18.10.2013

Creme Para Estrias: Funciona ou Não?

Cremes para estrias  é um assunto que sempre dá “pano pra manga”,  estrias mais ainda, e como é um problema que quase todo mundo tem, é bom esclarecer as coisas, né?

Sempre falo de cremes para estrias aqui, e muita gente questiona se eles funcionam ou não, se elas desaparecem ou não e coisas do tipo. A resposta para todas essas perguntas é uma só: depende!

cremes estrias

Cremes Para Estrias Funcionam?

Depende dos ativos de tratamento, depende da cor da estria, depende da profundidade da estria, depende do estado da pele, depende do tempo de tratamento e depende também do organismo da pessoa, já que cada pele vai reagir de um jeito, de forma que o que funciona pra uma pessoa pode não funcionar pra outra.

Pra começar, nada vai funcionar “da noite pro dia”, nada. Independente do ativo utilizado, do creme utilizado, uma coisa é certa: o tratamento será longo e os resultados serão progressivos.  Ou seja, não dá pra começar a usar um creme hoje e querer que em dois meses elas tenham sumido. Isso não existe! Elas podem, dependendo do ativo, reduzir, mas isso acontece aos poucos, lentamente.

Creme para estrias vermelhas

No caso das estrias vermelhas, que ainda estão em processo inflamatório, a coisa é mais simples, o tratamento é mais rápido e a melhora é bem maior. Já se as estrias forem brancas, antigas e largas, fica mais complicado.

estrias

Melhor creme para estrias

O “mestre mor” dos ativos pra tratar as estrias é o velho e imbatível  ácido retinoico (falei sobre ele nesse post aqui.).

Todos os tratamentos tópicos que fiz para estrias incluíam a aplicação de ácido retinoico diariamente nas estrias. A razão é simples:  o que vai fazer com que as estrias” melhorem” é a formação de um novo colágeno e a regeneração da pele,  e como ele estimula a formação de colágeno, é muito eficaz para tratar estrias.

Aqui vale lembrar que nas estrias vermelhas o resultado costuma aparecer bem mais rápido.

Nas estrias brancas ele também funciona, só que demora muito mais. Ah, a parte boa é que esse ácido não é caro!

Produtos formulados com fatores de crescimento também são bastante eficazes e gosto da dupla “ácido retinoico + fatores de crescimento”, pois usava  um durante a noite e o outro durante o dia e achei que ajudou demais. O silício orgânico também é um ativo bastante recomendado, e hoje já está presente em diversas fórmulas para estrias, além de poder ser ingerido.

Claro que existem outros cremes e outros ativos, mas esses três são dos mais importantes, se não os mais importantes. Se tivesse que escolher um, contudo, seria com certeza o ácido retinoico, claro, pois ele estimula a formação de um novo colágeno pra preencher a região da estria e renova a pele.

cremes para estrias

receitas de Creme caseiro para estrias

Quanto aos ativos hidratantes, eles melhoram o aspecto das estrias, mas não têm poder nenhum pra fazer com que elas “desapareçam”. Pra melhorar o aspecto das estrias,  e evitar a formação de novas,  gosto demais de uma misturinha que faço já tem tempo, e já postei por aqui. Tinha parado de usá-la para testar outras coisas, mas voltei pra ela, que faz “par perfeito” com o ácido retinoico.

Já fiz alguns tratamentos com aparelhinhos também, mas acho que são caros e dolorosos, sabe? Se quiserem saber mais sobre eles me avisem que faço um post!

Enfim,  quando começar a tratar as estrias procure usar ativos que realmente tenham potencial pra fazer com que elas “melhorem”. Assim, a gente pode ter certeza que os resultados tardam, mas aparecem!

Outros posts legais sobre estrias:

  1. Receitinha para evitar estrias
  2. Cicatricure nas estrias: funciona?
  3. Fórmula antiestrias para gestantes
  4. Vitanol A no tratamento das estrias
  5. Vanistryl: pra reduzir as estrias

Beijos, Ju

17.10.2013

Ácido Retinoico: Faz Maravilhas na Pele!

Postei no instagram (@JuroValendo) uma foto com umas tranqueiras que comprei na farmácia ontem, e no meio das coisas tinha a treinoína (tretinoína = ácido retinoico).

E  como eu disse que ela era “vida pra pele” muita gente perguntou o que era e pra que servia, daí resolvi fazer um post explicando.

Uso ácido retinoico fez bastante tempo e não dispenso de jeito nenhum. Foi o que transformou minha pele, que era muito mais oleosa, tinha mais manchas e era bem mais  grossa.

Testei todos os ácidos que vocês puderem imaginar, só que minha pele sempre foi grossa e, por isso, só senti mudanças mesmo quando “ataquei” a pele com ácido retinoico 0.05%.

O que é Ácido Retinoico tretinoina retinoides

Depois que fiz isso consegui alternar com outros ácidos, como o ácido azeláico e o ácido mandélico, e e a coisa funcionou bem.

Mas, o milagre foi feito com a tretinoína/ácido retinoico mesmo.

Para que serve

O ácido retinoico é, com certeza, o queridinho dos dermatologistas, pois ele funciona pra muita coisa e é bastante eficaz pra potencializar o clareamento da pele, estimular a produção de colágeno, melhorar a irrigação da derme, melhorar a firmeza, reorganizar as fibras elásticas e ajudar na renovação celular, controlar a oleosidade e tratar a acne e reduzir rugas e linhas, dentre outras coisas.

Fora isso, é o melhor renovador que existe e deixa a pele viçosa e bonita.

Pra tratar e evitar o envelhecimento esse ácido é “babadeiro”, porque faz tudo de uma vez e, melhor, rápido.

Melhor ainda: dá pra usar no rosto, nas mãos, no colo, no pescoço e também nas estrias (tem um post aqui sobre o tratamento da Lilly com esse ácido nas estrias).

cuidados-uso-acido-retinoico1

Ácido retinoico para o rosto

Ácido retinoico  tem que ser indicado por um dermatologista, pois existem efeitos colaterais e se os devidos cuidados não forem tomados a pele fica pior.

Sim, mas farmácias dá pra comprar  livremente na concentração de 0.025% e 0.05%.

Contudo, ele é um medicamento, não é um creme que você usa de “qualquer jeito”.

Quando comecei a usar foi na concentração de 0.05% em gel (tem em gel e em creme), que é intermediária, até a minha pele se acostumar.

Depois fui pra concentração de 0.1%, e hoje eu alterno, pois no inverno uso uma concentração maior, já que moro em um lugar muito quente, e no resto do ano fico na concentração mais baixa, que é de 0.025%.

Logo no início do tratamento é comum que a pele fique vermelhada, descamando e “ardendo”.

Por isso é importante ter acompanhamento de um dermato pra que ele veja qual a melhor forma de uso pra você.

No início eu usava três vezes na semana e misturava com algum hidratante  ou um pouco de água termal até que a pele “acostumou”.

ácido retinoico

Ele só deve ser usado no período noturno, e assim que você acordar corra pra lavar o rosto.

Ah, e  se entupa de filtro solar pois ele aumenta a sensibilidade ao sol, o que pode queimar a pele.

Ou seja, não dá pra brincar e nem pra esquecer!

Outra coisa que é bom falar é que, sendo  fotossensível, ele estimula a produção de melanina em contato direto com o sol.

Então,  se você não proteger a pele muito bem vai acabar cheia de manchas.

Coisas que aprendi com o uso

Como já uso esse ácido faz tempo, tem umas coisinhas que fui aprendendo, como, por exemplo, a não usar nenhum produto que contenha álcool, enxofre ou ativo irritante (inclusive esfoliantes) enquanto estou usando o ácido, pois a pele irrita absurdamente e, em alguns casos, “queima”, e isso já aconteceu comigo.

ácido retinoico

No início do tratamento não use o ácido na pele úmida pois ele é forte e a pele úmida absorve muito mais, o que pode causar irritações.

Além disso, cuidado com a quantidade e cuidado com a concentração, que deve ser sempre a menor pra ver como a pele vai reagir ao produto.

Se a pele estiver irritada, sensibilizada ou machucada não use ácido, porque o quadro vai piorar!

Tem muito mais coisas pra falar sobre esse ácido, mas tudo que lembrei agora coloquei aqui.

Onde comprar

Ah, ele pode ser manipulado e na maioria das vezes uso assim.

Minha dermato insere ele nas minhas fórmulas, mas nas farmácias vende (Vitanol A, Vitacid, etc) e  não é caro.

Comprei o Vitacid (0.025%) ontem por 15,50 Dilmas, e ele rende muito pois só pode usar pouquinho, sabe?

Enfim, é o meu ativo preferido, e mesmo sendo um ativo bem antigo, é imbatível!

Quando não uso o de farmácia, que mostrei no Top 10 Produtos de Farmácia Para o Rosto, uso manipulado, como na fórmula passada pela minha dermato (post aqui).

Outros Ácidos Que Salvam a Pele

Beijos, Ju

O que você acha do JV?
Adoro!! Sigo há muito tempo!!
3 Segredos Para Transformar a Energia da Sua Casa! Protetor solar para quem transpira muito: 3 dicas salvadoras! Azeite de oliva é tudo de bom pro cabelo! 4 Mitos sobre beleza da pele! Testamos: Perfume Shakira Dance Diamonds! Perfume Yes I Am Cacharel Perfume Idôle Lancôme: Elegância e Delicadeza! Pele madura: 3 Cuidados Essenciais!