Vizcaya
09.04.2019

Banheiro Pequeno: Como Reformar Gastando Pouco

Vamos falar sobre banheiros? Ou, mais especificamente, banheiro pequeno: como deixar visualmente maior e reformar gastando pouco.

Além de, é claro, deixar o ambiente equilibrado, levando em conta, também, algumas coisas do Feng Shui.

Uma das minhas prioridades quando mudei eram os banheiros, que realmente me incomodavam.

Além de escuros, com tudo bem antigo (a casa tem quase 20 anos…), eles são pequenos, e o do meu quarto tinha pouquíssima ventilação, mas sobre ele a gente fala em um outro post.

Nesse, vamos falar do banheiro social, tá?

Queria clarear, modernizar, iluminar, deixá-lo mais funcional, só que gastando pouco.

Revestimento para Banheiro Pequeno

Pra começar, queria trocar o revestimento dele todo, mas não queria colocar revestimento em todas as paredes.

Queria a opção de mudar de cor se tivesse vontade, de colocar um papel de parede, essas coisas, sabe?

Achava que isso só funcionaria em lavabos, mas pesquisando na internet vi que não. E aí conversei com a Mari, minha leitora e arquiteta maravilhosa, que fez o projeto do meu quarto, e ela me explicou várias coisas.

O importante era que a área molhada (chuveiro) fosse toda revestida. Na parte seca, tomando os devidos cuidados, com o tipo de massa, tinta e produtos adequados, dava pra manter as paredes sem revestimento.

Isso me deixou feliz por 3 motivos: menos gastos, manutenção mais fácil e pouco “rejunte”.

Revestimento, a gente sabe, custa caro (gastei R$690, e foi pouquíssimo revestimento).

banheiro pequeno

Manutenção em parede com revestimento é muito mais trabalhoso que em parede sem revestimento, e se um cano estourar ou tiver um vazamento é bem mais fácil e barato pra ajeitar quando não tem revestimento.

No mais, rejunte é um troço que suja e acumula sujeira muito facilmente.

Pensando em tudo isso, escolhi um porcelanato retificado branco e sem brilho para toda a área molhada (ou seja, dentro do box todo) e o chão.

Branco é ótimo pra ambientes pequenos e escuros, e também é neutro, então poderia colocar a cor que quisesse nas paredes da área seca.

O Box

Os vidros do box eram escuros, o que pesa e diminui o ambiente, e já estavam bem desgastados.

Troquei por vidros transparentes e mais resistentes, e usei o kit de montagem mais simples e básico. Gastei R$660,00 aí.

Troquei o chuveiro por um da Lorenzetti que saiu por R$59,00 na promoção, e pedi pro pedreiro fazer um nicho para colocar produtos com o próprio porcelanato.

Depois de pronto, pedi pra marmoraria fazer a moldura com o mármore bege Bahia, o mesmo usado na bancada da pia, e paguei R$66,00.

Achei ótimo, porque o nicho completo nesse mesmo mármore saia por R$250,00.

banheiro pequeno

Coloquei daqueles ralos maiores e retangulares pra não ter problemas com o escoamento da água (tinha antes, mesmo com a inclinação correta).

As paredes da área seca

Me deram a opção de cobrir os azulejos da área seca com massa acrílica, um outro produto que é específico pra isso (vou pegar o nome e passo pra vocês quando falar da parede da cozinha!) e depois pintar.

Mas, optei por remover tudo, até porque tinha cupim nesse banheiro e eu não sabia se era só na porta ou se eram subterrâneos, como tinha na parte de trás da casa.

Então removeram tudo, fizeram toda a preparação e depois pintaram com um bege bem clarinho, o Algodão Egípcio, da Suvinil, que é a cor “base” da casa.

Troquei o vaso sanitário por um branco (R$199,00, já com o assento e tampa) e mudei de lugar, deixando ele, a pia e o chuveiro em uma só parede.

Isso dá a impressão de que o ambiente é maior. Fora que é mais funcional, né?

banheiro pequeno

Pia e Bancada de banheiro pequeno

Reaproveitei a pia, branquinha, pequena e em ótimo estado, e achei ótimo porque ô trem caro é pia!

Troquei o “ralo” da pia, que estava enferrujado, por um com vedação, porque né, moro “no meio do mato” e é bem comum que saiam bichos pelos ralos.

Também troquei a torneira (comprei da Lorenzetti, R$150,87) e os acessórios (pra toalhas, papel higiênico, etc). Escolhi um kit básico, mas bonito e bem resistente da Celite, com 5 peças, que saiu por R$214,00.

Não consegui aproveitar o mármore porque ele estava rachado, e aí aproveitei pra mudar do branco pro Bege Bahia, que adoro, harmonizava bem com o tom das paredes e tem um preço ótimo.

Como é pequeno, o preço também foi razoável: R$360,00.

Marcenaria para banheiro pequeno

Com a pia instalada, encomendei na marcenaria (a Moreira, não tem melhor aqui!) um móvel branco com um gavetão na parte de baixo pra colocar toalhas e a parte de cima aberta, sem fundo, tipo um nicho, onde coloquei cestinhas brancas de vime que comprei no mercado.

Aqui usei o MDF branco simples, que é o mais barato (guardem essa informação!), mas tem a mesma resistência que os outros.

Com ele também foi feito um nicho pequeno que fica acima do vaso sanitário e abaixo da janela, que foi mantida, onde tem cestinhas (comprei na feira, R$4,00 cada) com miniaturas de produtos.

banheiro pequeno

Gastei R$350,00 na marcenaria, e ainda faço um post explicando como realizar o milagre da marcenaria barata (e de excelente qualidade!), porque nisso, migas, tô mestra! hahaha

Iluminar e Ampliar banheiros pequenos

Para iluminar e ampliar ambientes usamos cores claras, luzes e espelhos, não tem erro.

Então, o revestimento branco e as paredes clarinhas já ajudaram bastante. Mas a janela continuava pequena e não tinha como aumentar. Além disso, o teto é de madeira, o que escurece, e eu queria manter, adoro madeira.

Minha solução foi colocar um espelho da base da pia até o topo da janela (encomendei na vidraçaria, custou R$99,00) com dois spots de luz fria acima do espelho, mas afastadas o bastante da parede para serem refletidas por ele.

Coloquei 3 outros spots, também de luz fria, na parede oposta, do lado oposto, pra equilibrar a iluminação.

No centro do banheiro coloquei um plafon branco redondo (R$29,90) com duas lâmpadas quentes.

Funcionou super bem e ele, inclusive, ficou mais claro que o banheiro do meu quarto, que tem uma janela bem maior e é branco (ainda vou melhorar essa iluminação!).

banheiro pequeno

Outros detalhes e valores

Usei rodapé de poliestireno branco da Arquitech, o mesmo da casa toda, que é bom, bonito, barato e fácil de colocar.

A encanação foi toda substituída, já que era antiga, e também gastei com materiais de construção, como cimento, rolos, fios e coisas do tipo, mas esse foi o menor gasto.

Precisei trocar a porta, que estava infestada de cupim. Comprei o kit na madeireira por R$129,00 e pintamos de branco, também ficou ótimo!

Com mão de obra gastei 1600 reais: 10 diárias do ajudante (R$500,00), que passou 4 dias quebrando e removendo tudo; 6 diárias do pedreiro (R$600,00), 2 diárias do pintor (R$200,00), 2 semanas de acompanhamento do mestre de obras, que daria R$600,00, mas como outras coisas na casa estavam sendo feitas ao mesmo tempo, dividi o valor por 2, daí dá R$300,00.

Além de fazer o acompanhamento de tudo, foi quem fez, também, toda a parte elétrica e hidráulica.

Meu orçamento era de R$5.000,00, e gastei uns 25% a mais que isso. Não consigo contabilizar com exatidão porque muitas coisas foram usadas no outro banheiro, na parede da cozinha e no restante da casa.

As economias

Se tivesse usado revestimento no banheiro todo, teria gastado o triplo do valor.

Como esse é um banheiro pouco usado, sobretudo pra banho, e como aqui é uma região quente e com baixa umidade, não tive problemas em não revestir a área seca.

Espelho básico e sem moldura é muito mais barato.

banheiro pequeno

Pesquisar muito e escolher peças boas e básicas faz muita diferença, porque vaso sanitário branco, por exemplo, achei de até R$1.700 reais.

Com os kits de banheiro é a mesma coisa, e pra mim compensou muito mais o kit do que as peças individuais, que sairia bem mais caro.

Box com ferragem básica e mármore branco é muito mais barato. Nicho pronto é lindo, mas, pro meu orçamento, caro. As molduras saíram bem mais baratas.

O mármore da pia pode deixar tudo muito mais caro (o metro pode chegar a R$2.000,00). O Bege Bahia ficou uma graça e tem um preço ótimo aqui.

Pia também pode custar caro, e foi mara poder reaproveitar a que já tinha.

Comprar o kit da porta na madeireira e pintar também fez diferença, porque em loja de material de construção a mais barata que achei custava quase R$600,00.

Marcenaria funcional, sem detalhes que encareçam (tem puxador que custa mais que o móvel…), é outra coisa que também faz diferença.

Claro que se você quiser um banheiro dos sonhos, e tem todo direito de querer, você pode optar por peças incríveis.

Eu queria mesmo um banheiro iluminado, visualmente maior, funcional, com materiais duráveis e de qualidade, mas que não fossem luxuosos (porque, óbvio, seriam mais caros), e gastando o mínimo possível.

Então, pra mim tá maravilhoso: agradou meus olhos e meu bolso!

No próximo post a gente fala sobre a parte do Feng Shui nos banheiros, tá? E pra ver mais posts do Ju de Casa é só clicar aqui!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

Vizcaya
11.09.2018

Casa Nova, Vida Nova!

Meninas, desculpa o sumiço na última semana. É que eu estou de casa nova, foi tudo muito rápido e, como vocês sabem, meu talento para “coisas de casa” é zero! hahaha Mas tô muito, muito feliz!♥

Quem acompanha o Instagram (@jurovalendo, segue lá!) já tinha visto, porque venho postando as coisas todas lá, e vou explicar como tudo aconteceu. Senta que lá vem história! rs

Já faz tempo que falo que quero me mudar, mas sempre foi de cidade. Nunca me adequei a temperatura daqui, sinto falta de coisas que gosto, como bons restaurantes, teatros, museu e cinema, por exemplo, e o fato de Jequié não ter um aeroporto dificulta tudo, pois me faz perder um tempo enorme quando preciso viajar, ou seja, sempre.

A minha ideia era me mudar pra Vitória da Conquista, que tem todos os benefícios de uma cidade do interior, é fria, tem ótimos restaurantes, shoppings, um comércio bem mais forte, onde encontro tudo mais facilmente, e aeroporto.

casa nova

Já tinha visto muitas casas por lá, e precisa ser casa por causa dos meus bichinhos, mas nenhuma era “a casa”, sabe como é?

Daí, na última semana de agosto, procurando pela internet corretoras na região, vi uma casinha branca, com cara de aconchego, e cliquei.

Dei de cara com um jardim verdinho na área da frente, cômodos muito iluminados e uma área enorme no fundo, que já imaginei cheia de plantas, flores, gargalhadas e meus bichinhos correndo para todos os lados.

Pra completar, a casa ficava em um condomínio na saída da cidade, um lugar bem silencioso (amo!) e muito fresco. É que Jequié é zona de transição entre caatinga e mata, e no condomínio já estamos perto da mata, então o clima muda.

E aí senti que precisava viver alguma coisa naquela casa. Intuição, sei lá… E em poucos dias (mesmo! rs) resolvi tudo.

No final da tarde do dia 30 de agosto fui conhecer a casa e me apaixonei mais ainda pela energia do lugar. Casa feliz, luminosa, aconchegante, parecendo abraço quentinho de vó, sabe?

E aí, olha que interessante: logo que entrei dei de cara com um pé de seriguela no jardim, minha fruta preferida. E no fundo tinha o que? Uma jabuticabeira, que todo mundo sabe que eu amo! E tinha pitanga também, duas, e muitos passarinhos cantando.

Casa nova é vida nova!

casa nova

Dia 31, de manhã cedinho, assinei o contrato e fui logo procurar “meu time”, porque apesar de linda, a casa precisava de alguns reparos e mudanças.

Gil começou a cuidar da reforma, começando pelo meu banheiro, porque gosto de banheiro claro e luminoso. Coelho foi olhar a parte elétrica e a iluminação, e Binho começou a cuidar do jardim, das plantas e dos canteiros.

Como a cozinha estava pronta, com todos os armários, achei melhor manter e chamei Rafa, marceneiro que sempre quebra meus galhos, pra renovar tudo por lá, trocando o que fosse necessário (inclusive a fórmica branca, que já estava amarelada).

Em seguida corri na @moreiramoveisprojetados pra pedir socorro a Ney, porque “precisava” de um banheiro novo em uma semana, no máximo.

Boa parte do meu trabalho é feita no banheiro, gente, então preciso de um banheiro iluminado e lindo, né? Ele foi medir na terça e no sábado já estava tudo instalado.

Pode deixar que vou postar detalhadamente tudo o que está sendo feito em cada cômodo, tá?

Vou fazer tudo com muita calma, porque, como falei lá no Instagram, casa, pra mim, é igual vida, a gente vai criando aos poucos, pra que ela conte as nossas histórias.

Então, não esperem diário de decoração ou algo do tipo… Teremos muitos antes e depois, vou mostrar cada coisinha que for comprando, e tudo isso será feito aos poucos, com cada objeto tendo significado pra mim.

casa nova

Ainda faltam alguns ajustes e a decoração!

E tem Feng Shui de casa nova sim!

Recebi ontem de tarde a análise do Feng Shui e da Radiestesia feita pela Mônica Cirillo, porque levo energia muito a sério, e também vou compartilhar isso com vocês.

No mais, a Mari, uma leitora muito especial, que é Arquiteta (@mariananusdeo.arquitetura, segue lá!), está me ajudando com dezenas de dicas (obrigada, Mariii!♥) e me orientando em diversas coisas, e a Isa, lá do @terravivapetshop, que também é decoradora, tem me dado muitassss ideias e me indicado os melhores lugares pra comprar e fazer algumas coisas (valeu, Isa!♥).

Por enquanto, o que está mais ou menos pronto é o banheiro do meu quarto e a cozinha, que ainda não tem fogão (panelas elétricas são muito úteis, tá? hahaha).

O espaço para o fogão é pequeno (90 de altura, 60 de largura, 53 de profundidade), só caberia um de 4 bocas, o que pra mim tá ótimo, mas ainda não sei se compro o fogão “de verdade” ou o Cooptok, muito menos qual marca escolher.

Se for o Cooptok, é melhor o elétrico ou a gás?

E a geladeira, gente? Tô com um frigobar porque gostei muito de uma da Samsung, mas Mainha sempre usou Brastemp e gosta também da Electrolux, e Deide cismou com uma Consul.

Ah, só pra avisar: não tem geladeira, mas a Adega tá funcionando maravilhosamente bem! Prioridades, né, mores? hahaha

Nas minhas salas não tem absolutamente nada ainda, exceto uma esteira com uma cesta de almofadas coloridas, e vai ficar assim até eu ir decidindo o que e como quero, ué…

Meu closet fica parcialmente pronto na próxima semana, e aí vou tirar as roupas dos caixotes (comprei uma arara também, por enquanto tá ótimo!).

casa nova

O projeto do meu quarto a Mari vai fazer e, assim como o restante da casa, quero tudo leve, aconchegante, claro, alegre e com poucas coisas.

Toda a parte de marcenaria farei na Moreira, porque além de fazerem tudo com perfeição, são responsáveis e cumprem prazos, o que, como vocês bem sabem, é essencial pra mim.

Quem me acompanha há mais tempo já viu o quanto já penei com marcenaria aqui, né?

Ah, uma coisa maravilhosa, migas: me livrei de Eduardo, o atendente virtual da Velox/Oi! hahahaha Vocês não sabem o tamanho da minha alegria em ficar livre desse abençoado!

É que a Velox é bem ruim lá (a operadora que “pega” melhor é a Vivo, e agora sou Vivo), e a Taty, uma leitora que agora é minha vizinha, indicou a @sudoestetelecom, que nem sabia que existia.

A internet é de fibra, peguei um plano super bom e comprei um roteador maravilhoso (não entendo disso, mas já tinha sido avisada que se o roteador não fosse muito bom em relação a coisas que não lembro, mas depois mostro procês, a coisa não funcionaria direito).

Resultado? Minha internet tá “tinindo”, muito estável, rápida e pega bem até na área da lavanderia. Vamos ver se continua assim, né? Acho bom!

Então, é isso… Sumi aqui do blog porque minha vida resolveu dar umas cambalhotas, agora sou uma quase dona de casa que precisa de todas as dicas possíveis de vocês e tá pra dar um piripaque com os preços das coisas, porque, minha gente, material de construção é absurdamente caro.

E isso sem falar dos móveis, né? Toda vez que vejo o preço de um sofá meu coração dispara! hahahahaha

Mas, essa semana estamos voltando ao normal e teremos posts todos os dias, tá? Minhas coisas já estão na minha casa, mas o cheiro da tinta me colocou pra fora temporariamente, daí tô dormindo e trabalhando aqui na casa de mainha até meu nariz suportar sem virar uma bola vermelha.

E, não esqueçam: vou precisar muito das dicas de vocês, tá? Obrigada pela paciência e por estarem sempre comigo, sempre!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa?Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

10.07.2016

Reforma, mudança e outras coisitas mais…

Inclusive bagunça e alergia! rs

Como falei no post dos quereres de julho, resolvi, enquanto a mudança de cidade não acontece, encarar uma reforma, e decidi, pela primeira vez na vida, pintar tudo de branco, o que pode parecer uma besteira pra muita gente, mas pra mim é bem significativo…

Significativo porque o último ano foi bem intenso em vários sentidos, e eu mudei de tantas formas que fiquei meio perdida, sabe? Acho que por isso essa necessidade tão grande desapegar de tantas coisas, de ter feito aquela “limpa” gigantesca no armário, de ter me livrado de um monte de coisas, pessoas e situações que não faziam mais sentido.

A sensação que ficou é de que eu precisava de uma tela em branco pra olhar e decidir o que quero “pintar” daqui pra frente, entende? E como não tenho tela, resolvi pintar o quarto rs. Aliás, não só pintar, mas mudar tudo por aqui.

Sobre a mudança

Já faz tempo que quero mudar de cidade, e já falei disso por aqui, só que, acreditem, não é tão fácil encontrar “a casa ideal”, primeiro porque preciso de uma casa, não pode ser apartamento, já que não existe a possibilidade de mudar sem todos os meus bichinhos (cachorro, gatos, jabutis, etc).

Preciso de uma casa que tenha espaço pra eles, pra que eles vivam bem, e, além disso, preciso de um lugar onde eu tenha uma segurança maior, já que vou morar sozinha,  então o ideal é que seja em um condomínio, mas esse semestre foi tão corrido que, simplificando, não consegui me planejar sequer pra tirar uns dias só pra ver isso, sabe?

Não é o tipo de coisa que eu consiga fazer em um dia ou dois, preciso de mais tempo, preciso de mais planejamento, porque também envolve um gasto bem maior do que o que tenho hoje, mas entre agosto e setembro vou tirar uma semana “de folga” (será que consigo? hahaha) só pra ver isso, porque é algo que quero muito fazer ainda esse ano.

Sobre a Reforma

Acho que o ambiente onde a gente vive diz muito sobre quem somos, o que queremos e para onde estamos indo, e justamente por isso acho importante que ele seja, de certa forma, um reflexo do somos, e o que o meu quarto estava “refletindo” era, literalmente, uma bagunça, uma mistura de muito do que já fui, mas não sou mais. E isso, claro, estava me incomodando.

Assim como estava me incomodando a falta de espaço, o quarto apertado, a ausência de um lugar adequado para gravar, tirar fotos e preparar conteúdo aqui pro blog, porque sou metódica, gente, preciso de um lugar pra tudo, preciso de cada coisa em seu devido lugar, e não tinha isso, então sempre desistia de gravar porque a coisa virava uma bagunça, acabava não fazendo fotos mais legais para os posts porque tinha que tirar as coisas do lugar e montar “cenário”, o que resultava em um verdadeiro caos e eu não sei lidar com isso, simples assim.

reforma juro valendo

Então, além de pintar o quarto todo de branco, ajeitar algumas coisas que precisava (tipo colocar o trocinho de tomada no lugar certo onde vai ficar a softbox, etc) e trocar a janela, resolvi “replanejar os móveis”, pra desespero do marceneiro hahaha.

Sobre a janela, tinha um problema sério com ela, e não era o fato da bichinha ser desprovida de beleza, mas sim porque ela abria para dentro, o que, sei lá porque, me causava um desconforto enorme. Todas as janelas aqui de casa, da casa dos meus tios e de todas as pessoas que frequento aqui em Jee “abrem pra dentro”, mas cismei que isso não é legal, e fiquei imensamente aliviada quando o pedreiro (obrigada Cosme! rs) colocou a minha janela pra abrir pra fora! hahaha

Sobre os móveis, cometi um erro quando comprei uma cama de casal pra um quarto tão pequeno quanto o meu, e até pensei em trocar de cama, mas, gente, comprei tem pouco tempo, ela custou os olhos da cara e é extremamente confortável, então desisti.

Aí medi o quarto todo e fui enlouquecendo Nei, o marceneiro, que sempre fez meus móveis e já está meio acostumado com minhas maluquices.

Decidi que, como me desfiz de mais da metade das minhas roupas, sapatos e bolsas, não precisava de um armário tão grande, e como ele foi “planejado”, pedi pra Nei tirar 1/3 dele, porque aí o restante caberia certinho onde ficava a minha bancada.

A cama, que ficava encostada na parede ao lado da janela, agora vai ficar na parede onde ficava o guarda-roupa, de frente pra janela (ah, já tenho cortinas branquinhas lindas pra Ozzynho puxar e rasgar tudo! haha), e com isso ganho um espaço que não tinha, e é esse espaço que vou usar para o blog.

A bancada vai ficar um pouco menor (coisa de 10 cm, e ela é bem grande), do lado (e na mesma profundidade) vou colocar uma mesinha pra fazer as fotos dos produtos, e ela é bem funcional, com espaço pra guardar tudo que preciso para fazer as fotos, e acima dela entra uma “estante de prateleiras” (vamos reaproveitar as que ficavam no meu armário) pra colocar coisas que gosto e que tenham a ver com o blog, e do lado vai ficar, já prontinha, a softbox, o tripé com a câmera, tudo certinho, pra que eu não precise tirar nada do lugar se quiser gravar ou tirar fotos.

reforma juro valendo

Ao lado da janela vou colocar um espelho bem grande, porque aí posso tirar fotos pra vocês, e pelos meus cálculos tem espaço suficiente pra circular por todos os lados sem me sentir “espremida”.

Umas coisinhas a mais…

Por causa da reforma tudo está de cabeça pra baixo, então tenham paciência comigo essa semana, tá? Trabalhar no sofá, com o notebook no colo e centenas de coisas espalhadas por todos os lados não é muito fácil, e essa semana ainda tem o aparelho pra colocar (pois é, chegou a hora…), o cabelo pra mudar e Ozzynho pra vacinar, então não entranhem se eu demorar um pouco mais pra responder ou der uma sumidinha, tá?

Ah, e aproveitei essa coisa de reforma pra fazer o “jardim de Bob”, meu jabuti, porque ele ainda não tinha um espaço só dele, com grama, plantas e pedras. Mostrei lá no Snap, e um tiquinho também no Instagram (sou Jurovalendo em ambos), e assim que ficar tudo prontinho, do jeito que quero, faço um post aqui!

Ops, e lógico que quando a reforma acabar, faço um post cheio de fotos e gravo um vídeo mostrando tudinho pra vocês, tá?

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…