Vizcaya
21.09.2016

Manteiga de Cacau: É Tudo de Bom Para Cabelos Secos!

É tudo de bom!

Já falei muito por aqui da umectações, dos óleos e manteigas vegetais, e hoje quero falar de uma manteiga que, além de maravilhosa para os cabelos e a pele, tem um cheirinho delícia: a manteiga de cacau!

Mas, calma aí, não é “aquela” manteiga de cacau que a gente compra na farmácia pra passar nos lábios não, viu? Aquela, via de regra, não é pura, não serve pra umectar e tratar os fios.

Tô falando da manteiga de cacau 100% pura, facilmente encontrada em farmácias de manipulação e em lojas de produtos naturais, que é bem barata (50g sai por, em média, R$15,00 e rende bastante).

manteiga de cacau cabelo juro valendo

Manteiga de cacau para cabelos

A manteiga de cacau, obtida da prensagem das sementes, é rica em óleo oleico, linoleico, esteárico e palmítico, vitaminas (sobretudo A, C e E), minerais e antioxidantes.

A grande quantidade de ácidos graxos garante o restabelecimento da barreira lipídica, melhorando a retenção da água dentro dos fios (e da pele), e protegendo dos danos externos, sendo especialmente útil para cabelos muito ressecados, mais grossos, cacheados e/ou crespos.

É uma manteiga muito emoliente, que entrega um resultado incrível para cabelos muito secos, porque garante uma maciez e suavidade que dificilmente a gente consegue em outros produtos, sabe?

Não é tão boa para cabelos porosos, mas tem uma ação, nesse caso, ainda melhor que o óleo de coco, vez que a quantidade de óleo linoleico e ceramidas é maior.

manteiga de cacau cabelo juro valendo

Ou seja, é mais indicada pra ressecamento extremo, mas ajuda um pouco na porosidade. E, pra quem tem cabelos cacheados e mais volumosos, ela ajuda a dar “forma” aos fios, deixando os cachos mais bonitos.

Já vi muitas indicações para o uso dessa manteiga pra quem tem caspa e raiz oleosa, mas acho a coisa meio complicada porque o cabelo vai ficar murcho… Indico não!

Nesse caso, acho que o óleo essencial de cacau absoluto, em associação com algum outro óleo mais “seco” e leve, funcionaria melhor, mas não testei pra ter certeza, é só uma hipótese mesmo.

Manteiga de cacau: formas de uso

Ela pode ser usada de várias formas, mas sempre “derreto” em banho maria antes, e uso uma quantidade pequena, porque ela pesa nos fios.

Uso para umectações, da mesma forma que uso os óleos vegetais (veja aqui: 10 formas de usar óleo vegetal nos cabelos), adoro misturada com máscaras ou com um pouco de Bepantol (15 Formas de usar Bepantol nos cabelos), e acho uma maravilha pra usar nos fios já secos, como um leave-in, sabe? Nesse caso nem derreto, passo um pouco nas mãos, bem pouquinho mesmo, esfrego uma na outra e “encero” o comprimento e as pontas.

manteiga de cacau cabelo juro valendo

Funciona muito bem, também, pra usar antes de entrar na piscina, pois vai formar uma capinha de proteção ao redor dos fios que minimiza as chances de sair de lá com o cabelo verde e ainda mais ressecado.

Ela também pode ser usada na pele, nas estrias, nas áreas mais ressecadas, nas cutículas e nos lábios, pois hidrata bastante, mas sobre isso a gente pode falar em um outro post!

É uma das manteigas mais estáveis e que aguentam mais tempo, então ela não fica rançosa facilmente. No mais, tem um cheiro que eu adoro, que é bem melhor que o da manteiga de karité, por exemplo.

Alguém aqui costuma usar? Contem aí! E pra conferir mais produtinhos pra nutrir os fios é só clicar aqui.

Beijos, Ju♥

Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Vizcaya
28.04.2016

Óleo Vegetal Para Cabelos: 10 formas de usar

Porque óleo vegetal é vida para os fios!

Já faz muito tempo que uso óleos vegetais nos cabelos, das mais diversas formas, e mesmo já tendo feito muitos posts aqui sobre isso, com o tempo a gente vai aprendendo mais e mais coisas, vê o que funciona melhor e precisa compartilhar isso, né? Por isso hoje vou mostrar minhas formas preferidas de usar óleo vegetal para cabelos. Vamos lá!

óleo vegetal Para Cabelos: 10 formas de usar

Já expliquei por aqui que óleo não é tudo igual, e a forma de uso  de um óleo vegetal é bem diferente da forma de uso de um óleo essencial ou de um óleo finalizador, aqueles cheirosinhos e fininhos que a gente costuma usar antes ou depois do creme do pentear.

Da mesma forma, os resultados também são diferentes, porque o óleo vegetal é puro, possui um complexo de ácidos graxos e nutrientes único (que muda de acordo com o óleo escolhido), com propriedades específicas para realmente tratar tanto o cabelo quanto a pele.

óleo vegetal para cabelos 10 formas de usar juro valendo

Nos fios sua principal função é nutrir, é fazer a reposição lipídica, ajudando a deixar o cabelo mais saudável, com menos frizz, com mais brilho e maciez, e mais alinhado, dentre outras coisas.

1. Óleo vegetal como pré shampoo

Usado como pré shampoo, sobretudo nas pontas, o óleo vai ajudar a evitar o ressecamento causado pelo shampoo, proteger da quebra, amolecer a estrutura enrijecida e dar uma tratada no cabelo, o que funciona super bem para quem tem pontas muito ressecadas, cabelos mais porosos ou para quem lava todos os dias, por exemplo.

E a aplicação é super simples: basta aplicar um pouco do óleo escolhido nos fios ainda secos, porque assim a absorção é maior,  e aí você escolhe se quer aplicar só nas pontas ou no comprimento inteiro, preservando a raiz, e deixar agir por, pelo menos, 15/20 minutos antes de lavar os fios.

Para efeitos ainda melhores, o ideal é deixar o óleo agir por 60 minutos, porque aí ele fica mais tempo em contato com os cabelos, nutrindo ainda mais. Já expliquei isso bem detalhadamente nesse post aqui: Óleo Pré Shampoo- O Cabelo Agradece. Recomendo a leitura!

2. Óleo vegetal para potencializar máscaras capilares

Sabe aquelas máscaras que a gente compra e a coisa não funciona direito? Então, dá pra potencializar as bonitinhas com óleos vegetais e obter resultados muito melhores! Basta, no momento do uso, misturar algumas gotinhas (de 5 a 10, a depender do tamanho/volume do cabelo) de óleo vegetal com a máscara e aplicar nos fios.

Se quiser, pode colocar também umas gotinhas de Bepantol (15 formas de usar Bepantol nos cabelos) pra deixar a coisa ainda melhor! E nesse post aqui tem outras formas de potencializar suas máscaras, o que também serve para ampolas capilares,  clica pra ver!

óleo vegetal para cabelos 10 formas de usar juro valendo

3. Óleo vegetal para tratar pontas espigadas

As pontas estão em petição de miséria? Faça o seguinte: sempre que for lavar os fios aplique o óleo vegetal como pré-shampoo e após o enxágue misture 2 ou 3 gotinhas do mesmo óleo vegetal no seu creme de pentear e aplique só nas pontas. Elas melhoram bem mais rápido, garanto!

4. Pra não acordar com o cabelo “rebelde”

Esse truque é muito legal pra quem tem cabelo ondulado, cacheado ou desalinhado, e que sempre acorda com a juba toda bagunçada, sabe? Adoro!

Antes de dormir espalhe 2 ou 3 gotinhas do óleo nos fios, preservando a raiz, e, sem pentear os cabelos, faça um coque frouxo ou o truque do coque de touca, dormindo com o cabelo assim. Os fios amanhecem bem menos rebeldes e, no meu caso, as ondas ficam largas e bem bonitas!

5. Óleo vegetal para potencializar o seu leave-in

Leave-in é meu calcanhar de Aquiles, porque é raro, bem raro, que algum funcione bem em todos os quesitos, sabe? E aí o que me resta é potencializar os bichinhos, o que pode ser feito de várias formas, inclusive com óleos vegetais (mostrei todas as formas nesse post aqui)!

É só, no momento do uso, misturar umas 2 gotinhas de óleo vegetal com o  leave-in, e faço a mesma coisa com o condicionador quando meus fios estão muito ressecados! O resultado fica muito melhor, porque o cabelo alinha mais, fica com mais brilho, com mais suavidade e com menos frizz. Amo!

óleo vegetal para cabelos 10 formas de usar juro valendo

6. Óleo vegetal como óleo finalizador

Sim, dá pra usar óleo vegetal como óleo finalizador, a depender do óleo e da quantidade utilizada! Gosto muito do óleo de coco, do de abacate, do de jojoba e do de pracaxi nos cabelos, e todos eles podem ser usados como óleo finalizador, é só colocar umas duas gotinhas na palma da mão e aplicar nos fios, secos ou molhados, antes ou depois do creme de pentear.

No caso do óleo vegetal, prefiro aplicar antes do creme de pentear, isso no cabelo úmido. Já no cabelo seco, uso uma gotinha para ajudar a controlar o frizz! Não tem segredo, gente: aplica 1 ou 2 gotinhas do óleo na palma da mão, esfrega uma na outra e “encera” os fios. Simples e eficaz!

7. Para proteger os fios na praia e na piscina

Gosto demais de usar umas gotinhas de óleo vegetal antes de entrar no mar ou na piscina, porque ele forma uma película de proteção que ajuda a evitar o ressecamento, o desbotamento e, no caso da piscina, minimiza o risco dos fios ficarem esverdeados.

Muita gente questiona se isso não “frita” o cabelo, e o meu até hoje não fritou nesse calor danado que faz aqui na Bahia, e expliquei tudinho sobre isso nesse post aqui ó.

8. Para fazer umectação

Umectação (expliquei tudo sobre ela nesse post aqui) nada mais é do que os famosos banhos de óleos que nossas avós usavam, só mudaram o nome mesmo! rs Já vi várias formas de fazer esse banho de óleo, mas o mais tradicional é assim: aplique, nos fios secos, o óleo vegetal de mecha em mecha, preservando a raiz e sem exagerar na quantidade. Depois é só pentear e fazer um coque frouxo nos fios, deixando agir a noite toda.

Na manhã seguinte é só lavar, finalizar e secar como de costume. O cabelo melhora muito, e a cada vez que a gente repete o método nota mais melhoras, sabe? Cabelo bem nutrido é vida!

óleo-vegetal-para-cabelos-10-formas-de-usar-juro-valendo

Essa umectação noturna fica mais tempo em contato com os fios, então ela é mais “potente”, por assim dizer, mas é claro que você pode fazer durante o dia, o importante é deixar agir por um tempo maior, senão ela vira um pré shampoo, né? Porque o método é o mesmo, a única diferença é a duração!

Além dessa umectação “tradicional”, já falei de outras duas aqui que são bem legais, ó só:

9. Umectação quente

Alguns óleos, como o de azeite de oliva (extra virgem, por favor! rs), que muita gente usa, e o óleo de amêndoas, por exemplo, não “penetram” direito nos fios, e a gente nota isso pelo resultado no cabelo, que deixa a desejar.

Quando isso acontece, a gente faz a umectação quente, que, no método, é igual a umectação “normal”, a diferença aqui é que a gente vai “amornar” um pouco o óleo antes de aplicar nos fios! Só vale ressaltar que, pelo amor de Deus, amornar é bem diferente de esquentar a ponto de fritar batatas, tá?

Eu coloco a quantidade de óleo a ser usado (geralmente uma colher) numa vasilha pequena e levo ao microondas por 10 segundos (pode fazer em “banho-maria” também) pra que ele fique mais morninho e aplico nos fios, fazendo o procedimento como de costume e o resultado melhora muito!

Já fiz (e faço) o mesmo com algumas máscaras e também noto que elas penetram com maior facilidade, sobretudo as máscaras mais baratas, porque as máscaras profissionais, via de regra, contém ativos com baixo peso molecular, que conseguem penetrar mais facilmente nos fios, e pra conferir esse dica é só clicar aqui.

10. Umectação reversa

Essa eu aprendi com uma leitora, a  Lo Yonekura, e a princípio fiquei com o pé atrás, porque noto que óleo vegetal age melhor quando meu cabelo está seco, mas depois de testar algumas vezes me rendi completamente a umectação reversa, que não substitui a tradicional e é mais indicada para cabelos mais detonados e porosos, para as pontas super ressecadas e para cabelos mais grossos, cacheado, crespos ou afro.

óleo-vegetal-para-cabelos-10-formas-de-usar-juro-valendo

A diferença aqui é que primeiro a gente lava o cabelo com um shampoo para remover direitinho as impurezas, enxágua e remove bem a umidade dos fios, mas é bem mesmo! rs Feito isso, é só aplicar um pouco de uma máscara de sua preferência e, nas partes onde os fios estão mais detonados, aplicar algumas gotinhas de óleo vegetal (poucas, viu?), deixando agir 30 minutos e enxaguando em seguida.

Tenho feito com óleo de pracaxi, que é leve e maravilhoso, e contra todas as minhas cismas, tô amando os resultados! Pra conferir tudo sobre a umectação reversa é só clicar aqui.

Qual óleo usar?

Existe uma variedade imensa de óleos vegetais e cada cabelo vai funcionar melhor com um, mas os que mais gosto e costumo usar são esses ó:

Outra coisa que sempre perguntam quando falo de umectação e óleos vegetais é de quanto em quanto tempo pode usar, e hoje, pra mim, não existe uma única resposta. Depende do seu cabelo, é ele que “vai dizer”, então evite seguir regras e observe o seu cabelo: quando notar que ele está precisando, faça, é simples!

O post ficou imenso, mas juro que tentei “encurtar”, gente! rs E se você conhece mais alguma forma de usar óleos vegetais nos cabelos, conta pra gente!

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

15.03.2016

Umectação Oliva Lola Cosmetics

Cabelos mais nutridos já!

Faz tempo que vocês pedem resenhas de produtos da Lola Cosmetics, mas nunca tinha encontrado por aqui, até que, semanas atrás, achei alguns produtos numa loja e resolvi comprar a Umectação Oliva pra testar.

Comecei por esse produto porque achei interessante uma umectação “pronta”, em forma de creme, 100% vegetal, livre de parabenos, silicones, óleo mineral, parafina e coisas do tipo. E também porque achei bem bacana as coisinhas da embalagem, com oração ao nosso senhor do bom cabelo e tudo! hahaha

umectação oliva lola cosmetics

Parece besteira, mas tudo o que torne o nosso dia a dia mais divertido e lúdico é bem vindo, faz diferença, sabe?

Umectação Oliva Lola Cosmetics: que furdunço é esse?

De acordo com o rótulo, trata-se de uma super umectação para cabelos ressecados e detonados, com óleo de oliva orgânico e prensado a frio. Repõe a umidade natural, reduz o frizz e fly away, conferindo umectação intensa. É um SOS capilar, de efeito restaurador para cabelos submetidos a tratamentos agressivos.

umectação oliva lola cosmetics

A embalagem é plástica, conta com tampa de rosquear e vem com 200g de produto. A textura é cremosa e grossinha, o produto é branco, então não interfere na pigmentação dos fios, e o cheiro não é dos meus preferidos, mas é confortável.

Ela pode ser usada de 5 formas diferentes, e vem tudo explicadinho no rótulo:

Formas de usar a umectação Lola

1. Após lavar os fios com shampoo e condicionador, aplica-se a umectação, enluve mecha a mecha repetidas vezes, enxague e finalize como de costume.

umectação oliva lola cosmetics

2. Aplicação noturna: aplique o produto nos fios secos, como na umectação que já ensinei aqui, coloque uma touca e durma com o produto nos cabelos. Na manhã seguinte é só enxaguar e higienizar como de costume.

3. Como pré shampoo: antes de lavar os fios, aplique a umectação nos fios secos, deixe agir por, no mínimo, 15 minutos, enxágue e lave como de costume, com shampoo e condicionador.

4. Método Lola: Lave os fios com shampoo, não condicione, aplique a umectação em todo o cabelo e deixe agir por 2o minutos. Enxágue bem. Só lave novamente com shampoo após o enxágue da umectação se o cabelo não estiver muto ressecado, caso contrário não é preciso.

umectação oliva lola cosmetics

5. Nas pontas detonadas: após lavar e condicionar os fios, aplique uma pequena quantidade da umectação nas pontas, não enxágue e finalize como de costume.

A umectação oliva é boa?

Testei de todas as formas, e como meu cabelo tá bem oleoso na raiz e sem tantos danos, a que funcionou melhor pra mim foi lavando com shampoo e aplicando a umectação depois, deixando agir menos tempo, só que precisei remover o produto com shampoo, porque, no meu cabelo, a coisa pesa.

umectação oliva lola cosmetics

É fácil de aplicar, fácil de enluvar e tem uma composição interessante, que vai além do óleo de oliva, com alguns aminoácidos, inclusive o ácido glutâmico e a lisina, que no meu cabelo têm um efeito “domador”, sabe como é? Os fios ficam bem mais domados, alinhados, mais lisos, tanto que as ondas abriram tanto que perderam a forma.

Tem uma ótima ação nutritiva, e fica mara com um tico de Bepantol, porque ela não deixa meu cabelo molinho nem sedoso, e o Bepantol ajuda nisso, mas acho mais interessante para cabelos cacheados, crespos e muito detonados, que é, aliás, a indicação dele, usei de ousada mesmo rs. Digo isso porque com o cabelo mais oleoso e sem estar tão danificado, esse tipo de produto acaba pesando, entende?

umectação oliva lola cosmetics

Mas, com certeza, é um produto vale o tanto que custa (R$39,00), principalmente pra quem tem cabelos mais “necessitados” ou pra quem não se sente confortável usando óleos no cabelo.

Alguém já usou? O que achou? Querem resenha de mais algum produto da marca? Avisem aí!

Beijos, Ju♥

Quer mais dicas como essa? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Bom dia , eu não conhecia o blog mais entrei hoje e adorei , tem muitas dicas , orientações, e as explicações não são pela…