30.05.2017

Mechas Loiras: Preparação e Passo a Passo da Minha Cor

E esse vício chamado cabelos loiros, hein? Todo dia quero uma coisa diferente, e umas duas semanas atrás, quando fui retocar a raiz, resolvi fazer uma coisa um pouco diferente… Um ombré hair “do meu jeito”, com mechas loiras em todo o cabelo, só que em maior quantidade e mais claras nas pontas, com a frente bem iluminada e as mechas da raiz começando de locais diferentes, pra não ficar muito marcado.

Não gosto de raiz escura, então o ombré “normal” não daria certo pra mim. Mas, ao mesmo tempo, queria algo que, mesmo com os fios bem claros, não me deixasse escrava do retoque, sabe? O Cleiton entendeu certinho como eu queria, jogou duro e gostei muito do resultado, muito!

mechas loiras

Cabelos com mechas loiras: a preparação

Já fiz muitos posts aqui falando da importância de preparar o cabelo para o processo de descoloração, já que ocorre uma perda grande de massa capilar, e o básico é reconstruir muito antes pra que o cabelo aguente no “durante” e não sofra tanto no depois.

Comecei a pegar pesado na reconstrução 30 dias antes, usando a cauterização de aminoácidos, mas a cauterização caseira dá conta do recado muito bem também. Usei muito Salva Fios nesse período, tanto que o cabelo ficou mais rígido, e um dia antes da descoloração fiz uma mistureba com o Salva Fios e o Novex Óleo de Coco, de Embelleze, apliquei no cabelo todo e sequei com o secador.

A coisa ficou “pesada” e só retirei no dia seguinte. Aí lavei os fios, apliquei bastante Salva Fios e fui fazer a descoloração.

Como fazer

Há anos faço as mechas “no papel”, e o Cleiton começou pela parte de baixo do cabelo. Uma coisa interessante é que dessa vez ele separava as mechas e usava uma espécie de pente pra “bagunçar” as mechas e só depois aplicar o descolorante, pois assim, segundo ele, a coisa não ficaria “marcada”, sabe?

É só separar as mechas e, com um pente mais fininho, puxar um pouco do cabelo pra cima, deixando meio “farofado”. Achei a coisa estranha, mas funcionou! rs

As pontas ficaram quase que completamente descoloridas e da metade pra cima a coisa foi suavizando mais, com a raiz um pouco mais escura, mas ainda loira, e com mechas que começavam lá de cima e não alguns dedos abaixo da raiz como é feito no ombré tradicional.

mechas loiras

Pra raiz ficar como eu queria, ele alternou a altura das mechas, sempre com aquele truque do pente, e quantidade de mechas aqui foi menor, e elas foram mais finas. A parte da frente ficou bem iluminada, com muitas mechas, alternando entre mais finas e mais grossas.

Além do descolorante, o mesmo de sempre, que tem que ser bom (faz toda diferença, já falei disso aqui!), ele usou o oxidante de 30 volumes, porque não queria abrir muito o tom.

E o Cleiton não remove o descolorante todo de uma vez. Ele vai por partes, começando pelos locais que receberam a mistura primeiro, então fico um tempão no lavatório, porque a diferença de tempo, por exemplo, da remoção da parte de baixo e da parte da frente foi de mais de 50 minutos.

Meu tom de loiro

Depois de remover o descolorante e lavar o cabelo,  o Cleiton “fez a cor” com a coloração 12.01 de Maxton, da Embelleze, que é o loiro extra claro platina.

Como meu cabelo é castanho escuro e “puxa” para o alaranjado com o tempo, optamos por um tom que, além de platinado, tivesse um fundo acinzentado (01) pra ajudar a neutralizar isso e manter a cor mais bonita por mais tempo, sabe?

No salão ele fez a tonalização da seguinte forma: misturou 1 tubo da tintura Maxton com o oxidante de 10 volumes, deixando agir 5 minutinhos e enxaguando em seguida. Se o loiro tivesse ficado alaranjado com a descoloração, ele usaria o oxidante de 20 ou de 30 volumes, mas aí dependeria do tom do cabelo, mas como a cor abriu bem, bastou o oxidante de 10 volumes.

banho de brilho para manter as mechas loiras

Para manter as mechas nesse tom, a cada 20 ou 30 dias, a depender do grau de oxidação, vou fazer um banho de brilho em casa com essa mesma coloração, e ele é super simples de fazer. Vou, inclusive, fazer com vocês lá no canal, tá? Não fiz ainda porque o cabelo não precisou,  (boa essa Maxton, viu? A cor continua bem intensa, mesmo lavando quase todo dia!).

Basta misturar 2 colheres de hidratação branca (tem que ser branca!), 2 colheres da coloração 12.01 Maxton (use o tom que você usou pra tonalizar) e 1 colher (das de sopa, em todas as medidas aqui) de oxidante de 20 volumes, e aplicar nos fios úmidos, após a lavagem com shampoo.

Aqui a gente vai aplicando de mecha em mecha, e como meu cabelo está mais claro na parte de baixo, vou começar por baixo (pontas, depois comprimento) pra deixar agir mais tempo (5 minutos), e só no final espalho na parte de cima, esfregando como se fosse shampoo por 1 minutinho, no máximo, e enxaguando em seguida.

Aqui é preciso ter o cuidado de não aplicar o banho de brilho na raiz escura e deixar agir, por isso o Cleiton orientou a usar apenas no final do processo e ir esfregando, sem pausar. Pra quem não tem muita habilidade com banho de brilho ou está com o cabelo mais danificado, é só usar o oxidante de 10 volumes (e aí dobra a quantidade para duas colheres).

mechas loiras

Feito isso, é só enxaguar, aplicar alguma máscara mais emoliente e que, preferencialmente, tenha alguma ação reconstrutora e pronto, o cabelo fica com o tom “vivo” novamente.

Ah, vale lembrar que essa receita é a “base”, mas se o seu cabelo for maior, menor, mais cheio ou menos cheio, as quantidades variam, tá?

Eu não fico sem banho de brilho, já falei por aqui várias vezes, inclusive, justamente porque o loiro oxida muito facilmente, sobretudo no meu caso, que moro numa cidade super quente e escovo o cabelo sempre, sabe? E o banho de brilho devolve aquele tom mais radiante de quando saímos do salão.

Cês gostaram da cor? Achei incrível, garrei amor nessa 12.01 da Maxton! E amei o efeito, bora ver como vai ficando com o passar do tempo, né?

Ainda essa semana mostro tudo que tô usando pra cuidar dos fios, e se tiverem alguma pergunta é só deixar nos comentários!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

06.01.2015

Loiro Acinzentado Perolado: Nova Cor do Meu Cabelo

Postei uma foto no insta (@JuroValendo, bora papear por lá!) e no Face e a pergunta geral foi “que cor é esse no seu cabelo”, daí achei melhor fazer um post explicando porque, como sempre, meu loiro acinzentado  foi uma novela.

Tinha feito luzes com a Vivi em agosto e tava decidida a fazer novamente só em fevereiro porque com um intervalo maior eu ganho tempo pra recuperar o cabelo, sabe? Só que em novembro testei um matizador novo e ele “fechou” a cor do meu cabelo (foi o Platinum, da Secrets), meio que “apagando” o loiro.

Por causa disso, queria fazer umas mechas só por cima, bem poucas mesmo, só pra dar uma iluminada, mas acabou que na confusão de final de ano não deu tempo e  foi aí que lembrei do Kit pra Mechas e Luzes da Koleston que usei tempos atrás em minha mãe e deu um super resultado (tem post sobre ele aqui).

loiro acinzentado perolado

loiro acinzentado: foi fácil não!

Bom, eu sabia que não deveria usar em mim porque meu cabelo é fragilizado pela química, porque ele é grosso e tal, mas queria meu cabelo claro na praia e achei que umas 20 mechas finas no topo e na lateral não fariam tanto estrago assim.

Ô dó, estrago pouco é bobagem, simplesmente torou a mecha da franja e deixou o cabelo muito áspero e ressecado, coisa que não tinha acontecido com minha mãe.

Quanto a cor, ficou muito dourado, e aquele tom de dourado só um “matizador” resolveria: aquela receitinha de matização pra cabelos alaranjados que ensinei nesse vídeo aqui (ops, já sabe da novidade? Daqui a pouco começo a postar 2 vídeos por semana, se inscreve lá no canal logo menina!)!

Fiquei com medo de usar com o oxidante de 30 e melecar ainda mais, aí usei o de 20 e deixei agir mais tempo. O tom ficou tão bonito no dourado que passei no cabelo todo e gostei muito do efeito, porque ficou um loiro acinzentado perolado, longe daquele cinza fechado que mais parece chumbado.

loiro-acinzentado-perolado

loiro acinzentado perolado: cuidados

Na praia a cor abriu bem e fiz a receitinha duas vezes pra corrigir os dourados e deixar no “cinza bonito”.  O tempo de ação varia muito de cabelo pra cabelo, não dá pra dizer ao certo, assim como a quantidade de corretor cinza,  e não dá pra exagerar senão o cabelo chumba mesmo, né?

Tô fazendo uns testes pra deixar essa receita mais fácil de ser usada sem risco de chumbar e assim que conseguir posto um vídeo pra vocês, tá? Mas já aviso logo que o segredo da minha cor é essa matização!

Amanhã faço um post falando dos produtos que usei pra recuperar o cabelo nesse período (e tô usando ainda!), mas  adianto que os grandes responsáveis foram a Máscara Visible Repair, que falei nesse post aqui, e o absolutamente incrível  SH-RD Protein Cream, da N.P.P.E.Hair Care, que é uma das melhores coisas que meu cabelo já usou na vida ( se o seu cabelo tá detonado ele é o remédio certo!).

A versão de 80 ml custa R$99,00 e tem pra vender na Sepha (aqui). Pra investir sem medo!

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

14.12.2013

50 Tons de Loiro

Uma das perguntas mais comuns aqui é como  aprendi tanto sobre cabelos, já que não sou cabeleireira, tricologista ou nada do tipo. A resposta é simples: aprendi tentando, fazendo, buscando e errando muito! Ah, e tendo experimentando trocentos tons de loiro! rsrs

Antes de continuar, aviso: abri meu “baú de fotos”, mas relevem, tá? Eu sou só uma “menina”, assim como vocês, que anda de cara lavada, tem preguiça de pentear o cabelo de vez em quando, anda “bagunçada”, tem fotos horríveis e já foi muito feinha várias vezes.

De bota branca e guarda chuva: comoooo isso aconteceu? huahuahua

De bota branca e guarda chuva: comoooo isso aconteceu? huahuahua

50 Tons de Loiro: a coisa começou cedo!

Meu cabelo natural é castanho escuro, mas desde que tinha uns 6 anos já inventava “arte”, porque minha mãe, que é loira, vivia colocando chá de camomila nos cabelos pra ficar mais claro, e eu queria fazer igual. Nessa época “aprendi” tudo sobre chá de camomila, leite e limão, sim, porque até limão eu coloquei no cabelo nessa época.

50 tons de loiro

Até os 12, 13 anos, clareava o cabelo assim, mas claro que eram somente reflexos dourados. Lá pros 14 anos,  tonalizei pela primeira vez.  E aí ia tonalizando, cada mês com uma cor diferente, e fazendo os tais dos banhos de camomila, que borrifava nos fios quando ia pra piscina.

50 tons de loiro

Com 15 anos fiz luzes pela primeira vez e achei que aquilo era a glória na terra, porque meu cabelo, que era na cintura, ficou lindo demais. Mas aí veio o ressecamento, as pontas duplas e eu decidi que meu negócio seria a tintura.

No meu cabelo a tinta clara nunca funcionou direito, porque, sendo bastante escuro, a raiz não abria e ficava alaranjada, então comecei a pintar e fazer balaiagem (balayage)  com mechas mais claras pra disfarçar o laranja da raiz.

50 tons de loiro

50 Tons de Loiro: Nem tão loiro assim

Várias vezes escureci o cabelo, do castanho ao preto, passando pelo vermelho e cobre.  E como sempre fiz muita coisa e sempre fui muito curiosa, comecei a entender como meu cabelo reagia, do que ele gostava ou não, e como os produtos funcionavam a longo prazo.

50 tons de loiro

Em relação a cor, o que funciona comigo é o loiro, porque cabelo escuro me envelhece bastante! O que mais gosto são as luzes, porque dou palpite e consigo deixar como quero, sabe? Já “fiz “todos os tons possíveis de loiro (e misturei muitos outros), do platinado ao escuro, e até hoje mudo muito, mas com “banhos de brilho”, porque sei que se a cor não me agradar, é só lavar com BioCale que o tom fica mais claro.

50 tons de loiro

Super acho que o loiro mais pro dourado, não o laranja que tá em algumas fotos, me favorece mais, fica mais natural, mas acostumei tanto com o super claro que acho difícil mudar. Mas vou, porque 2014 tá aí e quero começar o ano de cabelo novo, porque cabelo, afinal, é meu “acessório” mais importante!

50 tons7-001

Ah, vocês observaram como o rosto muda quando a cor do cabelo muda? Fico bem diferente, e olhando essas fotos concluí que preciso ficar com a sobrancelha mais fina, porque tô pesando na mão e o troço tá ficando é esquisito!

50 tons6

O que vocês acham, qual cor fica melhor?

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

27.06.2013

Banho de Brilho Loiro Perolado: Como Fazer?

Meninas, a Vivi fez esse banho de brilho loiro perolado no meu cabelo ontem e eu acabei gravando um vídeo falando dele, mas me atrapalhei em algumas coisas, daí liguei pra ela agora de manhã e ela explicou tudinho.

No meu cabelo gostei demais porque deu uma realçada na cor e deixou bonito.

banho de brilho loiro perolado

banho de brilho loiro perolado: Ingredientes

  •  1 colher de sopa de tinta (de qualquer marca) 8.89
  •  2 colheres de sopa de Ox. de 30 volumes
  • 2 colheres de creme branco

Essa é a receita base, mas se o seu cabelo for cheio vá dosando as quantidades, observando sempre que é uma medida de tinta para duas de Ox, e duas de creme branco.

Pode-se, para quem não tem muita habilidade ou tem medo de clarear, usar a Ox. de 20 volumes, que é mais “segura”, porque pode agir mais tempo sem comprometer a cor.

banho de brilho loiro perolado

Tá parecendo roxinho na primeira foto, mas é a luz mesmo!

como fazer Banho de Brilho loiro perolado

Misture os três ingredientes e, com o cabelo molhado (achei que era seco, mas seco o que ela fez foi aplicar a cistina, que não tem nada a ver com isso aqui!), vá passando de mecha em mecha e deixando agir, em média, 10 minutos.

O ideal é dividir o cabelo em quatro partes, duas acima da linha da orelha e duas abaixo. Aí você aplica primeiro em uma parte e começa a contar o tempo.

Quando acabar o tempo, enxágua e vai pra outra parte, e assim sucessivamente.

Dessa forma é mais seguro porque não corre o risco de uma parte ficar mais clara do que outra em decorrência da diferença de tempo.

Muita gente perguntou se não clareava a raiz, e a Vivi disse que só após  enxaguar cada “parte” é que passa um pouco na raiz, esfregando como se fosse shampoo e enxaguando em seguida, sem pausar.

No meu caso, ela não passou na raiz porque tô tentando fazer um degradê pra  que a pausa entre uma descoloração e outra seja maior.

É muito importante que a tinta seja 8.89, não serve outra. Não serve a 8.9 nem a 8.8, certo?

Fiz um vídeo falando desse banho de brilho e não ficou lá muito bom, mas serve pra vocês darem risada!

Qualquer dúvida é só perguntar, tá? E se quiser ler mais sobre banho de brilho, é só clicar aqui. Pra quem quiser outras opções pra “renovar” o loiro (matização, tonalização, etc) é só clicar aqui.

+ Opções para cabelos loiros

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Amo as dicas, resenhas...enfim, tudo aqui no JV é um serviço público e de grátis rsrs , sigo as dicas da Ju e até hoje…
As leitoras mais incríveis da vida
  • Porque luz boa tá aí pra gente fazer um zilhão de selfies 😎🤣O batom e a cor 06 (#bondedalud) da Coleção da @ludmilla by @esmaltesdote  #blogbellealmeida #selfietime #AloAloCacheadasBA
  • Antes de qualquer coisa, café! Força na peruca gente!!!! Bora fazer essa terça render 😘 #blogbellealmeida #bomdia #tercalinda (📸: @guedesmeg)
  • Planejamento atualizado, agora é botar em prática! Boa semana pra nós! 😘😘 #blogbellealmeida #mondayagain
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo