20.05.2015

O Homem Perfeito

Ahhh, os contos de fada, confundindo nossas cabeças e criando ilusões desde mil novecentos e antigamente, e nos fazendo desejar e, o pior, acreditar em príncipe encantado, aquele que chega num cavalo branco e faz o “felizes para sempre” acontecer.

E, acreditando nisso tudo, a gente passa anos procurando pessoas perfeitas e histórias de cinema. Só que elas não existem, porque o mundo não é, ainda bem, um conto de fadas, e porque relacionamentos envolvem duas pessoas imperfeitas que jamais serão para o outro o tal do “felizes para sempre”, porque felicidade é interna, é individual, não depende de ninguém. Pois é, se você está esperando que alguém te traga a tal da felicidade, pode esperar sentada, e pro resto da vida!

Mas, somos insistentes e continuamos procurando o que muitas vezes, na verdade, sequer sabemos exatamente do que se trata. Duvida? Então me responde: o que você você procura em um homem? O que seria um homem perfeito? O que você espera de uma relação?

homem-perfeito

Eu já meti o pé pelas mãos muitas vezes, já namorei por “carência”, vivia insatisfeita e não tinha a menor ideia do que estava procurando. Aliás, eu buscava o ideal da Disney, trocando, claro, o cavalo branco por um carro potente e o príncipe loirinho por um moreno, porque, como diz Tati Bernardi, o gênio da raça, “a testosterona é escura”! rs

Até que um dia resolvi fazer a lista do príncipe encantado, listando primeiro tudo o que ele não poderia ser ou ter. Minha lista do “não” foi enorme e incluía coisas como “não pode ser arrogante, ter a mente “fechada”, ser grosso, não gostar de bichos, ser machista, preconceituoso, preguiçoso e por aí vai.

Ficou enorme sim, mas tinha tudo que eu não queria em uma pessoa, e ela serviu como um “farol” pra mim, do que eu não queria na minha vida,  e a lista do que o suposto príncipe tinha que ter/ser ficou bem menor e simples… E libertadora, aliás!

O meu homem perfeito não é o mais bonito, o que tem a barriga de tanquinho (detesto!), o mais rico, o que faz todas as minhas vontades e me enche de presentes. Ele é uma pessoa que, assim como eu, se sabe imperfeito, aceita isso e não cobra perfeição de ninguém. É alguém que erra, e até se acha o dono da razão às vezes, mas pede desculpas depois.

Alguém que goste de trabalhar, que se realize com a profissão escolhida, que sonhe em ir mais longe, acredite nesse sonho e impulsione os meus também. Alguém que dê valor as pessoas e as respeite, sem distinção de nenhum tipo. Que seja sabiamente simples. Que queira viver muitas experiências e esteja aberto para o novo.

Alguém que jogue no mesmo time que eu, que torça por mim, que saiba estar perto e se afastar, sem dramas ou chantagens emocionais, quando eu precisar de espaço, porque todo mundo precisa.

Alguém que respeite o ser humano que eu sou, com todos os defeitos e qualidades, e escolha olhar sempre o lado bom, mas tenha coragem de me dizer que estou errada no momento certo. Alguém que não use minhas fraquezas, erros e defeitos contra mim.

Alguém que seja de verdade, que fale, sem “dedos”, do que não gostou, do que quer e não quer. Eu não quero um personagem pra me agradar, quero uma pessoa de verdade, com vida e gostos próprios. Uma pessoa que, diante de milhões de possibilidades, escolha estar ao meu lado e construir uma história real, com altos e baixos, de coração aberto.

O meu homem perfeito não é um príncipe encantado, e não é só “um cara”, é um homem que aprendeu a ser homem.

Beijos, Ju♥

Escreva seu comentário

Notice: Undefined variable: user_ID in /usr/share/nginx/www/jurovalendo.com.br/wp-content/themes/plicplac/comments.php on line 35

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui.
11 comentários
  1. carol  20/05/2015 - 20h44

    E isso ai Ju!
    não existe nunca existiu e nem vai existir.
    falta homens com H
    homens q saiba amar e respeitar uma mulher de verdade
    sou muito nova e sou ha 7 quase 8. anos casada
    sou feliz com meu marido,ta longe de ser perfeito…rsrs
    mais Samos amigos nos respeitamos
    ele não e meu príncipe
    mas eu também to longe de ser a sua princesa.
    bjosss
    Ju
    #amojurovalendo

  2. Mary Mendonça  21/05/2015 - 09h08

    É isso mesmo Ju, não existe homem perfeito, porem temos que abrir nossas cabecinhas para ceder, entender, dar…. quando preciso!!!!! Sábias palavras!!!! Dali Namô.. rsrsrsrs..

  3. Carlinha  21/05/2015 - 09h51

    Nossa Jú, que texto perfeito. Há 7 anos atras quando conheci o meu marido e começamos a namorar muita gente criticou por ele
    não ser o padrão (imposto pela mídia) de beleza, não ter o carro do ano, não ser bem sucedido..
    O tempo foi passando e ele demosntrou ser um homem de caracter, de valor, esforçado na vida, esforçado em me fazer feliz!
    Todas as pessoas que criticaram o superficial dele tiveram que morder a lingua, e as minhas amigas começaram a desejar
    um relacionamento como o meu, cheio de amor, carinho, trabalho, dedicação.. Hoje completamos 5 anos de casados :D, e por mais que nos amamos, passamos por muitas dificuldades juntos, muitos erros, burradas, mas superamos tudo juntinhos, e isso é o mais importante, essa superação, esse aprendizado! Hoje estamos conquistando tudo o que sonhamos!
    Por isso sempre falo para as minhas amigas e primas que sonham com o “príncipe encantado”: Ele não existe, ele não vem pronto.. O seu “príncipe encantando” vai nascendo aos poucos, o felizes para sempre é construído dia após dia, com muito amor, perdão, dedicação.. Sejas feliz Jú! Bjs

  4. Sabrina Cattaneo  21/05/2015 - 10h48

    Ju, o texto é lindo e extremamente real… Acho que toda mulher em um momento da vida fica iludida com a ideia de um príncipe encantado, e concordo com vc precisamos nos dar conta que isso não existe mas que existe gente como a gente esperando pra amar e ser amada como são…. Meu marido nunca fez o tipo príncipe encantado, mais o amo exatamente como ele é, pois ele me faz feliz nos pequenos detalhes e esses são os mais importantes. Bjss

  5. Renata  21/05/2015 - 14h02

    Texto lindo! Parabéns! Adorei a leitura e me acrescentou muito!

  6. Tati  21/05/2015 - 15h26

    Nossa Ju, o texto é lindo…
    E é bem isso mesmo. A busca do principe junto com a perfeição.
    Posso te dizer que conheci o meu ha 12 anos pela internet. Fuji de casa com 17 anos do interior do Ceara pra encontrar um cara no RJ que eu nunca tinha visto. Mas o que me conquistou foi a maneira como me tratava, o amor que me transmitia mesmo a km de distancia. Sem nunca termos nos visto ficamos juntos desde o primeiro dia de nosso encontro tao esperado. E hoje posso te dizer que depois de 12 anos ele continua sendo tudo aquilo que sonhei pra mim. O pai dos meus filhos, o meu melhor amigo, o amor da minha vida… e passe o tempo que passar sinto que isso nunca vai mudar. é como se tivessemos predestinados um ao outro, e eu posso te garantir que a recíproca é verdadeira. Porque nao tem nda melhor do que sentir-se amada. EStamos longe de ser perfeito um para o outro, mas com amor e companheirismo esses 12 anos serao multiplicados por muitos outros…:D Amo seu blog.. e vc JU :) Suuuper bj

  7. Edilaine Freitas  21/05/2015 - 16h17

    Verdade com o tempo a gente aprende que ninguém é perfeito mas todo mundo tem sim suas qualidades seu potencial e isso sim é o que importa,adorei o texto muito bom

  8. Michelle  22/05/2015 - 14h38

    Ju,

    Acho que você está certa em analisar um homem por aquilo que você não quer. No entanto, acredito que ninguém vai preencher tantos requisitos. Um cara poder maravilhoso, apoiador, carinhoso e gostar de animais, mas pode estar infeliz no próprio trabalho, estar em crise financeira por ter tomado decisões erradas. Um outro pode ser forte, inteligente, bem-sucedido na profissão, amoroso e cheio de presentes, mas pode ser o filhinho da mamãe e vai precisar de muito “ajuste” para deixar de ser mimado… Nós mesmas não somo perfeitas. Somos decididas, mas às vezes não somos muito carinhosas; somos carinhosas, mas às vezes egoístas; somos lindas, mas às vezes não gostamos da família dele. Enfim, acho que quando o amor surge mesmo, as pessoas vão se adaptando um ao outro. Um relacionamento serve também para melhorarmos um ao outro naquilo que podemos.

    Beijos!

  9. Michelle  22/05/2015 - 14h39

    Ju,

    Acho que você está certa em analisar um homem por aquilo que não quer. No entanto, acredito que ninguém vai preencher tantos requisitos. Um cara poder maravilhoso, apoiador, carinhoso e gostar de animais, mas pode estar infeliz no próprio trabalho, estar em crise financeira por ter tomado decisões erradas. Um outro pode ser forte, inteligente, bem-sucedido na profissão, amoroso e cheio de presentes, mas pode ser o filhinho da mamãe e vai precisar de muito “ajuste” para deixar de ser mimado… Nós mesmas não somos perfeitas. Somos decididas, mas às vezes não somos muito carinhosas; somos carinhosas, mas às vezes egoístas; somos lindas, mas às vezes não gostamos da família dele. Enfim, acho que quando o amor surge mesmo, as pessoas vão se adaptando um ao outro. Um relacionamento serve também para melhorarmos naquilo que podemos.

    Beijos!

  10. Daniany Mendes  22/05/2015 - 15h37

    Ju, uma das coisas mais importantes que os 30 anos (ou vespera deles) me trouxe foi isso. Quero um homem de verdade, mas quero principalmente alguém que combine comigo, porque não acredito que os opostos se atraem, se eu arrumar alguém que curte boate não vai rolar, nem adianta insisti, não suporto aquele barulho, fico até cega, este é só um exemplo. Procuro alguém que tenha o minimo de conhecimento de mundo, que não escreva com erros de ortografia grotescos (pode parecer ridiculo, mas isso elimina de vez meu tesão), alguém que eu posso passa a noite falando sobre tudo e sobre nada, que tenha assunto… Mas parece uma utopia, neste mundo cada vez mais artificial/virtual. Por enquanto vou levando, solteira, sozinha, porém feliz, pois tenho certeza do que não quero pra minha vida.

  11. simone andrea p.santos  23/05/2015 - 10h38

    homem perfeitoo!! bah isso ñ existe e nem vai existir pq falhas todos tem seja homem ou mulher o que temos a fazer e saber conviver e aprender que temos qualidades e defeitos e que ñ da certo se auto-aniquilar p/ ser o que se ñ é ;)

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…