Vizcaya
01.04.2016

Você, a pessoa mais importante da sua vida

Sempre!

Tem coisas que, de tão óbvias, a gente já deveria “nascer sabendo”, mas, na grande maioria dos casos, é preciso uma vida inteira pra aprender, e uma delas é que a pessoa mais importante da sua vida é você.

Eu sei que, a primeira vista, até por causa da nossa cultura, pela forma como fomos criadas, parece egoísmo, já que fomos educadas para servir, para agradar, para, simplificando, ficar em último lugar. Mas não, não é, e sabe porque? Porque se você não se colocar em primeiro lugar, se você não se priorizar e fizer primeiro por você, não tem como fazer pelo outro, porque, como já disse por aqui, a gente só dá o que tem, o que é, e se você tá lá em último lugar no seu pódio pessoal, você vai dar o que para os outros?

a pessoa mais importante da sua vida

A sobra da sobra do que você deveria ser, mas não é.

E nem vem com esse papo de que isso é coisa de leonino egocêntrico, como me disseram dia desses. É puro bom senso e, claro, autoamor.

E, olha, eu sei que não é fácil chegar nesse “entendimento”, eu sei. A gente passa a vida toda tentando ser bom o bastante pra todo mundo, tentando agradar a todos e acabamos sempre em último lugar. Nós sacrificamos a nós mesmas muitas e muitas vezes, sem sequer percebermos, pra viver de acordo com o que esperam de nós, e quando, no fim, olhamos pra dentro com muita sinceridade, percebemos que não fomos boas o bastante com nós mesmas.

E isso é tão, tão triste…

E falo isso porque, como quase todo mundo, passei a vida inteira sendo exatamente assim, e quando finalmente entendi que isso estava errado e comecei a mudar, o choque das pessoas ao redor foi enorme, e elas começaram a cobrar, e nisso eu “perdi” muita gente, mas ganhei a mim mesma, e isso não tem preço, porque é exatamente como diz a Clarissa Pinkola Estes em Mulheres Que Correm Com os Lobos: “ser nós mesmas faz com que nos isolemos de muitos outros e, entretanto, ceder aos desejos dos outros faz com que nos isolemos de nós mesmas.”

a-pessoa-mais-importante-da-sua-vida

E eu não quero, nunca mais, me isolar de mim mesma. Eu quero, cada vez mais, gostar de mim, fazer por mim, me respeitar e me aceitar incondicionalmente, exatamente como eu sou. Eu quero e vou, sempre, me colocar em primeiro lugar, e você deveria fazer o mesmo.

Porque sim, você é a pessoa mais importante da sua vida. Porque você não está aqui para satisfazer ao ideal de ninguém. Porque você não deve ser o que querem que você seja. Porque você não precisa vestir uma máscara social. Porque você precisa ser autêntico, ser verdadeiro. Porque você precisa ser você, apenas isso.

Beijos, Ju♥

Vizcaya
29.06.2014

O Melhor Cosmético do Mundo

Tempos atrás, conversando com um dos amigos que mais admiro, o Di, fui “alertada” sobre a importância de sempre deixar claro que as minhas dicas não farão “milagres”, que elas são uma parte do processo, mas não são a parte mais importante.

Não é a parte mais importante porque, como eu já falei no “Sobre” aqui do blog, não existe produto de beleza que dê jeito numa autoestima no pé, e por mais clichê que pareça (e é!), beleza é sim de dentro pra fora e tem muito mais a ver com o seu estado de espírito do que com os quilos de maquiagem que você pretende usar.

melhor cosmético do mundo

Você pode estar com a melhor maquiagem, as melhores roupas, com tudo de melhor, mas se não estiver bem consigo mesma essa suposta beleza não se sustenta, não “ilumina”, não exala. Já notaram isso?

Eu não tô dizendo que produtos de beleza, maquiagem e roupas não são importantes. Ao contrário, são sim, e muito, só que nada disso vai adiantar se o seu “estado de espírito” não acompanhar. E é por isso, aliás, que tenho visto tantas mulheres produzidas, montadas e tecnicamente perfeitas, mas sem beleza nenhuma.

O que eu quero dizer com isso é que o “produto” mais importante, aquele que faz com que você seja realmente bonita, daquelas belezas que parecem irradiar, não está a venda, porque é interno, e o nome desse produto é autoamor, e é esse que você precisa ter a qualquer custo, não importa o “quanto custe”.

Se cuidar é essencial e faz toda a diferença, mas cuide primeiro de dentro, porque sem leveza, sem serenidade, sem sorriso no olhar e um coração tranquilo a beleza do potinho não fará muito por você.

E falo isso com “conhecimento de causa”, viu?  Tô infinitamente melhor agora do que com 17, 18 anos, porque  hoje sou muito mais bonita por dentro do que era anos atrás…

Beijos e bom domingo!

Ju

07.04.2014

Um Momento Só Seu… Você Tem?

Na loucura do dia a dia nós não temos tempo pra nada, e a cada dia a lista de “tarefas” aumenta, e na escala de prioridades costumamos colocar a nós mesmas lá embaixo, o que é uma pena.

Eu fui assim por muito tempo, até que  um dos meus amigos, que não está mais aqui, me “sacudiu”  com a delicadeza que lhe era peculiar… O que ele me disse, e que foi um pontapé pra minha mudança, foi que eu estava sendo, nas palavras dele, “burra ao quadrado”. Burra, primeiro, por estar negligenciando a mim mesma, que deveria ser a pessoa mais importante da minha vida, e burra de novo por achar que priorizar outras pessoas e suas necessidades seria um ato de generosidade, porque se eu não cuidasse primeiro de mim, uma hora chegaria ao limite e não poderia cuidar de mais ninguém.

Nunca tinha pensado por esse ângulo, mas isso me serviu como um “estalo”, e hoje tento ter um momento só meu todos os dias, e vejo como isso é vital pro meu bem-estar emocional.

se cuide

Geralmente tiro esse tempinho logo que acordo e um pouco antes de dormir, e pra isso preciso acordar mais cedo e dormir mais tarde, mas compensa, sabe?

Já começo o dia meditando (sim, sou dessas!) e faço isso por 10 minutos apenas, sempre com um incenso ou algum óleo essencial do lado. Daí, antes de “começar o dia”, vou andar com Ozzynho e aproveito esse tempo pra pensar um tiquinho na minha vida, nos meus planos, nos meus sonhos e no que estou fazendo (ou não) pra realizar cada um deles.

Você consegue fazer isso? Parar pra pensar no que, afinal, você está fazendo da e com a sua vida? É bom começar a fazer, e faça isso por você! E isso a gente pode fazer a caminho da escola ou do trabalho, na hora do banho, no mercado e por aí vai.

Você consegue fazer algo que você goste todos os dias? Pode ser uma coisa simples, como ler um livro, escutar uma música, fazer um reiki ou qualquer coisa do tipo… Pois se  não faz, precisa fazer, precisa se dar esse “agrado” diário, senão a vida vai perdendo a cor e a gente acaba entrando no “automático”, sabe?

momento só seu

Como eu sou “toda sensível”, faço reiki todos os dias antes de dormir. Ajuda o fato de poder eu mesma me aplicar o reiki (Fiz pela Reiki Alliance os 3 níveis), então antes de dormir eu deixo o quarto escuro, aplico um óleo essencial de lavanda e faço meu “reikizinho” pra me reequilibrar.

E também uso florais, Aura Soma, Beamer e tudo o que ache que possa me ajudar, sabe? E sempre que posso uso velinhas perfumadas (levo pro banheiro, porque aí o banho fica “cheiroso”! Aliás, leve o som também e apague a luz… É tão bom!), incensos, aromatizadores, faço minhas preces, aproveito pra entoar os meus mantras e tento me conectar comigo mesma, me “escutar”,  pra não correr o risco de me “me perder” de mim mesma.

Se não conseguir fazer isso todos os dias, faça uma vez na semana pelo menos, e  tente, o mais que puder, não esquecer de você. Você precisa (e merece) desse  cuidado!

Beijos e boa semana!

Ju

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…