partes mais estragadas, mas se você não tiver borrifador em casa (vende em casa de cabeleireiro), coloca a medida na tampinha, vai derramando aos poucos na mão e passando nos fios.

Espera uns 5 minutinhos pra que o cabelo absorva melhor o produto e comece a aplicar o óleo de rícino nas pontas e no comprimento. Aqui vale lembrar que o óleo, assim como qualquer outro produto de cabelo, deve ser aplicado no sentido da cutícula, ou seja, de cima para baixo.

Deixe o produto agir por 1 hora, lave com shampoo (não pode ser antirresíduos!) e finalize com uma máscara, preferencialmente nutritiva.

Pra quem não tem problema com o cheiro (eu tenho!), vale fazer essa umectação de um dia pro outro, mas aí tem que proteger o cabelo com uma touca daquelas plásticas ou de alumínio pra não sujar a fronha, é que o máximo que consigo aguentar com o óleo de rícino é 1 hora, porque esse cheiro não é de Deus não! rs

Ah, e é legal dar uma “abafada” no cabelo com uma touca ou mesmo com papel alumínio, pois isso ajuda a potencializar o efeito, porque melhora a penetração dos produtos.

Resultados

No meu cabelo, que é quimicamente tratado e poroso, essa mistureba funciona muito bem, os fios ficam muito mais alinhados, sedosos e “controlados”, sabe? O efeito nas pontas é show de bola, e o melhor é que não pesa no meu cabelo, ao contrário, deixa o cabelo soltinho e leve. Puro poder!

Alguém já tentou algo parecido? Conta aí! E se quiser mais misturinhas, confere essas aqui, ó:

Beijos, Ju♥

P.S: Meninas, a Ju está descansando e, enquanto isso, eu, Larissa, estou cuidando aqui do blog e das redes sociais dela, e assim que ela tiver melhor os comentários serão respondidos. Ela já tinha muitos posts agendados, então o blog segue com 2 posts diários.

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…