03.07.2014

Matemática Fashion: As Peças Que Você Precisa Ter No Armário

Vocês já notaram que quanto mais roupas compramos mais acreditamos que “não temos nada”? A cena parece engraçada e pra muitos é uma mentira deslavada, mas não é, porque ter muitas peças não significa que você use todas aquelas peças, que elas “caiam” como uma luva e sejam adequadas a pessoa que você é hoje.

O que nós temos, na maioria dos casos, são pilhas de roupas compradas aos montes, geralmente pra “seguir tendências”,  de qualidade duvidosa, que não vestem tão bem e que não usamos tanto. É ou não é?

O resultado disso é um armário abarrotado e nenhuma roupa pra vestir, já que as peças parecem não funcionar juntas, não combinar entre si.

matemática fashion

 

A razão maior disso é que não temos o básico, o “pano de fundo” que faz a ligação entre peças completamente diferentes. Mas o que é esse básico, afinal? São peças neutras, que rendem muitos looks e não ficam “marcadas”. Ou seja, tanto elas podem ser misturadas entre si como com peças dos mais diversos tipos que a coisa sempre “funciona”.

Vou mostrar pra vocês as peças que servem como “pano de fundo”, como “parede branca” no meu armário, certo?

1. Calça de alfaiataria preta

Uma calça “social” preta é a coisa mais versátil da vida! Dá pra trabalhar, pra ir pra balada (com um top bapho!), pro shopping, pra reunião familiar e por aí vai. Tudo vai depender dos acessórios e das peças complementares, que podem ser mais ou menos arrumadas. Calça de alfaiataria, aliás, nunca é demais, então depois da preta invista na caramelo, na marrom, na bege clarinha e na cinza, que sempre funcionam com tipos variados de blusas e cores, sendo adequadas pra várias situações.

2. Jeans clássico

Tá aí outra peça que é super curinga: é básica, combina com tudo e pode ser usada nas mais diversas situações. Pra usar “dia e noite, em qualquer lugar”, escolha uma de lavagem escura, de corte reto e  sem detalhes que chamem a atenção. Ah, e observe o caimento! A calça deve ficar perfeita e ser o mais neutra possível pra permitir as mais variadas combinações.

matemática fashion

3. Saia preta

Assim como a calça preta, a saia preta básica, na altura do joelho, é extremamente versátil, com a vantagem de ser mais feminina. A minha básica é uma saia-lápis sequinha, que é atemporal e chic, mas a evasê também é uma boa opção. Já tem a preta? Comece a investir em outros tons neutros!

4. Vestido básico preto

Com um pretinho básico você sempre está “pronta”, e nem se preocupe porque ele jamais sai de moda, até porque nunca entrou. É só mudar os acessórios e complementos que ele “muda de cara”, deixando o resultado mais casual ou formal, e podendo, ainda, ser usado de várias formas.

Tem dois vestidos pretos que amo: o tubinho básico com comprimento acima do joelho, de corte reto e sem decote demais, e o transpassado com decote em “V”, que uso o tempo todo. Sempre que não sei o que usar eles me salvam!

5. Camisa branca

A primeira precisa ser reta, bem básica, sem detalhes, porque é das peças mais importantes e versáteis do armário. Aberta ou fechada, com jeans ou calça social, ela sempre deixa o look mais arrumadinho. Já tem a básica? Escolha versões com mangas ou golas interessantes, de tecidos diferentes e com caimentos diversos, porque esse é o tipo de peça que a gente sempre vai usar muito, já que vai bem com quase tudo.

matemática fashion

6. Camisetas básicas

Tenho aos montes e não vivo sem! As mais básicas são a branca, a preta e a cinza, mas vale apostar na marinho, na bege, na marrom e por aí vai. Invista nas mais retinhas e sequinhas, e caso goste compre daquelas que têm aplicações de renda no decote ou na manga, que são simples e charmosinhas ao mesmo tempo.

7. Blazer  de cor neutra

Um blazer justinho, com um ótimo caimento e de cor neutra é uma peça super versátil e que vale o investimento! Você pode usá-lo com calças, saias e vestidos, deixando o resultado final mais arrumado e elegante, sabe? Aqui esqueça os modismos e aposte no clássico, só que mais acinturadinho.

8. Jaqueta 

Uma boa jaqueta é um dos melhores investimentos que você pode fazer! É que ela compõe vários tipos de look e costuma ter uma vida útil bem longa, fazendo valer cada centavo pago. Tenho algumas e sou apaixonada por uma bege de brim que comprei anos atrás, porque ela é acinturada, tem o caimento perfeito e conta com bolsos diversos, fugindo do básico.

matemática fashion

9. Cardigã

Outra peça que uso muito, com quase tudo, porque é leve (não pesa no visual), é clássica, é atemporal e vai bem com tudo. 

A diferença é que ao invés de me jogar nas cores clássicas, aposto nas mais vivas e coloridas, mas não deixo de ter o pretinho e o cinza, que combinam com tudo.

10. Camisa jeans

Como viver sem? Ela é, pra mim,  a versão “despojada” da camisa branca, e uso sempre que quero ficar  arrumadinha mas, ao mesmo tempo, casual.

Todas essas peças devem ser de ótima qualidade, devem ter ótimo caimento e valorizar o seu corpo, e nelas vale investir um pouco mais porque elas são atemporais, não têm “prazo de validade” como a grande maioria das roupas expostas nas vitrines. Ou seja, hoje ou daqui a 5 anos você vai poder usá-las.

Nos próximos posts vou dar exemplos de como cada uma dessas peças pode funcionar em cada ocasião pra render muitos looks, tá? É isso que chamo de matemática fashion, que prometi fazer por aqui meses atrás, lembram?

Beijos

Ju

27.05.2014

Achados de Fast Fashion: Camisa Xadrez

Já faz tempo que tá “chovendo” xadrez nas lojas, mas quem é aqui do Nordeste sabe que no São João o que mais se vê é xadrez, né? Eu adoro desde sempre e uso muito, sobretudo porque dá um ar mais despojado, coisa que eu adoro

Fui comprar algumas ontem pro São João  e achei tudo muito caro, sobretudo porque não é uma peça daquelas básicas que a gente usa  com tudo, sabe? Não tenho problema pra pagar caro em roupa, mas só pago caro em peças clássicas e básicas, daquelas que nunca saem de moda porque nunca entraram, tipo calça social preta, blazer, um jeans incrível, uma jaqueta maravilhosa e coisas do tipo.

camisa xadrez

Já xadrez, mesmo usando muito, não vejo necessidade de pagar caro porque, a título de comparação,  com uma camisa branca clássica  vou pra vários ambientes diferentes, e mudando os acessórios e complementos dá pra ficar mais simples ou mais sofisticada, já com a camisa xadrez não é exatamente assim, né?

Como achei tudo muito caro, acabei “batendo” na Renner e na Marisa e achei algumas legais, olhem só:

camisa xadrez

A  1, 3, 5, 6, 7 e 9 são da Renner, e a 2, 4, 8 e 10 são da Marisa , e os preços variam de 59,90 a 89,90 Dinheiros.

Ah, aproveitei pra fazer um comparativo de algumas peças que achei parecidas (parecida não é igual, viu?) lá na Dafiti, que tem um mix legal de peças caras e baratas. Olhem só:

camisa xadrez

* No orçamento (saiu “colado” na imagem! rs)

Vocês costumam usar camisa xadrez? Compram onde? Ah, tem mais achadinhos de fast fashion aqui.

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Amo as dicas, resenhas...enfim, tudo aqui no JV é um serviço público e de grátis rsrs , sigo as dicas da Ju e até hoje…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Esse esmalte é muito perfeito 😍 Vai ser daqueles que vou usar muuuuuuuuito ❤️ #blogbellealmeida #linho #anahickmann
  • Hoje chegou meu #ringlight do aliexpress, #jurovalendo tudo de bom, veio super rápido!
Levou 1 mês e 15 dias e paguei só 15 dinheirinho por ele. Tô mega feliz e satisfeita com a minha compra. Se alguém quiser o link do vendedor so.me pedir no direct que eu mando. .
.
.
.
.
.
.
.
#maquiagem #fotinho #iluminaçao #valendo #luz #maquiadora #sulbloggers #sublimmers
  • Unha da semana ✅
Sabe aquele esmalte que te deixa com mão de Rhyca?! Pois esse é o #Linho da coleção de esmaltes da #anahickmann ❤️
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo