17.04.2014

Chocolate na Páscoa: Quem Disse Que Não Pode?

Beneficios-do-chocolate-amargo-pascoa-Solunni

Ontem fui comprar os ovos de páscoa do pessoal aqui de casa e vi, lá na Cacau Show, uma menina linda, com o corpo lindo, pedindo uma barrinha de chocolate diet, porque, segundo ela, ovo de páscoa era praticamente um crime contra a boa forma.

Não sei se sou cuca fresca demais, mas não consigo conceber uma vida sem prazer, e comer chocolate na páscoa é um prazer que eu não abro mão, quero nem saber. Vai engordar 1 kg? Uai, perde depois, qual o problema? Não julgo ninguém, jamais, mas não caio nesses radicalismos, sabe?  Prefiro levar a vida de forma mais leve e prazerosa, e se um chocolatezinho me faz feliz, me dá prazer, eu é que não vou me privar disso por causa de uma celulite .

Tava pensando nisso ontem de noite e a Nat, minha amiga médica mais linda do mundo, me enviou uma mensagem dizendo que tinha escrito um texto pra vocês sobre o consumo de chocolate, e eu adorei a ideia, porque a Nat sempre foi sensata e  sem radicalismos . Olha o que a Nat escreveu:

1 Nathália

” Chegou a Páscoa, vamos ter “foco na dieta” e “foco na saúde”! Ovos de Whey, ovos de chocolate light, ovos de chocolate diet… Será mesmo que pelo menos uma vez ao ano não podemos nos permitir recordar o tempo de infância, onde esperávamos ansiosos pela Páscoa, para ganhar nossos chocolates e comê-los sem culpa? Será mesmo que comer o ovo de Páscoa da sua preferência vai jogar uma vida de dieta e exercício na lata do lixo? Será mesmo que para obter o “corpo perfeito” temos que nos privar de comer o que gostamos e desejamos nas comemorações com nossos amigos e familiares?

O chocolate apresenta propriedades saudáveis e nutritivas. Lógico que não devemos exagerar no seu consumo, afinal é uma fonte rica em gorduras. Mas além de propriedades antioxidantes, o chocolate é uma excelente fonte de catequinas e sais minerais como o fósforo, magnésio, cálcio e potássio, que são importantes para quem faz exercícios físicos com regularidade. Imagine agora o bem que comer um chocolate pode fazer a quem o adora e está com “foco na dieta” e não se permite colocar nem um pedacinho na boca há mais de meses ou anos…  O chocolate é capaz de estimular a produção de alguns neurotransmissores como a endorfina, a dopamina e a serotonina, o hormônio que atua regulando sono, humor, ansiedade, saciedade, e tem propriedades anti-depressivas , portanto comê-los não vai tirar o seu “foco na saúde”… O grande responsável por esta característica do chocolate é o cacau, então quanto maior o seu teor, mais saudável fica a sua Páscoa.

Lembre-se: não é para matar a fome comendo chocolate, e sim degustá-los, sem culpa, em porções menores, sabendo que nos próximos dias vai continuar a sua prática de exercícios e sua alimentação menos calórica. Sendo assim, “tá tudo certo!” Você vai continuar feliz e satisfeito(a) com o seu corpo e sua dieta, sem ter se privado de um dos prazeres da Páscoa!

Feliz Páscoa a todos!!”

Nathália Figueirêdo

Médica do Esporte com  especialização em Nutrição Esportiva/ Instagram: @NathFigueiredo_ /E-mail:[email protected]

05.03.2014

Quanto Tempo Demora Pro Cabelo Melhorar (E o que Fazer Pra Que Isso Aconteça!)?

Uma pergunta que leio bastante por aqui é “Ju, quanto tempo demora pro cabelo melhorar?”, e é normal questionar isso até pra ver se os produtos e tratamentos que fazemos estão ou não efeito.

Acontece que quem busca efeitos imediatos pode se frustrar, porque, a depender do dano, a coisa é demorada. E justamente porque é demorada é que eu bato tanto na tecla de cuidar do cabelo, de não se acabar nas químicas e por aí vai.

No caso de um corte químico, por exemplo, o cabelo pode levar até 2 anos pra se recuperar, e passar dois anos com o cabelo detonado acaba com autoestima de qualquer mulher.

Quanto Tempo Demora Pro Cabelo Melhorar?

Quanto Tempo Demora Pro Cabelo Melhorar

Quando eu tive corte químico, por causa de uma selagem com ácido glioxílico que me garantiram que era um tratamento e não tinha formol ou derivados (vem daí a minha “cisma”…), tive que cortar quase dois palmos de cabelo, que era enorme, e consegui recuperar os fios, claro que parcialmente, em pouco menos de três meses, mas o cabelo só voltou ao normal quando foi crescendo e eu fui cortando toda a parte que tinha química.

Eu passei três meses numa rotina intensa, tratando os fios de 3 em 3 dias, e isso significa dinheiro, tempo e estresse. Depois de 3 meses o cabelo não estava mais elástico, minha maior preocupação, mas continuou poroso, continuou com a aparência estranha, o volume reduziu muito e ele, pela primeira vez na vida, demorou a crescer.

Fiz tudo o que vocês puderem imaginar, e mesmo tratando muito e tratando bem, só vi o cabelo bonito de verdade quando consegui tirar toda a selagem, o que só aconteceu com vários cortes.

Quanto Tempo Demora Pro Cabelo Melhorar

O que fazer para o cabelo melhorar?

Então, mesmo tendo recuperado parcialmente em menos de três meses, ele só voltou ao normal mais de 1 ano depois.

Portanto, seu cabelo vai precisar de tempo pra melhorar, e nesse tempo você vai precisar fazer duas coisas: suspender as químicas e estabelecer uma rotina de tratamentos.

Se o cabelo estragou por causa de um alisamento ou progressiva, esqueça isso até que o cabelo melhore, e não caia na cilada de fazer “selagem”, que na maioria das vezes não passa de progressiva disfarçada, achando que isso vai melhorar o cabelo porque não vai.

Não vai porque seu cabelo ficará, literalmente, “selado” com formol e derivados, embalsamado, sabe? Por fora a aparência pode ser lisa e brilhante, mas por dentro o cabelo fica cada vez mais fraco, já que não vai conseguir receber os nutrientes que precisa.

Eu, por exemplo, não fiz mais selagem, e só voltei a descolorir os fios quando senti que eles estavam mais fortes e aguentariam o tranco, mas antes disso fiz um teste da mecha pra ver se o cabelo aguentaria ou não.

Quanto Tempo Demora Pro Cabelo Melhorar

Mais dicas para o cabelo melhorar

Além disso, investir em tratamento, em nutrição, reconstrução, hidratação e cauterização, e já fiz alguns posts aqui ensinando como identificar o que o seu cabelo realmente precisa:

  1. Como saber se o cabelo precisa de hidratação, nutrição ou reconstrução?
  2. Corte químico: o que fazer pra salvar o cabelo?
  3. Não é o que você quer, é o que seu cabelo precisa!
  4. O produto que vai salvar o seu cabelo!
  5. Como saber do que o cabelo precisa?

Quando a gente identifica do que o cabelo precisa, é só montar uma agenda de tratamento e segui-la. Aos poucos o cabelo vai melhorando, mas o tratamento precisa continuar, senão o cabelo piora novamente, e aviso isso porque muita gente se anima quando vê o cabelo bonito de novo e negligencia o tratamento, o que nunca dá certo!

Beijos e bem vindas de volta, porque agora que o carnaval passou o ano já pode começar, né?

Ju

Quer mais dicas como essas? Vamos papear nas redes sociais⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

29.11.2013

Como Saber Se O Cabelo Precisa de Hidratação, Nutrição ou Reconstrução?

Uma das perguntas que mais leio aqui é sobre como saber se o cabelo precisa de hidratação,  nutrição ou reconstrução. Já falei muito sobre esses assuntos, mas resolvi montar um pequeno “guia de identificação” pra facilitar as coisas.

Como saber do que o cabelo precisa?

Pra explicar do que o seu cabelo precisa, preciso mostrar primeiro qual a sua composição. Cerca de 90% do nosso cabelo é composto por queratina, uma proteína que contém 18 aminoácidos em sua estrutura. Ou seja, queratina e aminoácidos são a base de qualquer cabelo. Mas existem os outros 10%, que são igualmente importantes, e desses 10%, 8% é água, lipídeos, glicogênio e ácido glutâmico, enquanto 2% é formado por minerais diversos.

hidratação, nutrição ou reconstrução

Assim, pela própria composição do fio do cabelo, dá pra notar que ele precisa de hidratação, de nutrição e de reconstrução, só que esses necessidades variam de cabelo para cabelo, e não só isso, pois um cabelo que hoje precisa de muita hidratação pode, daqui um mês, precisar de mais reconstrução ou nutrição por exemplo.

Muita gente acha que só precisa tratar o cabelo se fizer alguma química capilar, e isso tá errado, pois os fios perdem nutrientes todos os dias em decorrência de processos mecânicos (escova, chapinha, etc), da exposição solar, do vento, das mudanças climáticas, dos banhos de mar, dos banhos de piscina e muitas outras coisas.

Ou seja, o cabelo perde nutrientes o tempo todo, e é preciso repô-los, em maior ou menor grau.

Precisa de Hidratação, Nutrição ou Reconstrução?

hidratação, nutrição ou reconstrução

Pra identificar do que o seu cabelo precisa, olhe pra ele com atenção, e com papel e caneta na mão! Além de olhar, pegue nos fios, passe os dedos nas mechas com suavidade e observe o que “ele está dizendo e pedindo”. Sim, cabelo não fala mas diz muita coisa, então trate de “ler” os sinais que ele manda.

Ele tá ressecado? Tá sem brilho? Tá poroso? Tá sem vida? Tá sem balanço? Tá desbotado? Tá elástico? Tá frágil? Tá caindo? Tá quebrando? Tá com frizz? Tá crescendo direitinho? Tá secando rápido? Tá embaraçando fácil? Tá com caspa? Tá muito volumoso ou perdeu volume? Ficou muito oleoso?

Anote tudo isso e vamos pra etapa seguinte: a análise do histórico!

Cabelo precisa de tudo um pouco!

hidratação, nutrição ou reconstrução

Você faz ou fez alguma química capilar? Descolore? Pinta? Faz luzes ou mechas? Fez ou faz? Progressiva, relaxamento, alisamento ou similares (plástica dos fios, botox,  etc)? Quais ativos você usou pra relaxar, alisar, fazer progressiva ou qualquer outra escova?

Anote tudo e analise agora a estrutura e as características do seu cabelo. Ele é liso, ondulado, indefinido, cacheado, afro, fino, grosso, oleoso ou seco?

E quais são os produtos que você usa? Eles são específicos para o seu tipo de cabelo? Quais são os ativos predominantes nesses produtos?

Tá tudo anotado? Calma que tem mais! Vamos analisar a sua rotina… Você passa o dia numa sala com ar condicionado ou trabalha exposta ao sol? Usa muito secador e muita chapinha? É rata de praia ou de piscina?

Histórico capilar é TUDO!

hidratação, nutrição ou reconstrução

Todas essas perguntas mais parecem um daqueles questionários do IBGE, mas respondê-las é a forma mais simples de entender quais são as necessidades do cabelo.

De forma muito resumida, só pra vocês terem um parâmetro, a regra é essa:

  •  O cabelo está sem brilho e ressecado? Então ele precisa de hidratação!
  • O cabelo está com frizz, volumoso, desalinhado ou poroso? Ele tá pedindo por nutrição!
  • O cabelo  está fino, frágil, quebradiço e “elástico”? Ele grita por reconstrução!

Como o assunto é muito longo, vou dividir em várias partes, mas fiquem tranquilas que vou ensinar como identificar cada necessidade e como escolher os produtos certos para cada caso, tá? Publico tudo esse final de semana!

Posts que vão ajudar:

Beijos, Ju

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

O que você acha do JV?
Eu acho esse blog maravilhoso. A Ju fala de tudo com muita emoção, muito carinho e ao mesmo tempo muita verdade, muita seriedade. Isso é…