01.11.2017

Meu Tratamento Para Emagrecer

Um dos projetos que começo esse mês por aqui é o do meu tratamento para emagrecer, que iniciei dia 13 de outubro (falei sobre isso aqui e aqui ) e que vou dividir tudo com vocês.

Tem anos que vivo no efeito sanfona, e com o uso diário da hidrocortisona eu não só fui engordando mais e mais como foi ficando mais difícil emagrecer.

Associado a isso, tenho resistência à insulina e reponho uma porrada de hormônios, mas nada disso é justificativa, sabe?

O excesso de peso, no meu caso, é uma doença, e deve não só ser encarada como tal, mas tratada.

O problema é que, sinto muito, mas acho extremamente complicado tratar uma doença sem medicamento, e nenhum dos (poucos) medicamentos liberados até pouco tempo atrás eram uma opção pra mim.

Não me dei bem com a sibutramina e sabia que a questão não era “combater a fome”, porque não sinto fome. Se a questão fosse essa, estaria um palito, porque o Venvanse, que tomo para o déficit de atenção, tira completamente o apetite.

meu tratamento para emagrecer juro valendo

Meu problema é a resistência à insulina, a ansiedade, a compulsão, a falta de atividade física, o metabolismo extremamente lento, a questão hormonal e a hidrocortisona.

Eu sabia que só dieta não funcionaria pra mim, porque  já tentei e falhei milhões de vezes. Então procurei novamente meu nutrólogo e pedi arrego, porque isso é um problema e não quero mais ter que lidar com ele, então vou resolver.

A questão é que resolver com cirurgia ou com balão não é uma opção nesse momento. Minha redução de mama foi super traumática, meus pontos abriram, o tecido necrosou, passei 9 meses “de peito aberto”, correndo riscos, então prefiro evitar, até porque sei que não resolveria o problema.

Sentei com Drº Tasso, o médico que mais confio nesse mundo, falei tudo o que estava sentindo, tudo o que estava me incomodando, todos os meus padrões de alimentação, ansiedade, compulsão e tudo o mais, e começamos com alguns (muitos!) exames pra, basicamente, ver como eu estava.

Fiz a Bioimpedância pra ver a minha composição corporal, a massa muscular, a massa de gordura, a água corporal total, a massa livre de gordura, a taxa metabólica basal e coisas do tipo, e comecei o tratamento com alguns medicamentos.

Os medicamentos que estou usando no tratamento para emagrecer

Tudo, claro, foi pensado de acordo com as minhas necessidades e diariamente tenho usado o Saxenda, o Sintocalmy,  uma fórmula pra ajudar na ansiedade e compulsão, o Simbioflora, o Orlistat e uma outra fórmula com vitaminas e minerais.

O Saxenda ajuda demais na resistência à insulina e facilita o emagrecimento ( já sai post sobre ele).

O Sintocalmy, que é um fitoterápico, é pra ajudar na ansiedade, assim como a fórmula com L-Triptofano, L-Tirosina  e Picolinato de Cromo, que também auxilia na compulsão.

O Simbioflora é um composto de prebióticos, lactobacilos e bifidobactérias (probióticos) que contribui com o equilíbrio da flora intestinal, que já se sabe que interfere no processo de emagrecimento.

O Orlistat, que tomo uma vez ao dia, é pra reduzir a absorção de gorduras, e graças a Deus não tive nenhum evento traumático com ele, porque realmente tô pegando bem leve no consumo de gorduras.

A outra fórmula é pra repor algumas coisas que estavam deficientes, mas depois falo detalhadamente dela, tá?

Ele manteve também o Fisioton, que não é pra emagrecer e já vinha tomando há bastante tempo, porque me ajuda a ter mais energia. Tentei até usar o manipulado (rhodiola rosea) associado com ginseng, mas o efeito do Fisioton é melhor em mim.

Além disso, uma vez na semana tomo uma injeção com uma ampola de ativador metabólico, já que a minha taxa metabólica basal, que deveria estar entre 1984 e 2342, está em 1455.

Exercícios,  alimentação e perda de peso

Meu plano de exercícios começou com 30 minutos por dia, e minha alimentação tem bastante proteína magra, frutas, verduras, vegetais, queijos e nada de farinha e açúcar, o que acho ótimo.

A compulsão, sobretudo quando fico mais ansiosa, ainda não está sob controle, mas tenho me adaptado bem e em 18 dias eliminei 6.8 kg.

Parece muito, eu sei, mas estava bastante inchada, então com certeza a maior parte disso aí é água mesmo, até porque minha água corporal total deveria ficar entre 28,7 e 35,1, e estava em 36,8.

Minha ideia é fazer dois posts por semana, tanto aqui quanto no Instagram (procura lá por #EmagreceJu) falando sobre esse processo, mostrando o que estou usando, comendo, fazendo e sentindo,  pra compartilhar tudo isso com vocês, podendo ajudar, de alguma forma, quem também está vivenciando a mesma coisa e, também, ter o apoio e a ajuda de vocês, que faz toda diferença pra mim.

Alerto, desde já, que tô fazendo tudo com acompanhamento médico, que não indico nenhum medicamento pra ninguém e que o meu tratamento é válido pra mim, de acordo com as minhas necessidades, tá?

E pro pessoal aqui de Jequié, indico demais Drº Tasso! Ele é esposo da minha dermato, me acompanha há anos, e atende na Bella Derme (3525-9967).

Beijos, Ju♥

Bora ficar mais juntinha nas nossas Redes Sociais? Segue aí ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

07.11.2015

Como Fazer Saladas? 3 Dicas Práticas!

Porque existe salada gostosa sim!

Vivo postando fotos de saladas no Instagram (@JuroValendo, segue lá!), porque é o meu almoço de todos os dias, e a pergunta que mais vejo é “como fazer saladas”, porque as minhas ficam de dar água na boca, mas não têm, de verdade, nada de muito diferente, sabe?

E como minha vida é super corrida, como a de quase todo mundo, comecei a planejar as minhas saladas de forma que pudesse fazê-las em, no máximo, 5 minutos. Mas, mesmo sendo rapidinhas, elas têm que ficar lindas, porque eu sou do tipo que “come com os olhos”, e vou explicar certinho como fazer saladas lindas, rápidas e gostosas com 3 dicas super fáceis e práticas, tá?

como fazer saladas

1. Planejamento é tudo!

Sempre que deixava pra ralar/picar cada ingrediente no momento de fazer a salada, ficava com preguiça e acaba no “mais do mesmo”. Até que fui num desses restaurantes onde a gente monta a salada na hora, com várias porções de ingredientes diferentes, e tive a ideia de fazer a mesma coisa em casa, acomodando as coisas que mais uso em vasilhas plásticas descartáveis.

Falei com a nutri e ela disse pra que eu fizesse somente o suficiente para uma semana, e agora todo sábado eu separo as coisas que mais uso nas saladas, “preparo” tudo, ralando, picando e cortando, e coloco em vasilhas descartáveis (com tampa) de 220 ml.

Compro essas vasilhas na Casa da Embalagem aqui em Jee, mas é fácil achar em mercados, e as de 220 ml são do tamanho certinho para guardar meus ingredientes pra cada semana. O pacote com 25 vasilhas custa R$6,90.

como fazer saladas

Sempre faço 15 potinhos por semana, assim tenho uma variedade boa e cada dia vou misturando coisas diferentes, entre doces e salgadas, e nessa semana os potinhos tinham: cenoura, beterraba, tomate, cebola roxa, pepino, azeitona recheada, cogumelo, milho, ervilha, azeitona preta, queixo, cebolinha + coentro, uva passa, manga, e molho de mostarda e mel, que faço suficiente para 3 dias.

Daí, quando for montar a salada é só colocar um mix de folhas (na maioria das vezes só uso alface mesmo) e ir salpicando os ingredientes por cima.

2. Tempero faz toda diferença!

Sempre achei que salada era a coisa mais sem gosto da vida, até que entendi que, assim como qualquer outra comida, salada precisa de tempero, ué!

como fazer saladas

E nem pense que precisa de muita coisa porque não precisa! O básico mesmo é sal (tô usando o rosa porque alguém me disse que era melhor rs), vinagre e umas gotinhas de azeite. Mas eu sempre coloco uma pimentinha do reino (baiana, né?), cebola e/ou alho granulado, e umas folhinhas desidratadas, dessas que vendem no mercado no pacotinho e custam R$1,99. Garanto que tudo fica muito mais gostoso!

Já fiz um post aqui falando de temperos pra saladas, e quem quiser conferir é só clicar aqui.

3. Salada precisa de molho!

Ah, não, salada sem molho não tem graça, oxe! Mesmo bem temperada, o molho dá um toque especial, deixa a coisa mais cremosa, mais gostosa… Abro mão não!

Como Fazer Saladas?

Ultimamente tenho usado muito o molho de mel e mostarda, que é super fácil de fazer e delicioso (receita aqui), mas amo o de páprica picante (receita aqui), o de cebola agridoce (receita aqui) e o de parmesão do Subway (receita aqui).

Essa semana vou testar mais alguns molhos, e se “garrar amor” em algum posto aqui, tá?

Como fazer saladas?

Sempre posto minhas saladas lá no Instagram, mostrando o que tem em cada uma, o molho e o tempero, mas já postei várias das minhas saladinhas aqui também nesses dois posts:

Se quiserem receita de alguma salada específica, deixem aqui nos comentários, e se tiverem alguma outra dica compartilhem aí!

Beijos e bom sábado “procês”, Ju♥

05.11.2015

Força, Foco e Folha: Olha a Dieta Aí!

Agora vai!

Tenho prometido, e faz é tempo, que vou levar a dieta mais a sério, mas a verdade é que, mesmo comendo direitinho na maior parte do tempo, tô dando umas boas escapadas! É uma bebidinha aqui, uma massa acolá, e quando chega o final da semana e eu subo na balança, vejo que foi uma “semana perdida”.

Sério, a sensação que tenho é essa, e isso me desanima muito, me deixa insatisfeita comigo mesma, porque se eu não gostasse de comer saladas, verduras e coisinhas saudáveis, ok, mas eu gosto, então porque jacar? Na maioria das vezes é pra acompanhar os amigos, ou porque é mais rápido comer alguma besteira que parar e fazer uma comida saudável. A realidade é que eu sequer me dou conta de que estou jacando, já vai no automático, sabe? E isso é pior ainda…

No início de outubro eu prometi pra mim mesma que os últimos 3 meses do ano seriam de “Força, Foco e Folha”, mas, humana que sou, falhei. Daí, uma semana atrás li uma frase que meu três tapas na cara e vários socos no estômago, e foi tão forte pra mim que corri pra academia em pleno domingo, e até postei lá no insta e no snapchat (sou jurovalendo nos dois, segue lá!).

força foco e folha

Mas parece que a porrada não foi forte o suficiente, porque dois dias depois lá estava eu jacando de novo.

Só que ontem, depois de uma massa deliciosa e de uma cervejinha gelada, eu passei muito mal, mas muito mesmo, e eu sei que foi por causa do calor, porque eu realmente não aguento e minha pressão vai pro chão, mas tenho certeza que o fato de ter comido uma coisa mais pesada e cheia de condimentos piora a situação.

Pensei muito nisso ontem, pensei no tanto que  estava me sentindo bem quando fazia tudo direitinho e aí peguei a frase, a do soco no estômago, li novamente, imprimi e coloquei aqui no meu mural pra ler todos os dias, porque a verdade é que a gente pode (quase) tudo, só depende de nós mesmos, só que a gente “esquece”, a gente fraqueja, a gente deixa pra depois, e eu não quero mais isso.

Portanto, a partir de hoje é “Força, Foco e Folha”, e eu prometo postar TUDO o que comer lá no Snap e no Insta, e quero que vocês me cobrem (por favor!), porque isso me ajuda muito, sabe? Acho que firmar o compromisso de postar todas as minhas refeições vai ajudar a me manter alerta e, consequentemente, a não jacar. Vocês me ajudam?

força foco e folha

Ah, e a frase, que vale pra tudo na vida, é essa: ” Você é do jeito que você é porque é assim que você quer ser. Se você realmente quisesse ser diferente, começaria num processo de mudança imediatamente.”

E se quiser acompanhar direitinho os posts da dieta, o tanto que já perdi e coisas do tipo é só clicar aqui.

Beijos, Ju♥

O que você acha do JV?
Acompanho há anos, é meu blog queridinho, com certeza ! <3 Não compro nada para cabelos ou pele sem antes ver se a Jú já…
As leitoras mais incríveis da vida
    Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
    Poste no instagram uma foto com a hashtag
    #JuroValendo