21.12.2014

Sobre a Minha Dieta

Desde que comecei a postar mais coisas de dieta, inclusive receitas, tô recebendo muitas perguntas sobre qual a dieta, o que tô comendo e coisas do tipo, então resolvi fazer um post contando, mas antes quero falar dos motivos que me lavaram a encarar uma dieta de verdade.

Já falei por aqui algumas vezes, e não é segredo pra ninguém, que sempre fui fofinha, e pela minha estrutura corporal sei que jamais serei fininha. Tenho perna demais, bumbum demais,  braço de biscoiteira demais, minha estrutura óssea é larga e, pra completar, sou praticamente um bonsai de mulher, uma miniatura, um duende!

minha dieta

Não ser magra nunca me incomodou e nunca deixei de fazer as coisas que queria por isso, mas  estar (MUITO) acima do peso começou a me limitar e a me deixar triste, porque eu gosto de fazer trilha, eu gosto de subir montanha, eu gosto de ter controle sobre o meu corpo, e não conseguir, por exemplo, subir a fumaça ou o Pai Inácio (lá na Chapada) sem botar os bofes pra fora me deixou bem frustrada.

É como se o corpo se transformasse numa prisão porque, de certa forma, estava não só limitando o que eu deveria fazer, mas direcionando o que eu poderia fazer, e eu, que sou controladora pra caramba, não consigo lidar com isso, sabe? Não dá!

Eu adoro comer bem, adoro cozinhar (mas acho que ninguém gosta da bagunça que fica rsrs), adoro beliscar e acho que comer é um ato de prazer, e tem que ser, mas a partir do momento em que esse prazer começou a interferir em outros prazeres tão importantes quanto, achei que tinha chegado a hora de fazer alguma coisa.

Claro que já tentei fazer dieta muitas vezes antes, mas nunca tinha dado o “estalo” de que o peso em excesso estava tirando a minha liberdade e definindo as minhas escolhas, e eu, que tenho pavor de qualquer coisa que me prenda, também não quero mais lidar com isso.

minha-dieta

Fácil não tem sido, até porque é uma vida inteira construída com hábitos errados e eu tenho alguns poréns, como o fato de precisar tomar hidrocortisona todos os dias (tenho fadiga adrenal), o que incha demais, mas preciso fazer isso por mim, não importa o quão difícil seja.

Só que mais que uma mudança alimentar, é uma mudança de vida mesmo, de querer coisas mais naturais, de comer coisas que façam bem ao meu corpo e não só ao meus olhos.

E por isso resolvi cortar refrigerantes, trigo e qualquer outra coisa que não seja comida de verdade. O açúcar eu já tinha cortado no início do ano, mas como chocolate esporadicamente e um docinho aqui e ali, mas não tenho mais a dependência que tinha, sabe? Estou comendo mais verduras e legumes, além de castanhas e sementes, reduzi o sal, tenho tomado muitos chás (inclusive gelados, com limão e gengibre) e tô me sentindo muito bem assim.

Tentei fazer a dieta Dukan, que eu mesma já me posicionei contra aqui no blog (contra ela e qualquer outra “dieta pronta”) porque vi muitos resultados positivos  ( a Faah perdeu 21 kg em 3 meses, confiram aqui) e ela realmente garante uma perda de peso rápida, mas não me adaptei. Tentei fazer o que meu nutri recomendou e achei que não conseguiria levar aquilo a longo prazo, então sentei e falei do tipo de vida que eu queria ter, do que eu topava abrir mão e do que não topava.

minha-dieta

No final disso tudo entendi que  quero continuar sentindo prazer em comer, mesmo na dieta, mas que quero descobrir novos sabores, fazer novas tentativas e usar e abusar de tudo o que eu possa comprar na feira, ou seja, legumes, verduras e frutas, só que essas últimas com cuidado por causa do açúcar, já que eu tenho resistência a insulina.

Isso significa o que? Que não vou lanchar um sorvete, vou lanchar uma fruta com castanha picadinha. Que vou comer muita salada e muitos legumes, que vou tomar muita água e muitos chás. Que vou, enfim, reeducar meu paladar, porque 32 anos comendo gordices vicia qualquer ser vivente, reeducar meu corpo e reeducar meu emocional pra conseguir ter a qualidade de vida que eu quero e preciso ter.

Aos poucos vou postando meus resultados por aqui, contando do cardápio, do que estou comendo e quero dicas de vocês, viu? Me ajudem! ♥

Ah, e quanto ao comboio de chocolates que chegou aqui em casa nos últimos dias e que mostrei no insta, esse vídeo representa certinho como está sendo minha atitude…hahahahahha

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Como ter mais qualidade de vida? Tenha pique extra já! Como acabar com a insônia? Rituais de Prosperidade pro Ano Novo Ceia da Virada pra um ano Incrível! Banhos Poderosos Para o Ano Novo! Superstições de Ano Novo: Muito mais sorte! Manchas de pele: como tratar?