07.06.2016

Com Quem Realmente Você Pode Contar?

Já parou pra pensar com quem realmente você pode contar? Em quem são as pessoas que verdadeiramente estão ao seu lado e torcem por você? Fazia tempo que não pensava nisso, mas li ontem um texto do Matheus Rocha que, de verdade, me fez chorar.

Chorei, primeiro, de gratidão pelos amigos que tenho, que são poucos, mas são de verdade. Que sempre estiveram ao meu lado, que nos momentos mais difíceis me estenderam as mãos, que não usam máscaras e se mostram como são, que vibram com minhas vitórias e torcem por mim.

Chorei pensando na sorte que tenho em ter essas pessoas tão especiais que, mesmo espalhadas pelo mundo, então perto, presentes. Chorei por saber que elas entendem a minha falta de tempo e essa rotina louca, que conhecem as minhas falhas e defeitos, e que estão comigo mesmo assim.

Chorei por todas as vezes em que elas acreditaram em mim, quando nem eu conseguia. Por todas as vezes em que elas não me deixaram jogar os meus sonhos pro ar, acalmando meu coração, segurando a minha mão. Por todos os esporros e “sacodes”, por todas as verdades que berraram quando eu teimava em não ouvir. Por todas as vezes em que vi olhinhos brilharem e corações vibrarem por mim. Chorei, chorei mesmo, porque isso é raro.

Mas chorei também pensando no tanto de energia e tempo desperdiçados com gente que, no fim, só aparece quando precisa de alguma coisa ou quando não está tão bem assim, que não soma, só suga, e que eu, desatenta, sequer percebia. Chorei por gastar vida com quem não tem um segundo pra mim. Chorei porque me senti usada e, pior que isso, porque me permiti ser usada. Porque sim, a responsabilidade é minha.

E aí fiquei pensando que droga de carência é essa que faz com que a gente finja não perceber determinadas coisas, sabe? O que é isso que faz com que a gente aceite menos, muito menos, do que dá? Que medo é esse que nos faz manter na vida, como protagonistas, aqueles que sequer deveriam estar por lá?

Não sei se é só o medo de estar só. Acho que é mais que isso, mas ainda não sei “que mais” é esse. O que sei é que não quero mais perder tempo com gente assim, porque se não for de verdade, não serve mais pra mim.

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Escreva seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
12 comentários
  1. Tatti  07/06/2016 - 12h55

    Oi Ju, que texto foi esse que você leu?
    beijos

  2. NATALIE  07/06/2016 - 13h23

    Como assim, Brasil??? Que sintonia louca!!! Faz diiiiias que venho pensando (e conversando) sobre isso, Ju! Já ouvi coisas do tipo “mas você não pode ser dependente assim de tal e tal pessoa” e aí pensando sobre percebi que não se trata de dependência! Eu tenho comigo quem realmente acrescenta e faz diferença, pessoas (poucas) com quem eu posso “me despir” posso ser eu mesma, sem precisar fazer papel de perfeitinha para agradar (não tenho talento para ser atriz), com quem eu choro, dou risada, convido pra “encher a cara pra esquecer os problemas” e nunca encho…kkkkkkkkk. São poucos, sim. Conto nos dedos das mãos e sobra, se vacilar…mas são DE VERDADE! E mais que isso, me aceitam DE VERDADE como sou…por isso são os melhores e sou grata a Deus por isso! Emocionei…parando por aqui..kkkkkkk beijoooo

    • Ju  07/06/2016 - 14h38

      hahahaha É difícil, né Nat? Fiquei pensando nisso ontem de noite por horas…

  3. Erica Fidalgo  07/06/2016 - 14h48

    Maturidade nos faz ver isso…

  4. Silvia Camargos  07/06/2016 - 16h00

    Mais uma vez , com este texto a vida me ensinando a me livrar do que me faz mal… Adorei o texto !!!

  5. Patricia Sachs  07/06/2016 - 16h03

    Ju, sua linda, citei um dos seus posts no meu site, viu? É um post que fala sobre máscaras de cílios e recomendei sua receitinha de crescimento pra cílios: http://patriciasachs.com.br/porque-voce-nao-deveria-recuperar-sua-mascara-de-cilios-ressecada/

    Adoro seu blog, tá nos meus favoritos! haha
    Beijão!

    • Ju  07/06/2016 - 16h04

      Pati, linda, obrigada! :)
      Já vou olhar!
      Beijos

  6. Brenda  08/06/2016 - 20h01

    Muito bom esse texto, Ju! Me sinto assim, já acordei pra essa realidade, mas as vezes não é tão fácil se livrar dos “sanguessugas”. Beijoss

  7. Nadia Paula  23/06/2016 - 12h30

    Afffeee. Ju! Li só hj esse seu texto… e na boua? Acordei pensando nisso hj…
    Reflexão total :(

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…
As leitoras mais incríveis da vida
    Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
    Poste no instagram uma foto com a hashtag
    #JuroValendo