29.05.2014

Como Fazer Cronograma Capilar : o Guia Completo!

No post anterior fiz um “intensivão”  do cronograma (post aqui) e nesse vou explicar como fazer cronograma capilar, certo?

Como Fazer Cronograma capilar: Hidratação, Nutrição e Reconstrução

O cronograma é divido em 3 etapas que devem ser feitas separadamente: hidratação, nutrição e reconstrução. A hidratação vai fazer a reposição hídrica (como saber se o cabelo precisa de hidratação?), a nutrição fará a reposição lipídica ( Seu cabelo precisa de nutrição?) e a reconstrução fará a reposição proteica (como saber que o cabelo precisa de reconstrução?).

como fazer cronograma capilar

A proposta inicial diz que a ordem é sempre H/N/R, mas canso de fazer a hidratação seguida de reconstrução e nunca tive problema. O que não pode, ao menos no meu caso, é reconstruir antes de hidratar e/ou nutrir.

Claro que cada um faz como quer, mas eu faço assim porque todas as vezes em que reconstruí primeiro meu cabelo ficou “duro”, ficou áspero (post aqui).

Precisa fazer cronograma capilar por quanto tempo?

Já li várias recomendações diferentes, mas eu gosto é de simplificar as coisas, então o que faço é o seguinte: sigo o cronograma por uma semana e depois vou “dando” o que o cabelo precisa. Assim, se sinto que ele precisa de mais nutrição, faço mais nutrições que hidratações, se sinto que ele está muito frágil, aumento a quantidade de reconstruções e assim por diante.

Ou seja: ao invés de seguir regras fixas, “escute” o  seu cabelo, que é, afinal, o maior interessado!

Cronograma capilar: produtos baratos também funcionam!

Já vi muitas versões e todas são válidas, mas a melhor é, com certeza, aquela que você consegue seguir e que funciona pro seu cabelo. Não adianta nada montar um cronograma  com 3 aplicações por semana se você só vai fazer 1, certo? Portanto, antes de montar o cronograma observe a sua disponibilidade de tempo, a sua rotina e o seu cabelo.

como fazer cronograma capilar

É importante observar o cabelo, porque, por exemplo, dificilmente um cabelo liso e fino vai funcionar direito com duas hidratações e uma nutrição semanais, já que isso acaba “pesando” nos fios, então você precisa adequar o cronograma ao seu cabelo.

Eu, Ju, não tenho um cronograma fixo porque meu cabelo não tem necessidades fixas, e prefiro dar o que ele pede do que o que eu determinei, sabe? Contudo, vou disponibilizar aqui 3 sugestões para diferentes casos, mas vocês podem e devem adequar às suas necessidades, lembrando só que não pode reconstruir sem antes hidratar ou nutrir.

Cronograma capilar para Cabelos Saudáveis

Todo cabelo precisa de hidratação, e se o cabelo está saudável, não existe a necessidade de fazer mais que uma reconstrução por mês, e das leves.

  • 1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 2ª Semana:1 Hidratação + 1 Hidratação
  • 3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 4ª Semana: 1 Hidratação + 1 Reconstrução (leve)

como fazer cronograma capilar

Cronograma Capilar para Cabelos Levemente Danificados

Se o cabelo está ressecado, tem luzes ou coloração, mas não está frágil, com quebra ou queda, também não há a necessidade de reconstruções constantes, mas é interessante fazer um balanceamento maior entre hidratações e nutrições.

  • 1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 2ª Semana:1 Hidratação + 1 Nutrição
  • 3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Reconstrução
  • 4ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição

Cronograma Capilar para Cabelos Extremamente Danificados

  • 1ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
  • 2ª Semana:1 Nutrição + 1 Hidratação +Nutrição
  • 3ª Semana: 1 Hidratação + 1 Nutrição + 1 Reconstrução
  • 4ª Semana: 1 Hidratação + 1 Hidratação + 1 Nutrição

como fazer cronograma capilar

Observações Importantes sobre como fazer cronograma capilar

1. Isso são só sugestões e eu coloquei duas “coisas” por semana pra facilitar, mas se você achar que precisa de 3, não tem problema, e se quiser trocar a hidratação pela nutrição também não tem problema, desde que seja essa a maior necessidade do seu cabelo.

2. O ideal é dar uma pausa de 2 dias entre um tratamento e outro sem lavar o cabelo, e isso vale pra qualquer tratamento que a gente faça, viu?

3. Se o cabelo estiver com corte químico, a necessidade de reconstrução é maior, mas já monto uma tabelinha só pra esse tipo de cabelo, tá?

No próximo post eu coloco o meu cronograma, falo de cada uma das fases e monto uma lista de produtos caros e baratos pra cada fase, tá? E se tiver alguma dúvida sobre como fazer cronograma capilar, é só deixar nos comentários!

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

28.05.2014

Cronograma Capilar Completo: Tudo o Que Você Precisa Saber!

Sempre falei muito sobre a importância de identificar qual a necessidade do cabelo pra tratá-lo corretamente mas nunca fiz um post completo do famoso cronograma capilar, que, com certeza, rende vários posts.

Como tem muita gente perguntando, resolvi “resolver” o problema e fazer o bendito do post, que com certeza será dividido em vários porque tem muita coisa pra ser dita, tá?

O que é o cronograma capilar?

O cronograma capilar é uma espécie de planner, de agenda de cuidados com os fios onde você vai planejar sua rotina de tratamento, o que inclui hidratação, nutrição e reconstrução, com o intuito de sanar as necessidades dos seus cabelos.

cronograma capilar

Pra fazer isso você vai precisar saber do que, afinal, o seu cabelo precisa, ou melhor, do que ele mais precisa, e já ensinei como fazer isso nesse post aqui ó: Como saber se o cabelo precisa de hidratação, nutrição ou reconstrução?

É essencial ler o post acima e aprender como se faz essa identificação porque cada cabelo é uma sentença e não dá pra montar um cronograma com base em “achismos”.

Via de regra, todo cabelo precisa de tudo, o que vai mudar é a intensidade dessa necessidade. De certo existe uma coisa: todos os cabelos precisam de hidratação! Alguns precisam, num dado momento, de mais reconstrução, outros precisam de mais nutrição, e as necessidades podem mudar, então é importante ficar atenta ao que o cabelo precisa, porque é dando o que ele quer que a melhora vem.

cronograma capilar

Assim, como cada cabelo possui necessidades diferentes, não dá pra generalizar e criar um cronograma fixo porque é furada, já que o que é  remédio pra o cabelo da amiga pode ser veneno pro seu.

Porque fazer o cronograma capilar?

A resposta é simples: pra dar ao cabelo o que ele precisa. Você pode usar uma máscara top de linha, pode fazer tratamentos caríssimos, mas se não der ao seu cabelo o que ele precisa, não vai adiantar. Explicando: se uma pessoa está com sede (precisa de hidratação) e você oferece um churrasco (reposição de proteínas), ela vai continuar com sede, certo? Com o cabelo é a mesma coisa!

Os cabelos perdem nutrientes todos os dias devido a ação dos raios solares, da poluição, do vento, da chapinha, do secador, dos processos químicos, dentre outros, e é preciso que esses nutrientes sejam repostos na medida exata das suas necessidades, caso contrário o cabelo fica fraco, ressecado, sem brilho e sem vida.

Com o cronograma você vai aprender a distinguir do que o seu cabelo mais precisa naquele momento e tratá-lo de forma direcionada. Quando seguimos as etapas de hidratação, nutrição e reconstrução percebemos facilmente a qual fase o cabelo responde melhor, e aí dá pra saber do que ele mais precisa naquele momento.

cronograma capilar

As necessidades do cabelo variam com o passar do tempo, então se o cabelo não reponde mais tão bem a uma máscara é porque, provavelmente, ele não precisa tanto dela como antes, e aí é preciso refazer as três etapas pra identificar do que o cabelo passou a precisar. Ou seja, o “trabalho” é constante porque as necessidades mudam de tempos em tempos.

O cronograma capilar funciona?

O cronograma é sim uma arma das boas pra recuperar o cabelo porque a proposta é repor tudo o que o cabelo precisar, é “atacar” por todos os lados.

Pra entender como isso é possível basta saber qual é a “composição” do cabelo.  O cabelo é composto basicamente por:

  • 90% (em média) de queratina, uma proteína que possui 18 aminoácidos em sua estrutura (etapa de reconstrução)
  • 8% de lipídeos, água, glicogênio, pentoses e ácido glutâmico (etapa de hidratação e nutrição)
  • 2% de minerais (lembram do enxofre? )

cronograma capilar

Se a estrutura do fio de cabelo é formada por essas substâncias e elas são perdidas no dia a dia, é evidente que sua reposição se faz necessária.

Aí vem um questionamento comum: se tem mais queratina, tenho que caprichar na reconstrução porque ela é a mais importante? Não. Você tem que caprichar no que o seu cabelo precisa e todas as etapas são igualmente importantes!

Exemplificando: cimento é essencial pra construir uma parede, né? Mas sem a água não tem como fazer com que o cimento “segure” os blocos, e aí não tem como a “parede” existir, certo? Com o cabelo é a mesma coisa, e se você não hidratar e nutrir os fios ficarão porosos, frágeis e quebradiços porque não tem água e óleo pra “fazer a massa”.

Como o post ficou muito grande, vou dividir e no próximo explico como fazer o cronograma capilar, quais produtos usar e coisas do tipo, tá?

Como fazer cronograma capilar

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

30.11.2013

Como Saber Se o Cabelo Precisa de Hidratação?

Você sabe identificar quando o seu cabelo precisa de hidratação? Pois vai aprender hoje!

Existem muitas dúvidas sobre as reais necessidades de cada cabelo, e a grande maioria, por não saber do que o cabelo precisa, acaba gastando muito em produtos que, naquele momento, não têm serventia para os fios, como expliquei nesse post aqui.

Conforme prometi, tô fazendo um guia de cada “cuidado” pra que vocês possam identificar do que o cabelo precisa e, mais que isso, pra que saibam escolher os produtos certos, aqueles que tenham potencial pra dar aos fios o que eles precisam.

Vou começar pela hidratação, mas abordarei tudo, tá? Garanto que no final dessa semana  todo mundo vai saber diagnosticar o próprio cabelo!

Todo cabelo Precisa de Hidratação

Como Saber Se o Cabelo Precisa de Hidratação?

Todo cabelo precisa de hidratação, e sempre. Não importa qual seja o tipo de cabelo, a hidratação é sempre o básico, e não adianta nutrir e reconstruir sem hidratar, porque o que “dá liga” é a água.

Só pra comparar: todo mundo precisa de comida (nutrientes), certo? Mas não tem nutriente, não tem comida que consiga suprir a falta de água, porque sem ela o corpo para de funcionar. Pois com o cabelo é a mesma coisa, porque o cabelo, assim como tudo no nosso organismo, precisa de água.

A reposição hídrica (hidratação) deve ser feita regularmente e com máscaras simples mesmo, já que repor água não é lá tarefa muito difícil, né? É muito importante que essa reposição seja feita, e pode ser no banho mesmo, pra que o cabelo não desidrate, não fique ressecado e não fique opaco, que são os sinais de um cabelo que precisa de hidratação.

Como Identificar que o cabelo precisa de hidratação?

Mas, como saber que um cabelo precisa de hidratação? É simples! Primeiro, olhe pra ele. Tá ressecado e sem brilho? Tem que repor água!

Depois, toque no cabelo e ouça o “som” que ele emite. Quando  você toca um cabelo ressecado, quando você esfrega ele entre os dedos, o som é “áspero”, é como se você tivesse esfregando uma palha, e quanto mais ressecado o cabelo estiver, mais intenso será o som. Quando o cabelo, ao contrário, está hidratado, o som é suave, quase imperceptível.

Como Saber Se o Cabelo Precisa de Hidratação?

Outra coisa que é diferente é a textura, que no cabelo ressecado é áspera, os fios ficam ásperos, enquanto que no cabelo hidratado a textura é suave e os fios parecem deslizar.

Quanto às características, observa-se que o cabelo hidratado não é rígido, ou seja, ele possui flexibilidade, sendo facilmente manuseado sem que ocorram rompimentos (quebra). A flexibilidade tem muito a ver com a reconstrução, pois um cabelo carente de reconstrução fica parecendo chiclete, mas quando é de hidratação que o cabelo precisa o efeito é outro, já que os fios  não “esticam”, ficam “duros e tesos”.

Qual a razão disso? Bom, imaginem que  o cabelo é uma casa sendo construída. A reconstrução é o cimento, a nutrição são os tijolos e a hidratação é a água. Pra que o cimento possa ser usado pra “colar” os tijolos, ele tem que ser hidratado antes, caso contrário fica duro (é por isso que antes de toda reconstrução deve ser feita uma hidratação), fica “sem liga”. Pois aqui acontece a mesma coisa!

Assim, é essencial, pra que o cabelo fique forte e bonito, que usemos produtos que reponham, retenham e absorvam água pra que a umidade fique retida no interior da fibra capilar.

Frequência da hidratação

Agora que já expliquei como identificar a necessidade de hidratação, vamos pra próxima etapa: com que frequência o cabelo deve ser hidratado?

Como Saber Se o Cabelo Precisa de Hidratação?

A regra geral é de que o cabelo precisa ser hidratado semanalmente, mas isso pode variar em razão da intensidade dos danos, já que, por exemplo, um cabelo muito danificado vai precisar intercalar essa hidratação com reconstrução e nutrição, e um cabelo que não tem danos vai precisar de menos hidratação, de menos nutrição e só ocasionalmente de reconstrução.

Meu “cronograma” é dividido em dois, mas vou adequando isso de acordo com as necessidades e respostas do meu cabelo, e é isso que vocês precisam fazer. Como fazer isso? Observando como seu cabelo reage  a cada tratamento!

cronograma básico

* Cabelos Danificados

Semana 1: 1 Hidratação + 1 Nutrição
Semana 2: 1 Hidratação + 1 Nutrição
Semana 3: 1 Nutrição + 1 Reconstrução
Semana 4: 1 Hidratação + 1 Nutrição

*Cabelos Muito Danificados

Semana 1 : 1 Hidratação + 1 Nutrição
Semana 2: 1 Nutrição + 1 Reconstrução
Semana 3: 1 Hidratação + 1 Nutrição
Semana 4: 1 Hidratação+ 1 Reconstrução

Se o cabelo não tiver  muito danificado, não precisa fazer essa quantidade de procedimentos porque o cabelo acaba “pesado”, já que estamos dando mais do que ele precisa. Da mesma forma, se o cabelo estiver mais do que “muito danificado”, como no caso de um corte químico, a coisa muda, já que, em alguns casos, a reconstrução tem que ser semanal (sempre precedida de uma hidratação) até que o cabelo comece a se recuperar.

Outra coisa que vale salientar é que quando o cabelo começar a melhorar, a intensidade do tratamento precisa ser reduzida, senão o cabelo acaba piorando novamente, já que vai ocorrer uma sobrecarga, entende? Vou explicar em um post específico como montar um “cronograma” específico pra cada cabelo, tá?

Ah, e só pra finalizar: identificar que o cabelo precisa de hidratação não significa que ele precise só disso, pois ele pode, ao mesmo tempo, precisar de hidratação e nutrição, hidratação e reconstrução ou  de hidratação, nutrição e reconstrução.

No próximo post vou explicar como identificar os produtos hidratantes.

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Amo este blog, ele é espetacular!!!!!
Transforme a Energia da Casa em 10 passos Fáceis! Loiro Platinado: 5 produtos essenciais! 5 Dicas Para Cabelos Ressecados Óleo de Rosa Mosqueta Salva a Pele! Óleo de coco salva o cabelo! 5 Formas de usar Água Termal Cabelo Comprido em 5 dicas fáceis! Desodorante Natural de Cristal é tudo de bom!