01.02.2016

Umectação Reversa: Seu Cabelo Vai AMAR!

Muito mais nutrição pro seu cabelo!

Acho que quase todo mundo aqui já conhece a umectação, né? Eu, que sou louca por óleos vegetais (e óleos essenciais também!) não abro mão de usá-los nos fios e já falei disso por aqui diversas vezes, mas a Umectação Reversa é novidade, e quem criou e me apresentou foi uma leitora, a Lo Yonekura, que é Química  (valeu, Lo!), lá no Facebok hoje.

umectação reversa juro valendo ju lopes

A umectação é, basicamente, o bom e velho banho de óleo que, provavelmente, sua avó usava e, dizem, as francesas até hoje não abrem mão, só que com o nome repaginado pra “agregar valor” ao procedimento, sabe? hahaha Pra quem quiser entender melhor como funciona e as várias formas de usar óleos vegetais nos cabelos, sugiro a leitura desses posts aqui:

Umectação Reversa

Na umectação “tradicional”, a gente aplica o óleo no cabelo, deixa agir e depois lava com shampoo e condicionador/máscara. Já na umectação reversa a coisa é diferente: primeiro você vai lavar bem o cabelo com shampoo, pra remover as impurezas e oleosidade, e aí sugiro o uso de um pré shampoo, um shampoo detox ou mesmo de um antirresíduos (falei deles nesse post aqui).

umectação-reversa

Feito isso, é preciso remover o excesso de umidade do cabelo com a toalha,  deixando-o bem “enxuto”. Aí você vai aplicar em todo o cabelo a máscara de sua preferência e, em seguida, nas partes onde o cabelo está mais danificado, você aplica algumas gotinhas de óleo vegetal (bem pouco!), preferencialmente o de pracaxi (mas pode ser o de coco, o de abacate, jojoba etc), que é super leve e não pesa nos fios, deixando agir por uns 30 minutos e enxaguando em seguida (não usa shampoo novamente!)

Umectação reversa com óleo de pracaxi é vida!

A Lo explicou que mistura o óleo de pracaxi (falei dele nesse post, é maravilhoso!) com óleo de damasco e manteiga de shorea, mas como não tinha esses dois últimos aqui, usei só o óleo de pracaxi e fiquei apaixonada com os resultados!

A máscara que usei foi a de Murumuru, da Natura (resenha aqui), e logo depois apliquei exatamente 4 gotinhas de óleo de pracaxi na palma da mão, espalhei bem e distribuí nas pontas. Deixe os 30 minutos e enxaguei, mas com aquele medinho do cabelo ficar oleoso ou murcho, sabe? Que nada, o cabelo ficou super sedoso, soltinho, com movimento, alinhado e definido, nada pesado, nada melequento!

umectação reversa ju lopes juro valendo

Acho que é uma ótima opção pra tratar o cabelo, principalmente as partes mais detonadas, como as pontas, por exemplo, com a vantagem de ser mais rápida que a umectação tradicional, mais fácil e simples de fazer.

Usando óleos mais leves, como o de pracaxi, dá pra usar em qualquer tipo de cabelo, já os mais pesados, como o de coco, por exemplo, sugiro para os cabelos mais grossos, ressecados ou porosos, mas é uma receitinha que todo mundo pode se beneficiar!

Gostei tanto que venho fazendo sempre que uso uma máscara mais poderosa, porque aí já faço um “tratamento completo”, sabe como é? Agora vou providenciar o óleo de damasco e a manteiga de shorea pra ver como eles funcionam no cabelo, daí volto pra contar pra vocês. E se testarem voltem pra contar, tá?

Beijos, Ju♥

Ei, vamos ficar juntinhas nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒ @jurovalendo

26.08.2015

Bioderm Oro Argan: Máscara Argan Nutritive

muito, muito amor por essa máscara!

E o dia hoje começa com uma máscara de nutrição das boas, com um preço também super bom: a Máscara Argan Nutritive, da linha Oro Argan, da Bioderm.

Porque sim, só uma máscara poderosa pra desviar a atenção do estado do meu rosto após o laser de CO2 fracionado que fiz ontem (postei tudo lá no insta – @JuroValendo–  e já faço post aqui!) e acalmar a minha ansiedade de ver a pele linda igual “bunda de neném” hahaha

Bioderm Oro Argan Mascara Argan Nutritive - juro valendo

Bioterm Oro Argan: as promessas!

De acordo com a Bioderm, a Máscara Argan Nutrutive “possui profunda ação reparadora da fibra capilar. É formulada com óleo 100% puro de argan, que promove nutrição intensa aos cabelos, conferindo mais força, brilho e maciez inigualável.”

A composição é bem rica pra uma “máscara de farmácia”, e me surpreendeu, porque conta com manteiga de karité, óleo de argan, óleo de camelina sativa, queratina hidrolisada, ureia, lecitina e olus oil.

A embalagem é bojudinha, vem com 300g e conta com tampa de rosquear. A textura é cremosa e grossinha, mas não super dura, Ela é branca, então não interfere na pigmentação dos fios, e o cheiro é meio que de “amêndoa”, que eu não gosto muito, mas é suave e confortável.

Bioderm Oro Argan Mascara Argan Nutritive - juro valendo

Bioterm Oro Argan: os fatos

A indicação é aplicar nos fios úmidos, após remover o excesso de água, e deixar agir de 10 a 25 minutos com touca ou toalha quente. Usei de 2 formas: pra nutrição rápida, no banho mesmo, e da forma indicada no rótulo, usando uma touca metalizada, e gostei dos resultados em ambos os casos.

No primeiro uso, testei no banho, deixei agir 3 minutinhos e o cabelo ficou muito macio, embora não tenha dado aquele efeito de “derreter” que eu tanto amo. Quando secou, notei os fios mais alinhados, com mais brilho, menos frizz e mais sedosos.

No dia seguinte, ontem, testei como manda o figurino: lavei com aquele shampoo antirresíduos da Pantene (resenha aqui), que é uma maravilha e prepara o cabelo pra receber o tratamento, removi o excesso de umidade, apliquei a máscara de mecha em mecha, coloquei a touca e deixei agir por 25 minutos.

Bioderm Oro Argan Mascara Argan Nutritive - juro valendo

Máscara Argan Nutritive: os resultados

O resultado foi o mesmo do primeiro uso, só que bem mais “potente”, sabe? Escovei em seguida e a escova deslizou com muito mais facilidade, o cabelo secou mais rápido e eu amei o resultado!

Ah, não pesou no meu cabelo, mas é bom lembrar que meus fios são quimicamente tratados e porosos, então não sei como ela reage em cabelos mais finos e oleosos, entende? Já em cabelos cacheados acredito que ela funcione super bem, e já li algumas resenhas dizendo que ela ajuda a definir melhor os cachos e a reduzir o volume dos fios.

Minha prima, que usa essa linha faz tempo (o shampoo é sem sulfato), diz que com o uso progressivo ela ajuda a encorpar mais os fios, só que como comecei a usar agora ainda não posso afirmar nada nesse sentido, mas volto pra contar!

Ainda não testei usando produtos pra “batizar”, pra deixá-la ainda mais potente (ensinei a fazer isso nesse post aqui), mas acho que se colocar Bepantol, um tiquinho de óleo vegetal e/ou alguma manteiga vegetal ela se transforma em amor eterno!

Bioderm Oro Argan Mascara Argan Nutritive - juro valendo

Máscara Argan Nutritive: compensa?

Enfim, é uma ótima máscara nutritiva, com um preço bem bom e que entrega um resultado que muitas máscaras mais caras não entregam, sabe? É vendida em farmácias e também na loja virtual da marca por R$17,69 (compre aqui), e aqui em Jee comprei na farmácia São Paulo, ao lado da CEF.

Mais uma que entra pra lista do “Usei e Amei”, onde tem todos os produtos que mais gostei de testar aqui no blog! Ah, pra conferir é só clicar aqui!

Se você não sabe se o seu cabelo precisa de máscara de nutrição, dê uma olhada nesse post aqui. Quer máscaras de nutrição baratas? Veja o post “Máscaras de nutrição boas e baratas”. Quer ver quais as minhas preferidas? Veja o post “Top 9 máscaras de nutrição”. Se interessou e quer ver tudo que já postei aqui sobre nutrição capilar? É só clicar aqui!

E se já usou essa máscara, conta aí o que achou! Conta também quais são as suas preferidas e quais você gostaria de ver resenha por aqui… Tô esperando suas respostas, rai ai! rs

Beijos, Ju♥

P.S: a qualidade das fotos não está boa porque as fotos do blog são feitas com meu iPhone e ele “apagou” esse final de semana!

23.07.2015

Como saber se uma máscara é nutritiva?

No post de ontem expliquei como identificar se o cabelo precisa de nutrição, qual o tipo de cabelo que mais precisa desse tipo de tratamento, a frequência de uso e algumas coisinhas mais (veja aqui), e hoje vou mostrar como saber se uma máscara é nutritiva.

O que a nutrição faz é a repor lipídeos e pra fazer isso isso os produtos precisam ter ativos que façam a reposição lipídica, que, via de regra, são ceramidas, óleos e manteigas vegetais.

Como expliquei no post sobre como identificar uma máscara hidratante, pra identificar em qual “categoria” se enquadra um produto, é preciso fazer basicamente 4 coisas: analisar o rótulo, analisar a composição, analisar a textura e observar o resultado do produto no seu cabelo.

como saber se uma máscara é nutritiva

Analisando o rótulo

Tudo seria lindo se as máscaras fizessem o favor de informar especificamente qual é a sua função, mas isso quase nunca acontece e não são poucos os produtos que dizem ser uma coisa quando, na verdade, são outra.

Mas, se no rótulo vocês encontrarem algo como  nutritiva/de nutrição, “nutrition” ou “butter treat”, já é indício de que o produto pode ser nutritivo. Digo “indício” porque tem muito produto de nutrição que no rótulo vem especificando que é de hidratação e por aí vai. Ou seja, observe isso, mas não fique “preso” nessas especificações.

Analisando a composição

Esse é um costume que a maioria não tem, mas que é essencial, porque o rótulo pode mentir, mas a composição não!

Claro que é impossível listar todas as substâncias nutritivas, porque são muitas, mas, no geral, os óleos e manteigas vegetais (oil/butter), e também as ceramidas, são nutritivos, e são também os ativos de nutrição que mais estão presentes em produtos desse tipo: as ceramidas, a manteiga de karité (Shea Butter), a manteiga de abacate (Avocato Butter), a manteiga de murumuru (Murmuru Butter), a manteiga de cacau (Theobroma Cacao Butter),  a manteiga de tutano (Marrow Butter), a manteiga de cupuaçu (Cocoa Butter), manteiga de bacuri, manteiga de manga, manteiga de tucumã, manteiga de macadâmia, óleo de coco (Coconut Oil), óleo de abacate (Avocato Oil), óleo de argan (Argania Spinosa Oil), óleo de oliva, óleo de pracaxi e muitos outros.

como-saber-se-uma-máscara-é-nutritiva

Aqui vale lembrar que nem todo óleo é somente nutritivo, como o óleo de jojoba e o de rícino, por exemplo, que têm uma ótima ação hidratante. Ah, e não pode esquecer que a grande maioria das máscaras, inclusive as altamente nutritivas, não contém apenas substâncias nutritivas, mas também hidratantes e, em muitos casos, reconstrutoras pra balancear a coisa toda e fazer com que essas substâncias trabalhem em conjunto pra melhorar o efeito da máscara e o resultado no seu cabelo.

É comum vocês encontrarem nos produtos nutritivos as expressões “oil” (óleo) e “butter” (manteiga) após o nome do extrato, como “avocato butter” (manteiga de abacate) e “avocato oil” (óleo de abacate), então fiquem atentas a isso.

No mais, é de fundamental importância observar a ordem em que os ativos estão no rótulo, já que os que aparecem primeiro são os que, comumente, estão em maior concentração, e se os ativos nutritivos aparecem no início da composição, é altamente provável que seu efeito seja mais nutritivo.

 Analisando a textura

A análise da textura dos produtos nutritivos, sobretudo das máscaras, é a mais fácil porque elas geralmente são mais grossas, pesadas e, principalmente, oleosas. Existem exceções? Aos montes, mas esse é mais um aspecto pra que a gente possa analisar, né?

como-saber-se-uma-máscara-é-nutritiva

Analisando o resultado

Analisar o resultado no seu cabelo é uma das coisas mais importantes, porque, como já expliquei por aqui, “uma mesma máscara, a depender dos ativos, pode proporcionar resultados bem diferentes. Assim, por exemplo, se a máscara for, ao mesmo tempo, hidratante e reconstrutora, ela pode, em um cabelo, ter um efeito mais reconstrutor , e no outro ter um efeito mais hidratante, pois isso depende do estado do cabelo.”

As máscaras de nutrição tendem a deixar o cabelo mais sedoso, com mais “peso”, enquanto as máscaras mais hidratantes deixam os fios sedosos e bem leves. Os produtos nutritivos tendem a “domar” melhor o cabelo, a ajudar mais no controle do frizz e a deixar os fios mais suaves ao toque, mais “molinhos”.

Mas, uma mesma máscara pode, por exemplo, deixar o cabelo com mais peso, sedoso, soltinho ou encorpado, por exemplo, o que significa que a sinergia dos ativos presentes nelas garantiram, também, um resultado nutritivo e hidratante ou nutritivo e reconstrutor (amo!).

Pra quem quiser opções de produtos nutritivos, mostrei nesse post aqui as minhas máscaras preferidas, e nesse aqui as preferidas baratinhas, e quero saber quais as preferidas de vocês!

Beijos, Ju♥

O que você acha do JV?
Amo este blog, ele é espetacular!!!!!
Transforme a Energia da Casa em 10 passos Fáceis! Loiro Platinado: 5 produtos essenciais! 5 Dicas Para Cabelos Ressecados Óleo de Rosa Mosqueta Salva a Pele! Óleo de coco salva o cabelo! 5 Formas de usar Água Termal Cabelo Comprido em 5 dicas fáceis! Desodorante Natural de Cristal é tudo de bom!