Vizcaya
27.09.2019

Sobre Esgotamento Mental

Só hoje, depois de mais de um ano, consegui sentar aqui pra falar com vocês sobre uma coisa que pra mim era uma “fraqueza”: esgotamento mental.

Quando vasculho minhas memórias sempre vejo uma Julliana forte, que sempre fazia e dava conta de tudo, não importavam as circunstâncias.

Na verdade, o normal pra mim sempre foi ser “incansável”, dormir pouquíssimas horas por noite, virar noites estudando, passar 18 horas sentada em uma cadeira “produzindo” porque, afinal, a vida não espera.

Eu tinha (e tenho) sonhos a realizar, metas pra bater, responsabilidades e obrigações. E nunca me passou pela cabeça a possibilidade de não conseguir fazer tudo no prazo que determinei.

E não importava a que custo.

esgotamento mental

E bati muitas metas, realizei muitos sonhos, senti orgulho do quanto eu era “forte”, enfim.

O problema é que eu ainda não tinha entendido que não era uma máquina. Que existiam limites.

E aí, junto com dezenas de coisas maravilhosas que construí, veio junto uma porção de coisas que não apenas eu não queria, mas que negava.

Esgotamento Mental, prazer!

Afinal, o que poderia ser mais importante que tirar 10 em uma prova ou ter 1 milhão de acessos por mês no blog ( que logo depois foi pra 2, 3, 4, 5…), não é mesmo?

Me acostumei tanto a passar dia e noite estudando e trabalhando desde cedo que aos 30 eu mal conseguia sair de casa.

Pior: não via nada de errado. Achava ótimo, aliás, assim tinha mais tempo pra “fazer as minhas coisas”.

Meu corpo e minha cabeça com certeza achavam o contrário, e quando todos os médicos que fui repetiram que eu estava estressada, que precisava desacelerar e ter qualidade de vida achei que eles eram preguiçosos.

Porque né, “tudo agora é estresse”.

Pouco tempo depois tive falência adrenal. Era o corpo berrando. Comecei o tratamento medicamentoso mas não mudei meus hábitos.

Eu ria e revirava os olhos diante dessa possibilidade.

Aí veio a síndrome de Burnout, ” uma frescura, coisa de gente preguiçosa que fica criando desculpa e doença que não existe”.

Estava no máximo cansada, nada que uns dias de férias não resolvessem.

E até tentei tirar férias há uns anos, viajar, mas continuava trabalhando de lá.

“De repente”, com pouco mais de 30 anos, já estava repondo um monte de hormônios e tendo dezenas de sintomas. Era óbvio que a coisa não estava funcionando, mas eu não tinha tempo.

Aí comecei a “falhar”, a não conseguir dar conta de tudo. Logo depois veio uma crise de pânico. Era o calor, obviamente (contém ironia).

O tempo foi passando e no meio do ano passado tive uma viagem a trabalho. Estava em Vitória da Conquista e ia pra Brasília.

Peguei um táxi cedinho, sofri um sequestro relâmpago e passei mais de 1 hora presa em um carro. Durante esse tempo só conseguia pensar que tinha perdido o voo e chegaria atrasada pra fazer o trabalho.

E sim, peguei outro voo algumas horas depois, com 4 escalas, cheguei em Brasília as 23 h e fui direto pro local onde iria fazer a ação. E fiz, fiquei lá até as 5 a manhã.

Não me permiti sentir nada, engoli o choro, o medo, a raiva e todo o resto porque eu não tinha tempo pra isso.

E continuei empurrando com a barriga, sem conseguir dormir e sem conseguir acordar. Sem conseguir produzir. Sem me permitir viver.

A conta, ela chega!

Só que eu não só não enxergava isso como negava todos os diagnósticos possíveis.

Até um dia em que estava tão, mas tão esgotada que não consegui mais chorar. Nem levantar. Nem nada.

Ali, naquele momento, comecei a entender, ainda que superficialmente, o que estava acontecendo comigo.

E decidi, mais por medo que por qualquer outra coisa, me dar todo o tempo necessário, mesmo que isso fosse contra tudo o que eu acreditava. Me dar qualidade de vida.

E aí se passou um ano e agora sim me sinto melhor.

E muitas vezes quis sentar aqui e conversar com vocês. Falar que queria estar produzindo centenas de conteúdo o tempo todo, mas não conseguia.

Era inaceitável admitir que estava esgotada física e mentalmente, inclusive pra continuar, no mesmo ritmo, fazendo o que mais amava.

Não fazia sentido, sabe? Não fazia porque o blog me salvou de muito mais formas do que vocês podem imaginar. Mas naquele momento a única pessoa que poderia fazer isso por mim era eu.

Não foi fácil encarar minhas vulnerabilidades, não saber até onde meu corpo e minha cabeça iriam aguentar. E não era o momento, ainda, de falar sobre isso.

Não foi fácil ter milhões de dúvidas durante esse tempo e deixar de compartilhar um mundo de coisas com vocês, que sempre estiveram comigo.

Quase nada foi fácil, aliás, e tentei de todas as formas possíveis “manter a normalidade”. Não consegui, obviamente, mas fiz o que pude, tenham certeza disso.

E precisava, realmente, estar comigo. Me reencontrar, reconhecer, reconectar e, sobretudo, estabelecer limites. Enxergar uma Julliana além do trabalho e das obrigações. Aceitar me sentir cansada, compreender que tava faltando vida em mim, pra mim.

“Acho” que aprendi. E é bom que tenha aprendido mesmo porque não quero viver isso nunca mais.

E se posso dar um conselho a você é: se dê tempo, tempo pra viver, pra ser você. Respeite seus limites, vá com calma, o mundo não acaba hoje não…

E respeite o tempo das pessoas. Você não tem ideia do que pode estar acontecendo na vida do outro.

No mais, é isso. Tô de volta, tô me sentindo pronta pra isso. Com todo compromisso do mundo com vocês, mas com muito mais leveza. Como deve ser.

Amo vocês!

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Me segue lá no Instagram ⇒ @jurovalendo

Vizcaya
16.09.2019

Leite de Aveia Davene: As Novas Versões

O Leite de Aveia Davene é um clássico que atravessou gerações, e amo o cheirinho original, que tem cheiro de aconchego e colo de mãe.

Mas agora, além da versão original, temos novas versões, todas deliciosas: Óleo de Amêndoas, Intensa, Hipoalergênica Sem Perfume e Mel Puro, que ganhou meu coração!

Uma coisa que não posso deixar de falar: além de dermatologicamente testados e hipoalergênicos, os produtos não são testados em animais.

Vamos por partes, né?

leite de aveia original da davene

Leite de Aveia Davene Original

A versão original, que existe desde 1977, é formulada com extrato de aveia, que tem ação hidratante de nutritiva.

O cheirinho é o mesmo de quando eu ficava sentadinha olhando Mainha passar no corpo todo… impossível esquecer!

Tem rápida absorção, não deixa a pele grudenta nem melequenta, e garante uma pele macia e suave, do jeito que a gente gosta.

Mel Puro

Sou louca por produtos com cheirinho de mel e esse é maravilhoso demais, gente! E ainda fica na pele, sabe?

Também é indicado para todos os tipos de pele, contém extrato de aveia e de mel, que é rico em aminoácidos, minerais e vitaminas essenciais para a saúde da pele.

Quem gosta do cheirinho de mel com certeza vai se apaixonar!

Óleo de Amêndoas

Indicado para peles secas, a versão com óleo de amêndoas oferece uma hidratação mais potente e cheiro de amêndoas doces, mas que não enjoam.

Assim como todas as outras versões, tem extrato de aveia. Mas, é enriquecido com óleo de amêndoas, muito rico em vitaminas e ótimo pra combater o ressecamento mais pesado.

Leite de Aveia Intensa

Indicado para peles extra-secas, a versão Intensa tem uma textura mais cremosa e um cheirinho mais, digamos, sofisticado, sabe?

Ele é mais potente que a versão Óleo de Amêndoas, mas ainda assim não deixa resquícios e seca rapidinho.

Uma excelente opção para peles muito ressecadas, que precisam de um cuidado a mais.

Hipoalergênico sem perfume

Indicado para peles mais delicadas, bem como para quem prefere hidratantes sem cheiro, essa versão é ótima para peles mais sensíveis, já que sua formulação minimiza o possível surgimento de alergias.

Todas as versões contém 180 ml e uma embalagem com arzinho vintage e elementos visuais lá da primeira versão.

Achei esse “resgate” visual das embalagens muito legal, chego no mercado e já vou direto na tampa vermelha! hahaha

Todas as versões do Leite de Aveia Davene custam R$9,50, são vendidos em mercados e farmácias de todo país e possuem um rendimento super bom!

Além de me trazer as melhores lembranças, claro! Isso também acontece com vocês? Falei mais disso no primeiro post do De mãe pra filha…De filha pra mãe!

Clica pra conferir, e aproveita pra ver mais posts como esse lá no instagram!

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Me segue lá no Instagram ⇒ @jurovalendo

03.09.2019

Concentrado Clareador Adcos: Melan-Off Para Manchas!

Quem me acompanha no Instagram (@jurovalendo, segue lá!) bem sabe o quanto eu tava agoniada pra resenhar o Melan-Off Concentrado Clareador Adcos, porque ele é bom demais!

Recebi e postei nos stories comentários de várias leitoras que vinham testando a mais tempo, mas esperei completar completar 6 semanas de uso pra dar meu parecer.

concentrado clareador adcos

E se você tem manchas, melasma ou deseja uma pele mais uniforme e luminosa, vem comigo!

Melan-Off Concentrado Clareador: Promessas

De acordo com a Adcos, “o Melan-Off Concentrado Clareador é um sérum desenvolvido para clareamento de manchas, deixando sua pele mais uniforme e corrigindo sua tonalidade.

Possui máxima concentração de ativos clareadores e proteção contra a luz visível, prevenindo e tratando os sinais de hiperpigmentação e melasma.

Concentrado Clareador quem usou

Esse clareador de manchas atua em todas as etapas do processo de pigmentação da pele: produção, liberação e armazenamento de melanina, agindo nos mais diversos tipos de manchas, inclusive de acne.

Pode ser aplicado na face, axila, virilha, colo e mãos.

Com associação sinérgica dos ingredientes mais modernos utilizados na dermatologia, como o Ácido Tranexâmico, Phe-Resorcinol, Oligopeptídeo-33, Niacinamida e Ácido Salicílico, o dermocosmético atua em todas as etapas do processo de pigmentação da pele: produção, liberação e armazenamento de melanina.

melan off adcos

Além disto, graças ao ativo inovador análogo da melanina, o novo Melan-Off Concentrado Clareador possui proteção contra a luz visível, presente na radiação solar e equipamentos eletrônicos, responsável por estimular a produção da melanina, aumentando manchas e melasmas.

No mais, possui como um dos benefícios para o clareamento e homogeneidade da pele a possibilidade do uso durante o dia e em épocas de alta exposição à radiação solar, como o verão.

As promessas dele são música para meus ouvidos, e a forma de uso é bastante simples: basta aplicar sobre a área a tratar duas vezes ao dia, pela manhã e à noite.

embalagem

Também pode ser usado associado com o Sérum Renovador Neoderm Complex para um peeling clareador, mas sobre isso a gente fala em outro post!

Resenha do Concentrado Clareador Adcos

A embalagem é super bonita e resistente, e o pump possui dosador com tamanho ideal para evitar desperdícios.

A textura é cremosa e bastante leve. Ele é clarinho e o cheiro é suave.

Tenho usado no rosto (tenho melasma no buço) e colo, e é apenas o melhor clareador que já usei na vida!

Inclusive, tenho diversos clareadores aqui, mas é algo que raramente resenho porque dificilmente vejo resultados, sabe? Vinha usando a versão manipulada, receitada pela minha dermato, que custa quase 30% a mais que o Melan-Off e não é tão potente quanto.

Aplico diariamente em todo o rosto, e nas últimas semanas tenho usado somente de noite.

Ele espalha fácil e bastam 2 pumps pra cobrir meu rosto inteiro. Ou seja, o rendimento é ótimo.

Muito confortável de usar, não irrita nem sensibiliza a pele, e entrega resultados rapidamente.

promessas adcos

E aí, funciona?

A primeira coisa que notei, além de uma ótima hidratação, foi uma maior luminosidade, seguida por uniformização no tom da pele. Isso foi na segunda semana de uso.

Algumas manchinhas de acne clarearam bastante a partir da quarta semana. O melasma, que não tem cura, tá bem controlado, praticamente invisível. Melhor: não tive nenhum tipo de efeito adverso.

Importante ressaltar isso porque o uso ácido tranexâmico costuma causar acne na minha pele, além de um pouco de vermelhidão, e com o Concentrado Clareador não aconteceu isso nem quando estava usando duas vezes no dia.

composição concentrado clareador

É um daqueles produtos que a gente garra amor e não larga mais nunca, vai por mim!

Inclusive, agora que passou em todos os testes e vi que a ação clareadora é intensa e não irrita, vou começar a usar na virilha. Depois conto o resultado pra vocês!

Preço e onde comprar?

O Concentrado Clareador é vendido na loja virtual da Adcos e custa R$219,00 (compre aqui).

Como entrega o resultado que promete, e rápido, rendendo bem (não usei nem 25% do pote!), compensa demais!

5 Fotos em momentos bem diferentes: sem absolutamente nada no rosto, antes da rotina de pele/ rotina feita, usando protetor/ na piscina, somente com protetor matificante/ rotina feita, finalizei com o protetor com cor em bastão da Adcos + make leve/ com make leve / com a make um pouco mais marcada, usando base.

Alguém já usou? Me conta o que achou! E se quiser conferir a opinião de outras leitoras sobre ele é só olhar os destaques lá no Instagram (tá em #Peles)!

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Me segue lá no Instagram ⇒ @jurovalendo

*Publicidade

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…