Vizcaya
25.09.2014

Oil Elixir, TRESemmé

Não tem jeito, óleo de cabelo é minha paixão! Tenho tubos aqui e nunca resisto a um novo, tanto os vegetais, que uso pra umectação, quanto os finalizadores, e quando me bati com o Oil Elixir, da linha Oil Radiante, da TRESemmé, comprei sem pestanejar!

Diz na caixinha que o “TRESemmé Oil Elixir para cabelos quimicamente tratados  é um produto transformador, com a qualidade de salão e óleos de macadâmia e semente de uva. Sua fórmula com filtro UV protege o cabelo dos danos causados pela química, proporciona nutrição e suavidade para os fios.”

oil elixir

As opções de uso, de acordo com a embalagem, são as seguintes:

  • Aplique 3 a 4 gotas na palma da mão e massageie por toda a extensão dos fios limpos e úmidos, de cima para baixo e evitando as raízes.
  • Use antes da lavagem como tratamento de nutrição.
  • Use antes de secar para proteger e transformar seus cabelos
  • Use como finalizador para controlar o frizz e proporcionar brilho.
  • O produto também pode ser usado no cabelo seco para retocar os fios ao longo do dia, aplicando-o da mesma maneira, mas em menor quantidade.

oil elixir TRESemmé

O produto vem numa caixinha super bonita e a embalagem é de vidro, bem mais phyna que os amiguinhos Super Óleo 8 e Óleo Extraordinário. A tampinha tem um “pump” com o buraquinho pequeno e tem trava, então dá pra carregar na mala sem medo de derramar.

A textura dele é de um óleo um pouco mais grosso, é quase transparente, então não interfere na pigmentação dos fios (não amarela o loiro) e o cheiro é bem gostoso, daqueles que têm “cara de salão”, sabe?

Ele espalha fácil nos fios, mas a absorção demora um tiquinho, acho que por causa da textura. Nada demais, mas é melhor avisar, né?

oil elixir TRESemmé

Não uso como óleo pré-shampoo (falei disso aqui) porque pra isso prefiro os óleos vegetais 100% puros, que possui um alto poder nutritivo. Meu uso é com o cabelo molhado, depois do leave-in, e também com o cabelo já seco, seja com escova ou não.

Quando uso com o cabelo ainda molhado sinto que os fios ficam realmente mais macios, mais maleáveis, por assim dizer. Não noto melhora no brilho, mas o cabelo seca mais alinhado, mais “domado” e sem tanto frizz. Quando uso nos fios secos percebo melhora no frizz e um pouco mais de brilho.

oil elixir TRESemmé

No meu cabelo, que é descolorido e super ressecado, não pesa de jeito nenhum e não deixa os fios murchos, mas não sei como pode reagir em fios mais fininhos, sabe?  A Marina, lá do Coisas de Diva, também fez resenha do produto e no cabelo dela ele não pesou nem deixou melequento (post aqui).

O cheirinho gostoso permanece nos fios por algum tempo, mas de forma suave, e eu gostei bastante do efeito.

Vale ressaltar que o produto contém parafina e como sempre pedem minha opinião sobre isso, vou explicar: uso sim produtos com parafina (óleo mineral), embora prefira os que não possuem. A questão é que o óleo mineral não trata o cabelo, e há quem diga que seria pura maquiagem (se for só óleo mineral é pura maquiagem mesmo) e que isso se acumularia nos fios, o que acabaria, a longo prazo, prejudicando.

oil elixir TRESemmé

Bom, não achei estudos sobre isso nem aqui nem em sites gringos, e o que acho é que se o produto tiver outros ativos em concentração suficiente pra tratar os fios, vale o uso. Quando a acumular no cabelo, acumula mais sim, mas como quase sempre uso um shampoo transparente antes do shampoo “normal”, e como ele tem um poder de limpeza maior, não sinto os fios pesarem.

Paguei R$22,95 na promoção, mas o preço normal é R$29,00, ele vem com 98 ml e gostei, só não amei!

oil elixir tresemmé

Ah, fiz um comparativo com as minhas impressões entre ele, o Super Óleo 8 e o Óleo Extraordinário (falei dos 2 nesse post aqui), e é claro que a depender do tipo de cabelo os efeitos podem ser bem diferentes! Alguém já testou? Conta aí o que achou!

oil elixir

Beijos

Ju

* O produto foi comprado pelo autor do post.

Vizcaya
25.09.2014

Qual é a Sua Paixão? #100DiasDeBeleza

Perguntinha indigesta pra uma quinta-feira de manhã,  né? Mas já que a primavera começou essa semana e é tempo de florescer, achei que “cairia bem”.

Cai bem porque o mundo é tão cheio de possibilidades e de “prioridades absolutas” que a gente acaba se distraindo no meio do caminho, fazendo o que tem que ser feito sem olhar pra dentro e se questionar o que realmente queremos fazer, o que amamos fazer.

qual é a sua paixão

Já me disseram que isso é “coisa de sonhador” e que no mundo real, de necessidades reais, não existe espaço pra isso, mas, sinceramente, isso é a coisa mais vazia que eu já escutei. É claro que nem sempre a gente pode fazer o que quer, mas se você realmente sonha com algo a regra é simples: primeiro você faz o que precisa fazer, e isso, se você quiser de verdade, vai te levar a fazer o que você quer fazer. É simples, só não é fácil!

Sabe, a vida é uma só e, não sei se vocês já perceberam, o relógio não para… A cada batida do  coração, o tal do relógio da vida, nós temos um tempo a menos, porque a contagem é regressiva e a gente não tem como saber quanto tempo ainda teremos por aqui, então desperdiçar o que me resta de vida fazendo algo que eu não gosto, construindo um futuro que eu não quero, criando um destino (sim, nós criamos!) que eu não sonhei não é uma possibilidade, não mais.

Algumas pessoas já “nascem” sabendo o que querem fazer da vida, outras nunca pensam nisso e são “levadas pela correnteza”, enquanto algumas descobrem tarde demais, e se você ainda não descobriu, trate de fazer isso agora e se jogue sem medo, porque quase nada é tão triste quanto, lá na frente, saber que você teve a oportunidade de fazer o que ama e não fez. Esse é um fantasma que vai te acompanhar em cada esquina e conviver com ele não é nada bom.

qual é a sua paixão

É fácil descobrir o que a gente quer, o que a gente ama? Não, mas é mais que necessário, é vital, e ninguém vai poder fazer isso por você. Não existe “receita” pra chegar a resposta, mas ser honesto consigo mesmo e com os próprios desejos e vontades, escutando, ao menos uma vez na vida, o que o coração tem a dizer e o que a intuição insiste em avisar ajuda muito.

E se você fizer isso, na hora certa, quando você realmente estiver preparado, o “destino chama”. Chama não, ele berra e você precisa se jogar, porque ou você se joga ou vai passar o resto da vida com o tal o “e se?”, se questionando o que teria sido, se tivesse sido.

Se jogou? É aí, minha amiga, que começa a parte dura, porque existe uma distância bem grande entre saber o que queremos fazer e conseguir fazer. É nessa hora, aliás, que a maioria volta atrás e desiste de tudo o que sonhou.

qual é a sua paixão

Seguir os próprios sonhos é a coisa mais compensadora da vida, mas é também uma das mais difíceis… É difícil porque, não raras vezes, as dificuldades são muitas, e de todo tipo, assim como os medos.

Medo do julgamento alheio. Medo de dar errado. Medo de ser estúpido. Medo de estar perdendo tempo. Medo da incerteza. Medo das mudanças. Medo da instabilidade. Medo, medo, medo.

Pode dar errado? Claro que sim, como tudo na vida, mas o erro é só uma oportunidade de fazer de novo, de fazer melhor, e, convenhamos, errar em busca dos nossos sonhos é muito melhor do que o conformismo de viver em cima do muro. É ou não é?

Você, provavelmente, vai precisar abrir mão de algumas coisas, enfrentar algumas pessoas e batalhar muito, incansavelmente,  pra chegar onde quer, mas se você estiver realmente motivado a atingir o topo do montanha dos seus sonhos, se você perseverar o suficiente, chegar lá é questão de tempo, pode ter certeza.

paixão

E quando tudo ficar muito difícil, e sempre fica em algum momento, você saberá que tudo isso tem um objetivo, tem uma razão de ser que é maior que qualquer dificuldade, porque viver do que a gente gosta, fazendo o que a gente ama, tendo a certeza de que estamos fazendo tudo que podemos é transformador…

Tudo passa a ter outro sentido, a vida muda de “tom”  e a alegria e satisfação em saber que aquilo faz todo sentido pra você, que te preenche e inspira não tem preço!

Pense nisso, porque a hora é sempre agora!

Beijos

Ju

24.09.2014

Água Micelar Vichy Normaderm

Fazia um tempão que tava querendo testar uma água micelar, mas cês sabem que em Jee nada é muito fácil de encontrar, né? Só que, por um milagre, achei na farmácia (a que fica ao lado do Banco do Brasil!) a Água Micelar Vichy e comprei sem pestanejar!

Sei que muita gente ainda não conhece a água micelar, então vou explicar resumidamente o que é, pra que serve e o que faz, tá?

Água Micelar Vichy: promessas

A água micelar é um tipo de solução que limpa, trata e demaquila a pele do rosto, removendo as impurezas e purificando a pele. É um tipo de produto bem suave e que não irrita a pele, vez que não contém álcool, parabenos, sabão, perfume ou corantes.

Normaderm Solução Micelar

A mais famosa é a da Bioderma, “aquele” demaquilante que todo mundo ama e que é o xodó dos bastidores dos desfiles de moda, sabe? Pois é, só que existem várias outras, e hoje vou falar dessa da Vichy, que eu tô amando! ♥

Diz no rótulo que a “Vichy Normaderm Solução Micelar é uma solução de limpeza para peles oleosas e acneicas que limpa purificando a pele. Possui ação calmante, é sem enxágue, remove impurezas, óleo e maquiagem. É enriquecido com pidolato de zinco, que tem ação bactericida e inibe a produção da oleosidade, com a tecnologia micellar e com a água termal Vichy, que tem ação suavizante.”

É importante frisar que ela não possui parabenos, álcool, corantes, fragrância ou sabão, e que é hipoalergênica, sendo especialmente indicada para peles sensíveis e sensibilizadas por procedimentos estéticos ou mesmo pelo uso do ácido (meu caso!).

água micelar vichy

Água Micelar Vichy: fatos

A embalagem é plástica, vem com 200 ml e conta com tampa de flip-top. O buraquinho é do tamanho certo pra dosar a quantidade e não rolar desperdícios. A textura é aquosa, o líquido é transparente e não tem cheiro.

A aplicação é simples, porque basta colocar um pouco no disquinho de algodão e aplicar na pele, e eu uso de várias formas.

  1. Uso após o sabonete facial e antes do hidratante, pela manhã e antes do dormir.
  2. Uso pra remover o filtro solar, que reaplico 4 vezes ao dia (expliquei isso nesse post aqui).
  3. Uso pra remover a maquiagem.
  4. Uso pra remover o excesso de oleosidade e impurezas ao longo do dia, quando não estou maquiada.

água micelar vichy

Quando uso pra remover a maquiagem, o efeito é super bom, porque remove bem sem deixar a pele oleosa, sem agredir ou irritar, só que ela não remove aqueles produtos mais resistentes, como máscara de cílios a prova d´água, por exemplo. O que faço, então, é lavar os olhos com sabonete líquido infantil, truque que ajuda muito a manter minha blefarite alérgica sob controle (post sobre isso aqui),  e depois aplico ela na região dos olhos pra ajudar a acalmar a pele.

Água Micelar Vichy Funciona?

Usando na rotina de cuidados com a pele ela é maravilhosa, principalmente pra quem usa ácidos, como eu, e pra quem tem a pele mais sensível, sabe?  A sensação que  tenho é que a pele fica mais sedosa e suave ao toque, e nesse período de transição da minha pele, que sempre foi muito oleosa e agora, depois dos 30, tá ressecada em algumas partes, ela tem ajudado muito, porque dá uma equilibrada.

água micelar

Não é um produto essencial, do tipo “tem que ter”, mas é um produto que faz diferença na pele!

A minha tem rendido bastante e vale cada um dos 49 Dinheiros que paguei nela! O produto é vendido em farmácias e em lojas especializadas, e no site da marca dá pra localizar a farmácia mais próxima da sua casa.

Resumindo: esse é pra casar! ♥

Alguém já usou? Já testaram de alguma outra marca? O que acharam?

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…