16.04.2014

Como Controlar o Volume dos Cabelos?

Quem acompanha o blog há mais tempo sabe que meu cabelo é cacheado e sabe também que tem mais de 1 ano que parei com a progressiva (e selagem, botox, etc), e como meu cabelo sempre está liso muita gente pergunta como eu consigo controlar o volume.

Bom, pra deixar liso eu faço escova e uso um produto incrível pra ajudar, e já fiz post dele aqui. Mas, o foco do post não é esse, é o controle do volume, coisa complicada no meu caso.

cabelo volumoso

cabelo volumoso

Quem tem cabelo crespo ou cacheado tende a ter fios mais volumosos porque, nesses tipos de cabelo, eles nascem “espiralados” desde a raiz, e isso acaba comprometendo a distribuição da oleosidade natural que se concentra na raiz. Como a oleosidade não é distribuída de maneira uniforme, o cabelo fica muito ressecado e com muito volume.

Clara que o uso de relaxamentos e alisamentos é uma opção, e eu não tenho nada contra, só que cabelo descolorido não dá muito certo com alisamentos e relaxamentos, já que o descolorante é incompatível com a grande maioria das substâncias alisantes. Quando alisar ou relaxar não é uma solução, o que vai ajudar é a manutenção, é a rotina de cuidados.

Os produtos que ajudam no controle do volume, mantendo o cabelo mais alinhado, são os nutritivos, os que possuem óleos e manteigas vegetais. O ácido glutâmico, presente em vários produtos com a função de reduzir o volume, como nos produtos da linha Absolut Control, da L´Oréal (adoro a máscara, tem post aqui!), também é uma excelente opção!

como controlar o volume

O certo a fazer é investir em produtos que tenham esses ativos, como manteiga de karité, murumuru, óleo de pracaxi, óleo de coco, óleo de abacate e por aí vai. É fácil comprar esses produtos  em lojas de produtos naturais (os meus óleos são da Laszlo, e eles têm loja virtual) e também em farmácias de manipulação, e é indicado fazer umectações semanais com eles.

Mas não é só… O ideal é que todos os seus produtos de cabelo tenham ação nutritiva, em maior ou menor grau. Assim, o shampoo, o condicionador, o creme de pentear e tudo o mais precisam ter ativos nutritivos, e é indispensável usar um bom óleo finalizador, que não precisa ser caro, pois produtos com essas substâncias doam “peso” aos fios, e isso ajuda na redução do volume.

Uma dica boa é, na finalização, misturar algumas gotas de óleo no creme de pentear, e pode ser óleo vegetal mesmo, mas tem que dosar a quantidade pra que o cabelo não fique oleoso.

Claro que o efeito não é de uma química e nem aparece da noite pro dia, mas aparece, porque quanto mais nutrido e hidratado o cabelo estiver, menos volumoso e desalinhado ele ficará.

Já fiz muitos posts aqui sobre óleos e manteigas vegetais, e dá pra conferir aqui:

Beijos

Ju

28.10.2013

Shampoo e Condicionador Disciplinante – Truss

Recebi semana passada dois kits da linha disciplinante, da Truss, uma pra testar e uma pra vocês. Vou começar pela resenha e já solto o concurso cultural, tá?

Os produtos da linha disciplinante, da Truss, são indicados para cabelos com frizz, secos e volumosos, não possuem corantes, têm a tecnologia color protection, são indicados para uso diário, oferecem resultados progressivos e possuem  pH fisiológico.

shampoo disciplinante truss

O shampoo, de acordo com descrição do rótulo, proporciona redução do frizz (fly-away), prolonga o efeito disciplinado, promove brilho natural, reduz as pontas duplas e restaura os fios secos e volumosos, garantindo maciez, proteção e suavidade.

A embalagem é plástica, resistente, conta com bico dosador e é cinza. A textura é levemente gelatinosa, ele é “transparente” e bem cheiroso.

shshampoo disciplinante truss

 Como é “transparente”, achei que ressecaria o cabelo, já que os shampoos assim tendem a ser mais adstringentes, mas me enganei, porque ele limpa muito bem, mas não resseca nem agride os fios. Contudo, não chega a ser um shampoo hidratante, sabe? É daqueles que limpam muito, não ressecam mas também não hidratam.

Eu gosto bastante de shampoo com esse efeito porque aí dispenso o shampoo da primeira lavagem (que é sempre adstringente e baratinho) e não preciso fazer duas lavagens pra deixar o cabelo realmente limpo.

linha disciplinante truss

Diz a marca que o condicionador reduz a eletricidade dos fios, prolonga o efeito disciplinado, doa brilho, reduz as pontas duplas, restaura os fios, combate o ressecamento, amacia o cabelo e reduz o frizz.

Ele é enriquecido com colágeno (restaura os fios), queratina (ajuda na reconstrução e no fortalecimento) e pantenol, que é hidratante.

shampoo disciplinante truss

A embalagem é plástica e resistente, e vem com 320 ml. A textura é cremosa, o produto é branco, não muito denso e o cheiro é menos gostoso que o do shampoo. O efeito dele no cabelo é bom bom, sobretudo se o cabelo estiver muito danificado, porque é passar e sentir o poder condicionante e amaciante.

Eu aprendi a deixar o condicionador agir durante 3 minutos nos fios e notei que o cabelo fica melhor, sobretudo quando o condicionador contém ativos que realmente tratam o cabelo, sabe? Tenho a impressão de que o cabelo absorve melhor o produto e isso, claro, interfere no resultado final.

condicionador  disciplinante truss

Tenho usado os dois juntos e tô gostando super, porque meu cabelo, mesmo estando poroso, já que é um cabelo descolorido, fica alinhado, macio e bem sedoso. Há também um aumento no brilho, mas nada gritante, e uma redução significativa do frizz. Como eles alinham os fios, acho que funcionam mais em cabelos volumosos, cacheados, muito danificados e com frizz, contudo, não pesa e nem deixa o cabelo “lambido”.

O preço varia muito, e achei na net por 40 Dilmas e também por 75 Dilmas, mas o preço médio é 45 Dilmas.

condicionador disciplinante truss

Daqui a pouco tem o sorteio (concurso cultural) de um kit desses pra vocês, tá? Coloco de noite lá na  Fan Page! Já fiz resenhas de vários outros produtos da Truss, quem quiser conferir basta clicar aqui.

Beijos

Ju

* O produto foi enviado pela assessoria da marca, o que não interfere, de forma alguma, na opinião da autora do post.

12.06.2013

Como Usar Óleos Vegetais nos Cabelos?

Eu sempre gostei de usar óleos vegetais no cabelo, até porque o meu é originalmente cacheado, e somente hidratação nunca fez lá muito efeito. Já expliquei por aqui qual é função dos óleos vegetais, que é de nutrir, de fazer reposição lipídica, e hoje vou explicar como ele pode ser usado. Sim, o post de hoje é sobre como usar óleos vegetais, e as formas são muitas!

No próximo post faço um “inventário” com os óleos mais utilizados, comparando as propriedades de cada um deles e colocando as indicações de acordo com o tipo de cabelo, tá?

Sobre como usar óleos vegetais nos cabelos

Como Usar Óleos Vegetais nos Cabelos?

umectação capilar

 Na Umectação!

A forma tradicional de usar o óleo vegetal é na umectação, ou, como se diz por aqui, nos banhos de óleo.

Para fazer a umectação é preciso aplicar o óleo nos fios (comprimento e pontas), sem exageros, pentear, prender e deixar agir durante toda a noite, pois assim ele fica mais tempo em contato com o cabelo e apresenta melhores resultados. De manhã, é lavar o cabelo como de costume para remover o óleo.

A umectação pode ser feita em qualquer tipo de cabelo, mas quem se beneficia mais são as meninas de cabelos crespos, volumosos, cacheados ou danificados, porque além de dar mais brilho e deixar o cabelo macio, ela ajuda a controlar o frizz e “doma” o cabelo.

Pode ser feita semanalmente, principalmente em cabelos mais crespos e danificados, mas, de modo geral, indico o uso a cada quinze dias para não “pesar” nos fios.

Na Umectação quente

umectação quente

Alguns óleos são um pouco mais grossos e, por isso, não penetram direito nos fios, o que compromete o resultado final. Quando isso acontecer, experimente “esquentar” (é esquentar um pouco, não é pra fritar batata, tá?) o óleo vegetal, deixando-o morninho, e aplicá-lo nos fios. Os resultados são muito melhores!

Só aviso o óleo não pode ficar quente, porque “frita” os fios. É morno, entenderam? Aí você pode usar como umectação ou como pré-shampoo. Pra esquentar o óleo, coloque água pra ferver e, quando estiver bem quente, desligue o fogo e coloque duas colheres do óleo em “banho-maria”.

Como Pré- shampoo

pré shampoo

O procedimento é absolutamente igual ao da umectação, e pode ser feito até duas vezes por semana, sendo que a diferença está no tempo de ação, pois aqui o óleo age nos fios por até uma hora, sendo lavado em seguida.

Essa é uma boa opção pra quando a gente não quer (ou não pode!) dormir com a umectação nos fios.

Na máscara capilar

Captura de tela inteira 12062013 095617-003

Sabe aquela máscara que fica de canto, sem fazer muito efeito? Enriqueça ela com óleo vegetal! Quando uma máscara não faz um efeito legal no meu cabelo, sempre misturo um pouco de óleo vegetal quando vou aplicá-la no cabelo. Como, após a máscara, o cabelo não será lavado, coloco a metade de uma colher (das de chá) de óleo vegetal e misturo com a máscara, aplicando no comprimento e nas pontas. Depois é só enxaguar como de costume.

Eu não indico esse tipo de uso para menas de cabelo ralo, fino ou oleoso, porque como o cabelo não será lavado após a máscara, pode pesar.

Nas pontas espigadas

pontas espigadas óleo vegetal

Ainda não encontrei nada melhor para pontas espigadas do que os óleos vegetais! O procedimento é super simples, porque basta aplicar o óleo vegetal nas pontas, em pequena quantidade, e deixar agir por uma hora, lavando em seguida. Já tive fase de fazer isso todas as vezes em que ia lavar o cabelo, e as pontas se recuperaram bem mais rápido.

Pra turbinar a hidratação

Captura de tela inteira 12062013 095617-005

Uma receita  que deu muito certo foi misturar 10 ml de bepantol líquido em 1 colher (das de sopa) de óleo vegetal e fazer a umectação. O cabelo fica bem macio e mais hidratado, e assim dá pra fazer toda semana.

Dicas extras de como usar óleos vegetais nos cabelos

Captura de tela inteira 12062013 095617-006

  • A quantidade depende do tamanho e volume do cabelo. Pra mim, bastam duas colheres de óleo vegetal, porque não é para o cabelo ficar ensopado de óleo, mas aí depende to tamanho e tipo de cabelo de vocês.
  • Nunca use no cabelo um óleo que não seja 100% vegetal, porque óleo mineral não trata os fios.

No próximo post falo dos óleos específicos, tá? E se você souber outras forma de como usar óleos vegetais nos cabelos, divide com a gente!

Beijos, Ju

 Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…
Cabelo Misto: 8 dicas certeiras Dormir melhor Passo a passo! 4 Dicas pra organizar sua vida! Hidratação Capilar Que Funciona! Pés macios com 4 dicas fáceis!