04.02.2019

Urban Detox Mask Nivea Minimiza Poros

Vocês viram que a Nivea lançou máscaras faciais? Venho testando desde dezembro e hoje vamos prosear sobre a Urban Detox Mask Minimiza Poros 1 Minuto!

Sempre usei as coisas da Nivea, e a marca é das mais pedidas no #Peles, justamente porque consegue entregar muitos produtos de qualidade, com um preço super justo, que cabe no orçamento da imensa maioria.

Fiquei em dúvida sobre qual máscara resenhar logo, a Hidratante ou a Minimiza Poros, mas achei essa última mais interessante para o meu tipo de pele e também pro verão, que é quando a oleosidade piora ainda mais.

urban detox mask nivea minimiza poros

De acordo com a marca, “a Urban Detox Mask Minimiza Poros, que age em apenas 1 minuto, conta com extrato de magnólia e uma fórmula com efeito de calor, que abre os poros para uma limpeza profunda, deixando a pele livre de impurezas e com os poros minimizados.

Além disso, diz reduzir as agressões quotidianas e poluentes, garantindo um efeito detox, o que deixa a pele mais limpa, macia e com aspecto saudável.”

Ajuda a combater a acne, é dermatologicamente testada e, no site da Nivea, diz ser indicada para todos os tipos de pele.

Como usar a Urban Detox Mask Minimiza Poros

Com a função de limpar profundamente a pele, a máscara Minimiza Poros deve ser aplicada da seguinte forma:

urban detox mask nivea minimiza poros
  1. Molhe o rosto.
  2. Com as mãos secas, aplique um pouco da máscara na ponta dos dedos.
  3. Aplique a máscara no rosto úmido, massageando suavemente de forma circular, e evitando contato com os olhos e os lábios.
  4. A máscara não fica rígida nem “seca” na pele, e basta deixar agir durante 1 minuto.
  5. Em seguida, enxágue a pele completamente.

Resenha da Máscara Urban Detox Mask Minimiza Poros

A embalagem é plástica, conta com tampa de flip-top e vem com 75 ml de produto.

A textura lembra um gel translúcido aveludado super leve e mais fluído. O cheiro é bem suave e gostoso.

Em um primeiro momento, ela me lembra um sabonete facial, e algumas leitoras de pele muito oleosa comentaram que estão usando dessa forma e obtendo ótimos resultados.

urban detox mask nivea minimiza poros

A aplicação é simples, ela espalha facilmente e assim que o produto toca na pele a coisa esquenta, mas nada que vá incomodar, sabe? Tanto a textura quanto o sensorial e o “quentinho” são bem gostosos.

No primeiro uso não notei nenhuma diferença imediata na pele, exceto a sensação de que ela estava bem mais limpa, uma limpeza profunda mesmo. E aí resolvi testar como vocês falaram no Instagram, porque né, queria ver os resultados logo rs.

Durante uma semana apliquei diariamente no rosto, como se fosse um sabonete facial mesmo, mas seguindo a forma de uso indicada, e lá pro quarto dia comecei a perceber uma melhora na uniformidade da pele, que nem é uma promessa do produto, e na aparência dos poros.

Notei, também, um maior controle da oleosidade, que, com o uso diário, acabou se tornando excessivo pra mim, que também tenho a pele sensível e mega reativa.

urban detox mask nivea minimiza poros
Ela esquenta real! E tá faltando removedor de esmaltes nessa casa! hahaha

É que usando todos os dias a pele começou a repuxar, e aí fui usando em dias alternados, e depois fiquei em duas vezes na semana.

Ela funciona?

O que percebo é que é um produto bem eficiente para limpar a pele e os poros, removendo realmente as impurezas e sujidades, o que deixa a pele mais sequinha, lisinha e com poros mais mechados.

Então sim, ela funciona bem e entrega o que promete. Mas, a frequência de uso, na minha pele, influenciou no resultado. Então, é bom testar de formas diferentes pra ver qual a frequência ideal para o seu caso.

Custa R$29,90, é vendida em farmácias e mercados e tem bom rendimento. Gostei!

urban detox mask nivea minimiza poros

Alguém já testou? Conta o que achou! Gostei bem mais dessa que da versão hidratante, viu? Mas quem tem a pele seca pode gostar mais da outra…

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

21.08.2018

*Glycare Sérum Mantecorp

: Rejuvenescedor Multibenefícios!

Já tinha falado do Glycare Sérum, da Mantecorp, por aqui mês passado, quando mostrei minha rotina de cuidados com a pele no inverno, lembram? Pois hoje tem a resenha completinha dele!

Fiquei muito interessada nesse produto por ser um rejuvenescedor que entrega multibenefícios e, também, por ser ideal para peles mistas e oleosas.

E isso faz diferença, gente! Porque quanto mais benefícios um produto entrega, mais enxuta pode ser a nossa rotina de cuidados.

glycare sérum mantecorp resenha

Por outro lado, a imensa maioria dos rejuvenescedores que venho testando não levam em conta a questão da oleosidade da pele, o que, pra mim, é essencial, pois não quero nada que piore isso, né?

Mas, vamos pra resenha!

Glycare Sérum Mantecorp: O que é e  Para que serve

De acordo com a marca, o Glycare Sérum é um rejuvenescedor que contém em sua formulação  ácido glicólico nanoencapsulado,  niacinamida e uma associação de componentes hidratantes que proporcionam melhora nos sinais do envelhecimento.

O ácido glicólico é um importante agente de renovação celular que proporciona melhora na textura e uniformização da pele, dentre outras coisas. Inclusive,  já fiz um post aqui sobre ele, ó: 3 razões para amar o ácido glicólico.

glycare sérum mantecorp resenha

E o Glycare sérum diz entregar o ácido glicólico de duas formas:

  1. Matriz Nano D, para liberação prolongada.
  2. Nanotectologia, para permeação mais profunda.

Já a niacinamida aumenta a síntese de ceramidas e ácidos graxos, fortalecendo a barreira cutânea e mantendo a pele protegida e hidratada. Também melhora a textura da pele, vez que estimula a renovação celular, regenera o tecido cutâneo e é uma aliada no controle da produção de sebo, o que ajuda a evitar o surgimento de cravos e espinhas.

A depender da concentração também ajuda a reduzir a hiperpigmentação e uniformizar o tom da pele sem causar irritações ou ter ação  fotossensibilizante.

glycare sérum mantecorp resenha

E o melhor de tudo é que tem boa tolerância em todos os tipos de pele, inclusive nas mais sensíveis e reativas, como a minha. É que ela também previne o aparecimento de coceiras, irritações e vermelhidão.

Multibenefícios, o Sérum Glycare  promete ajudar na proteção contra o fotoenvelhecimento, controlar a oleosidade, reduzir poros aparentes, uniformizar o tom da pele, melhorar a textura, maciez, firmeza e elasticidade da pele, atuar na renovação celular, promover melhora nas rugas e linhas de expressão, assim como nos sinais de envelhecimento do rosto, colo e pescoço.

A fórmula do produto é ideal para peles mistas e oleosas, e ele é dermatologicamente e oftalmologicamente testado.

glycare sérum mantecorp resenha

Como Usar

A forma de uso indicada na embalagem é bastante simples: aplique uma fina camada do produto no rosto, pescoço e colo, com a pele limpa e seca, massageando até completa absorção.

Não deve ser aplicado nas pálpebras, no canto externo do nariz e dos lábios, nem em áreas lesionadas ou irritadas.

Usar duas vezes ao dia, ou conforme orientação médica.

Comecei usando uma vez ao dia, em dias alternados, no período noturno, e como minha pele tolerou bem, segui a recomendação da minha dermatologista (antes de usar qualquer produto, consultem o dermato de vocês!) e passei a usar de manhã e de noite todos os dias.

glycare sérum mantecorp resenha

Sempre começo o uso dos ácidos aos poucos pra ver como a pele vai reagir, e é comum, nas primeiras aplicações, sentir a pele pinicando ou mais ressecada, mas com esse isso não aconteceu.

Glycerare Sérum Mantecorp: Resenha

A embalagem tem um acabamento bonito e resistente e conta com um pump com bico dosador do tamanho ideal para evitar desperdícios.

São 30 ml de produto, e rende muito, vez que basta uma quantidade pequena para espalhar por todo o rosto e pescoço (no colo estou usando apenas de noite). Estou usando há 51 dias e está chegando na metade agora.

glycare sérum mantecorp resenha

glycare sérum mantecorp

Com 30 dias de uso, , pela manhã, antes da rotina facial.

O sensorial dele faz muita diferença: a textura é leve, cremosa e tem um toque perolado. Ele é clarinho e o cheiro é quase imperceptível, muito discreto.

O uso é muito confortável, ele espalha facilmente, não deixa nenhum tipo de sensação oleosa e, na minha pele, promove uma sedosidade instantânea, sem causar nenhum tipo de irritação.

Após a terceira semana de uso, e está tudo  salvo nos stories, lá no Instagram (é só procurar por Peles nos destaques que tem as aplicações e a evolução da pele lá), era visível a melhora na textura da pele, no controle da oleosidade, nos poros, que começaram a ficar mais “fechadinhos”, na uniformidade e também na luminosidade da pele.

glycare sérum mantecorp resenha

A pele foi ganhando mais viço, ficando mais lisa, suave ao toque  e revitalizada. Também não tive nenhum episódio de acne cosmética durante o período de uso (falei sobre isso aqui).

Mas, além da melhora geral da pele, que é nítida, me chamou atenção a ação rejuvenescedora do produto, sua ação  nas linhas que tenho no canto externo dos olhos (3.6, minha gente!) e o fato de entregar, em pouco tempo, um resultado tão bom.

Tô amando a aparência da minha pele (fora as olheiras, mas já comecei a tratar “minhas meninas” rs) e é, com certeza, um dos melhores rejuvenescedores que já usei!

glycare sérum mantecorp resenha

Preço e onde comprar

O Glycare Sérum é vendido em farmácias e o preço médio é R$156,00.

Quem já usou ou está usando? Conta aí o que achou! E pra acompanhar os posts do Peles Que Contam Histórias é só clicar aqui. Os testes e rotinas de pele, tudo em tempo real, sem cortes, rola lá nos stories do Instagram (@jurovalendo).

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Facebook ♥ Pinterest ♥ Twitter⇒ @jurovalendo

*Publicidade. A Mantecorp é uma das marcas que acredita e faz parte do Peles Que Contam Histórias.

18.05.2018

Protetor Solar Causa Acne! Será?

Venho falando bastante no stories sobre proteção solar, e uma reclamação recorrente é que o protetor solar causa acne.

Conversei com várias leitoras que se queixaram disso, observei, pelas respostas, que não são só meninas de pele oleosa, mas seca, mista e normal também, e acontece com protetores de várias marcas, tanto nacionais como as asiáticas.

E como esse é o nosso mês do especial de proteção solar, acho importante esclarecer essa dúvida e o que aprendi com a minha dermato.

1. O protetor solar ideal para sua pele

O básico aqui é entender que cada pele possui características e necessidades diferentes, e justamente por isso é essencial usar um protetor solar que seja adequado para a sua pele.

Protetor Solar Causa Acne

E isso vale para todo tipo de pele, viu?

Observar a textura, a composição e a indicação expressa na embalagem ajuda, mas o correto mesmo é ter a indicação de um dermatologista.

Porquê? Porque, por exemplo, um protetor pode funcionar super bem em uma pessoa de pele oleosa, mas não funcionar corretamente em outra que tenha pele oleosa e melasma, ou pele oleosa e sensível.

Não dá pra consultar um dermato agora? Pesquise muito, vá em fontes confiáveis e veja resenhas de pessoas que tenham a pele parecida com a sua (e que você confie). Não é a mesma coisa, lógico, mas pode ajudar.

2. O Protetor Solar Causa Acne?

O protetor solar, independente da marca, não possui, em regra, ativos que acelerem a produção das glândulas sebáceas, aumentando a oleosidade ou causando espinhas

Os protetores mais antigos, que tinham uma quantidade grande de óleos na composição e textura mais pesada aumentavam a oleosidade da pele e, em alguns casos, chegavam a obstruir as glândulas sebáceas, o que podia causar espinhas.

Contudo, a cosmética evoluiu, as fórmulas foram modificadas e faz bastante tempo, anos, pra ser mais exata, que não encontro um protetor desse tipo, mesmo os indicados para peles secas.

Então, o protetor solar, o produto em si, não é a causa direta da acne. Mas o seu uso, em determinados casos, pode sim causar o problema.

Ficou confusa? Calma que já explico!

Acne cosmética /acne por oclusão

Aqui existem várias possibilidades, e precisamos ficar atentas especialmente a essas:

1. Protetor solar X Limpeza

Protetores com alto poder de oclusão e muito aderentes, como os da Bioré, por exemplo, que amo, são os mais propensos a causar acne cosmética, mas isso pode acontecer com qualquer produto, a depender dos seus cuidados com a pele, sobretudo da limpeza.

Protetor Solar Causa Acne

É fundamental que o protetor solar seja removido completamente, com higienização adequada, indicada especificamente para aquele produto. Quando isso não acontece, e tem que ser todos os dias, os poros vão ficar obstruídos e a acne vai aparecer.

É por isso que sempre limpo a pele com água micelar (ou demaquilante bifásico ou óleo de limpeza) antes de usar um sabonete facial.

É preciso remover de forma adequada o protetor solar, e também a maquiagem e demais cosméticos antes de lavar a pele. E a depender dos produtos que você usa, essa remoção deve ser feita com produtos a base de óleo, já que os produtos lipossolúveis precisam de “gordura” e não apenas de água para serem “dissolvidos”.

2. Fotoproteção adequada

Quem faz a fotoproteção correta, com a quantidade recomendada de protetor solar (1 colher das de chá para rosto, pescoço,  orelhas e cabeça), tende a sofrer com a acne, o que é ainda mais comum com o uso de protetores aderentes e em quem já tem a pele oleosa.

Se, associado a isso, você não remove o protetor de forma apropriada e não faz a higienização de forma precisa, é altamente provável que as espinhas surjam.

Então, além de limpar do modo correto, coisa que vou explicar nos próximos posts, é importante usar produtos (prescritos pelo dermatologista) com ação queratolítica, esfoliativa e/ou antiinflamatória para prevenir e também tratar a acne por oclusão.

Gosto muito de usar produtos com ácido glicólico para ajudar nisso, mas no momento, como estou tratando a acne hormonal, tenho usado o Epiduo, vulgo arranca couro, que também tem auxiliado nessa questão.

Minha dermato receitou o Epiduo, que é uma associação de adapaleno e peróxido de benzoíla com excelente atividade antiinflamatória, queratolítica e antibacteriana no tratamento da acne, mas apenas por 1 mês, então em junho já volto para o ácido glicólico (e/ou retinoico, vamos ver rs).

Resumindo

O protetor solar, em regra, não é o responsável pela acne.

Mas o seu uso deve estar inserido em uma rotina (indicada por um dermatologista) que inclua limpeza e, em muitos casos, uso de produtos adequados para “refinar”, limpar e esfoliar os poros, prevenindo a acne.

Sei que são muitos detalhes, mas prometo explicar, com a ajuda da minha dermatologista, o máximo de coisas pra vocês, tá?

E qualquer dúvida é só deixar nos comentários!

No mais, acompanhem o Peles Que Contam Histórias aqui no blog e no Instagram (os stories estão salvos em Pele, no destaque da Bio), e fiquem tranquilas que teremos muitos posts com dicas, informações e indicações de produtos (para todos os bolsos).

Beijos, Ju♥

Bora papear mais? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…
As leitoras mais incríveis da vida
    Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
    Poste no instagram uma foto com a hashtag
    #JuroValendo