Vizcaya
09.09.2020

Apometria O Que É e Como Funciona

Quase dois anos atrás descobri a apometria, que tem me ajudado absurdamente. E depois de todo esse tempo já consigo tirar as principais dúvidas de vocês, começando por Apometria, o que é?

Ouvi falar da apometria pela primeira vez com a The, minha aromaterapeuta há anos.

Eu já vinha num processo de busca e autoconhecimento há muito tempo. Inclusive esse sempre foi um tema muito abordado aqui.

Uso florais desde a adolescência, fiz cursos de aromaterapia e assinatura das plantas com 20 e poucos, assim como os 3 níveis do reiki, a Aura Soma e cromoterapia, e sempre apliquei tudo isso no meu dia a dia.

Comecei a fazer terapia quando era criança, por causa do TDAH, então muitas coisas foram trabalhadas ao longo dos anos.

Mas, sentia que algumas coisas eu não conseguia acessar nem modificar. Que tinha algo que me “bloqueava”, sabe como é?

apometria o que é juro valendo

E quando vim morar sozinha, em um local isolado “no meio do mato”, isso foi ficando cada vez mais evidente.

Algumas coisas bem complicadas aconteceram, coisas que eram suavizadas por todo cuidado que tinha com minha saúde mental, emocional e espiritual.

Só que elas sempre voltavam.

Como tudo começou

E foi aí que a The me disse que o ideal era que eu tentasse fazer uma sessão de apometria pra trabalhar isso porque a coisa era muito mais profunda.

Comecei a pesquisar sobre, vi as mais diversas “vertentes”, vi depoimentos de quem tinha feito e amado, de quem não sentiu nada e de quem teve muitos problemas.

Nessa época comecei a acompanhar o Bruno, que foi uma indicação da The, li todos os posts e comentários e estava decidida a fazer.

Comentei com uma amiga de São Paulo e ela disse que uma amiga dela, que era espírita, fazia a distância, se eu gostaria de testar, que era gratuito, só colocar o nome na lista e tal.

Confesso que fiquei com um pé atrás porque não gosto de misturar nada disso com religião.

Mas, como era gratuito e amiga de uma amiga, testei. E não senti absolutamente nada, não vi nenhum tipo de efeito, resultado ou mudança.

Indicação é tudo!

Comentei com a The, ela me explicou várias coisas e no mesmo dia entrei em contato com o Bruno, lá de São Paulo, que só tinha vaga pra uns 2 meses depois.

Nessa época eu tava num estado muito ruim. Muito. Um dia conto isso pra vocês…

E justamente por isso ele me sugeriu fazer a apometria com a Thaís, que era com quem ele fazia.

Como a Thaís atendia o dia todo, ela tinha maior disponibilidade de horário e, segundo o Bruno, era a melhor no assunto.

Deixamos marcada uma sessão de Alquimia da Consciência pra 2 meses depois e fui procurar a Thaís.

E foi uma das melhores coisas que já fiz na vida!

Mas, vamos por partes pra que vocês entendam tudo direito.

Até porque sempre falo sobre no instagram, várias leitoras já fizeram, mas muitas de vocês têm várias dúvidas.

Então, vamos esclarecer as coisas! rs

Apometria o que é

Bom, em cada texto que você se deparar tem uma explicação diferente sobre o que é apometria.

Como é utilizada em muitos centros espíritas, a maioria das pessoas relacionam ao espiritismo, o que é um erro.

Um erro porque, pra começo de conversa, ela foi desenvolvida por um farmacêutico e bioquímico não espírita na década de 60 aqui no Brasil.

Logo depois a técnica começou a ser utilizada por um médico espírita em Porto Alegre, que começou a utilizar a apometria em pacientes do hospital com resultados satisfatórios.

Então, em um primeiro momento sua atuação foi em centro espírita.

Com o passar do tempo, ela foi desenvolvida em consultório.

E aí surgiram novas vertentes: apometria quântica, clínica, terapêutica, quântica estelar, coletiva, universalista, autoapometria, entre outros.

apometria como funciona a distância

Apometria Quântica

Muito conhecida, a chamada Apometria Quântica trabalha individualmente ou em grupo.

Possui uma abordagem terapêutica que concilia conceitos científicos, terapias alternativas e simbologias espirituais sem, contudo, utilizar nenhuma religião.

Visa, de acordo com o que estudei, a limpeza espiritual e harmonização pessoal.

Existe ainda apometria quântica estelar, que integra a apometria “tradicional” com a apometria quântica, o reiki, a cromoterapia, ufologia e alguns outros elementos simbólicos.

Fala-se muito também na apometria universalista e também da apometria de ancoragem.

Mas, a desenvolvida pela Thaís não se encaixa exatamente em nenhuma dessas.

Como Funciona a Apometria da Thaís

Lá no início a Thaís me explicou que estudou os vários tipos de apometria, aliando-a com outras técnicas e métodos terapêuticos sem vínculos religiosos, buscando mais qualidade e efetividade nos resultados.

O atendimento pode ser presencial ou a distância, com resultados idênticos.

Inicialmente é feito um trabalho em “linha do tempo”, com desdobramento de corpos para limpeza de energias.

Essa limpeza pode envolver energias negativas, inveja, olho gordo, obsessores, magias, energias emanadas, formas de pensamentos, ligações mentais e tudo de prejudicial que esteja no nosso campo energético.

Em seguida é feita a limpeza e reequilíbrio dos chakras.

Depois disso, trabalha-se a queixa principal, o problema em si, o que te levou a fazer aquela sessão.

E aqui as possibilidades são infinitas, porque pode-se trabalhar milhares de questões de todo tipo, inclusive bloqueios, traumas, problemas energéticos, espirituais e emocionais, bem como coisas específicas e práticas, além de cargas e padrões da nossa ancestralidade.

Quando necessário é feito também a limpeza energética do ambiente.

minha experiência

Antes de fazer a primeira sessão expliquei pra Thaís todos os inúmeros problemas que vinha tendo e, de verdade, nem sabia por qual começar.

Ela marcou dia e hora, explicou que naquele momento eu deveria ficar deitada, em um local tranquilo e sem interrupções.

Ah, todas as minhãs sessões, até hoje, foram a distância.

Falou sobre as coisas que eu poderia sentir de imediato e que me me enviaria tudo o que aconteceu na sessão no dia seguinte (meu horário foi 10 da noite).

Sou bem tranquila pra essas coisas e imaginei que sentiria algo a nível energético e só.

A verdade é que durante a sessão comecei a chorar compulsivamente. Um choro de limpeza, sabe?

O engraçado é que uma das minhas queixas era que não estava conseguindo colocar as coisas pra fora, não conseguia chorar.

A partir desse momento, comecei a sentir uma sede absurda e muito sono.

Apaguei e quando acordei, no dia seguinte, era como se tivessem tirado toneladas de cima e de dentro de mim.

Associado a isso, passei 2 dias com muito sono, diarreia e sede, muita sede.

Thaís conversou comigo, explicou tudo o que foi visto e trabalhado, a profundidade da limpeza que foi feita, inclusive na casa onde eu morava, que era parte do problema.

E, também, questões relacionadas a minha ancestralidade, que eu tinha consciência mas não sabia exatamente o que fazer.

Também me orientou a fazer determinadas coisas, me deixou em tratamento por 21 dias e se colocou a disposição para o que eu precisasse a qualquer momento.

Isso fez TODA diferença, porque quando existe suporte a gente se sente segura, né?

Resultados

Nas semanas seguintes a essa primeira sessão muitas coisas foram acontecendo, desenrolando e se resolvendo em todos os níveis imagináveis.

apometria o que é apometria quaântica universalista

Tive uma melhora imensa na parte energética, emocional e mental. Imensa!

E aí comecei a ver mudanças nas coisas práticas e palpáveis.

Mas, sabia que tinha um caminho longo pela frente e que precisaria de outras sessões.

Isso depende muito de cada pessoa. Tenho amigas que fizeram uma única sessão e foi o suficiente.

Tenho outra que fez duas, com intervalos de 6 meses. Assim como tem uma que faz a cada 3 meses.

Fiz 1 por mês durante 3 meses, além da geobiologia na casa onde morava.

Minha mãe, que é evangélica, ficou tão impressionada com as mudanças que quis fazer também.

Ela realmente precisava. E continua fazendo.

Também fiz pra casa, quando me mudei, e quero fazer outra em breve.

Hoje, com tudo mais organizado, faço para coisas mais pontuais e quando sinto que minha energia tá baixando, o que acaba embolando tudo.

Desde o início da pandemia, com tudo acontecendo ao mesmo tempo, a apometria tem me ajudado absurdamente.

É algo que fez e continua fazendo muita diferença na minha vida, e que continuarei a fazer.

Só me faz bem, só trouxe coisas boas, sabe?

Perigos da Apometria

Uma coisa que me perguntam sempre é sobre os perigos da apometria.

E, assim, tem que perguntar mesmo porque já li depoimentos bem tensos

Pela minha experiência, o que posso dizer é: faça com alguém de extrema confiança. Tenha referências confiáveis.

Eu só procurei o Bruno porque a The indicou. Bom, a The é extremamente cuidadosa e cismada, pra ela indicar a coisa precisa ser muito boa e segura.

Aí o Bruno que tinha, as melhores referências possíveis, indicou a Thaís.

E, com ela, desde o primeiro momento me senti segura.

Com o passar do tempo só confirmei o quanto ela é correta e ética, além de extremamente competente.

Nunca existiu isso de que “precisa fazer mais sessões”, por exemplo. Eu que decidi que queria fazer.

Outra coisa: chegou num ponto em que, tratando uma coisa específica, ela me disse que a apometria só conseguia ir até ali.

Que para ir mais fundo eu poderia fazer uma sessão de constelação familiar com um bom profissional.

Coisa que fiz, aliás, e falarei aqui em breve, além da Alquimia da Consciência com o Bruno.

No mais, ter acesso a pessoa que faz a apometria, e ter o suporte quando necessário é primordial.

Portanto, pra mim se existe perigo é o de fazer com quem não tem preparo, ética e competência.

Com quem não acompanha, não oferece suporte.

Fora isso, é bem tranquilo.

Onde fazer

Como falo sempre no Instagram, muitas leitoras fizeram e nenhuma nunca reclamou de nada, sabe?

Então, depois de quase dois anos fazendo, tendo leitoras que fizeram e acompanhando tudo, me sinto bem tranquila pra falar sobre e pra indicar a Thaís.

Tem muito mais coisas pra falar, mas prefiro deixar em aberto aqui pra ver as dúvidas de vocês e aí fazer outro post.

E quem tiver interesse recomendo muito entrar em contato com a Thaís pelo Whatsapp (49 9 91226525).

Se você já fez, divide com a gente sua experiência!

E se fizer volta aqui e conta como foi!

Beijos, Ju♥

Quer saber mais? Segue lá no Instagram @jurovalendo !

Vizcaya
27.03.2015

5 Dicas Pra Deixar sua Casa Mais Feliz

Talvez seja mais uma das minhas manias, mas acredito piamente que o ambiente que nos cerca influencia no nosso estado de espírito, sabe? Tem lugares que entro e fica imediatamente mais animada ou mais tranquila, e tem outros que parecem sugar toda a minha energia, já notaram algo parecido? Pois é, como eu gosto de ambientes que me façam bem, tenho “pequenos truques” pra deixar minha casa mais feliz!

casa-mais-feliz

1. Acabe com a bagunça e a sujeira

Não dá pra se sentir bem em um lugar bagunçado, cheio de coisas que a gente não usa e sujo. Pra energia circular direitinho, a casa precisa estar limpa, arrumada e sem excessos, sabe?

Portanto, crie o hábito de, vez ou outra, fazer “uma limpa” na casa, tirando tudo que você já não usa, que não te serve mais, coisas quebradas, coisas que te lembrem momentos ruins e doe. A gente só precisa ter por perto coisas que nos fazem bem, que nos lembrem coisas boas e momentos felizes.

Depois disso é hora da faxina, pra deixar tudo limpinho. Arrumou tudo? Abra as janelas pro sol entrar!

2. Casa perfumada é tudo de bom!

Cês sabem que eu sou doida por cheiros, né? E, de verdade, tem coisa melhor que chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho e encontrar tudo cheiroso? É bom demais!

E pode parar com essa história de que precisa gastar muito pra isso, porque já deixei por aqui 10 truques super fáceis pra deixar a casa perfumada.

casa-mais-feliz

3. Plantas, flores, vida…

Não sei vocês, mas eu adoro uma planta, adoro! Planto um monte de coisas aqui em casa, tenho vários tipos de flores, daquelas simples, e adoro espalhar todas elas pela casa.

Planta é vida e, dizem, “limpa” a energia da casa, fazendo tudo fluir melhor. E, bom, quer coisa mais legal que ter flores na mesa, por exemplo? E, gente, não precisa “comprar” flor toda semana, sou muito mais plantar ou comprar violeta, por exemplo, daí é só colocar num vasinho fofo e a mesa fica mais bonita, mais convidativa, mais alegre.

Falando em vasinhos, depois vou mostrar por aqui uns que fiz de corda e que ficaram lindos, e também os espelhados, que são fáceis de fazer e saem muito barato!

4. Acrescente cores e luz

Pode parecer besteira, mas acho que cor ” anima” a gente, sabe? E quando entro num lugar todo branco, sem objetos ou paredes coloridas, me sinto bloqueada. Sério!

Se pintar uma parede não é uma opção nesse momento, acrescente móveis ou objetos coloridos, porque isso, com certeza, “muda o clima” do lugar. E não, não precisam ser coisas grandes, às vezes um jarrinho ou quadro já são suficientes, sabe?

E falando em cor, que tal umas velas coloridas? Amo! Se for colorida e perfumada então, gosto mais ainda! Velam não só decoram, mas “aquecem” o ambiente, deixando o clima mais intimista, mais aconchegante, bem o que a gente deseja ter em casa, né?

casa-mais-felizcasa-mais-feliz

5. Segure a língua!

Eu sei que não é fácil ter uma vida corrida e estressante. Eu sei que isso esgota a nossa paciência e o nosso humor, mas quanto pior a gente fica, piores as coisas ficam, não tem jeito!

Ninguém quer ficar perto de gente implicante, que grita, briga e xinga o tempo todo, ninguém. E isso cria um clima muito ruim em casa, porque as pessoas se afastam emocionalmente,  ficam na defensiva.

Portanto, por mais difícil que seja, se controle, porque é clichê, mas é real: nada muda se você não mudar! E se você quer um lar feliz e alegre, precisa começar a criar isso a sua volta, com atitudes e palavras boas, que façam bem.

Beijos

Ju

 

 

07.04.2014

Um Momento Só Seu… Você Tem?

Na loucura do dia a dia nós não temos tempo pra nada, e a cada dia a lista de “tarefas” aumenta, e na escala de prioridades costumamos colocar a nós mesmas lá embaixo, o que é uma pena.

Eu fui assim por muito tempo, até que  um dos meus amigos, que não está mais aqui, me “sacudiu”  com a delicadeza que lhe era peculiar… O que ele me disse, e que foi um pontapé pra minha mudança, foi que eu estava sendo, nas palavras dele, “burra ao quadrado”. Burra, primeiro, por estar negligenciando a mim mesma, que deveria ser a pessoa mais importante da minha vida, e burra de novo por achar que priorizar outras pessoas e suas necessidades seria um ato de generosidade, porque se eu não cuidasse primeiro de mim, uma hora chegaria ao limite e não poderia cuidar de mais ninguém.

Nunca tinha pensado por esse ângulo, mas isso me serviu como um “estalo”, e hoje tento ter um momento só meu todos os dias, e vejo como isso é vital pro meu bem-estar emocional.

se cuide

Geralmente tiro esse tempinho logo que acordo e um pouco antes de dormir, e pra isso preciso acordar mais cedo e dormir mais tarde, mas compensa, sabe?

Já começo o dia meditando (sim, sou dessas!) e faço isso por 10 minutos apenas, sempre com um incenso ou algum óleo essencial do lado. Daí, antes de “começar o dia”, vou andar com Ozzynho e aproveito esse tempo pra pensar um tiquinho na minha vida, nos meus planos, nos meus sonhos e no que estou fazendo (ou não) pra realizar cada um deles.

Você consegue fazer isso? Parar pra pensar no que, afinal, você está fazendo da e com a sua vida? É bom começar a fazer, e faça isso por você! E isso a gente pode fazer a caminho da escola ou do trabalho, na hora do banho, no mercado e por aí vai.

Você consegue fazer algo que você goste todos os dias? Pode ser uma coisa simples, como ler um livro, escutar uma música, fazer um reiki ou qualquer coisa do tipo… Pois se  não faz, precisa fazer, precisa se dar esse “agrado” diário, senão a vida vai perdendo a cor e a gente acaba entrando no “automático”, sabe?

momento só seu

Como eu sou “toda sensível”, faço reiki todos os dias antes de dormir. Ajuda o fato de poder eu mesma me aplicar o reiki (Fiz pela Reiki Alliance os 3 níveis), então antes de dormir eu deixo o quarto escuro, aplico um óleo essencial de lavanda e faço meu “reikizinho” pra me reequilibrar.

E também uso florais, Aura Soma, Beamer e tudo o que ache que possa me ajudar, sabe? E sempre que posso uso velinhas perfumadas (levo pro banheiro, porque aí o banho fica “cheiroso”! Aliás, leve o som também e apague a luz… É tão bom!), incensos, aromatizadores, faço minhas preces, aproveito pra entoar os meus mantras e tento me conectar comigo mesma, me “escutar”,  pra não correr o risco de me “me perder” de mim mesma.

Se não conseguir fazer isso todos os dias, faça uma vez na semana pelo menos, e  tente, o mais que puder, não esquecer de você. Você precisa (e merece) desse  cuidado!

Beijos e boa semana!

Ju

O que você acha do JV?
Bom dia , eu não conhecia o blog mais entrei hoje e adorei , tem muitas dicas , orientações, e as explicações não são pela…