Vizcaya
18.07.2013

Novas Versões do Óleo Extraordinário Elseve

Olá meus amores!

A Elseve,  uma linha da L´Oréal, está com novidades. Acho que todas já conhecem o Óleo Extraordinário da Elseve, que  adoro, pois  realmente deixa meu cabelo sem frizz, leve, solto, tratado e perfumado.

Só que agora a marca está lançando mais três novos óleos, um para cada tido de cabelo, e  amei essa novidade. Vamos conhecer cada um deles?

 Óleo Extraordinário para Cabelos Lisos: o segredo perfeito para prolongar o liso e proteger do calor!

999368_596981250325452_1544682605_n

Óleo Extraordinário para Cabelos Ressecados: o segredo perfeito para maciez e nutrição intensa!

1069273_596981180325459_2025775768_n

 Óleo Extraordinário Geleia Disciplinante: o segredo perfeito para o controle do frizz!

1069939_596981063658804_22011183_n

Agora só usando cada um deles pra saber se realmente são diferentes e  se eles cumprem o que promete, né? Se forem tão bons quanto o primeiro que lançaram, já virei fã sem nem ter testado!

Se alguém achar e comprar, me conta se gostou, tá?

Beijocas da MC!

Vizcaya
12.06.2013

Como Usar Óleos Vegetais nos Cabelos?

Eu sempre gostei de usar óleos vegetais no cabelo, até porque o meu é originalmente cacheado, e somente hidratação nunca fez lá muito efeito. Já expliquei por aqui qual é função dos óleos vegetais, que é de nutrir, de fazer reposição lipídica, e hoje vou explicar como ele pode ser usado. Sim, o post de hoje é sobre como usar óleos vegetais, e as formas são muitas!

No próximo post faço um “inventário” com os óleos mais utilizados, comparando as propriedades de cada um deles e colocando as indicações de acordo com o tipo de cabelo, tá?

Sobre como usar óleos vegetais nos cabelos

Como Usar Óleos Vegetais nos Cabelos?

umectação capilar

 Na Umectação!

A forma tradicional de usar o óleo vegetal é na umectação, ou, como se diz por aqui, nos banhos de óleo.

Para fazer a umectação é preciso aplicar o óleo nos fios (comprimento e pontas), sem exageros, pentear, prender e deixar agir durante toda a noite, pois assim ele fica mais tempo em contato com o cabelo e apresenta melhores resultados. De manhã, é lavar o cabelo como de costume para remover o óleo.

A umectação pode ser feita em qualquer tipo de cabelo, mas quem se beneficia mais são as meninas de cabelos crespos, volumosos, cacheados ou danificados, porque além de dar mais brilho e deixar o cabelo macio, ela ajuda a controlar o frizz e “doma” o cabelo.

Pode ser feita semanalmente, principalmente em cabelos mais crespos e danificados, mas, de modo geral, indico o uso a cada quinze dias para não “pesar” nos fios.

Na Umectação quente

umectação quente

Alguns óleos são um pouco mais grossos e, por isso, não penetram direito nos fios, o que compromete o resultado final. Quando isso acontecer, experimente “esquentar” (é esquentar um pouco, não é pra fritar batata, tá?) o óleo vegetal, deixando-o morninho, e aplicá-lo nos fios. Os resultados são muito melhores!

Só aviso o óleo não pode ficar quente, porque “frita” os fios. É morno, entenderam? Aí você pode usar como umectação ou como pré-shampoo. Pra esquentar o óleo, coloque água pra ferver e, quando estiver bem quente, desligue o fogo e coloque duas colheres do óleo em “banho-maria”.

Como Pré- shampoo

pré shampoo

O procedimento é absolutamente igual ao da umectação, e pode ser feito até duas vezes por semana, sendo que a diferença está no tempo de ação, pois aqui o óleo age nos fios por até uma hora, sendo lavado em seguida.

Essa é uma boa opção pra quando a gente não quer (ou não pode!) dormir com a umectação nos fios.

Na máscara capilar

Captura de tela inteira 12062013 095617-003

Sabe aquela máscara que fica de canto, sem fazer muito efeito? Enriqueça ela com óleo vegetal! Quando uma máscara não faz um efeito legal no meu cabelo, sempre misturo um pouco de óleo vegetal quando vou aplicá-la no cabelo. Como, após a máscara, o cabelo não será lavado, coloco a metade de uma colher (das de chá) de óleo vegetal e misturo com a máscara, aplicando no comprimento e nas pontas. Depois é só enxaguar como de costume.

Eu não indico esse tipo de uso para menas de cabelo ralo, fino ou oleoso, porque como o cabelo não será lavado após a máscara, pode pesar.

Nas pontas espigadas

pontas espigadas óleo vegetal

Ainda não encontrei nada melhor para pontas espigadas do que os óleos vegetais! O procedimento é super simples, porque basta aplicar o óleo vegetal nas pontas, em pequena quantidade, e deixar agir por uma hora, lavando em seguida. Já tive fase de fazer isso todas as vezes em que ia lavar o cabelo, e as pontas se recuperaram bem mais rápido.

Pra turbinar a hidratação

Captura de tela inteira 12062013 095617-005

Uma receita  que deu muito certo foi misturar 10 ml de bepantol líquido em 1 colher (das de sopa) de óleo vegetal e fazer a umectação. O cabelo fica bem macio e mais hidratado, e assim dá pra fazer toda semana.

Dicas extras de como usar óleos vegetais nos cabelos

Captura de tela inteira 12062013 095617-006

  • A quantidade depende do tamanho e volume do cabelo. Pra mim, bastam duas colheres de óleo vegetal, porque não é para o cabelo ficar ensopado de óleo, mas aí depende to tamanho e tipo de cabelo de vocês.
  • Nunca use no cabelo um óleo que não seja 100% vegetal, porque óleo mineral não trata os fios.

No próximo post falo dos óleos específicos, tá? E se você souber outras forma de como usar óleos vegetais nos cabelos, divide com a gente!

Beijos, Ju

 Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

03.06.2013

El` Treatment – Rare El’ements: O Melhor Óleo Capilar Que Já Usei!

A Rô, lá do I Am Natural Shop, me enviou alguns produtos capilares pra testar de duas marcas que tenho ouvido falar muito, e todas duas, como tudo, aliás, que é vendido na loja, comercializam produtos isentos de parabenos, silicones e todas aquelas substâncias que prejudicam os fios.

Antes de começar a usar os produtos, parei de usar tudo que estava usando e fui fazendo aquela desintoxicação que já ensinei aqui, porque, pelo que andei lendo, o cabelo fica praticamente impermeabilizado de tanto porcaria que tem  nos produtos que a gente usa normalmente.

Ju Lopes Blogueira, Juro Valendo, Cosméticos orgânicos

As Promessas

O primeiro produto que testei foi um óleo capilar pra ser aplicado antes do shampoo (tipo uma umectação), que promete ser um soro de rejuvenescimento contendo dez óleos exóticos.

Esse óleo é, segundo a marca, uma super hidratação e nutrição que recupera, restaura e rejuvenesce os cabelos danificados e quimicamente tratados, promovendo mais brilho, mais força e um tratamento verdadeiro que atua no interior do fio. O detalhe é que ele é composto apenas por óleos essenciais, vegetais e mais nada, ou seja, é 100% puro!

óleo capilar orgânico

Contém óleos como o de  Camelina, que é rico em ômega 3, fortalece os cabelos frágeis, melhora a elasticidade e proporciona mais brilho, o de Baobab, que é altamente hidratante e nutritivo,  garante maciez e brilho, o de Marula, que  penetra profundamente nos fios para restaurar a perda da umidade e, como contém ácido palmítico, cria uma camada protetora que previne a quebra. Além disso, conta com o óleo de Borage, rico em minerais e vitaminas que nutrem e hidratam os fios, óleo de abacate, óleo de macadâmia e muito mais.

O Produto

A embalagem é de vidro, a textura é de um óleo muito fino e o cheiro é amadeirado e forte, como nos óleos essenciais mesmo.

A aplicação dele nos fios é simples: borrife o produto nas mãos três vezes (pro meu cabelo essa quantidade é suficiente) e aplique nos fios secos, começando das pontas até chegar na raiz (sim, esse tipo de óleo pode ser aplicado na raiz) e penteie os fios com uma escova. Deixe agir por meia hora ou, para resultados ainda mais potentes, por toda a noite e lave no dia seguinte.

óleo capilar orgânico, Ju Lopes, Juro Valendo

Como o óleo puro é rapidamente absorvido e é muito concentrado, não precisa usar muito, é pouquinho mesmo, mas os resultados são incríveis!

Os Resultados

Na terceira aplicação (pode aplicar sempre que quiser e eu, na primeira semana, apliquei dia sim, dia não) o cabelo já estava bem menos seco, menos poroso, sedoso, macio e com muito mais brilho. Ele recupera mesmo os fios, não maquia, sabe?

O diferencial desse produto é, primeiro, ser isento de todas as substâncias que prejudicam os fios, e, segundo, tratar de verdade o cabelo, que a cada aplicação melhora visivelmente e ganha “vida”.

Só tem duas coisas ruins: o cheiro, que é forte e lembra ylang ylang, e o preço, que é alto (48 Obamas), mas, pra mim, que tenho o cabelo quimicamente tratado, compensa, porque dá resultado e rende bastante.

óleo capilar orgânico

Gostei tanto que assim que meu shampoo e meu condicionador da Rahua, que também comercializa produtos orgânicos, acabarem, vou pedir os dessa linha, que, pelas resenhas  que li em blogs gringos, são tão bons quanto o óleo!

Pra quem quiser conferir, o link do produto é esse AQUI e a loja é super segura, porque eu conheço a Ro faz é tempo e, aliás, muitas meninas que me acompanham dos outros blogs conheciam a loja daqui do Brasil. Os produtos demoram, em média, 15 dias pra chegar.

Alguém já usou?

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…