25.05.2015

Aprenda a Escolher Os Melhores Produtos Para Cabelos

O mercado de produtos capilares é imenso e possui uma variedade enorme de marcas e opções, e no meio dessa “feira” é normal que a gente fique perdido, né? Mas montei um “esqueminha” pra ajudar a escolher os melhores produtos para cabelos e não cair em ciladas, vamos lá!

1. Identifique as necessidades do seu cabelo

A primeira coisa a fazer é descobrir de que o seu cabelo precisa. Nesse post aqui (Saiba do que seu cabelo precisa!) mostrei as fases do desgaste capilar e expliquei, em linhas gerais, como identificar as necessidades do cabelo, então o primeiro passo é dar uma lidinha nele.

 Melhores Produtos Para  Cabelos

A princípio, é bom observar isso:

  • O cabelo está sem brilho e ressecado? Então ele precisa de hidratação!
  • O cabelo está com frizz, volumoso, desalinhado ou poroso? Ele tá pedindo por nutrição!
  • O cabelo está fino, frágil, quebradiço e “elástico”? Ele grita por reconstrução!

 

E pra tirar todas as dúvidas sobre a necessidade de hidratação, nutrição e reconstrução, recomendo esses posts:

2. Pesquise, pesquise, pesquise!

Já sabe quais são as necessidades do seu cabelo e do que ele precisa? Ótimo, agora comece a pesquisar em blogs que você confie os melhores produtos pro que seu cabelo “está pedindo”. Por exemplo, se a sua maior necessidade é reconstrução, procure por “melhores reconstruções” e por aí vai.

Faça uma lista dos produtos mais citados, leia resenhas de diferentes blogs sobre cada um desses produtos e observe o cabelo da blogueira que testou, porque quanto mais parecido com o seu cabelo ou com a situação atual dos seus fios, maiores as chances de dar certo.

 Melhores Produtos Para  Cabelos

3. Cuidado com promessas milagrosas!

É claro que todo mundo quer um produto mágico que “resolva” todos os problemas do cabelo de uma só vez, e logo no primeiro dia. Só que isso não existe.

Portanto, muito cuidado com produtos que prometem resultado imediato, que prometem fazer tudo de uma vez, porque cabelo precisa de tratamento constante, e quanto mais danificado estiver, mais tempo demora pra que ele se recupere e mais cuidados serão necessários, como expliquei nesse post aqui.

Eu, Ju, prefiro produtos “honestos”, que não se dizem “bons pra tudo”, que são mais específicos e tratam a longo prazo, progressivamente, ao invés dos que prometem mundos e fundos e apenas maquiam o cabelo.

4. Prefira marcas conhecidas

A cada dia que vou ao salão ou na loja de cosméticos descubro marcas diferentes, e ao mesmo tempo que acho isso legal, porque abre o leque de possibilidades, fico receosa, porque o que não faltam são marcas de “fundo de quintal”, que não respeitam regras básicas de segurança e podem sim colocar em risco o seu cabelo e a sua saúde.

Claro que existem marcas pouco conhecidas que produzem bons produtos, mas, via de regra, as marcas maiores, sobretudo as que produzem produtos de uso profissional, investem mais pesado em tecnologia, e isso significa mais segurança, ativos e tecnologias mais potentes.

Existem exceções? Sim, pra confirmar a regra!

 Melhores Produtos Para  Cabelos

5. De olho no preço!

Já fiz um post aqui falando das “diferenças” entre produtos caros e baratos (leia aqui), e repeti lá o que falo sempre: preço alto não é, via de regra, sinônimo de qualidade, assim como preço baixo não é sinônimo de falta de qualidade.

Acontece que quanto mais danificado estiver um cabelo, mais ele precisará de produtos potentes, e esses produtos possuem ativos que costumam custar caro. Não tô falando de hidratações e nutrições mais simples, pra manutenção, tô falando principalmente de produtos que repõem massa capilar, de produtos de reconstrução pra cabelos extremamente danificados, pra cabelos com corte químico e por aí vai.

Sim, existem reconstruções boas e baratas, mas pra casos drásticos elas não dão conta. Então, nesses casos, é bom ficar atenta ao preço do produto, porque os mais potentes não são baratos.

Outra coisa que vale alertar: produtos importados são caros, principalmente porque as taxas de importação são altíssimas, então cuidado com promoções muito tentadoras e preços muito baixos, pois o produto pode ser falsificado. E sim, isso existe, eu já caí nesse “conto do vigário” e a primeira vista é altamente improvável que alguém desconfie que o produto é falso, porque da embalagem a textura, tudo é “fiel” ao original!

6. Prazo de validade

Antes de comprar o produto, olhe o prazo de validade! Já vi centenas de reclamações disso, principalmente na internet, de produtos enviados com a validade vencida ou prestes a vencer. Isso é mais comum nas “promoções”, mas é essencial que a gente observe isso em toda compra, né?

 Melhores Produtos Para  Cabelos

7. Pra quem compra na internet

Comprar na internet é uma maravilha e 90% das minhas compras são em lojas virtuais, mas é preciso tomar muito cuidado pra não cair em golpes!

É essencial verificar se a loja é confiável, qual o índice de reclamações e como é o atendimento ao consumidor. Pra isso, sempre antes de comprar dê uma olhadinha no Reclame Aqui. Quase todas as lojas possuem reclamações, e quanto maior a loja, maior será a quantidade, então veja se as reclamações estão sendo atendidas (lá mostra esse índice) e se os problemas tiveram solução.

E, mais uma vez, prefira lojas mais conhecidas, que têm tradição no mercado. Não são poucos os casos de gente que perdeu dinheiro em lojinhas virtuais, e teve um caso recente de uma loja que vendia aparelhos de celular e computadores, indicada por várias celebridades, que deu calote em meio mundo de gente!

E se tiver mais alguma dica, compartilha aí!

Beijos, Ju♥

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…
Cabelo Misto: 8 dicas certeiras Dormir melhor Passo a passo! 4 Dicas pra organizar sua vida! Hidratação Capilar Que Funciona! Pés macios com 4 dicas fáceis!