Vizcaya
07.09.2014

Livro da Semana: Osho Todos os Dias – 365 Meditações Diárias

Tenho esse livro já faz tempo e é, aliás, um dos meus livros de cabeceira, mas resolvi falar dele agora porque acho que é um daqueles livros que a gente “tem que ter”.

Eu amo o Osho porque, de muitas formas, foi quem me “ensinou a pensar”, mas é claro que ele é polêmico, e o intuito dele era esse mesmo, era tirar as pessoas da zona de conforto e “botar pra pensar, pra mudar, pra viver”.

osho

Então, sugiro que antes de embarcar no preconceito, você experimente, e isso vale pra tudo na vida, porque nossos olhos, como ele bem dizia, devem ser janelas, não projetores, nossos ouvidos devem ser portas, não projetores, ou seja, veja, ouça e fale de acordo com a sua experiência e não com o que você “ouviu dizer”.

Mas, vamos ao livro!

osho

O livro conta com 365 meditações diárias, mas não é meditação no “sentido” comum, não tem nada de religião gente (eu aviso porque sempre tem quem confunda), tá?

São, na verdade, 365 textos sobre temas diferentes, mas sempre sobre assuntos universais, coisas que existem na vida de todas as pessoas, sabe?

osho

De alguma forma, as palavras do Osho me tocam profundamente e sempre parecem se “encaixar” no que preciso naquele momento. Em tudo ele é muito profundo, mas sempre muito leve, poético, belo… E todas as suas palavras me dão força, me dão coragem, me ajudam a ser cada vez mais eu.

osho

E se tem uma coisa que eu gosto, nesse e em todos os livros dele, é que ele te convida a refletir, ele não tenta de manipular ou convencer de nada, ele não te impõe verdades, até porque todas elas são individuais, e isso é muito raro de encontrar, sabe? Não tenho a menor paciência pros “donos da verdade”…

osho

Ele custa R$ 38,00  e é da Verus Editora.

+ Livros do Osho

Beijos

Ju

Vizcaya
23.04.2014

5 Livros Que Não Saem da Minha Cabeceira

Eu não consigo dormir sem ler algo antes, parece “canção de ninar”, sabe? Daí sempre ficam alguns livros do lado da cama, e são livros que já li e reli algumas vezes, mas que gosto de ter por perto pra ler mais um pouquinho todos os dias.

Até pouco tempo atrás eram só 4, mas aí comprei um livro com as crônicas da Danuza (amo!) e quero ler o tempo todo, daí coloquei ele do ladinho da cama. Olhem só meus 5 “companheiros”:

livros

1. O Livro de Mirdad

Esse é, com certeza, o livro mais importante da minha vida. Sério!

Tenho esse livro faz muitos anos, já li algumas vezes e não consigo tirá-lo de perto, porque volta e meia tô dando uma “pescadinha”. É um livro espiritual, mas no sentido amplo da palavra, e não está relacionado com nenhuma religião, mas transmite uma religiosidade profunda porque mostra, de forma muito clara, que a “verdade”, que a “fé” tem muitas “casas”, e o que realmente importa  são os seus atos, é o que está no seu coração.

Um trecho que gosto muito é esse:

livro

“Para orardes não precisais de língua nem de lábios. Mas antes necessitais  de um coração silencioso e vigilante (…). Não precisais de templos para neles  orardes. Quem não pode encontrar um templo no coração, jamais encontrará seu coração em qualquer templo.”

É um livro que me toca profundamente e me “guia” de diversas formas. Indico muito e já fiz “resenha” dele aqui.

2. Autobiografia de Um Místico Espiritualmente Incorreto

Eu amo o Osho e esse livro é muito bom! O Osho foi retratado de muitas formas, foi condenado por muitos e acho tudo isso uma grande bobagem, sabe? A mídia pinta o que ela quer, o que for interessante naquele momento, e o que me importa de verdade é o que eu sinto quando leio o que ele “escreveu”, aliás, falou, porque todos os seus livros são, na verdade, “palestras” suas.

Os livros do Osho despertaram o meu senso crítico numa idade em que a gente tende a ser facilmente manipulado, e o fato dele nunca tentar convencer ninguém de nada, nunca tentar impor nada, me dá uma confiança enorme, porque não confio em quem tem o intuito de me doutrinar. Acho uma invasão, sabe? As pessoas precisam ter liberdade pra acreditarem no que quiserem, de acordo com suas experiências… Mas o que me conquistou mesmo no Osho, e nesse livro, foi o humor!

livros

A vida dele  é retratada desde a infância até a morte, e são muitos os fatos curiosos, engraçados e divertidos. No mais, ele era uma pessoa profundamente inteligente e lógica, e lutou de muitas formas pra que as pessoas pudesses ser mais conscientes.

É bem saber mais sobre a infância, a iluminação, as dificuldades e tudo o que ele passou e viveu. Indico muito!

3. Danuza e Sua Visão de Mundo Sem Juízo

Vocês acompanham as crônicas da Danuza? Eu adoro, acho-a divertidíssima e fiquei super feliz em ter achado esse livro, que é uma coletânea de crônicas.

Já falei mais sobre ele aqui ó.

livros

4. O Poder do Agora

Li esse livro pela primeira vez em 2006 e desde então vou lendo e relendo um pouquinho por semana, sabe? É, basicamente, uma manual da consciência, de como se tornar consciente, de como chegar a iluminação, de como viver no presente, coisa que quase ninguém vive, porque é fato que passamos grande parte da vida preocupados com o futuro e remoendo o passado!

Pra quem tem interesse no “acordar”, é um livro essencial.

5. Osho Todos os Dias: 365 Meditações Diárias

livros

Ei, isso parece um livro, mas é uma caixa de doces! rs E é, eu tenho uma “leve” obsessão com Paris, cidade que mais amo no mundo!

O livro conta com 365 pequenos textos sobre inúmeros assuntos, de amor a trabalho, passando por iluminação, sentimentos (bons e ruins) e por aí vai. Esse é um livro que leio todos os dias de manhã, porque os textos são curtinhos, mas nunca leio  “na ordem”, sabe? Abro numa página qualquer e vejo qual é a “mensagem” do dia.

Tem muitos insights legais do Osho e é um bom ponto de partida pra quem quiser conhecer um pouco do que ele falava, pensava e acreditava.

Vocês têm algum livro de cabeceira? Contem aí!

Beijos

Ju

28.01.2014

LIVRO: Liberdade, A Coragem de Ser Você Mesmo

Conforme prometido, as indicações de livros voltaram!

Resolvi começar com um livro do Osho, um mestre indiano pra lá de polêmico, mas que sempre gostei muito pela clareza, pela inteligência e pela sensibilidade.

E escolhi esse livro porque o que mais noto é que a grande maioria “prefere”, como dizia Nietzsche, ser “camelo”. O livro, aliás, fala dos três estágios propostos por Nietzsche ( Assim Falava Zaratustra – O espírito das três transformações ) sobre a evolução do espírito (camelo, leão e criança ), mas de forma clara, lúdica e leve.

liberdade a coragem de ser você mesmo

Isso é bem interessante, apesar de não parecer, porque mostra  a fase em que nós aceitamos tudo, que sabemos apenas dizer sim e que negamos as nossas vontades pra não desagradar. Aqui só existe “obediência”, aqui nós fazemos o que é esperado de nós, sem olharmos pra dentro, sem ouvir o que a alma deseja.

Quando você aprende a dizer não, a ser um indivíduo, você passa a ser um “leão”. Você não aceita o que é imposto, você não vai pelo que é socialmente aceito, pelo que esperam de você.

Mas a magia ocorre quando se passa para a fase de “criança”, porque na fase de camelo existe a dependência, na fase de leão existe a independência, mas a “criança” vai além porque ela entende que o que precisa existir é a interdependência, porque somos todos uma coisa só.

liberdade a coragem de ser você mesmo

A essência do livro, contudo, é sobre a forma como, por comodismo, nos nós acorrentamos, nós nos transformamos em cópias mal feitas dos outros simplesmente pra não nos sentirmos excluídos. 

O livro aborda não a liberdade “de” ou a liberdade “para”, mas sim a liberdade de ser o que se é, e essa liberdade não é exterior, é interior, ela está dentro de você e envolve uma responsabilidade enorme, porque quanto mais livre você é, mais responsável tem que se tornar.

É um livro que, com certeza, recomendo pra todo mundo, sobretudo pra quem começou a assumir quem verdadeiramente é e começou a ser tachado de “louco”, de “irresponsável”, de inconsequente ou coisas do tipo. Sim, cada vez que a gente sai do caminho traçado e seguido por todos os outros, nós somos “apontados”, mas isso não é nada demais, e acho bem mais fácil conviver com isso do que conviver com o fato de negar os próprios sonhos, os próprios anseios e as próprias verdades.

liberdade a coragem de ser você mesmo

Tem muitos trechos incríveis, mas um que gosto muito é esse:

” Lá no fundo você quer alguém que dite os termos e o estilo de sua vida. Você tem muito medo de cometer erros, pois, se for livre, naturalmente cometerá erros. Mas, lembre-se, assim é a vida. Você cairá muitas vezes, e não há nada de mal nisso. Levante-se novamente e aprenda a não cair. Fique mais alerta. Você cometerá erros, muitos, só não pode cometer o mesmo erro novamente. É assim que você fica sábio. É assim que você se torna um indivíduo, orgulhoso como um cedro, elevando-se em direção ao céu e alcançando as estrelas”.

O livro é da Editora Cultrix e lá ele custa 22,50 Dilmas, mas achei no Extra por 19,49 Dilmas. Aqui em Jee eu encontro os livros do Osho na Nobel, e lá em Salvador tem todos em uma livraria que fica no Shopping Itaigara. Não lembro o nome (acho que é Janna/ Jhana ou algo assim), mas é o melhor lugar pra comprar livros em Salvador!

Beijos

Ju

* Não tenho nem nunca tive nenhum tipo de vínculo com as lojas indicadas nesse post.

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…