24.08.2014

Ter (Muitos) Amigos Homens Acabou Com Meu Romantismo!

É bom ter amigos homens, muitos de preferência. A coisa corre de forma mais leve, mais engraçada, mais livre. Ao invés de passar a tarde de sábado no shopping vendo as mesmas lojas,  você passa se divertindo de verdade. Você descobre botecos, vira profunda conhecedora da casa alheia (a.k.a conhecida como “palco de festas”), faz viagens divertidíssimas, frequenta os lugares mais improváveis, aprende que bate-volta pra festas em cidades vizinhas é tudo de bom (ninguém te conhece, dá pra fazer o que quiser…), gargalha mais, se importa menos e, se for uma boa observadora, fica esperta, e é aí que mora o problema.

O problema é que convivendo tanto com tudo isso a gente “pega a manha” da malandragem masculina, e aí ó, adeus romantismo! E adeus acreditar, e nem pensar em confiar, e tome-lhe a analisar cada palavra dita, cada silêncio que grita, cada detalhe, cada gesto, cada olhar.

amigos homens

Já vi, e não foram poucas as vezes, amigo deixar a namorada em casa numa noite qualquer e, sem seguida, partir pra festas intermináveis, pegações absurdas e farras sem fim. Claro que ele ligava quando “chegava em casa” pra avisar que ia dormir. Sei. Dormir, nesses casos, só se for com a outra, ou as outras.

Já vi nêgo criar doença (dele, do pai, da mãe, do irmão, do vizinho…), acidente, problemas urgentes… Já vi congressos em outras cidades (que eles foram, mas não estiveram presentes), reuniões que jamais existiram, propostas irrecusáveis e dezenas de outras desculpas pra ganhar alguns dias e noites “por fora”.

Já vi quem enganava a namorada em casa, com a “enteada da mãe”. Com a amiga da irmã. Com a vizinha. Com a amiga da namorada, a prima da namorada e, certa vez, com a tia da namorada. Não, ninguém está a salvo, acreditem. E nem pense que “alguém vai te contar” porque isso é, na esmagadora maioria das vezes, ilusão. E só pra deixar a coisa ainda mais escancarada, já vi mães que não só acobertavam, mas estimulavam, e dando risada…

amigos homens

Vi as desculpas mais esfarrapadas, as declarações de amor mais lindas (e falsas), as mentiras mais deslavadas pra conseguir o que querem, os maiores absurdos… E não só vi como, de certa forma,  já compactuei com isso inúmeras vezes, porque ninguém entrega amigo (#culpada) e quem cala consente. É, eu já me calei. E sim, podem me julgar.

E quando eu falo que já vi tudo isso, não tô falando dos “cafa” tradicionais, daqueles que são sacanas e ponto final. Não. Tô falando de namorados exemplares, daqueles que toda mãe pediu aos céus, de caras incríveis de verdade, que são atenciosos, que cuidam, que fazem tudo pela outra pessoa,  sabe? Pois é…

Quantas e quantas vezes questionei isso… E o que mais ouvi foi que “homem é assim”, que não é falta de amor por uma, é excesso de “amor” por todas. Eles amam sim, mas não querem (ou conseguem) abrir mão de todo o resto…

amigos homens

Já vi sim muita bagaceira, mas já vi também quem mentia que estava indo dormir porque queria simplesmente  encontrar os amigos pra conversar, dar risada com a turma,  mas a namorada não entendia… Quem queria simplesmente “respirar” e precisava mentir porque a menina achava que tinha que ficar grudada o tempo todo. Já vi quem ia pras festas escondido e não fazia nada demais, mas precisava mentir porque a outra parte jamais aceitaria.

Não só vi como ouvi cada história…Ahhhh se meus ouvidos falassem!

Lógico que não dá pra generalizar (toda unanimidade é burra, né?), porque cada pessoa é um universo e esse universo muda todos os dias, mas conviver com isso tão de perto e por tanto tempo me deixou mais “reticente”,  o que é uma pena, porque a gente acaba perdendo a beleza do acreditar, do mergulhar de cabeça, sem medos de qualquer tipo, e isso é triste.

amigos homens

Mas foi bom também, bom pra não cair em ciladas, em desastres anunciados, pra ver os vários lados de uma mesma situação e entender que não existem príncipes e princesas, pessoas perfeitas, sabe?

É bom ter os “pés no chão”, saber que por mais incrível que seja uma pessoa ela comete erros, às vezes erros enormes, assim, aliás, como eu, como você, né?

É, ter muitos amigos homens acabou com meu romantismo, me deixou desconfiada, às vezes neurótica, mas me deu também um “chá de realidade” que dificilmente eu teria de outra forma… Obrigada meninos!

Beijos e bom domingo!

Ju

24.05.2014

Amigo de Verdade

Já fui do tipo que quis ter 1 milhão de amigos, já fui do tipo de fingia que acreditava que tinha muitos e hoje só quero os “poucos e bons”. Não, não tô falando de conhecido ou colega, tô falando de amigo, essa coisa tão rara.

Mas o que é um amigo, afinal?  Difícil explicar, mas fácil de sentir… Sentir que a pessoa gosta verdadeiramente de você, que se preocupa com você, que te protege, que quer o teu bem e que pra isso é capaz de, inclusive, ir contra você. Amigo é aquele espelho do qual a gente não pode fugir, aquele que vai falar o que a gente insiste em não ouvir. Amigo é isso, e é mais.

tumblr_mcgnt7L3fp1qfnkao

Amigo é aquela pessoa para a qual  você pode se mostrar imperfeito, assim sem máscaras de nenhum tipo. É aquele com o qual você pode ser exatamente o que você é, da forma mais simples, limpa e nua. Amigo é aquele que te perdoa quando você menos merece, mas quando mais precisa…

Amigo é aquele que não te julga, que não te aponta o dedo, mas escuta a sua versão, te puxa a orelha, fica do seu lado estando você certo ou errado e não usa isso contra você. Um amigo é sempre pelo outro, e quem diz que é teu amigo e não te protege é o pior tipo de inimigo que você pode ter, porque tá dentro da sua casa, da sua vida e jogando contra você.

amigo

Amizade exige profundidade, intimidade e um compartilhar suave… Profundidade pra conhecer o outro do dedinho do pé até o último fio de cabelo e aceitá-lo mesmo assim, com todos os erros, defeitos e, claro, qualidades. Intimidade pra poder falar ” você está errado”, mas segurando as mãos e te mostrando como fazer a escolha certa ou, ao menos, a menos errada. Amizade é compartilhar, não é sugar, não é dividir… Dividir é cada um ficar com uma metade, compartilhar são “dois corpos ocupando o mesmo lugar no espaço”. Amizade é compartilhar o que você é, o que você quer, o que você tem…

amigo

Amigo que é amigo é “pau pra toda obra”… Sabe aquela pessoa que quando você termina um namoro e liga no meio da noite, ela sai do outro lado da cidade, de táxi, e chega na sua casa com uma garrafa de vinho e um calmante da “farmácia” mãe, te bota no colo e diz um: “amiga, mesmo que o Lexotan não dê jeito e a cachaça não faça efeito eu vou ficar aqui até você melhorar, não importa o quanto demore” ? Então, isso é um amigo, e eu tenho um desses, aliás!

amigo

Amigo é aquele que te dá liberdade pra entrar na vida, na casa, na alma… Amigo é aquele que abre o peito, assume os medos, mostra os defeitos e se mostra imperfeito… Amigo é aquele com o qual você pode contar em tudo, pra tudo e por tudo. 

Amigo, como diz a canção, ” é pra ficar, se chegar, se achegar, se abraçar, se beijar, se louvar, bendizer. Amigo a gente acolhe, recolhe e agasalha, e oferece lugar pra dormir e comer. Amigo que é amigo não puxa tapete, oferece pra gente o melhor que tem e o que nem tem, quando não tem, finge que tem, faz o que pode e o seu coração reparte que nem pão”.

Amigo é mais, muito mais que um irmão… Amigo é o sal da vida!

Beijos e um sábado lindo pra vocês!

Ju

 

17.11.2013

Ele (a) Não Gosta de Você. E Daí?

Uma das coisas que o tempo me trouxe de bom foi a capacidade de parar de me importar com o que eu não devo me importar, e isso se aplica a simplesmente ignorar quem não gosta de mim. Antes, doida toda, eu queria entender porque a pessoa não gostava de mim, como se ela, afinal, tivesse a obrigação de gostar.

E não, não tem, assim como eu (e você também!) não tenho a obrigação de gostar de ninguém. E gostar, aliás, não tem nada a ver com obrigação. Gostar acontece. Ou não. Quando acontece, é a glória, porque é “de graça”, você gosta sem motivo. E quando não acontece, não adianta forçar. É preciso respeitar a si mesmo e ao outro, simples assim.

ele não gosta de você

Quantas vezes você, mesmo tendo todas as constatações do mundo de que a pessoa não gosta de você, insistiu? Insistiu numa relação, insistiu numa amizade, insistiu numa história qualquer? Adiantou alguma coisa? Não adianta, porque tudo o que é verdadeiro vem de forma natural, não pode ser forçado. No mais, é absurdo, além de ridículo, querer obrigar quem quer que seja a gostar de você.

Às vezes você gosta genuinamente de uma pessoa, de uma amiga ou de um namorado, e ela não retribui. Claro que isso dói e claro que o fantasma da rejeição assombra…Mas aqui não há o que fazer, porque, sinto informar, ela não tem obrigação nenhuma de gostar de você, ela tem o direito, aliás, de não ir com a sua cara, e você não pode fazer nada quanto a isso.

ele não gosta de você

 Mas você pode fazer algo quanto ao que você sente em relação a isso… Então aceite, de boa mesmo, e siga frente, sem raiva, sem mágoas, sem frustrações e sem questionamentos bobos. Ela não gosta porque o “santo dela não bateu com o seu”, porque não rolou ou algo do tipo, e isso acontece com você também.

Aliás, essa história de “santo que bate” sempre acontece comigo… Não foram poucas as vezes em que eu, sem nenhuma razão aparente, não “fui com a cara” de alguém. Antes eu dava murro em ponta de faca e insistia, hoje prefiro acreditar que isso é intuição, e intuição eu sigo, porque em todas as vezes que dei as costas, quebrei a cara.

ele não gosta de você

A mesma coisa se aplica a várias situações na vida, e não só a relacionamentos. Você adora uma loja, mas a vendedora não te trata bem? Procure outra… Lojas não faltam, vendedoras também não. A comida daquele restaurante é divina, mas o atendimento é péssimo? Procure um que te atenda bem e te trate como uma rainha, que é o que, afinal, qualquer comerciante com 1 grama de inteligência deve fazer.

Eu não frequento lugares onde não sou bem tratada, não vou na casa de quem não me recebe bem, não convivo com quem não gosta de mim. Eu não gasto um segundo  com quem eu não gosto ou com quem não gosta de mim, e isso tornou a minha vida muito mais fácil e verdadeira, pra dizer o mínimo. E também não questiono nada disso, porque  seria uma grande perda de tempo, e não levo pro lado pessoal, sabe?  É só aceitar e seguir em frente.

ele não gosta de você

Tá, não é assim tão fácil, mas quando a gente aprende a vida se torna bem mais leve, garanto!

Beijos

Ju

 

O que você acha do JV?
Como ter mais qualidade de vida? Tenha pique extra já! Como acabar com a insônia? Rituais de Prosperidade pro Ano Novo Ceia da Virada pra um ano Incrível! Banhos Poderosos Para o Ano Novo! Superstições de Ano Novo: Muito mais sorte! Manchas de pele: como tratar?