Vizcaya
18.05.2018

Protetor Solar Causa Acne! Será?

Venho falando bastante no stories sobre proteção solar, e uma reclamação recorrente é que o protetor solar causa acne.

Conversei com várias leitoras que se queixaram disso, observei, pelas respostas, que não são só meninas de pele oleosa, mas seca, mista e normal também, e acontece com protetores de várias marcas, tanto nacionais como as asiáticas.

E como esse é o nosso mês do especial de proteção solar, acho importante esclarecer essa dúvida e o que aprendi com a minha dermato.

1. O protetor solar ideal para sua pele

O básico aqui é entender que cada pele possui características e necessidades diferentes, e justamente por isso é essencial usar um protetor solar que seja adequado para a sua pele.

Protetor Solar Causa Acne

E isso vale para todo tipo de pele, viu?

Observar a textura, a composição e a indicação expressa na embalagem ajuda, mas o correto mesmo é ter a indicação de um dermatologista.

Porquê? Porque, por exemplo, um protetor pode funcionar super bem em uma pessoa de pele oleosa, mas não funcionar corretamente em outra que tenha pele oleosa e melasma, ou pele oleosa e sensível.

Não dá pra consultar um dermato agora? Pesquise muito, vá em fontes confiáveis e veja resenhas de pessoas que tenham a pele parecida com a sua (e que você confie). Não é a mesma coisa, lógico, mas pode ajudar.

2. O Protetor Solar Causa Acne?

O protetor solar, independente da marca, não possui, em regra, ativos que acelerem a produção das glândulas sebáceas, aumentando a oleosidade ou causando espinhas

Os protetores mais antigos, que tinham uma quantidade grande de óleos na composição e textura mais pesada aumentavam a oleosidade da pele e, em alguns casos, chegavam a obstruir as glândulas sebáceas, o que podia causar espinhas.

Contudo, a cosmética evoluiu, as fórmulas foram modificadas e faz bastante tempo, anos, pra ser mais exata, que não encontro um protetor desse tipo, mesmo os indicados para peles secas.

Então, o protetor solar, o produto em si, não é a causa direta da acne. Mas o seu uso, em determinados casos, pode sim causar o problema.

Ficou confusa? Calma que já explico!

Acne cosmética /acne por oclusão

Aqui existem várias possibilidades, e precisamos ficar atentas especialmente a essas:

1. Protetor solar X Limpeza

Protetores com alto poder de oclusão e muito aderentes, como os da Bioré, por exemplo, que amo, são os mais propensos a causar acne cosmética, mas isso pode acontecer com qualquer produto, a depender dos seus cuidados com a pele, sobretudo da limpeza.

Protetor Solar Causa Acne

É fundamental que o protetor solar seja removido completamente, com higienização adequada, indicada especificamente para aquele produto. Quando isso não acontece, e tem que ser todos os dias, os poros vão ficar obstruídos e a acne vai aparecer.

É por isso que sempre limpo a pele com água micelar (ou demaquilante bifásico ou óleo de limpeza) antes de usar um sabonete facial.

É preciso remover de forma adequada o protetor solar, e também a maquiagem e demais cosméticos antes de lavar a pele. E a depender dos produtos que você usa, essa remoção deve ser feita com produtos a base de óleo, já que os produtos lipossolúveis precisam de “gordura” e não apenas de água para serem “dissolvidos”.

2. Fotoproteção adequada

Quem faz a fotoproteção correta, com a quantidade recomendada de protetor solar (1 colher das de chá para rosto, pescoço,  orelhas e cabeça), tende a sofrer com a acne, o que é ainda mais comum com o uso de protetores aderentes e em quem já tem a pele oleosa.

Se, associado a isso, você não remove o protetor de forma apropriada e não faz a higienização de forma precisa, é altamente provável que as espinhas surjam.

Então, além de limpar do modo correto, coisa que vou explicar nos próximos posts, é importante usar produtos (prescritos pelo dermatologista) com ação queratolítica, esfoliativa e/ou antiinflamatória para prevenir e também tratar a acne por oclusão.

Gosto muito de usar produtos com ácido glicólico para ajudar nisso, mas no momento, como estou tratando a acne hormonal, tenho usado o Epiduo, vulgo arranca couro, que também tem auxiliado nessa questão.

Minha dermato receitou o Epiduo, que é uma associação de adapaleno e peróxido de benzoíla com excelente atividade antiinflamatória, queratolítica e antibacteriana no tratamento da acne, mas apenas por 1 mês, então em junho já volto para o ácido glicólico (e/ou retinoico, vamos ver rs).

Resumindo

O protetor solar, em regra, não é o responsável pela acne.

Mas o seu uso deve estar inserido em uma rotina (indicada por um dermatologista) que inclua limpeza e, em muitos casos, uso de produtos adequados para “refinar”, limpar e esfoliar os poros, prevenindo a acne.

Sei que são muitos detalhes, mas prometo explicar, com a ajuda da minha dermatologista, o máximo de coisas pra vocês, tá?

E qualquer dúvida é só deixar nos comentários!

No mais, acompanhem o Peles Que Contam Histórias aqui no blog e no Instagram (os stories estão salvos em Pele, no destaque da Bio), e fiquem tranquilas que teremos muitos posts com dicas, informações e indicações de produtos (para todos os bolsos).

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…