30.03.2014

Botas Lindas e Confortáveis Pro Inverno!

O verão acabou de acabar e já comecei a pensar na estação que mais amo: o inverno! Amo e ainda vou morar em uma cidade fria, onde dê pra usar tudo o que eu gosto: muito tricô, casacos lindos e, claro, botas, muitas botas, de todos os tipos.

Queria poder usar botas todos os dias, e tenho muitas, de vários estilos diferentes, mas aqui em Jee não dá muito certo porque é quente demais. Mesmo assim eu compro e adoro quando tenho oportunidade de usá-las, mas cada dia mais tenho preferido as botas com salto pequeno, principalmente em viagens, porque conforto é, pra mim, o mais importante.

botas de inverno

A grande maioria das minhas botas (só tenho 12, não é tanto assim!) é da Carmen Steffens (não tenho nem nunca tive vínculo com a marca) porque elas funcionam certinho no meu pé, que é meio de pato (aberto na frente, sabe?), não apertam, são muito confortáveis e duram bastante. Como a “fôrma” deu certo, fico com receio de comprar outras sem referências e me arrepender.

Sapato, aliás, é uma coisa que eu prefiro comprar mais caro, porque sapato desconfortável acaba com meu humor, e sapato que “descole” ou coisas do tipo merece é lixo, né? Pra quase todas as coisas eu sou “aberta” a pechinchas, mas pra sapato a coisa muda um pouco…

Pois bem, fui procurar a versão preta da minha bota marrom (é a última da foto abaixo) da Carmen Steffens e acabei achando várias botas legais agora pro inverno! Essa bota marrom, que é a ultima da foto, eu tenho na cor preta e amo, porque o cano é removível, então fica maior ou menor a depender de como a gente queira usar. Acho ótima pra viagens e queria de várias cores!
Botas Inverno

Achei uma fofa de cano curto lá na Carmen Steffens, mas a da Marisa também parece bonitinha, só não sei quanto ao conforto, resistência e durabilidade.

Morri nessa bota  preta  da Shutz! Ô bota linda! O problema é que esse salto não é confortável pra bater perna, né? E se coloco uma bota dessas no São João (Inverno = São João = Melhor festa do ano!), vou tropeçar a cada metro e chegar em casa com a bichinha acabada!

Tão vendo aquela bota com detalhes “verdes”? Adoro esse tipo de bota, meio “cowboy“, pra usar com vestido soltinho e leve… Fico mais “caipirinha” ainda!

Olhei na Renner mas tinham poucas opções, e a única que achei bonita foi essa preta, mas o salto é alto e, mais uma vez, não conheço a qualidade e a resistência da peça.

As outras duas longas são da Carmen Steffens também e apaixonei na mais escura, porque não tem salto nenhum e parece ser muito confortável!

Vocês têm referências de botas confortáveis e resistentes? Avisem aí que preciso de opções!

Beijos

Ju

juro valendo

28.03.2014

Acessórios de Cabelo Pra Usar Já!

Vocês gostam de acessórios de cabelo? Eu adoro!

Na verdade eu adoro todo tipo de acessório, porque são eles que fazem diferença no look, sabe? E os acessórios pra cabelos dão um update imediato, deixando o resultado final muito mais interessante.

É que eles são tão femininos e delicados que finalizam os penteados com muito mais glamour, e isso vale até pro rabo de cavalo básico do dia a dia.

acessórios pra cabelo

E tem opções para todos os gostos: tiaras, grampos, lenços, faixas, pentes, presilhas e por aí vai! Eu adoro tiaras, pentes e grampos com pedras ou mais vintage, sabe? E as peças mais românticas me ganham sempre!

Selecionei vários desses e já comprei alguns, daí assim que chegar mostro aqui, tá?

As peças do post são todas da Accessorize e da Amo Muito, mas dá pra achar baratinho no MiniIntheBox, no Ali e no eBay (não tenho, nem nunca tive, vínculo com nenhuma das lojas citadas no post)!

acessórios de cabelo

As peças da Accessorize são as mais lindas, e lá também tem alguns itens bem básicos pra fazer coque e rabo de cabelo, como o elástico que imita cabelo e coisas que mostrei nesse post aqui.

Vocês conhecem mais alguma loja que venda esse tipo de coisa?

Beijos

Ju

27.03.2014

Máscara e Condicionador: É Tudo A Mesma Coisa?

Tenho tentado responder as perguntas de vocês em forma de post, porque assim mais pessoas têm suas dúvidas respondidas, e condicionador é uma coisa que sempre gera “discórdia”.

Muita gente substitui o condicionador pela máscara, e muita gente já me perguntou qual é, na real, a diferença entre os dois, daí juntei tudo pra fazer um post.

A Máscara é Igual Ao Condicionador?

Máscara e Condicionador: É Tudo A Mesma Coisa?

Máscara e condicionador são produtos diferentes, já que suas funções são diferentes e a concentração de ativos também. Mas são também muito parecidos em alguns aspectos, já que tanto a máscara quanto o condicionador devem ter cargas positivas pra evitar que o cabelo fique cheio de nós e de frizz, e devem, via de regra, ter o pH levemente ácido (de 4.5 pra baixo,  já que o pH do cabelo varia entre 4.4 e 5.5)  pra garantir a maior maleabilidade dos fios.

Do ponto de vista da produção, a maior diferença é que as máscaras possuem (ou deveriam possuir) uma concentração maior de ativos, enquanto o condicionador possui uma concentração menor.

Teoricamente é isso aí, só que na prática a teoria é outra, porque a grande maioria das máscaras e dos condicionadores  não possuem o pH tão baixo quanto deveria, e isso faz toda a diferença, porque se o pH da máscara (e do condicionador)  não for mais  baixo, o  pH do cabelo fica desequilibrado, o que resulta em maior vulnerabilidade.

Pode Substituir o Condicionador Pela Máscara?

Depende! Eu substituí muito e aprendi muita coisa, mas a base de tudo é o pH dos produtos, coisa que pouquíssimos fabricantes informam.

Máscara e Condicionador: É Tudo A Mesma Coisa?

Máscara e Condicionador: É Tudo A Mesma Coisa?

Se a máscara tiver um pH baixo, mas não muito,  não existe a menor necessidade de aplicar  o condicionador depois, porque ela já vai selar os fios e equilibrar o seu pH.  Já se o pH da máscara for alto, deve-se usar o condicionador, mas um condicionador que tenha pH mais baixo, e muitos não têm, o que já é outro problema.

Em determinados casos, aliás, é até melhor não usar o condicionador, como, por exemplo,  quando usamos uma máscara de pH baixo, que “derrete o cabelo”. Se,  em seguida, usamos um condicionador que não tenha o pH baixo, aquele efeito bom de “derretimento” se perde, porque quem vai dar o resultado final é o último produto usado, e se o pH dele não for baixo as cutículas dos fios não ficam devidamente “seladas”. Ou seja, o último produto usado tem que ter o pH mais baixo, via de regra.

Aqui tem outra questão, só pra vocês verem como a coisa não é simples: se o pH da máscara for baixo demais, o pH do cabelo pode ficar muito desequilibrado, e aí é preciso usar um condicionador  de pH baixo, mas nem tanto, pra equilibrar.

Falo isso porque usei, tempos atrás, uma máscara de pH bem baixo (3.0)  no lugar do condicionador e com o tempo percebi que o cabelo tava ficando fraco, com a textura estranha, daí a Lili me explicou que isso estava acontecendo porque aquele pH era muito baixo, mais do que deveria. Então, já sei que o meu cabelo não funciona bem com máscaras de pH menor que 3.3 sem o uso de um condicionador com pH acima disso pra equilibrar.  É assim com todo cabelo? Não! Cada cabelo é uma sentença, e  você precisa testar pra ver o que funciona no seu.

Máscara e Condicionador: É Tudo A Mesma Coisa?

Então, a minha regrinha é a seguinte: se a máscara tiver o pH baixo (de 3.3 a 4.5), não tem razão pra usar o condicionador. Se o pH da máscara for maior que isso, uso um condicionador pra selar as cutículas, mas um condicionador que tenha o pH mais baixo que o da máscara.

Vale pra todo mundo? Não! O que vale pra gente é o que a gente testa e funciona, então o que vocês precisam fazer é testar pra ver o que funciona melhor cabelo de vocês.

O que eu recomendo é escolher sempre produtos de pH mais baixo, tanto máscaras quanto condicionadores, então tem que prestar bastante atenção antes de comprar o produto, porque esse pequeno “detalhe” é de fundamental importância!

+ Máscaras e Condicionadores

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…